O que levar em conta na hora de escolher o carrinho do bebê

Preciso ser sincera: eu não pesquisei, analisei ou testei qualquer carrinho antes de comprar o do Léo. O que fiz foi seguir a sugestão de uma amiga. Eu acompanhei de perto o calvário que ela passou quando estava escolhendo um modelo para comprar para a filha  (dias pra cima e pra baixo visitando lojas e noites e mais noites mergulhada na internet) e, sinceramente, eu não estava nem um pouco a fim de passar por tudo aquilo.

Depois dessa hiper, master, super, blaster pesquisa é claro que ela saberia me indicar um bom carrinho, afinal, não há o que ela não tenha lido e se informado sobre o assunto, então, peguei carona na experiência dela e relaxei.

Mas hoje, mesmo eu não tendo feito toda essa pesquisa, eu sei dizer exatamente o que um carrinho tem que ter e o que é totalmente dispensável. E quer saber? Ah como a gente se engana! Algumas coisas que antes de usarmos na prática julgamos serem super importantes, depois viram as coisas mais desnecessárias do mundo.

Ah! Outra coisa que a super pesquisa da minha amiga indicou: não há o modelo de carrinho perfeito. O que é excelente em alguns quesitos, peca feio em outros. E não é porque os fabricantes são burros e não conhecem as necessidades do consumidor, é porque não tem mesmo como conciliar duas coisas que são totalmente antagônicas. Exemplo? Um carrinho super confortável dificilmente será muito leve.

Bom, mas vamos ao que interessa (minhas introduções são sempre tão longas!!!!). Abaixo relaciono algumas coisas que são super importantes você levar em conta na hora de escolher o modelo de carrinho para seu bebê.

1. Tamanho: está aí uma coisa que, na minha opinião (e de várias outras mamães) é super importante. Primeiro porque o carrinho tem que passar pelas portas de uma casa e depois porque ele tem que ser transportado dentro do carro e nem sempre os carros tem porta malas grandes. O meu, por exemplo, é um Picanto. Duvido que algum outro modelo que não o Quinny Zapp Xtra caberia dentro dele. D U V I D O! Detalhe: eu não tinha nem me atentado para isso quando comprei o carrinho. Quem chamou atenção para esse pequeníssimo detalhe foi meu marido. (Beijo, marido! Obrigada por ser super sensato quando euzinha aqui entro em surto!).

2. Peso: olha, quando viramos mãe a gente, por natureza, já carrega peso em excesso. É o bebê, é a bolsa de passeio do bebê e é um monte de outras traquitanas. Se toda a vez que formos sair de casa tivermos que carregar um trabolhão pesado, eu juro, a gente desiste. Carrinho leve é tudo de bom!

3. Praticidade para abrir e fechar: lembre-se que quando você sair com o carrinho, você também estará com o bebê. Assim sendo, será um inferno se você tiver um modelo que dá um trabalho do cão para abrir e fechar. Quanto mais prático, melhor! Você irá economizar tempo e energia.

4. Segurança:  hoje, a maioria dos modelos que se vê por aí (se não todos) garantem a segurança dos bebezinhos e crianças que transportam mas, por via das dúvidas, vou citar aqui alguns pontos que você deve prestar atenção na hora de escolher o carrinho:

  • Se ele tem estabilidade suficiente, ou seja, se ele não pende para os lados quando você anda com ele e nem para trás quando você pendura algum peso maior nele (certeza que você vai viver com sacolas penduradas pelo carrinho. Certeza, amiga!). Detalhe: quanto maior o diâmetro das rodinhas, maior será a estabilidade do carrinho.
  • Se as rodinhas ficam longe suficiente do contato com as mãozinhas e pezinhos do bebê.
  • Se ele não tem pontas, superfícies ásperas, etc…
  • Se ele não é muito molenga, daqueles que parecem que vão se desmanchar quando você começa a andar.
  • E, principalmente, se ele tem cinto de segurança de cinco pontos: dois nos ombros, dois nas laterais e um no meio das pernas. Se nao tiver, o mínimo que se exige é que ele tenha três pontos: dois nas laterais e um no centro das pernas do bebê.
5. Pedal de freio: esse item deveria estar dentro de segurança, mas ele é tão, mas tão importante, que resolvi colocá-lo em separado. Antes de ter um carrinho eu nem sabia que existia esse tal pedal de freio. Pois ele existe e é essencial. Ele serve para você travar o carrinho quando este não estiver em movimento. Isso é super importante porque vira e mexe você terá que parar o carro em superfícies inclinadas ou você terá que colocar nele um bebê que não para de se mexer, coisas que sempre oferecem risco se o carrinho não estiver travado.

6. Conforto: bom, conforto também é essencial. Não dá para o bebê passar horas e mais horas (porque ele vai passar, pode ter certeza!) num negócio duro e desconfortável. Alguns modelos de carrinho não são muito bacaninhas nesse sentido (o meu, por exemplo, que é o Quinny Zapp Xtra) mas aí dá para resolver comprando colchõezinhos que os deixam mais fofinhos. E se os tais colchõezinhos não resolverem o problema, aí tem mesmo é que trocar de modelo.

7. Regulagem da posição do assento: verifique antes de comprar o carrinho quantas posições de acento ele permite e se dá para colocar o acento virado para você e para a frente. Eu acho isso essencial. O meu carrinho, por exemplo, só tem três regulagens e eu acho que a que deixa o bebê mais sentadinho poderia deixá-lo ainda mais retinho. Ou seja, nesse sentido, meu carrinho deixa um pouco a desejar.

8. Espaço para carregar bolsas e outros objetos: veja se o carrinho possui alguma cesta ou outro espaço para você poder colocar sua bolsa, a bolsa de passeio do bebê ou outros objetos menores. Essa é uma característica bem interessante e útil (apesar de não ser indispensável).

9. Possibilidade de acoplar bebê conforto e moisés: nem todo mundo gosta e quer, mas se você quer usar o bebê conforto e o moisés sobre o carrinho (quando o bebê é pequeno isso pode ser bem prático) é importante checar se o modelo escolhido aceita esses “acessórios extras”. O meu, por exemplo, só permitia o encaixe do bebê conforto e não o do moisés (por conta de não ser um carrinho muito largo). Mas para mim tudo bem, pois eu não fiz questão de ter moisés mesmo.

10. Peças “destacáveis” que permitem lavagem: uma coisa que é bem interessante é a possibilidade de se despreender partes do carrinho, como a capota e o assento, por exemplo, para lavagem. Tudo que é de tecido ou lona costuma sujar bastante, assim, se der para tirar para lavar super ajuda.

