Brincadeiras para os primeiros 12 meses do bebê (dicas mês a mês)

Ser mãe pela primeira vez é um desafio e tanto. Posso garantir que foi a experiência mais complicada e engrandecedora que vivi até agora. A gente está sempre querendo fazer tudo direitinho e passa grande parte do tempo pensando no bem estar, na saúde e no desenvolvimento dos nossos pequenos.
Uma coisa que eu costumava me perguntar sempre, todo santo mês, era que tipo de brincadeira e atividade eu poderia fazer para divertir e, de quebra, colaborar com o desenvolvimento cognitivo e motor do Léo. Já fiz outros textos abordando esse assunto (veja a lista no fim desse post), mas hoje resolvi trazer um post resumão, bem completinho, com dicas de atividades divertidas e úteis para fazer com os pequenos desde o primeiro mesinho de vida.
Muita coisa é intuitiva e a gente já faz naturalmente. Mas se soubermos em que mês elas serão melhor “recebidas” pelos pequenos, melhor!
Bom, vamos às dicas:

Com 1 mês:

  • Colocar objetos coloridos a cerca de 20 ou 30 cm da criança (essa é a distância máxima que eles enxergam nessa idade).
  • Quanto o bebê estiver no colo ou deitado, movimentar objetos ou a mão lateralmente (para estimulação ocular).
  • Balançar chocalhos para que o bebê associe o som ao movimento.
  • Carregar o bebê no colo, virado para a frente, como se fosse uma cadeirinha, para ajudá-lo a firmar a cabecinha.
  • Cantar para o bebê.
  • Conversar com o bebê fazendo caretas bem expressivas.
  • Colocar uma música calma, segurar o bebê no colo e dançar com ele.
Com 2 meses:
  • Colocar o bebê de bruços, com brinquedos coloridos em ambos os lados, para estimular a noção de lateralidade.
  • Movimentar objetos coloridos na frente do bebê, brincando e conversando com ele.
  • Cantar e conversar muito com o bebê.
  • Pendurar no berço objetos coloridos que façam barulho, em várias alturas e posições, para que o bebê tenha interesse em alcançá-los.
  • Dançar com o bebê.
Brinquedo com diferentes texturas.
O Léo tem esse e ama!

Com 3 meses:

  • Manter mais vezes o bebê de barriga para baixo para ele brincar, ficando sempre junto dele.
  • Colocar brinquedos ao alcance da mão do bebê para que ele tente pegá-los.
  • Tocar e movimentar o corpo do bebê durante as brincadeiras para que ele perceba o espaço que ocupa e os movimentos que pode realizar. Também vale dizer o nome da parte do corpo que está sendo tocada.
  • Dar ao bebê objetos de texturas diferentes para que ele os toque (espuma, madeira, toalha, metal, borracha etc.).

 Com 4 meses:

Livinhos de tecido: os bebês adoram
  • Movimentar o bebê para a frente e para trás, com delicadeza, enquanto ele estiver sentado. Isso ajuda a treinar a sustentação do tronco.
  • Colocar o bebê de bruços e fazer um olho a olho com ele. Ou então, mobimentá-lo delicadamente para um lado e outro e quando ele virar fazer algum som animado, como “Opa!”, “Isso!”, etc…
  • Colocar o bebê em superfícies seguras, com objetos atrativos próximos, para que desperte nele o interesse por rolar e se aproximar desses objetos.
  • Sentá-lo no bebê-conforto ou bouncer e deixar vários brinquedos na sua frente para que ele escolha qual prefere e de que forma quer brincar.
  • Brincar de esconder o rosto com uma fralda ou esconder o brinquedo para observar se ele procura.
  • Dar mordedor e brinquedos que o bebê possa levar à boca.
  • Conversar muito com o bebê e observar se, no meio do diálogo, ele participa sorrindo ou fazendo algum som.
  • Fazer brincadeiras com os dedinhos do bebê. Pegar cada um dos dedinhas e contar “um dedinho, dois dedinhos, três dedinhos, etc… e puxar delicadamente o dedinho da base até a ponta. Ou então, fazer a brincadeira do “Mindinho, seu vizinho, pai de todos…” e ir mexendo com os dedinhos.
  • Dar livrinhos de tecido para o bebê manusear. Eles adoram.
Bebês adoram brincar com cubos

