Tabela de alimentos para usar em receitas de papinhas salgadas (e modelo de receita básica para ir mudando só os ingredientes)

E aqui em casa segue a fase da introdução de papinhas. Na verdade, agora entramos na fase DOIS, na qual estamos introduzindo novas frutas (além das básicas banana, mamão, pera e maçã) e novos ingredientes na papinha salgada.

Sobre a introdução de novas frutas vou deixar para falar em outro post. Hoje vou comentar com vocês as orientações e dicas que recebi do pediatra do Léo para a produção de papinhas salgadas (Obs: o pediatra do Léo é, na verdade é gastro pediatra, ou seja, manja do assunto MESMO!).

Bom, na primeira fase, que eu não cheguei a comentar nada com vocês, nós introduzimos a papinha salgada com a receita feita da seguinte forma (ver no fim do post a tabela de ingredientes divididos em grupos):

PAPINHA SALGADA FASE 1:

1 porção de frango (só frango, peixe e carne ainda não estavam liberados) + 1 item do grupo DOIS + 1 item do grupo TRÊS + 1 item do grupo QUATRO.

Para temperar, ele liberou cebolete, cheiro verde, cebolete e azeite de oliva (PS: a cebolete e o cheiro verde devem ser frescos e não secos e o azeite de oliva deve ser acrescentado no final do preparo do alimento e em pouca quantidade).
Importante: o frango não deve passar de 20% do total da receita. Os demais itens podem ser colocados na quantidade que cada mãe achar melhor (depois de um tempo, isso pode ser definido com base nas preferências do bebê). Antes de iniciar essa receita, sugere-se que seja feito um teste individual com cada ingrediente por três dias. Por exemplo: testar batata por três dias, depois testar cenoura por três dias. Após os dois alimentos serem aprovados (não causarem reação no bebê), fazer a receita misturando esses dois ingredientes (testados) com os demais (frango, uma verdura, temperos).

A primeira fase, aqui em casa, foi um grande sucesso. O Léo amou as papinhas que eu ofereci (uma eu já compartilhei a receita aqui) e comeu muito, muito, muito mais do que eu esperava.

Os itens que eu testei na fase 1, ou seja, usei em receitas e o Léo papou bonitinho, eu marco abaixo na tabela em azul para vocês saberem.

Pois bem, agora estamos entrando na fase 2, que significa variar um pouco mais nos ingredientes e fazer duas mudancinhas básicas: incluir mais um ingrediente do grupo 3 e incluir o grupo 5 na receita, que tinha ficado de fora da primeira fase.

Assim, para a segunda fase, temos a seguinte receita básica…

PAPINHA SALGADA FASE 2:

1 porção do grupo UM + 1 item do grupo DOIS + 2 item do grupo TRÊS + 1 item do grupo 4 + 1 item do grupo 5 (esse grupo cinco só na papa do almoço, por enquanto).

Para temperar, ele liberou os mesmos temperos que já havia librado (cebolete, cheiro verde, cebola e azeite de oliva) e mais todos os outros que eu achar gostosos (orégano, manjericão, alecrim, alho, etc…), mas sempre frescos (e o azeite de oliva sendo acrescentado sempre no final do preparo do alimento).
Importante: o frango/carne/peixe não deve passar de 20% do total da receita. Os demais itens podem ser colocados na quantidade que cada mãe achar melhor (depois de um tempo, isso pode ser definido com base nas preferências do bebê). Quando for incluir um item novo na receita, sugere-se que seja feito um teste desta nova receita por três dias, para ter certeza que esse novo ingrediente não faz mal ao bebê.

Agora, compartilho com vocês a tabela de ingredientes para ir montando as receitas com base nos modelinhos descritos acima.

O que eu faço aqui em casa é ir marcando com cores coloridas os ingredientes que eu já testei e o Léo aprovou ou não. Por exemplo, marco com vermelho o ingrediente que eu dei e ele não gostou ou com verde o que eu dei e ele aprovou. Para saber o que ele gosta ou não, sempre que eu introduzo um novo ingrediente eu mudo SÓ ELE na receita. Assim, se uma receita que o Léo já comia bem ele passa a não aceitar, é porque a novidade não foi aprovada.