11. Sistema de amortecimento: há alguns modelos que tem um sistema de amortecimento incrível (o Quinny Buzz, por exemplo), que garantem muito mais conforto e estabilidade para o bebê. Esses são os melhores para recém nascidos.

12. Largura e modelo das rodinhas: num país como o Brasil, não podemos nos esquecer que se as rodinhas do carrinho forem muito pequenas e estreitas elas irão simplesmente “entalar” nas nossas incrivelmente esburacadas calçadas. Eu, vira e mexe, passo por isso, pois o meu modelo de carrinho, diferente do Quinny Buzz, que tem rodas de pneu (bem largas e grandes), tem rodinhas estreitas e pequenas. Mas eu já acostumei com isso e não é algo que me incomode.

13. Rodinhas dianteiras que giram 360 graus: isso é super importante para você conseguir mover o carrinho em todas as direções.

14. Assistência técnica no Brasil: está aí uma coisa que, quando compramos o carrinho lá fora, costumamos esquecer de avaliar. Quando esse for o caso, ou seja, se você resolver comprar o carrinho lá fora, sugiro que dê preferências às marcas que também são vendidas aqui. Assim, se você tiver algum problema e tiver que trocar uma peça ou fazer um conserto, será mais fácil.

15. Capota: avalie se a capota do carrinho tem um tamanho bom para proteger o bebê do sol. O bom é que ela abra bastante para frente.

16. Tamanho do assento: cheque se o assento tem um tamanho bom também. Se ele for muito pequeno, você não podera usá-lo por muito tempo com o bebê/criança. O ideal é que dure até ele ter, em média, 2,5 anos.

Não sei se vocês perceberam, mas já terminei a lista e não citei, nem de longe, o design como um dos aspectos importantes a se levar em conta nessa decisão. Pois está aí uma coisa que realmente deixou de pesar depois que comecei a usar no dia a dia um carrinho de bebê. Antes, para mim era essencial ter um carrinho bonito, moderninho, com uma cara transadinha. Atualmente, não estou nem aí para isso. Sinceramente, isso é o que menos importa. Quer dizer, se o design servir para deixar o carro mais confortável, estável, etc… então está valendo, mas se o propósito é só ser bonito, esqueça!

Outras coisas que eu queria acrescentar:
Eu estou bem satisfeita com o modelo de carrinho que eu escolhi. Até porque, nenhum outro caberia no meu porta malas! Mas, no geral, ele é um carrinho bem bacana. Não é o supra sumo do conforto, mas usando o tal colchãozinho que eu comentei ele fica 100%. Ele também não é um carrinho com um super sistema de amortecimento, mas quer saber?… Os bebês amam o bate, bate das nossas calçadas e ruas, então, para mim, ele também está ok (só eu que sofri um pouco até aprender a manobrar o negócio para desviar dos buracos).  O que ele tem de super positivo é que ele bem leve e compacto e não dá muito trabalho para montar (digamos que nesse quesito eu dou um 6 para ele. Poderia ser mais prático, mas com certeza há carrinhos bem mais complicados).

Só tem duas coisinhas que, podem ser super bestinhas, mas para mim estão fazendo falta nesse modelo de carrinho:
1. Ele não tem uma proteção rígida na frente do bebê, que permite que ele fique sentadinho mais solto. Toda vez que eu o coloco no carrinho tenho que “amarrá-lo” com o cinto, se não ele pula de lá (Quinny Buzz tem isso).
2. Também não há como fixar as rodinhas dianteiras (elas giram 360 graus) e isso me irrita um pouco. Às vezes quero fazer o Léo dormir no carrinho, só empurrando com uma mão ou com o pé, e aí o negócio fica indo para todos os lados porque as rodinhas giram. Que ódio!

Gente, enumerei tudo que é importante ser levado em conta na hora de escolher um modelo de carrinho. Agora, o que é mais ou menos importante, vai variar de pessoa para pessoa. Por exemplo, para algumas mães o tamanho do carrinho pode não fazer muita diferença, pois elas tem carros grandes, mas esse não era meu caso.

Tenha em mente o que É MAIS IMPORTANTE e ESSENCIAL para você, e aí escolha o seu carrinho com base nisso. O que é caractarística desejável (mas não obrigatória) não deve pesar tanto assim na decisão.

Outras dicas: converse com outras mamães e pergunte o que elas acham dos carrinhos que escolheram. Peçam para enumerar os pontos positivos e negativos. Ainda, tente visitar algumas lojas e peça para testar os modelos que eles vendem: abrir, fechar, andar um pouco pela loja… Isso super ajuda na hora de decidir.

Depois me contem que modelos de carrinhos vocês usam e se acertaram na escolha.

99 comentários

  1. Anonymous

    Adorei a matéria!!! Também tenho um Quinny Zapp Xtra… Onde você comprou o colchãozinho? Qual a média do valor?! Obrigada!!! Bjs! Juliana Rigota

    1. By Shirley Hilgert

      Olá, comprei o colchãozinho em Miami, numa loja chamada Nini and Loli (http://www.niniandloli.com/). Se não me engano, paguei 75 dólares + impostos. O valor é bem salgadinho, principalmente por ter sido comprado lá fora, mas é porque ele é feito quase que artesanalmente e tem uma ótima qualidade. Já tentei mandar fazer um igual aqui no Brasil, mas a qualidade ficou péssima. Desisti. :-(

    2. Anonymous

      Obrigada!!! Estou indo agora em abril para Orlando e vou ver se encontro por lá!!! Mas com o caminho das pedras fica mais fácil! rs. Beijos!!! Juliana Rigota

  2. Karina Mosca

    Nossa, esse post caiu como uma luva pra mim hoje, minha situação é a seguinte: tive meu primeiro filho há 14 anos atrás (até que acertei no carrinho na época), em 2011 tive uma menina, ai errei feio no carrinho, comprei um Maxi Mura 3 (aquele modelo de 3 rodas enormes), achei lindo e na época eu era viciada em corridas de rua e “inocentemente” achei que depois que a Maitê nascesse iria continuar correndo e no caso com ela, comprei o tal carrinho que é um “trambolho”, horrível para desmontar, ele fica 2 volumes, a parte da cadeira não se fecha junto com a armação do carrinho, ou seja, nada prático, só usava ele em casa mesmo, qdo saia com ela era no colo, um transtorno. Só que agora estou grávida de novo e me nego usar o mesmo carrinho, pois preciso de muita praticidade, teria uma bebe de 1 ano e 9 meses e outra recém-nascida. Vou deixar o Maxi Mura na casa de praia já montado, pq as rodas dele são excelentes para andar na areia e vou comprar o carrinho mais prático possível para o dia-a-dia.