Com 5 meses:

  • Colocar o bebê sentado e cercado de almofadas, mantendo as costas dele eretas (tem um post aqui no blog no qual eu dou a dica de se fazer uma almofada-calça para servir de suporte para o bebê ficar sentadinho. Clique aqui e confira.)
  • Deixar várias caixas e cubos coloridos para o bebê manusear.
  • Conversar com o bebê e contar o que você está fazendo e pensando. Por exemplo: narrar tudo que você está fazendo enquanto troca a fralda, cozinha, organiza alguma coisa…
  • Cantar para ele.
  • Colocar brinquedos na banheira na hora do banho e deixar o bebê brincar.
  • Colocar o bebê em frente ao espelho para que ele veja a sua imagem refletida.
  • Escutar e repetir os balbucios e sons que seu filho emitir. Essa é uma forma de estimular a comunicação.
Espelho: diversão garantida

Com 6 meses:

  • Colocar o bebê sentado com leve apoio.
  • Dar um brinquedo de cada vez a ele para ver se o passa de uma mão à outra ou se o solta para pegar outro.
  • Esconder o brinquedo fora do alcance do bebê e estimulá-lo a procurar ou tentar alcançar o brinquedo.
  • Colocar o bebê na frente do espelho e fazer brincadeiras de aparecer e desaparecer.
  • Segurar o bebê pelas axilas e brincar de pula-pula.
  • Com o bebê no colo, fazer várias brincadeiras e movimentos, fixando o olhar nele para que perceba seus movimentos faciais.
  • Ler historinhas curtas para o bebê. Ou então apenas mostrar as figuras nos livrinhos e repetir o nome delas.
  • Fazer brincadeiras de “Vou te pegar!”. Diga “Vou te pegar” e finja que vai morder as maozinhas, pezinhos, coxinhas do bebê. Eles adoram! Gargalham!
Com 7 meses:
  • Quando o bebê estiver brincando, pedir para ele dar um brinquedo a alguém.
  • Fazer caretas para o bebê imitar.
  • Dar dois brinquedos e ensinar o bebê a bater um no outro.
  • Estimular o bebê a bater palmas. Você bate palmas cantando uma música, depois diz para o bebê: “Agora o bebê”, ou “Agora o Fulano”m e pega as mãozinhas dele e simula o movimento de bater palminhas. Sempre cantando a mesma música.
  • Ensinar ao bebê movimento de tchauzinho.
Com 8 meses:
  • Com o bebê deitado, ajudá-lo a movimentar-se para que se sente sozinho.
  • Como bebê no chão e numa superfície segura, colocar brinquedos longe dele para que ele tente alcançá-los.
  • Dar ao bebê brinquedos que façam barulho, como tambores, chocalhos e guizos.
  • Brincar de fazer sons com a boca (fazer “brrrrr”com a boca, fazer estalos com a língua,…).
  • Deixar uma caixa de brinquedos bem grande e cheia para que ele escolha o que quiser (O Léo ama!).
Bebês adoram brincar com bolas

Com 9 meses:

  • Deixar o bebê no chão para que se arraste ou engatinhe.
  • Brincar de bola com ele (você joga para ele, ele devolve).
  • Dar brinquedos com furinhos ou botões para que ele os “cutuque” com o dedo indicador.
  • Ajudar o bebê a colocar tampas em potinhos.
Com 10 meses:
  • Manter o ambiente seguro para que o bebê possa engatinhar pela casa.
  • Ensinar movimentos como mandar beijo, sim, não e vem.
  • Perguntar por pessoas e objetos para que ele aponte ou balbucie algo.
  • Estender a mão e pedir algo para que ele se movimente até você e entregue.

