O babador ideal para a hora da papinha

Como vocês já sabem, estou na fase da introdução de papinhas aqui em casa e isso significa aprendizado diário. A última descoberta que eu fiz foi do babador perfeito para essa hora de extrema bagunça.
 
O Léo ainda não é um mocinho educado que come tudinho sem fazer sujeira alguma. Vira e mexe ele cospe algo para fora, ou puxa a colher, ou esfrega o babador na boca, como se quisesse limpá-la (claro que não é isso! kkk!) e isso faz com que os babadores usados em pouquíssimos segundos virem um nojinho.
Pois eu tive a brilhante ideia de deixar para lá os babadores de pano e experimentar um de um material diferente, supostamente que não absorve os alimentos e aí não suja. E não é que o negócio funciona mesmo??? Adorei! Agora só quero saber desse babador, os outros deixei abandonados na gaveta para o caso de uma emergência.
Mas afinal, o que faz esse babador tão perfeito assim? São coisas bem simples, mas tão óbvias que não sei como não pensei nisso na hora de comprar todos os babadores do enxoval do Léo.
Primeiro, ele é grande e protege bem toda a roupinha. Não é uma dessas titiquinhas que só tapam um pedacinho do peito.
Depois, ele é de um material que realmente não absorve o que cai nele. Assim que termino de dar a papinha, só passo uma aguinha nele que tá limpo. Sem esfregar nem nada.
Para completar, ele seca super rápido. Alguns minutinhos no vento depois de lavado e já está pronto par outra.
Por fim, ele tem uma espécie de bolsinho na parte de baixo do babador, para “segurar” o alimento que cai e não deixá-lo chegar na roupinha.
O babador que o Léo está usando e que tem essas características é esse, da Skip Hop, uma marca que eu AMO e da qual já fiz um post aqui para o blog.
 
Imagem: site Skip Hop
Mas tem outros modelos legais que atendem essas “exigências de qualidade” e que podem substituir muito bem o modelinho que eu cito acima.
Um deles é esse modelo de plástico rígido da também excelente marca BabyBjorn. O único ponto negativo é que, como ele é rígido, acaba ocupando mais espaço dentro da bolsa de passeio do bebê, o que não o torna uma opção muito prática para se usar fora de casa. Fora isso, é tudo de bom!
Agora que vocês já estão por dentro desse assunto, não esqueçam de levar isso em consideração na hora de fazer o enxoval. Nada de investir em vários babadores de tecido, foco nesses modelinhos práticos e charmosos. Vale muito mais a pena.


Quer saber mais sobre o assunto papinha? Clique nos links abaixo:

Preparador de papinhas BabyCook
Dicas que ajudam na hora da papinha
Técnica para ajudar o bebê a comer papinha
Introduzindo papinha de frutas e suquinho na dieta do bebê

2 comentários

  1. Cantinho da Marina

    Nossa, adorei a dica. Aqui eu lavo 4 babadores por dia… e com esse, é só passar um paninho e tá limpo!
    Vou procurar.
    Thanks!

  2. Kellen Patrícia

    Haha fiz essa mesma descoberta depois de duas semanas de muitos babadores para lavar. Comprei 3 desses tipo plástico. Além disso comprei os babadores descartáveis para os passeios, tudo de bom!

Deixe seu comentário