    1. By Shirley Hilgert

      Karina, ouvi falar que o Citi Mini Jogger é ótimo. Outro que também me falaram bem é o Britax B Agile. Ambos parecem com o Quinny Zapp Xtra, mas parece que até melhores, mais confortáveis e mais em conta.
      Ah, o Quinny Zapp Xtra, que é o meu, também tem que tirar o acento para fechá-lo. Já o Britax B Agile não, o acento dobra e fecha junto. Mais prático! Beijos! Boa sorte na procura.

    2. Fernanda

      Meninas, eu tenho o Britax b-agile. Adoro!! Qdo comecei a fazer a pesquisa pra comprar o carrinho do Enzo, levei em conta tudo isso q a Shirley colocou no post. Eu estou mto satisfeita com a escolha. Ele cabe super bem no porta malas, mto fácil de abrir e fechar, tem um preço camarada, dá pra desmontar pés lavar, enfim, recomendo! Bjs!

      1. Priscila

        Olá! Também tenho o Britax B-Agile e simplesmente adoro! Optei por ele pela praticidade e para caber na mala do carro! Por enquanto ainda tenho usado com o bebê-conforto acoplado (Britax B-Safe) que também é ótimo e se encaixa super bem tanto no carrinho quanto na base do carro (aliás, comprei 2 bases, uma para o meu carro e outra para o do meu marido, o que tornou nossa vida hiper-prática). O B-Agile é super fácil de fechar e abrir, incrível. Meu bebê está com 4 meses e usa direto o bebê-conforto e o carrinho.
        Super recomendo.
        http://www.youtube.com/watch?v=4t9Sa6eGwKU

        Beijos!

        1. Julienne

          Meninas que compraram o Britax (ou mães experientes): como fizeram até os 6 meses do bebê? Deixavam ele direto no carrinho? Tenho a impressão que o bebê ficaria dançando nesses carrinhos mais “abertos”, mas acho que é inexperiência minha!! Me expliquem, por favor?! Ele consegue dormir no carrinho, por exemplo? Obrigada!!!

    3. Oi Fernanda, estou quase certa de que vou comprar o BritAx agile, so queria saber se ele fica na posição Moisés ou se tem que comprar a parte.. Você sabe?

      Bjos

    4. Larissa

      nossa, esses quesitos eu jah estava levando em conta, mas o que me ajudou muito foi um post falando sobre esses carrinhos tipo triciclo com rodas que parecem de bicicleta e agora fiquei em duvida, deixe-me explicar:
      quando engravidei da minha menina em 2008 ganhei um carrinho que foi bom, mesmo sendo um trambolhao pesado e enorme, mas parecia um berço e o amortecedor era otimo, nao lembro o modelo mas era da burigoto, com o tempo troquei por um modelo guarda chuva da galzerano, menor e mais pratico, mas sem conforto. o problema agora eh que vou ter outro e tinha decidido por comprar por um jeep, com tres rodas, pq parece ser mais resistente e mais duradouro, eu ando muito a pe e uso carrinho ate os 4 anos (o transito onde moro eh infernal), mas fiquei em duvida por causa de um post que fala que ele eh trabalhoso de manusear, agora comecei da estaca zero! gostaria de algumas recomendaçoes. procuro um carrino que eu possa usar desde o nascimento ate aproximadamente 4 anos com boa durabilidade para ser usado praticamente todos os dias! obrigada

      1. Luana

        Olá, eu tenho o – Carrinho para Bebê Chicco Duo CT 0.2 Acolchoado – Que eu gostei muito em relação ao acabamento, conforto e segurança. O maior defeito dele é o tamanho quando fechado, para colocar no porta malas, mas como meu carro tem bagageiro grande optei por esse. Meu filho está com dois anos e meio e ainda uso o carrinho, consegui guardá-lo em um armário em casa enquanto não uso. Ele já veio com o Bebê conforto, o que facilitava muito os passeios. Eu recomendo e gosto muito desta marca, a Cadeirinha que comprei pro carro também é da Chicco e tem ótima qualidade!

  3. Anonymous

    Sou mamãe de primeira viagem e sempre que leio um post como esse, penso quanta coisa para decidir, realmente não é fácil. Obrigada pelas dicas. Bjs Joana

    1. By Shirley Hilgert

      Pois é, Joana! Eu vivia perdendo o sono na gravidez, só pensando em tudo que tinha que decidir. Como sou ansiosa, já queria ver tudo resolvido logo, mas nem sempre é possível. Acho que até por isso que eu desisti de pesquisar o carrinho e fui na indicação mesmo.
      Mas hoje eu faria diferente. Com certeza faria uma pesquisa prévia e tentaria testaria em algumas lojas antes de escolher o modelo. Acho que vale a pena! Beijos!

  4. Luisa

    Olá! Em primeiro lugar gostaria de te dizer que adoro seu blog! Descobri há poucos dias e estou adorando!
    Gosto muito de ler seus posts e me identifico com vários deles! É muito bom saber que não sou nenhuma mãe ET, como você mesma diz :)

    Em relação ao carrinho, comprei o Stokke Xplory e sou apaixonada por ele! Além de muito confortável, seguro, e com um rolamento sem igual, ele possui uma característica que não vi em nenhum outro. Nele é possível regular a altura do assento do bebe! Consigo deixar o Gui bem no alto e posso enxerga-lo estando a metros de distância! Além disso, quando passeamos, ele consegue enxergar tudo a sua volta!
    Nele é possível encaixar o bebê conforto e o moisés, e o assento principal pode ser colocado de frente ou de costas para você! Porém, apesar de ser facilmente desmontável, o tamanho dele ainda é bem grandinho! Outra desvantagem é o preço, que é um pouco salgado!
    Mas sinceramente, não troco por nenhum outro! Quem tiver a oportunidade de fazer o enxoval fora do país deve dar uma conferida nesse carrinho!!

    Beijos e parabéns mais uma vez pelo Blog!

    1. By Shirley Hilgert

      Luisa, tudo bem? Obrigada pelos elogios e pela sua colaboração. Eu não conhecia o Stokke Xplory. Como disse, não pesquisei nada antes de comprar o meu carrinho. Mas é bom saber que esse é bacana e que você está curtindo.
      Estou pensando em fazer um post com mamães falando sobre os carrinhos que escolheram e quais os pontos positivos e negativos que estão vendo neles. Quando o projeto sair da gaveta vou convidá-la para falar a respeito do seu modelo eleito. Pode ser? Beijos!