Com 11 meses

  • Colocar o bebê próximo a sofás, camas e mesas baixas para que ele tente se apoiar e andar em volta. Fique próximo dele.
  • Dar um carrinho (grande) para que ele empurre.
  • Dar potinhos ou caixinhas para empilhar.
  • Nas refeições, oferecer a colher para que ele tente comer.
  • Quando estiver trocando o bebê, explique os movimentos e peça para ele ajudar.
  • Brincar de bola com ele.
Com 12 meses
  • Ajudar o bebê a caminhar segurando-o pelas mãos.
  • Dar um pote grande com brinquedos dentro e com tampa de rosca para ele tentar abrir.
  • Dar papel, jornal e revistas para o bebê manusear.
  • Dar brinquedos com cordinhas para que ele faça “movimento de pinça” para segurar a corda.
  • Estimular o bebê a tirar seus próprios sapatos.
  • Mostrar livros e revistas e contar histórias curtas para que ele reconheça objetos, animais e partes do corpo.
Bom, as dicas seriam essas. Ufa! Que livro. kkkk!
Mas mamães, um aviso importante!
Vocês devem sempre lembrar que um bebê não é igual ao outro e que isso tudo não é uma gincana. Alguns bebês se interessam por algumas atividades, brincadeiras e movimentos antes, outros depois Alguns aprendem algumas coisas antes, outros depois. Isso vai de criança para criança. O importante nisso tudo é a brincadeira ser prazerosa para os dois, mamãe e bebê. Além disso, repetição é a chave do sucesso. Muitas brincadeiras não surtirão efeito algum da primeira vez que forem tentadas, porém, se insistir, o elas acabarão atraindo a atenção do bebê e ele irá se divertir pra caramba. Depois, a cada atividade realizada, ou seja, a cada conquista do seu bebê, comemore com ele e elogie o que ele acaba de fazer. Eles amam!

E por falar em atenção, ele costuma variar bastante e isso dependerá da idade da criança, do temperamento e até do humor do momento. Às vezes ele vai ficar envolvido em uma atividade por até 20 minutos, mas o mais comum é que a brincadeira precise mudar a cada cinco minutos, mais ou menos.

Ainda, você pode realizar a mesma atividade em meses diferentes. Sem problema nenhum! Por exemplo: repetir no nono mês uma brincadeira do sexto que o bebê adorou naquela época. Ou ainda, testar alguma brincadeira que seria feita mais lá na frente um pouquinho antes. Só não dá para esperar que o bebê vá ter a mesma reação se tiver contato com a brincadeira quando for bem mais novinho.
Algumas brincadeiras, como esconde-esconde, brincadeiras com espelhos, cantar, conversar, ler, podem ser repetidas todos os meses a partir da idade que o bebe começar a se interessar por elas. Essas são ótimas, super divertidas e eles adoram!
E lembre-se: essas interações ainda tem a vantagem de aproximar pais e filhos e de tornar os momentos que passam juntos muito mais prazerosos. Então… bora pegar o pequeno e fazer alguma coisa divertida já!
Saiba mais sobre os 3 primeiros meses de vida do bebê nesse vídeo do Canal Macetes de Mãe:

Leia mais sobre esse tema aqui no blog:

Atividades para estimular o desenvolvimento de bebês de 0 a 3 meses

Fontes de pesquisa:

http://brasil.babycenter.com
http://www.pediatriaemfoco.com.br

11 comentários

  1. Karen Holz

    Amei o post!! Tudo que eu estava precisando no momento. Bjs.

  2. Sigrid

    Simplesmente MARAVILHOSO esse post!!!!!!!!!!!! A gente acha que é fácil, mas fácil é até a gente virar mãe. Parabéns pelo post, parabéns mesmo!!! Utilidade pública :) Beijos!

  3. Cantinho da Marina

    Adorei o post! Vou já colocar em prática com a Ninoca!
    Bjo!

  4. Anonymous

    Adoreiiiiiiiiii

  5. conceição

    amei o seu post!

  6. Anonymous

    Ameeeeiiii… pena que só vi agora. Estimulei pouquíssimo meu bebê. Vou começar agora com 4 meses. Antes tarde do que nunca. :(

  7. Brenda Souza

    Adorei Shirley, parabéns pelo posto e muiiiiito obrigada pelas dicas!!!!

  8. cristina

    Adorei o post, muito útil para mãe de primeira viagem..bjos

  9. Kátia

    Amei as dicas.

  10. Cintia

    Muito bom mesmo dicas boas!!!!

  11. Tatiana

    Muito legal !!

Deixe seu comentário