Mais um detalhe: aqui em casa é tudo testado com muito cuidado (pego uma receita que já testei e troco/incluo UM único novo ingrediente) porque o Léo tem APLV , que é alergia à proteína do leite de vaca. Bebês que tem essa alergia podem ser alérgico a outras coisas, então é importante, na verdade necessário, ficar de olho em tudo novo que é introduzido, para ver se causa alguma reação diferente ou não.

Abaixo a “tabela” de ingredientes (que não está em formato de tabela, mas tenho certeza que vcs me perdoam). Eu marco em azul os itens que dei na fase 1 para o Léo. Os demais estou testando agora na fase dois e já adianto que tem coisas que, definitivamente, não foram aprovadas. Kkkkk!

Qualquer dúvida, deixe um comentário abaixo. Terei prazer em responder.

GRUPO 1 – PROTEÍNAS
Frango (caipira), carne, peixe…

GRUPO 2 – TUBÉRCULOS E RAIZES
Batata, mandioquinha, batata doce, inhame, mandioca…

GRUPO 3 – LEGUMES
Cenoura, abóbora, abobrinha, chuchu, brócolis, couve flor, berinjela, moranga, quiabo, pepino japonês…

GRUPO 4 – VERDURAS
Espinafre, escarola, rúcula (mini), couve, acelga, endívia, mostarda…

GRUPO 5 – GRÃOS
Feijão, lentilha, ervilha, grão de bico….

 
Leia outros posts relacionados a este tema:

39 comentários

  1. Daniela

    Oi Shirley, também sou mãe de um Leonardo, pouca coisa mais novo que o seu (faz 7 meses dia 30). Adoro seu blog. Faço dele uma leitura diária!
    Uma dúvida: quanto tempo você ficou na etapa 1 até passar para a 2? Beijos e obrigada, Daniela

    1. By Shirley Hilgert

      OI Daniela, tudo bem? Desculpe a demora em responder. Eu acho que fiquei umas 3 semanas na fase 1. Quem definiu isso foi o pediatra. Se você estiver com dúvidas a respeito disso, converse com o seu pediatra. São eles que costumam definir quando e como faremos as mudanças na alimentação dos nossos filhotes. Ah! E fico SUPER FELIZ em saber que você é uma leitora super fiel do MdM. Adorei!!! Abraços!

  2. Anonymous

    Olá, também sou mãe de uma bebê que tem aplv, estamos sofrendo muito com ela que as vezes chora e não sabemos o motivo, acompanho o blog e gosto muito das dicas.Obrigada, Juliana Medeiros Cardoso, mãe da Ana Livia de 05 meses e Arthur de 06 anos.

    1. Afff! Essa APLV é para matar, né! Eu também fico desesperada toda vez que o Léo está mamando ou comendo papinha e chora. Me dá um aperto no coração. Mas temos que encarar e esperar passar. Não tem muito jeito, infelizmente. Beijos e obrigada por compartilhar o seu depoimento. aqui. Shi

  3. Carol

    Olá, sou nutricionista (e mãe de uma princesa de dois anos) e gostaria apenas de sugerir que você conversasse com o seu pediatra sobre o uso do azeite no preparo do alimento. O ponto de fusão do azeite é muito baixo e por isso é indicado para ser acrescido no final do preparo do alimento, sendo contra indicado o seu aquecimento. O óleo de canola é o mais indicado no preparo da papa, pois tem a melhor perfil lipídico e também boa proporção entre omega 3 e 6.
    Converse com seu pediatra sobre essa possivel troca. Parabéns pelo Blog, beijos

    1. By Shirley Hilgert

      Oi Carol, tudo bem? Obrigada pela dica. Vou conversar com ele sim. Mas, por enquanto, já vou tirar o azeite do preparo. Inclusive, vou tirar da receita que eu informo acima, para evitar qualquer problema. Super obrigada pelo “toque”. É importante esse tipo de feedback de profissionais, isso enriquece o blog.
      Abraços!