    2. Débora Bruno

      Olá Luisa, e Shirley!
      Estou engatinhando, fazendo planos e blogs como este são de grande ajuda.
      Gostaria de consultar a Luisa, que tem um Stokke Xplory, como ela fez com o bebê conforto, já que a Stokke não vende nos EUA o modelo fabricado por eles (iZi Sleep). Qual o modelo que você tem, como é possível adaptá-lo ao carrinho? E o moisés, o carrinho não vem com este item, não é mesmo?
      Agradeço as orientações que puder acrescentar!
      Abraços,
      Débora

  5. Anonymous

    Muito bom esse post. Na verdade adoro todos! O meu Léo tem 3 meses e quando fui comprar o carrinho, pensei que o mais bonito e pomposo seria o ideal. Ainda bem que a vendedora da loja me explicou no detalhe as vantagens e desvantagens dos carrinhos à venda. Escolhi o modelo Trevi da marca Chicco e acho que fiz uma excelente escolha. Ele é leve, pois a estrutura é de alumínio; o encosto possui vários níveis; o cinto é de 5 pontas; as rodas são grandes, com freio nas traseiras e nas dianteiras com sistema 360 graus, podendo travá-las para ficarem retinhas e embalar o bebê mais facilmente, por exemplo. Além disso essas rodas dianteiras podem ser retiradas quando precisar transportar o carrinho fechado no automóvel, ocupando menos espaço. Aproveitei e comprei o bebê conforto da mesma linha, que já vem com a base (é removível) para usar no nosso carro e pode ser usado também acoplado no carrinho do bebê. Não me arrependo. Comprei no Brasil mesmo, em Fortaleza, e acredito que pode ser encontrado em qualquer loja especializada. Aqui vai o link para maiores informações: http://www.chicco.com.br/ProdottiChicco/SchedaProdotto/tabid/978/art/05061479970070/Default.aspx
    Bom, espero também ter ajudado as mamães de 1a viagem assim, como eu.
    Bjs! Fernanda Cavalcante.

    1. By Shirley Hilgert

      Fernanda, super obrigada pela sua colaboração. Eu estou pensando em fazer um post com depoimentos de mamães, falando sobre os carrinhos que escolheram e o que estão achando deles (pontos positivos, negativos, etc…). Quando o projeto sair da gaveta você topa colaborar e escrever a respeito do seu modelo de carrinho eleito? é algo rapidinho, curtinho mesmo, pois vou fazer um post falando de vários carrinhos, aí não dá para ser nada longo. Se tudo bem por você, me avise que eu entro contato quando começar a produzir o post. Beijos e obrigada por deixar seu depoimento aqui. Shi

  6. Neima

    Shirley,parabéns pelo post. Eu comprei o Bugaboo Bee, achei super compacto, leve, fácil de montar e desmontar, as rodinhas da frente têm a opção de travar, o porta-trecos é grande, o assento reclina bastante e dá pra deixar o bebê virado pra quem manuseia o carrinho ou pro “mundo”.
    Por enquanto, na teoria, é o carrinho perfeito, rs. Vamos ver quando o meu bebê chegar, :).
    Bjs,
    Neima.

    1. By Shirley Hilgert

      Neima, tudo bem? Que bacana! Já ouvi falar muito bem desse carrinho. Tomara que na prática ele seja perfeito mesmo.
      Por sinal, eu estou querendo fazer um post com depoimentos de mamães, falando sobre os carrinhos que escolheram e seus prós e contras. Você toparia colaborar e fazer o depoimento sobre o Bugaboo Bee? É algo curtinho, simplesinho mesmo. O único problema é que você ainda não testou, né. Para quando é seu bebê? Se você topar, me avise que eu vejo se dá para esperar a cegonha chegar. :-) Beijos!

    2. Neima

      Oi, Shirley,

      Meu bebê está previsto para a primeira semana de abril. Caso tenha interesse numa “resenha” do carrinho, é só me avisar.
      Bjs

    3. Luciana

      Neima, você fez uma excelene escolha. Tenho o bugaboo bee ha 1 ano e meio e ja estou a espera de usa-lo novamente com o segundinho que vai nascer em um mes. Pesquisei muito na epoca e acho um dos carrinhos mais completo atualmente, com ótimo custo benefício. Super facil montar, leve e compacto, confortável desde o nascimento com o cocoon que é vendido a parte. Capa de chuva e mosquiteira que vestem o carrinho perfeitamente sem deixar o bebe molhar mesmo em temporal! Eu ja levei o meu para todo tipo de viagem, varias internacionais, praia, montanha, off road, areia, td que vc imaginar e ele está como novo! Adoro e não trocaria meu carrinho jamais! Apesar de ser apaixonada pela stokke, o que pegou mesmo na escolha foi o tamanho e peso pra tirar do portamalas e monta-lo sem dificuldades com uma unica mao…

  7. Anonymous

    Excelente seu post! Pesquisei muito para comprar meu segundo carrinho pois meu bebê tem 2 meses e queria algo que já servisse desde agora. Comprei um Maclaren Techno Xt e amei! Leve, rapido para abrir e fechar, desliza muito bem e manobra facilmente. Tem 4 posiçoes podendo deitar o bebe e uma capota imensa pois ele odeia sol! As rodas sao bem estaveis e nem grandes nem pequenas. Uma boa cesta para objetos. Carrinho sem design mas muuuito prático e de boa qualidade!

    1. By Shirley Hilgert

      Nossa! Que bom que você está super satisfeita com a escolha. Nada pior que errar no carrinho, afinal é um item super caro e que usamos horrores!
      Beijos! E obrigada por deixar seu depoimento aqui.
      Shi

  8. Ingrid Ribeiro

    Errei feio também nessa escolha Shy..
    Sorte que ganhei um daqueles de passeios!
    Ótimas dicas, beijos meus e do Guga :*
    http://comosermaedeumprincipe.blogspot.com.br/

    1. By Shirley Hilgert

      Nossa, ainda bem quem depois veio o carrinho de passeio. Afinal, sair com um carrinho que a gente não gosta é um saco!
      Já pensou em vender o que você não usa? Pode ser que para outra mãe ele super agrade.
      Beijos!

