15 situações que provam que você é uma mãe com filhos de férias

15 situações que provam que você é uma mãe com filhos de férias


16 de Janeiro de 2017

Férias, aquele período do ano que a gente tem certeza de que vai pirar antes da metade do dia. E ser internada até o final dele.

Se você é mãe, irá se identificar com a listinha abaixo. Eu aposto!

15 situações que provam que você é uma mãe com filhos em férias:

  1. Procurar na internet, no jornal, na revista semanal e onde mais tiver informações disponíveis quais são as programações mais interessantes, atrativas, imperdíveis para levar as crianças. E não que você seja tão culta assim, é que você quer uma folga mesmo.
  2. Ter a ilusão de que vai dormir até mais tarde (afinal, não tem que levar ninguém na escola e eles sempre perdiam a hora quando tinha aula), mas na verdade acordar ainda mais cedo (com energia acumulada, saltam da cama com as galinhas).
  3. Ligar para todas suas amigas com filhos tentando marcar encontros, passeios, programas que reunam as crianças para você ter dois minutos para trocar uma ideia com alguém de mais de 5 anos de idade.
  4. Não conseguir entender como é que funciona essa coisa de que quanto mais sua energia se esgota mais a dos seus filhos cresce e torna-se algo poderoso e infinito (você tem certeza de que eles precisam ser estudados pela ciência).
  5. Jurar que, no próximo ano, nas suas férias inteiras vocês vão viajar. Ah se vão!
  6. Não saber se você começa o dia dia trocando os filhos, juntando o que eles já espalharam no chão em 3 minutos acordados, saindo para fazer mercado, porque não tem mais nada em casa (e o que tem eles não querem), e por aí vai.
  7. Contar os minutos para chegar a hora da soneca deles. Ou a hora que eles vão dormir à noite. Afinal, aí você poderá almoçar.
  8. Desistir de deixar a casa em ordem, porque você faz isso 400 vezes ao dia e ela está sempre parecendo um campo de guerra.
  9. Passar a admirar e respeitar (ainda mais) e ter compaxão daquela que está com seus filhos os outros 9 meses e meio do ano (santas professoras!).
  10. Perder a conta de quantas vezes ao dia você já trocou a roupa deles, porque elas não ficam limpas nem por 5 minutos.
  11. Usar toda a sua criatividade para inventar atividades que atraiam a atenção dos pequenos por mais de 5 minutos.
  12. Recorrer, muito mais do que você gostaria, a todos aqueles desenhos horrorosos e nada educativos que você jurou que jamais seu filho passaria perto.
  13. Promete comprar para o seu filho aquela porcaria que ele adora comer se ele deixar você finalizar a compra dos mercado.
  14. Ouvir, ininterruptamente ao longo do dia, “mãe”, “mamãe”, “mãããããããeeeeeeeee”, “manhê”, “mamy”, “mamãezinha”, “mamamamamaeeeee” e suas variáveis.
  15. Levar seu filho para todos os programas agradáveis que você tem para fazer ao longo do dia – mercado, banco, posto de gasolina, farmácia, visita à sua tia avó doente – e assim que chegar lá jurar que nunca mais irá leva-lo a lugar nenhum.

E aí? Que outra situação você incluiria aqui nessa lista. Deixe, aqui nos comentários, a sua sugestão que eu prometo atualizar o post.