    2. Thaise Hobold

      Aboli o óleo de canola depois que descobri se tratar de um produto híbrido. Azeite de Oliva e óleo de Girassol são as minhas escolhas!
      A quem interessar o artigo sobre óleo de canola está ai!
      http://www.puravida.com.br/artigos-do-mes/oleo-de-canola-sera-que-e-bom-mesmo/

  4. Fabiana Magalhaes

    Ola!
    Sou mae de primeira viagem e conheci seu blog a pouco tempo!
    Muito obrigada pelas dicas :)
    Parabens!!!

  5. Lud

    Gostaria de saber como você introduziu os grãos na alimentação, arroz, feijão, ervilha, aveia. E também fubá, macarrão, etc.

    1. Shirley

      No início, eu dei eles esmagadinhos na papinha (feijão, lentilha e ervilha). Depois, passei diretamente para as comidinhas separadas. Como meu filho aceitou fácil tudo separadinho, não fiz uma transição entre papinha e comidinha. Abs.

  6. suellen

    Oi tudo bem?adoro suas dicas!Aonde encontro a receita da papinha fase 1?
    abraços

    1. Shirley Hilgert

      Suellen, não tenho receitas de papinha aqui no blog. Sugiro você checar nos blogs As Delícias do Dudu e Comer para Crescer. bjs

  7. Vanessa

    Olá Shirley!
    Sei que está numa fase posterior à nossa aqui em casa, mas queria saber como foi a introdução do suco e das frutas pro seu Leo. Estou introduzindo pro Vinicius agora e ele não aprovou nada por enquanto…rs
    Tenho um Leo tbem e com ele foi super tranquilo. Tomava todos os sucos e aceitava bem as frutas desta etapa inicial.
    Adoro suas dicas!
    Bjs
    Vanessa, mãe do Leo (2 anos e 11 meses) e do Vinicius (5 meses e meio).

    1. Shirley Hilgert

      Vanessa, dei primeiro o suco, por uns 10 dias, e depois comecei com frutas. No início ele estranhou as frutas, mas depois foi comendo. Aceitou melhor banana, as outras era mais difícil dele querer. Agora come super bem frutas. bjs

  8. Evelyn Basilio

    Ola meninas, estou com um problema. Meu filho tem 7 meses e nao aceita comer as papinhas que faco, so quer comer papinhas prontas. Ja segui varias receitas e nao deu certo.
    Percebi que ele nao quer nada em pedacinhos, tem que ser bem moida tipo pure senao nao come.
    Tenho visto que nesta idade ele ja deveria aceitar a papinha nao tao triturada.
    O que faco??? Bjs

    1. Shirley Hilgert

      Evely, vá oferecendo do jeito que ele aceita e depois deixando mais consistente aos poucos. Bem aos poucos. Eu fiz isso. Aqui no blog tem outros posts com dicas para a introdução de papinha. bjs

  9. jessica santiago

    oi tenho uma princesa d 4meses que odeia mamadeira kkkk….a pediatra dela passou papinha p ela mais estou muito confusa como fazer..rsrsrs…eu preciso voltar trabalhar..tenho medo de ficar repetido o mesmo alimento sempre queria variedade de receita p fazer com todos nutrientes que ela precisa…beijoss adorei site…

  10. Tatiane

    Olá Shirley, Adorei seu blog!!! Preciso tirar uma dúvida, estou montando uma tabela dos grupos e senti falta do arroz, macarrão – que grupo entra? ah, vc sabe da variação de feijão – Preto/Carioca/Rosinha/Branco, enfim é necessário a variação? os nutrientes são diferentes?
    Estou com muito medo de introduzir o grupo de grãos por conta dos gases, pois o meu baby – Vini, já está sofrendo sem eles…rsrs (coitadinho…)
    obrigada! Beijos.

