Promessas de Páscoa

Esta é a primeira Páscoa do Léo. E é a minha primeira Páscoa como mãe. Para ele, com certeza, ainda não tem significado algum e nem divertida a data ainda é, mas para mim passou a ter outra cara.

A palavra Páscoa significa “passagem” e foi criada para celebrar a passagem de Jesus Cristo para o céu, depois dele ter sido crucificado.

Pensando sobre essa questão da “passagem” e divagando nos meus poucos momentos de ócio (risos) acabei percebendo como as coisas passam rápido, principalmente depois que a gente tem filhos. Parece que se vive um ano em uma semana, tamanha a velocidade com que tudo acontece.

Desde que engravidei, comecei a fazer um diário, para registrar todas as mudanças, as impressões e os sentimentos despertados pela nova experiência. Nunca cheguei a escrever diariamente, mas de tempos em tempos, pelo menos umas 3 ou 4 vezes ao mês, eu escrevia alguns parágrafos. Entretanto, de novembro até o início de março, pela correria que virou a minha vida de mamãe e blogueira, eu abandonei o hábito. Quando resolvei pegar o diário de novo, para registrar o que havia acontecido nesse período, quase caí para trás. Em menos de quatro meses o Léo havia aprendido e desenvolvido tanta coisa nova que fiquei meio em choque, pensando sobre a efemeridade do tempo. Nesse pequeno período, o meu pequeno havia aprendido a sentar, bater palma, dar tchauzinho, balbuciar vários novos sons, havia entrado na escolinha, viajado pela primeira vez de avião, havia começado a rastejar, havia ganhado dois novos dentinhos e mais um tanto de outras coisas que nem lembro agora.

Quando parei e percebi isso, me deu um medão de não estar curtindo como deveria e poderia essa fase tão linda e importante da vida dele. Afinal, às vezes estamos tão preocupadas em dar conta do imprescindível (alimentar, trocar, dar banho, cuidar da saúde…) que esquecemos de simplesmente aproveitar nossos filhos, sem muita preocupação e com muito, mas muito prazer.

A vida da gente passa. A vida dos nossos filhos passa. E acho que entender o significado da Páscoa  – PASSAGEM – me fez ficar ainda mais alerta para essa questão da efemeridade do tempo.

De presente de Páscoa vou nos dar, a mim e ao Léo, o prazer de curtirmos ao máximo nossos momentos juntos, sem ficar tão preocupada em cumprir tarefas, organizar as coisas e acertar em tudo. E pretendo usar essa data, todos os anos de agora em diante, como um marco, ou seja, um momento de relembrar e renovar essa promessa.

Feliz Páscoa!

5 comentários

  1. carolina

    que lindo, quase chorei lendo, rs… é minha primeira pascoa como mãe tb e a primeira do meu bebezão *-*
    parabéns pelo blog.

  2. Tatiana Cali

    Lindo texto !!! Emocionante mesmo !!! E’ isso ai, curtir intensamente cada momento com os pequenos, pois quando piscarmos os olhos ja estarao pedindo as chaves do carro para sair com as namoradas … Ai, ai !!! Rs. Bjs, Tatiana.

  3. Paola

    Como sempre, muito linda sua mensagem… E para mim, coube direitinho, porque com dois, o tempo não voa… ele vai na “velocidade da luz”. Com o segundo filho, aprendi a quebrar os protocolos excessivos e a curtir mais relaxadamente tanto a maternidade como os filhotes, que estão neste fase maravilhosa!!! Abs Paola

  4. Mariana

    Adorei a mensagem !!! Passagem … Com a perda do meu pai, 8 anos atrás com 54 anos, me fez repensar nesta questão do TEMPO ! E por isso não temo por boasmudanças, busco acima de qualquer coisa qualidade de vida para minha família em todos os sentidos …. e falo eu te amo sempre que tenho vontade ! O tempo passa e nós realmente não percebemos …. mas não podemos deixa-lo simplesmente passar , pois não sabemos o dia de amanhã ! Curtir , curtir e curtir , meu lema !! um beijo.

    1. Mari, estava sentindo sua falta por aqui. Já vi que tirou o atrasado e passou por vários pots. Bjs!!! :-)

Deixe seu comentário