10 Dicas para não errar na hora de comprar as roupinhas do bebê

Quando a gente é mãe de primeira viagem, compramos um sem fim de roupas pelas quais nos apaixonamos, mas é só na hora do “vamovê” que a gente descobre o que é mesmo funcional e o que vamos usar de verdade nos nossos pequenos.

Nessa de comprar porque é bonitinho, sem pensar no lado prático e até confortável (quem nunca???? hein? kkk), a gente faz um monte de compras erradas, e acabamos ficando com uma penca de roupinhas sem uso e encalhadas.

Eu tenho percebido isso CLARAMENTE aqui em casa e para evitar que isso aconteça com as futuras mamães, vou trazer aqui algumas diquinhas básicas. Como disse, coisa simples, mas que muitas vezes passa despercebido quando não temos muita experiência no assunto.

1. Dê prioridade para peças de malha, cotton, etc… (ou seja, maleáveis) e fuja dos tecidos sintéticos e que não “esticam”. Passar na cabeça e vestir os bracinhos do bebê numa peça que não “cede” é um desafio e tanto! O pobrezinho reclama, a gente fica irritada, nossa…. é um Deus nos acuda.

2. Se for comprar roupinhas que tenham detalhes como bordados, botões, presilhas, fitinhas, etc… cheque o lado de dentro da peça para ver se o acabamento foi bem feito ou se há algum tecido revestindo este acabamento. Muitas vezes, quando se tem um bordado ou algum detalhe preso, do lado de dentro fica meio durinho, áspero, etc… e isso, em contato com a pele sensível do bebê, poderá irritá-la. Já vi várias peças bordadinhas que tem um tecidinho tapando a parte bordada do lado de dentro.

3. Quando comprar macacõezinhos, sejam eles de manga longa ou não, dê prioridade para os que abrem na frente. Há alguns macacões de verão, sem perninhas e de manga curta, que só abrem embaixo e em cima (com botõezinhos) e tem que vestir passando pela cabeça. Dá para vestir, com certeza, ainda mais se forem de malha, mas eles são bem menos práticos os que abrem na frente.

Macacãozinho com abertura frontal. Muito mais fácil de vestir.

4. Ao comprar bodies, prefira os que tem um “acabamento” que se transpassa em cima, em vez dos que fecham com botões. Esses que se transpassam (é o modelo da Carters) acabam tendo uma abertura muito maior e facilitam a passagem pela cabeça. PS: aqui uma dica que eu aprendi na maternidade: vestir todas as roupinhas que puder de baixo para cima, sem passar pela cabeça (faço isso sempre com os bodies que tem essa abertura que acabei de citar). Muitos bebês acabam se irritando quando algo passa pelas suas cabecinhas e aí vestindo por baixo torna-se bem mais tranquilo. Sem contar que, além de tranquilo, também acho mais fácil e rápido.

Acabamentinho transpassado no body da Carters

5. Evite, a todo custo, roupinhas que fechem na parte de trás. O Léo tinha algumas camisinhas e também um macacãozinho que fechava atrás (essa loucura eu não fiz, isso foi presente). Eu simplesmente não conseguia vestir isso nele, porque ficava imaginando aqueles botõezinhos incomodando o meu pequeno. Sem contar que, na hora de vestir e despir essas peças são um saco. Abertura? Sempre na frente! Para o nosso bem e dos filhotes também!

Blusinha de menina com abertura de botões atrás. No way!

6. Quando for escolher as peças que irá comprar, se possível, compre opções cujas cores combinem entre sim. Se não, depois vai ser um desafio fazer as combinações.

7. Evite tecidos muito grossos para roupas de calor. Ou então tecidos que não permitam uma fácil transpiração, como já citei. O Léo ganhou uma jardineira linda, de verão, só que ela era de veludo. Oi? Sem cabimento, né? Roupinha curta = tecido leve. Quando muito um jeans, se for para uma bermudinha ou jardineira (quando muuuuito! Ok?).

8. Em se tratando das peças que serão usadas no inverno, dê prioridade para aquelas que tem pezinhos ou um acabamento no punho que permite dobrar por cima da mãozinha e servir como luva (veja aqui um post que eu já fiz sobre essa peça). O Léo tinha vários macacõezinhos assim (sei que a Carters tem) e eles são excelentes! Esse modelo de punho que vira mãozinha não é fácil de encontrar no Brasil, mas calças e macacões com pezinhos é super comum. Invista neles sem medo. Essa história de que é melhor sem porque vai perder rápido é bobagem. Afinal, quando não servir mais na perna também não vai servir mais no braço, então não vai adiantar comprar sem pé para usar mais tempo. Minha opinião. Se eu estiver enganada, por favor, alguém me corrija.