    1. Shirley Hilgert

      Entra no grupo da batata, mandioquinha, etc… Sobre a variação dentro do tipo de alimento (carioca, preto, etc…) acho que não é necessário. bjs

  11. Jaqueline

    Olá Shirley!
    Meu filho tbem tem Aplv. Não entendi uma coisa, qdo vc introduziu a papa salgada iniciou com apenas um ingrediente ( só batata, por exemplo) ou um de cada grupo?
    Obrigada!
    Beijos

  12. Hesly

    Olá Shirley, com relação a introdução alimentar, meu filho estava comendo super bem, mas de repente começou a negar um ou outra refeição, e agora parou de comer tudo… vc passou por isso? pode ser o dente? pode ter algo a ver com os saltos de desenvolvimento será? Ele está com 7 meses…
    Obrigada…

    1. Shirley Hilgert

      Passei sim, e sempre tinha um motivo: dentição, virose, febre, etc… Bjs

  13. tania

    ola tenho uma bebe de sete meses e nao quer comer nada o que devo fazer?

    1. Shirley Hilgert

      Tania, o ideal é conversar com o pediatra. As dicas que tenho já compartilhei aqui no blog. bjs

  14. Priscila

    Ola,.

    Como sao determinadas as fases 1 e 2? Obrigada.

  15. KACIANA

    BOA TARDE
    MINHA DUVIDA É O Q ACRESCENTAR NAS PAPINHAS DE CRIANÇAS DE 9 A 12 MESES
    GOSTARIA DE DICAS.
    OBRIGADA

  16. Katy Castro

    Para começar é bom que seja tudo bem simples né, para o bebê não estranhar. Graças a Deus hoje minha filha tem 1 ano e 4 meses e come de tudo, não nega nada. Eu escrevi exatamente como consegui isso no meu blog. docecomomel.com/papinha-salgada

  17. camila

    Ola,preciso de ajuda com relacao a suco pro meu bebê, ele esta com 10 meses e so tomou ate hoje laranja lima, todas que penso sao ácidas e nao quero colocar açúcar.me ajudem…

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Camila!
      Esse post com dicas para escolher as frutas pode te ajudar :) http://www.macetesdemae.com/2014/07/dicas-para-escolher-frutas-para-as-criancas.html
      Bjs

    2. Carolina

      Eu tento todos os sucos, sem colocar açúcar, experimente, não fique com medo… Para os mais ácidos eu misturo as frutas.. Tipo laranja pêra + mamão. Ou em algum muito doce como melancia ou maçã, coloco umas gotinhas de limão. Ele adora :)

  18. Franciele

    Ola adorei suas dicas meu bebê tem 5 meses acredito q esteja na fase um.quanto tempo vc deixa pra mudar a fase?e vc cozinha tudo e depois bate no liauidificador?se puderes responder para meu email tbem agradeço muito.
    Beijinhos

  19. Lidiani Assad

    Posso acrescentar o Pepino na papinha do meu bebê de 8 meses?

    1. Shirley Hilgert

      Sim. Não tem por que não. bjs

  20. Cynthia Serret

    Adorei suas dicas Shirley.
    Gostaria de saber.. o frango você desfia bem fininho ? Mey bebê tem 5 meses comecei com as papas mas tenho medo dele engasgar com o frango.

    1. Shirley Hilgert

      Isso. Desfiado bem fininho.

  21. Polyanna Belisario

    Olá, querida.
    Sua página no meu Facebook está como favorita!
    Sempre que entro, visualizo primeiro seus posts. Rsrsrs
    Gostaria de saber se a fase 1 é a partir dos 6 meses mesmo.
    Pergunto isso Pq minha bebê tem 6 meses e a pediatra mandou inserir apenas (se tratando de papinhas salgadas) jerimum , inhame e batata – separadamente . Somente! Cozinhá-las e dar amassadinhas .
    Achei tão pouco comparado aos seus ingredientes da fase 1.

  22. Priscila

    Olá. .. posso colocar mandioquinha e arroz na mesma papainha???

    1. Shirley Hilgert

      Ambos são do mesmo grupo: carboidratos. Dessa forma, coloque metade de cada, para não ficar muito carbo.

  23. Priscila

    Olá
    Posso colocar mandioquinha e arroz na mesma papainha?

Deixe seu comentário