  9. Daniela

    Oi Shirley, eu tenho o Stokke Xplory e adoro! Ele tem um design bem moderno (o que na verdade não importa muito), é super confortável mas, o que acho mais legal e o maior diferencial é a altura em que o bebê fica (não vi nenhum outro assim)! Quando vamos a um restaurante, por exemplo, o meu Léo interage bastante conosco, pois ele fica bem na altura da gente e quando passeamos ele pode enxergar tudo muito melhor.
    O único inconveniente é que ele é um pouco grande e tem que tirar o assento pra fechar. No mais, estou bem feliz com a escolha!
    Bjs e amo seu blog!

    1. By Shirley Hilgert

      Nossa! Adorei esse negócio da altura do carrinho! Que tudo!!!! Vou dar uma olhada nesse modelo, só de curiosa!
      E obrigada por deixar seu depoimento aqui. Adorei!!!
      Beijos

    2. π

      Meninas, eu quase comprei o Xplory, mas não curti a bolsa dele na frente na época. Agora existe o Crusi, é APAIXONANTE! Tudo que o Xplory tem de bom e uma cestona embaixo.

  10. Anonymous

    Oi, eu errei feio. Comprei um da Burigotto que é enorme e impossível fechá-lo sozinha. Ele só é útil quando estou com o meu marido. E olha que fiz meu enxoval nos EUA, mas achei que não era necessário trazer de lá. Bom, essa semana comprei um modelo guarda-chuva da Infanti que é super fácil de abrir, fechar e colocar no porta-malas SOZINHA, é moderno e bonito (diferente dos outros modelos guarda-chuva que eu vi). Além disso, o Pedro Henrique ficou bem confortável com ele. Custo extra de R$ 350,00 que valeu a pena pela nossa independência.
    Beijo
    Bruna

    1. By Shirley Hilgert

      Bruna, adorei a dica do carrinho Infanti. Eu não conheço, mas vou dar uma olhada.
      Beijos!
      Shi

    2. Helena Argolo

      Olha… Eu sou a prova viva que a gente nunca está satisfeita! rs
      Eu primeiro errei com o Burigotto grandão, depois errei com o Maclaren levinho (apesar dos 5 kg, não reclina!)… No segundo filho eu pesquisei, pesquisei, comprei um Linea Voyage no Brasil, que usei com um colchãozinho de 0 a 4 meses, depois ficou apertado (bebezão!) – mas custou 89 reais! Daí passei ele pra esse Infanti Sunny de que a Bruna falou! Ele reclina todo e é leve, tb adoramos. E 349 no Walmart. Tb comprei nos EUA um Joovy Caboose Ultralight, pelo Amazon… Custa 230 dólares, não é caro pra um duplo. Ele é grandalhão, pq cabe duas crianças (o meu mais velho disse que é um trem, Ben é o maquinista e ele é o passageiro… kkk), mas pesa 9,50 kg, abre e fecha MUITO fácil, tem adaptador para bebê conforto de qualquer marca nos primeiros meses, 3 posições de recline (não é ideal, mas dá pro gasto) e uma bolsona embaixo. Cabe no bagageiro do carro e só, pq não entra mais nada… rsrs Mas pra dentro da cidade é bom! Qdo levamos bagagem, levamos o Maclaren (pro mais velho, pois apesar de não reclinar, vai até 25 kg) e o Infanti e uns conectores de carrinhos que compramos da Prince Lionheart. Dentro da cidade adoooooro meu Joovy, pq monta e desmonta MUITO fácil, mesmo com o bebê no colo, e a bolsa embaixo cabe um supermercado inteiro! Adoramos passear com a locomotiva pela cidade… rsrs
      E quando alguém diz que temos muitos carrinhos, eu faço a seguinte soma: Os dois filhos, em diferentes fases e modo de vida, tiveram: 460(Burigotto)+ 440(Maclaren)+460(Joovy)+89(Voyage)+350(Infanti)= 1.799 reais. Um Stokke Xplory custava 990 dólares. Na época, achei melhor ter um carrinho que fosse feliz em cada situação do que buscar um único carrinho que desse certo para sempre…! Como vc disse, precisamos buscar o que cabe melhor na nossa realidade…! Perfeito!
      O post está excelente, Shirley! Parabéns, adorei! Vou escrever sobre isso agora lá no blog e queria ideias! Obrigada!

  11. Anonymous

    Shirley, estou em dúvida entre esse dois … estamos querendo algo que tenha o moisés e o bb conforto. O lenox compassII 889 ou o Peg-Pérego Trio Modular Pliko P3 Berço.

    1. By Shirley Hilgert

      OLá, como está? Infelizmente, não conheço esses dois modelos para poder emitir uma opinião a respeito. Abraços!

    2. Anonymous

      Olá !! Estamos bem. Poxa =/ … se souber de algo me avise.
      Abraço,

      Bárbara.

  12. Anonymous

    Olá Shirley, conheci seu blog há poucos dias e estou adorando!! Também sou mãe de primeira viagem, bom, ainda não sou mãe, sou uma grávida de primeira viagem e fiz uma pesquisa básica sobre carrinhos. Na verdade a pesquisa quem fez foi o pai. Ele bateu o pé que a escolha do carrinho fosse dele e espero do fundo do coração que tenha sido a escolha certa porque já compramos o carrinho e agora é aguardar o baby nascer para experimentá-lo. Compramos o Janè Trider Matrix. Estamos entre o Quinny Buzz e o Janè mas eles têm características muito semelhantes..vamos ver!!

  13. Larissa Estephá

    Acabo de comprar o Compass II da lenox e acho q será ideal, pois a função moisés me será muito útil nos 15 primeiros dias, pois não passarei o resguardo na casa onde vou morar, então ele me servirá de bercinho nesse tempo. Ele me parece completo, pois ele se transforma em moisés e tem bebê conforto. Comprei com a indicação de uma amiga q está super satisfeita, o meu ainda não foi testado.

  14. Suellen Melo

    Meninas… socorro preciso de ajuda, estou procurando carrinhos e até agora não entendo porque que existem tantos modelos no mercado, estou ficando completamente MaLuCa, preciso de um carrinho não muito grande, leve, fácil de montar, de 3 rodas (de preferencia) e que o bebe possa dormir tranquilamente, pois quero colocar ele nos primeiros meses p/ dormir do meu lado no carrinho.

    Moro nos EUA e tenho facilidade p/ comprar diversas marcas, o problema é que nas lojas nós não temos tanta atenção como no Brasil, então sempre pesquiso na internet p/ já ir na loja com aquilos que quero em mente, outro ponto é que mesmo aqui os carrinhos são caros levando em consideração que tenho mais um milhão de coisas para comprar e que nos EUA nada é parcelado, ou seja, o pagamento de tudo tem que ser á vista, caso vcs tenham comprado algum BB (bom e barato) não precisa nem ser bonito, kk… favor indicar. Obrigada!!!