9. Bodies são as peças que os bebês mais usam, pois são confortáveis e práticas. Assim, invista em uma quantidade bacana delas para cada idade do bebê (oito por idade acho que está bacana) e sempre leve em conta a estação que estará fazendo em cada uma das idades. Mas não esqueça! Não adianta nada você só ter bodies de manga curta para os meses de calor. Sempre vai fazer um friozinho e você irá precisar de um. Assim, minha sugestão é: 5 bodies da estação e 3 bodies da estação oposta para cada idade (exemplo: no verão, 5 bodies de manga curta e 3 de manga comprida). Se quiser aumentar ou diminuir esse número, tente manter a proporção.

10. Com já citei aqui em outro post, invista menos nas peças diferenciadas para bebês e mais, muuuuuuuito mais, em peças básicas, que são: bodies, macacões, calças, bermudinhas e  casaquinhos confortáveis. No caso de meninas, em vez de vestidinhos, invista em vestidinhos-bodies, aqueles que são um body, mas tem um babadinho por cima. Os bodies são tudo porque não ficam subindo quando a gente pega o bebê ou quando ele se arrasta por aí.

11. A dica 11 acabou de ser deixada por uma leitora nos comentários abaixo. Mas como ela está certíssima, não posso deixar de incluir aqui. Vamos lá…
Evite roupinhas com gola polo, gola alta e babadinhos na gola para bebês. O pescocinho deles ainda é muito pequeno e isso acaba incomodando-os. Golinha redonda ou canoa é sempre melhor. Muito melhor.
* Dica da leitora Carol Salles.

Leia outros posts com assuntos similares:

Os 10 itens menos usados do enxoval do Léo
As 10 peças de roupas que os bebês mais usam
10 coisas que não podem ficar de fora do enxoval do bebê

28 comentários

  1. Neima

    Shirley, esse post é de utilidade pública, rs. Só quando sentimos na pele o que é montar um enxoval de bebê que nos damos conta desses pequenos e importantíssimos detalhes!!
    Mas eu confesso que mesmo assim não resisti e acabei comprando 2 roupinhas com botõezinhos nas costas:(
    Bjs!

    1. By Shirley Hilgert

      Ok, uma ou duas está perdoado. kkkk!
      Beijos e obrigada pelo comentário.
      Shi

  2. Carol Salles

    Shirley, ótimas dicas! Sempre penso que alguém poderia ter me avisado antes, quando descarto alguma roupinha sem uso pq tem algum detalhe que incomoda. Se eu puder acrescentar uma dica, seria evitar as roupas com gola pólo, gola alta ou babadinhos na gola, pelo menos para os babies bem pequenos…nessa idade, eles não tem muito pescoço (rs), então fica aquele monte de pano incomodando. Às vezes, quando vou ver, a gola está quase dentro da boca do meu bebê!
    Bjs!

    1. By Shirley Hilgert

      Carol, adorei a dica. Concordo com você. Não coloquei no post porque havia esquecido desse detalhe. Mas vou já inserir a info e ainda dizer que foi sugestão sua. Pode ser? Bjs

    2. Carol Salles

      Claro, Shirley!

      Bjs!

    3. Carol Salles

      Nesse ítem também pode entrar o capuz! Como incomoda aquele monte de pano embolado embaixo do pescocinho deles…
      Moro num lugar SUPER frio, e aprendi que o mais eficaz pra esquentar a cabecinha dos bebês é um gorro. Capuz não adianta muito…
      Bjs!

    4. By Shirley Hilgert

      Onde você mora, Carol? Fiquei curiosa! Bjs

    5. Carol Salles

      Moro na Alemanha, Shirley. Agora aqui está fazendo 10 graus negativos! Super frio mesmo!

      Bjs!

    6. By Shirley Hilgert

      Nossa! Ai que frio! Eu morei um tempo no norte dos EUA, em Michigan. Cheguei a pegar -23. Muuuuuuuito frio!
      Beijos!

  3. Eduarda

    Shirley, esse post é excelente mas discordo um pouco do item 8. Eu realmente aproveitei mais os macacões que não tinham o pezinho fechado do que os que tinham.. o que eu fazia no frio? Usava meias… =] Na verdade Minha princesa tem um ano, eu moro em Recife que é super quente nessa época do ano e meias são uma salvação… pq são fáceis de carregar, não ocupam espaço na bolsa e eu posso tirar e botar na variação de tempo (aqui faz sol e começa a chover de uma hora p outra), sem precisar mudar a roupinha toda!

    1. By Shirley Hilgert

      Eduarda, você tem razão. Em lugares mais quentes, o macacão sem pé é melhor mesmo. Eu levei em conta o lugar que vivo (Sampa), que quando uso o macacão compridinho, sempre quero tapar tb os pezinhos. Vou até inserir essa observação lá no post.
      Obrigada!

      1. ana

        Shirley, achei tua lista ótima. Mas esse é o único item que eu discordo tbm. Usei e uso muito os macacões sem meia. isso pq as minhas filhas crescem muito rápido. E antes de espichar elas sempre aumentam primeiro no tamanho de pés e mãos. Então ja tive que descartar mto macacão que ainda sobrava na perna pq a parte dos pés não cabia mais.

  4. Daiane

    Eu ADDOOORRROO seu blog, é incrível, acesso pelo face e por aqui sempreee!!
    Mas vamos lá, eu fiz o meu enxoval em miami há algumas semans e acho que dei uma exageradinha… Acontece que algumas peças não consegui comprar lá e meu marido não pode nem me ouvir falar m comprar roupinhas!! Por exemplo calças com pezinho, eu consegui macacão com o pezinho, mas calça não :( E como minha bebe nascerá em junho tenho medo de usar só meinha… Vc acha que eu compro ou espero para ver se ganho e deixo mais para frente?…
    Outra coisinha… Eu li que vc recebeu dicas na maternidade… Estou escolhendo a maternidade que vou ter a bebê, vc teve em sp né? Saberia indicar alguma?
    Obrigada e um grande beijo!!!
    Daiane.

    1. By Shirley Hilgert

      Daiane, tudo bem? Eu tive aqui em Sampa e foi na maternidade do Albert Einstein. Eu achei tudo muito bom, só tenho uma observação a fazer: acho que faltou um pouquinho o lado “humano” das enfermeiras no quesito amamentação. AS orientações que recebi foram muito técnicas e elas pecaram no suporte emocional (meu leite demorou a descer e foi bem complicada essa parte). De resto, impecável.
      Sobre as outras maternidades, já não posso falar, pois só experimentei essa. :-)
      Quanto às calças, eu sugiro que vc tenha pelo menos duas calcinhas RN com pezinhos. Elas são bem baratinhas. OU entao, se alguém perguntar o que ainda falta no enxoval, diga isso, que com certeza você ganhar. Beijos e obrigada por passar sempre por aqui. :-)
      Shi

    2. Anonymous

      Obrigada! beijos

  5. Olá concordo com quase tudo que vc mencionou…. no item 8 eu acho que calças com acabamento que vira para virar pezinho é beeem melhor que calça com pezinho fechado, pois dura bem mais: quando não der mais pra virar o pezinho usa a calça com meia e tudo certo…. tiveram umas calças RN da minha filha que usei até os 4 meses assim.

    No item 9, vale complementar que a proporção depende em que região vc está. Eu estou em SP e outubro (quando nasceu minha filha), por exemplo fez muuuito frio por aqui! já minha prima no RJ não sentiu nem ventinho….

  6. Tatiana Cali

    Muito bom seu post. Pra quem nunca teve filho estas dicas sao muito valiosas. Em relacao a polemica das proporcoes das roupinhas, vale ressaltar q mesmo no verao (e estou no Rio e nao em SP) eu uso calcas, meias e bodies de mangas compridas. Com 40 graus a sombra, quem fica sem ar condicionado pra dormir?! E ai as roupinhas de manga longa e as meias tem utilidade certa! Ah! Ja estou preparando o texto sobre amamentacao, te envio assim q conseguir terminar …rs. Bjs, Tatiana.

  7. Isabele

    Amei seu blog, uma outra coisa são os benditos sapatinhos, eu não comprei nenhum pra minha boneca, porém ganhei vários e toda vez que eu coloco é um estress, eles caem e eu saio atrás catando, ou seja, eu vou deixar os sapatos pra quando andar hehehe

  8. Clarissa

    Muito legal o post! Queria ter lido na minha primeira gravidez! Errei feio pela falta de experiência! Era uma correria quando percebia que tinha um monte de roupa que não eram práticas! Ficava lavando e secando os bodies feito louca! Hahaha agora da segunda vez, tudo muito melhor! Investi nos bodies, nos vestidinhos que são bodies, macacão com pés para dormir (acho mais prático pq as meias em geral apertam e marcam as perninhas. Mas concordo que os sem pé duram mais!). Como em Recife não temos inverno praticamente, vivo na base dos bodies e macacões curtos! Tudo de bom!