    1. Suellen, posta lá no grupo que eu acho que será mais fácil de vc receber dicas. bjs

    2. Leonardo Lima

      Bom dia Suellen. Sou Leonardo de Natal. Acabei de vir de Orlando-EUA. Pq minha esposa está grávida de gêmeos. Como fui sozinho aos EUA, não pude trazer um carrinho de gêmeos, pq só poderia trazer 2 malas. E de roupinhas e puericultura já estavam bem lotadas as malas. Existe uma loja em Orlando chamada Macrobaby. Fica no Florida Mall Terrace. Lá as vendedoras são brasileiras e pode te ajudar. Os carrinhos lá possuem preços parecidos com os preços das Babies R Us. Mas o restante é mais salgadinho o preço. Mas eles possuem um estoque único. Todos os carrinhos ficam montados, para a pessoa ver, montar e desmontar. Acredito que vi uns 100 carrinhos na loja. Desde Mountain Buggy, Quinny, Mammas & Pappas, Chicco, Peg Perego, Safety 1st, Gracco, etc. É uma infinidade. Se vc puder ir lá, pode ser que ajude. Me diz onde estás nos EUA que procuro uma loja que tenha vendedoras brasileiras e que possa te ajudar.

      Um abraço, Deus abençoe a nova família :)

  15. Anonymous

    Parabéns pelo seu blog, ele é show! Está me ajudando muito. Qual a diferença do Quinny Buzz e Quinny Zapp Xtra? Vc recomenda o colchãozinho para melhorar o conforto de ambos? Abraços
    Vika

    1. Vika, tudo bem? Esses dois modelos tem várias diferenças entre eles. Alguma são:
      Buzz – mais caro (uns 70% mais caro), mais confortável, melhor amortecimento, maior e menos prático de carregar.
      Zapp Xtra: mais barato, menor e mais leve, menos confortável, mais fácil de carregar e cabe em qualquer lugar (é um dos menores modelos que existem quando fechado).
      Mas sugiro vc procurar blogs e site que falem sobre cada um deles para entender melhor e ainda ir até uma loja para ver ao vivo. Eu fiz isso. Acho que o colchão só é necessário no caso do Zapp. Para o Buzz ele teria mais a função de evitra que o carrinho ficasse sujo, já que não seria necessário em termos de conforto. bjs

    2. Anonymous

      Obrigada pela dica, melhor mesmo ver em alguma loja aqui no Brasil antes de comprar.
      Bjo

  16. Anonymous

    Shirley, mais uma duvida, q bb conforto vc comprou? Precisa ser algum especifico para esse carrinhos que mencionei ou qualquer um se encaixa?
    Estou pesquisando o enxoval e to me baseando muito em suas dicas.
    Obrigada!
    Bjos
    Vika

    1. Shirley Hilgert

      Vika, desculpe, sua mensagem ficou perdida aqqui e só vi agora. Eu uso o bebê conforto Maxi Cosi Mico. Abs.

  17. Anonymous

    Mais uma coisinha… O seu modelo é com rodas juntas ou separadas na frente? Vika

    1. Rodas separadas. Só aqui no Brasil encontrei o que tem uma única roda na frente. Lá fora, são duas rodas na frente, mas elas são mais próximas que as de trás. bjs

  18. π

    Shirley, eu tenho um Bugaboo Bee que amo. É leve para seu tamanho, confortável para o Dani, super fácil de fechar, mas o item principal que uma amiga me falou e eu acho essencial: ele tem uma barra para você segurar em vez de duas alças. Vira e mexe cai uma coisa, você empurra o carrinho com uma mão, prende o cabelo, toma água da garrafinha… Já tive que empurrar carrinhos com as duas mãos, que não tem a barra. É um saco!

    Outra coisa: comprei para viajar um Quick Smart Easy Fold. Ele fica do tamanho de uma mala de mão. Isso porque tive uma experiência bem ruim, colocaram meu carrinho na esteira do aeroporto, ele ficou imundo… E não foi o pior: eu coloquei num saco no gate check-in e algum infeliz tirou do saco antes de colocar na esteira!! Já pensou se estivesse chovendo? Enfim, esse carrinho que falei é leve, pequeno. Sua única desvantagem é que ele não deita muito bem, mas não é o que preciso em viagens por enquanto. Minha preocupação era o aeroporto, ir de um lugar a outro, e não pretendo que o baby durma muito nesse carrinho.

    bjs!

  19. Anonymous

    Ola Shirley! Estou tentando achar na internet esse colchaozinho para o zapp xtra mas nao encontro. Vc tem o link ou o nome em ingles? Obrigada! Patricia

    1. Shirley Hilgert

      Não tenho! Eu fui direto na loja em Miami e comprei. A loja se chama Nini and Loli. bjs

  20. ai, ninguem comenta do que eu estou querenco comprar: o Graco TREKKO… vc sabe se a marca é confiável, Shirley?

    1. Shirley Hilgert

      Olá, não conheço esse carrinho. Infelizmente. bjs

  21. Melhor post sobre carrinhos que li até agora. E olha que li milhares rs. Parabéns e obrigada! Quando decidir (e usar) o meu eu conto aqui!

  22. Anonymous

    Ei mamães!!! Sou nova por aqui!!! Amei todas as dicas e tenho uma dúvida!! Minha cunhada me emprestou o bebe conforto da maxi cosi mico e eu estava querendo comprar o carrinho da Britax B-Agile. Alguma de vocês sabe se o bebe conforto da maxi cosi é compatível com o carrinho da britax? Ou preciso comprar um adaptador? Obrigada! bjos

    1. Shirley Hilgert

      OLá, infelizmente, eu não tenho essa resposta. Esses dois fabricantes não tem SAC no Brasil? Talvez valeria dar uma ligadinha e questionar caso eles tenham esse serviço de atendimento. Bjs

  23. Karoline Yasmin

    Olhei esse post um pouco tarde demais, pois ja comprei! Mas apesar do meu marido odiar o fato que o Quinny Zapp precisa de alguns passos pra abrir e fechar eu amei a escolha! O meu eh do modelo novo com o “folding seat” entao ele fecha com o assento nele e tb tem opcao de travar as rodas da frente do 360, ou deixar livre pra girar hehe! Dois bons pontos que melhoraram nesse mesmo modelo! E eu estou “in love” por ele, mesmo ainda nao tendo usado! Mas acho lindo, leve, compacto e pratico! Recomendo

  24. Maíra Vasques

    Meninas,

    Fiz uma compra duplicada sem querer do carrinho e agora estou com um para venda :)
    É um Bugaboo Bee todo preto e novinho – na caixa!
    Interessadas: mairavasques@gmail.com

  25. Fernanda

    Mais uma vez adorei o post. Mas eu acrescentaria duas características importantes que tu não comentou: a capota que protege do sol e se não for muito grande faz uma falta, e o tamanho do acento, que deve ser suficiente até pelo menos dois anos, no mínimo, e alguns não são!
    Tenho um Máxi Cosi Looola que comprei sem ver algumas coisas essenciais. Minha pequena está usando. Mas quando a minha grande fez 1 ano e meio comprei o Britax Bagile e eu amo ele muito!!!!