  9. Larissa

    soh uma ressalva: os de pezinho eu ganhei alguns e eu ainda prefiro os com pezinhos q vira: 1- vc nao sabe ainda o tamanho do peh do bebe, entao mtas vezes fica pequeno, serve no corpinho, mas nao no pe, entao vc ainda pode usar o macacao se virar o pezinho, alem de servir como punho tbm, pq ai nao fica subindo na perninha como os sem pe……

  10. Suzane

    Olá… adoro seu blog, virou material de consulta pra mim… Sou mãe de 2ª viajem e estava super segura para fazer as compras do enxoval da minha segunda princesa, li suas dicas e fui sem lista mesmo… o grande problema é que o dia estava MUITO quente, e eu acabei fazendo escolhas erradas, já que minha pequena nasceu no finalzinho de fevereiro e eu comprei muita roupinha de calor, que talvez ela nem use, pq já deu uma esfriada… então vale mais a dica:

    1. Fique atento ao fim da estação, nasce em uma, mas logo está em outra…
    2. Procure sair para fazer as compras em um dia mais ameno, nem de muito calor, nem de muito frio, poi isso acaba influenciando nas escolhas…

    Bjinhos… e obrigada pelas dicas do seu blog! Adoooro!

  11. Juliana

    Olá, tudo bem?
    Sempre leio seu blog, pois há dicas super valiosas para o dia-a-dia de uma mãe de primeira viagem! E este post de roupinhas eu achei super legal! Quando eu estava esperando o Enzo, não sabia com que tamanho ele iria chegar, mas mesmo assim, fui às compras…tudo bem que eu comprei só o básico do básico…mas mesmo assim, não consegui usar quase nada, uma por que o Enzo ficou internado 55 dias ao todo, entre UTI e quarto de hospital, pois ele nasceu com alguns probleminhas, além de ter nascido de 7,5 meses. E outra, pq ele nasceu com Pé Torto Congênito bilateral, então, todos os macacões que eu comprei para ele com pezinhos, eu usei apenas 03 dos 08 que eu havia comprado, pois ele usou o gesso e depois a órtese, esses 03, a minha mãe deve que adaptá-los, ou seja, ela teve que abrir os macacões até o final (tirou os pezinhos) e colocar um punho com botão…foi uma loucura, pois tive que sair correndo atrás de roupas que fossem totalmente abertas entre as pernas, e sabemos que não há muitas opções no mercado, foi um perrengue só…aí eu fuçando a internet achei várias confecções que ofereciam esse tipo de roupinha, são caras…mas são práticas, principalmente no caso do meu filho. Uma vez, passando por uma loja, achei calças de moletom da Tip Top que abriam entre as pernas, acho que comprei bem umas 5, agora só restaram 3 que são tamanho Extra Grande que já estão pequenas, mas já me precavi e comprei alguns macacões da Carters que são maravilhosos! E o bom é que tem para até os 24 meses, e como o Enzo não é muito grande, acredito que dê para ele usar os macacões por um bom tempo ainda. Mas, continue sempre a escrever aqui, adoro ler seus relatos! Um beijo grande e boa semana!

  12. Giselle

    Acredito que você esqueceu de citar as toucas além das golas roupas que possuem elas para bebê dormir de noite ou até mesmo cochilar são horríveis na minha opinião isso incomoda eles demais fora que correm o risco de prender o pescocinho dos mesmos, acredito que seja melhor como você falou macacões (para dormir) somente de gola redonda ou canoa…beijinhos

  13. Luciana oliveira Barros

    Concordo plenamente em tudo que foi escrito. Não li todos os comentários, posso estar sendo repetitiva, mas um item desnecessário comprar é sapatinho. Se ganhar ótimo, caso contrário não comprem. Invista em meias fofas e bonitinhas ou naquelas meias de “pilates” para bebê. Bebê não fica com sapatinho no pé!

  14. Vivian

    Oi Shirley! Adoro suas dicas, são sempre super bem vindas para as mães de primeira viagem! Sobre as roupinhas com abertura frontal, estou tendo muita dificuldade em encontrar macacões bonitinhos assim… No vídeo que vc postou sobre a mala da maternidade, vc mostrou um macacão do Caê muito lindinho! Poderia nos contar de que loja é..? Beijos e obrigada! :)

    1. Shirley Hilgert

      É da Tri For Baby. Ele é lindo mesmo. :-)

  15. Cris R. Luiz

    Oii, mtos itens que vc citou eu concordo! E também falo que errei comprando moleton com capuz. Moro em em Santa Catarina e meu baby nasceu no início do frio. Quando ele tinha uns 3 ou 4 meses, era muito frio e compramos moletons com capuz pensando que iria ser quentinho. Reprovei! Aconselho comprar peças sem capuz e usar toucas ou gorros separados, assim nao embola na nuca. Adoro suas dicas! Bjs p sua família!

  16. Ana

    Oi gente!
    O que fazer quando você ganha um monte de roupas sem noção? Minha mãe me comprou uma tonelada de roupas RN só com cara de pijama e meio feios ainda por cima. Se eu quiser uso só elas e não preciso comprar mais. Ignorar e gastar maaaais dinheiro comprando novamente ou usar e que se dane? Não sei o que fazer… affff

Deixe seu comentário