    1. Shirley Hilgert

      Fernanda, muito bem lembrado! Adorei as sugestões. Até já incluí no post. Veja lá os dois últimos itens a serem observados. bjs

  26. Ana Carolina

    Oi Shirley, tudo bem?
    Meu marido está indo para Houston em Dezembro e trará o carrinho, mas sou mais uma perdida em qual carrinho escolher.
    Eu estava super decidida pelo Quinny Buzz, mas lendo muitos blogs, não tenho mais tanta certeza que ele seria o ideal. Até porque fiquei na dúvida sobre as 3 rodas… me pareceu mais instável do que o de 4 rodas.
    Agora estou na duvida entre o Bogaboo Bee e o Cameleon. Achava que o Cameleon era o melhor, já que temos uma casa na praia e tentamos ir pra lá pelo menos 1 vez por mês. Mas pelo que entendi ele não é tão prático assim, principalmente para caber no carro. Meu carro não é tão pequeno (uma Livina), mas considerando que temos mais uma filho de 12 anos e cachorro, o carro sempre vai um pouco cheio… Nessas condições, o Bee seria mais indicado? Eu consigo andar com ele na areia, pelo menos para chegar no guarda-sol?
    Qual desses 3 modelos (ou algum outro) você recomendaria? No caso do Bee, o que eu preciso comprar extra?
    Obrigada!

    1. Shirley Hilgert

      Ana Carolina, não posso avaliar o Bogaboo Bee e o Camaleon, pois nunca os testei. O Quinny Buzz é um carrinha excelente, mas ele é grande. Tem esse inconveniente. Abraços.

  27. Aline

    Ola Hugo, meu marido está voltando do Havai com o carrinho quinny buzz e cadeirinha maxi
    Cozi mico ap. As caixas são enormes, e estamos
    Na duvida de como traze-las. Tem alguma sugestão?
    Pensamos em declarar ambos que no total deu 600$.
    Se declararmos será q
    Precisamos esconder as caixas ou trazemos nas caixas mesmo?
    Obrigada e parabéns pela lista e dicas tão atenciosas!

    1. Shirley Hilgert

      Aline, se vocês declarem não precisam esconder nada. Abraços.

  28. Alessandra

    Oi Shirley, tudo bem ? primeiramente parabéns pelo seu blog !! Estou grávida e super indecisa com a escolha do carrinho. Como você, quero um carrinho que seja confortável para o bebe, mas que também seja leve e fácil de abrir e fechar ! Vc esta satisfeita com o seu Quinny extra ? Eu li que ele não adapta o moises, só o bebe conforto. Mas ele pode ser usado por recém nascidos ? como faz? ele reclina totalmente, adaptando o bebe conforto ? não tem problema para a coluna do bebê ? desculpa tantas perguntas, mas está muito difícil escolher rs
    Desde já agradeço, abraços, Alessandra

    1. Shirley Hilgert

      Exato, não adapta moisés. ATé seis meses do bebê, você terá que usar o bebê conforto nele, pois o acento do Zapp mesmo é indicado só a partir de seis meses. E ele reclina 100%. Sobre problemas na coluna, até onde sei, ele não causa. Soube que agora há um novo modelo desse carrinho, que dá para fechar sem ter que retirar o assento. Não sei qual é o nome, mas vale a pena pesquisar e dar uma olhada, pois é bem chatinho ter que tirar o assento toda vez que tem que fechar o carrinho. bjs

  29. Camilla

    Olá vi todos os post e vi que ninguém falou da CHiCCO!! Recomenda algum modelo? Alguém sabe dizer se vale a pena comprar ele?
    Obrigada!

    1. Shirley Hilgert

      Camilla, eu uso um da Chicco que é modelo guarda-chuva, mas ele é bem simples, só para viagens e saídas rápidas. Não serve como carrinho ‘oficial” do bebê. Da Chicco, só testei esse, mas sei que é uma marca boa. bjs

    2. Luana

      Eu tenho o – Chicco Duo CT 0.2 – Ele é do tipo grande mas é confortável, tem bom acabamento e eu consigo sozinha abrir e fechá-lo. Meu filho está fazendo 2 anos e meio e ainda uso o carrinho. O único ponto negativo nele é o tamanho quando fechado, mas se tem um carro com um porta malas maior, vale a pena (meu caso). Ele veio com o Bebê Conforto junto e facilitava bastante tirar do carro e colocar no carrinho. Neste modelo o Bebê Conforto não precisa de base pra colocar no carro… recomendo a todos esta marca!

  30. Ana Lucia
  31. Fernanda Menezes

    Oi amigas!! Estou super decidida a comprar o Britax Travel System (B-Agile com o B-Safe) mas tenho uma duvida: Como trazer? É melhor deixar na cauxa original? Não excede os limites das cias aereas? Vcs abriram as caixas e colocar mais coisas dentro?? Ou é melhor abrir tudo e tentar colocar em malas (se é que é possível)? Beijos

  32. vivian

    Também Vi poucos comentários sobre Chicco, quais modelos vocês indicam?

  33. Laudeline

    Olá meninas, meu bebê tem 4 meses e eu comprei o Lenox Compass 2. Quero dar meu testemunho aqui porque tive que abrir mão do carrinho. Ele é leve, bonito, parecido com Quinny, tem Moisés que vira carrinho. Até aí tudo bem, mas não tenho mais coragem de usar por não ser ergonômico, não oferece conforto e o tecido é péssimo. O tecido aquece muito e meu bebê já desidratou algumas vezes no bebê conforto dele. O bebê conforto é péssimo, cabeça solta, material duro. Coloquei a venda e providenciei o Quinny Buzz usado, para oferecer mais conforto para meu pequeno. Espero ter contribuido! Abs…

  34. Renata Tavares

    Ei Shirley, parabéns pelo seu blog, tem me ajudado muito. Vc comentou a respeito do Citi Mini Jogger em 15 de fevereiro de 2013, vc sabe me dizer se tem assistência no Brasil? Como já se passou um ano do seu comentário, nesse tempo vc ouviu alguém falar coisas ruins a respeito desse carrinho? Estou indo para Miami e Orlando em 03 de maio e estou pesquisando antes, para chegar lá e já ter uma idéia. Muito obrigada.

    1. Shirley Hilgert

      Renata, infelizmente não sei se tem assistência. Também nunca ouvi nada de ruim a respeito dele. bjs

  35. fernanda

    estou indo p orlando comprar o carrinho do meu bebe e estou na duvida do quinny buzz e britax b-agile… queria saber qual você acha melhor…. o britax já vem com o bebe conforto?

    1. Shirley Hilgert

      Fernanda, não posso opinar pq nunca testei na prática esses dois modelos. Bjs

  36. Talita

    Olá Shirley, tudo bem? Sou nova leitora do seu blog, pois descobri recentemente que serei mamae!
    estou planejando para fazer o enxoval nos EUA, e como viciada em internet que sou, pesquiso muita coisa e opinioes. Me encantei com td que vi deste carrinho da Britax… queria saber se vc sabe informar se possui assistencia tecnica aqui no Brasil.
    Obrigada e parabens pelo blog.

    1. Shirley Hilgert

      Talita, tudo bem? Não sei informar. :-( Infelizmente.
      Beijos!

  37. Tatiane Borges

    Olá meninas! Não tenho condições de comprar o carrinho no exterior. Ninguém conhece um modelo nacional para indicar?

  38. Georgia

    Parabéns pelo blog Shirley, suas dicas tem me ajudo muito. Como sou mãe de primeira viagem não tenho bagagem suficiente, e tudo ajudinha é sempre bem vinda. Graças a seu post, encontrei o carrinho ideal para minha filhota.

    Parabéns

    Grande beijo.

  39. Daniela

    Olá Shirley. Estou indo para Orlando e gostaria de comprar um carrinho que servisse de recém nascido aos 3 anos no mínimo… meu carro é um fox, ou seja, porta malas minimo e como as ruas de onde moro são pessimas, esburacadas e mts vezes sem calçada, estou pensando num carrinho com pelo menos as rodas traseiras grandes… sabe se o quinny Buzz, o stroke, lenox compass ou Britax me atenderia? Quanto ao tamanho fechado e quanto as ruas esburacadas??

    1. Shirley Hilgert

      Daniela, infelizmente, não sei responder. Não conheço na prática esses carrinhos. bjs

  40. priscila

    shirley aonde vc comprou o carrinho do seu baby

    1. Shirley Hilgert

      No site da Amazon. Bjs

  41. Juliana

    Olá adorei os comentários acima mas estou quase decidida pelo Graco, modes Sport click conecting! Pros e contras desse modelo? E tamanho de embalagem para trazer? Obrigada!!

    1. Shirley Hilgert

      JULIANA, NAO CONHEÇO O GRACO. INFELIZMENTE. BJS

      1. Juliana

        Obrigada!! Vou comprar mas para retirar la na loja e ver todos os pros e contras antes d receber!! Obrigada!

  42. Erica

    Adoro o Britax B- Agile: fácil de fechar, leve; comprei junto com o bebê conforto quando fui pra Orlando-EUA; preço acessível; fácil de higienizar; sistema ótimo de amortecimento; Recomendo!!!!

    1. Juliana

      Erica estou em Miami e comprei ontem esse carrinho, agora estamos pensando em como levar! Como vc fez? Obrigada!!

  43. karla fragoso

    Ola Shirley primeiramente parabens pelo blog, leio desde a minha gravidez, hj meu bebe Tom ja tem 3 meses, eu acabei comprando o Britax e gosto bastante, só ainda nao sei qdo posso sair com ele sem o bebe conforto, q na real acoplado ao carrinho acho meio trambolho. eu as vezes saio com ele aqui perto de casa, sem bebe conforto, acabei colocando um colchaozinho e tem dado certo, porem agora ele ta maior e tenho medo de ele cair. Obrigada
    bjos!

  44. Brenda Ettinger

    Alguém conhece ou já ouviu falar dos carrinhos da Safety First?

  45. Pamela Braga

    Bom dia mamães,

    Estou a procura de um Stokke xplory ou um Quinny Mood pink para minha princesa que irá chegar este mês, se alguém tiver interesse ou conhecer alguém que tenha em vender um semi novo em boas condições eu tenho interesse em comprar!!! Sou do rio, se alguém puder me ajudar.

    Meu e-mail e pamelasbraga@hotmail.com
    Desde já grata
    Aguardo retorno
    Pamela
    Bjs

  46. Nelita

    É importante também verificar a altura do apoio das mãos, pra pessoa não ficar emborcada empurrando o carrinho. O ideal é que tenha regulagem de altura, porque aí atende pai, mãe e quem mais quiser empurrar o bebê.

  47. Thais

    Alguém tem carrinho da marca Kiddo ? Achei bem prático e tem a vantagem de ficar só o bebê conforto quando o bebê é pequeno e depois troca pelo assento que também vira Moisés, mas vi muita reclamação da marca no reclame aqui.

  48. Aline

    Essa é minha primeira gravides e estou na duvida de qual comprar. Por ter interesse no moisés pretendo comprar o Compass II da Kiddo. Alguém tem alguma sugestão ou pode me ajudar?

    1. Cristiane

      Eu queria o compass da kidd, mas mudei de idéia pq fiz um teste com o de uma amiga e vi que a roda da frente prende em qualquer desnível e além disso, para fechar é preciso retirar o assento, o que vira um problema se vc estiver viajando e tiver que pegar onibus ou trem..fui p disney com minha filha e muitas vezes saíamos do parque com ela dormindo…p entrar no trenzinho eu a pegava no colo e meu marido fechava e levava o carrinho…se tivesse q tirar o assento, seria um volume a mais p carregar.

  49. Rúbia Ribeiro

    Olá meninas,estou no quinto mês de gestação e estou prestes a comprar o carrinho Chicco Cortina Magic oque vocês acham? Alguém já usou?

  50. Rebeca

    Olá meninas! Estava pensando em comprar o trio love da chicco ou o urban. Alguém saberia me dar uma opinião? Agradeço desde já

  51. Carolina

    Queria saber se carrinhos e bebes conforto de marcas diferentes se encaixam?

Deixe seu comentário