100 conselhos para mães de primeira viagem

maternidadeComo boa blogueira, vivo vasculhando a blogosfera atrás de outros blogs bacanas para seguir, acompanhar, me inspirar. E não faço isso só com os daqui do Brasil não, costumo dar uma fuçada também nos lá de fora e, garanto para vocês, encontro muita, mas muita coisa bacana. Um que eu gosto muito é o Finding Joy (http://rachelmariemartin.blogspot.com.br), pois a autora, a Rachel, é uma pessoa super sensível, delicada, com um jeitinho especial de escrever e que dá umas dicas ótimas. Um dos posts dela que eu mais curti foi o “99 Tips for New Moms” ou 99 dicas para novas mamães.
 
Gostei tando dos conselhos dados por ela que resolvi compartilhá-los aqui, com vocês. O que fiz foi selecionar 50 conselhos dela e juntar com 50 conselhos meus. Assim, as 99 tips da Rachel viraram os 100 conselhos da Shi. Espero que gostem!
 
 
Tips da Rachel:

1.       Respire. E lembre-se de que você está fazendo um bom trabalho.

2.       Não tenha medo de pedir ajuda e conselhos.

3.       Não se culpe.

4.       Coloque data em todas as fotos tiradas, especialmente as do primeiro ano.

5.       Registre o que os seus filhos falam (anote ou grave)

6.       Dance com eles.

7.       Leia o mesmo livro várias e várias vezes.

8.       Escreva a data e uma nota no início do primeiro livro que eles leram. Escreva notas no início de todos os livros especiais.

9.      Deixe-os a escolherem suas roupas (mesmo que elas não combinem).

10.   Deixe-os correr na chuva e pular poças d`’agua.

11.   Ria e sorria – seus filhos precisam ver isso.

12.   Deixe-os ajudá-la: cozinhar, limpar…

13.   Ensine-os a serem gratos.

14.   Ensine-os sobre música, sobre a natureza e outros prazeres.

15.   Desenvolva uma rotina de dormir.

16.   Tire cochilos enquanto eles dormem.

17.   Não compare. Pelo menos tente não comparar.

18.   Você vai se preocupar, especialmente no começo, e saiba que isso é normal.

19.   Guarde, de lembrança, alguns objetos de quando eles eram pequenos.

20.   Tire fotos de seus trabalhos artísticos.

21.   Guarde o papel onde eles escreveram seus nomes pela primeira vez.

22.   Olhe nos olhos quando você fala com eles.

23.   Converse com eles desde bebês.

24.   Saiba que eles vão ficar doentes e que isso é normal.

25.   Confie nos seus instintos.

26.   Inspire-se em blogs, Facebook, Pinterest, mas faça aquilo que é melhor para sua família, afinal, ela é belamente única.

27.   Ensine a eles suas crenças e sua fé.

28.   Jantem juntos, em volta da mesa, sempre que puderem.

29.   Suas decisões – fraldas, vacinas, escola, etc – são suas e você não precisa justificá-las.

30.   Envolva-se na vida de seus filhos.

31.   Guarde tempo para sua família.

32.   Diga “eu te amo” todos os dias.

33.   Deixe-os falhar e ensine-os a tentar de novo.

34.   Fale com eles como você gostaria que eles falassem com você.

35.   Escreva bilhetes e mensagens para eles de vez em quando.

36.   Deixe-os ver você lendo.

37.   Conheça seus amigos.

38.   Brinque com eles.

39.   Cuide de si mesmo: descanse, tome um café, converse com os amigos e faça coisas que gosta.

40.   Ensine os a falar “obrigado”e “por favor”.

41.   Saiba que você vai cometer erros. Nessas circunstâncias, aprenda a dizer que você se arrependeu, depois, siga em frente e tente novamente.

42.   Ensine o valor da família.

43.   Pare para vê-los dormindo e tire fotos desse momento.

44.   Ore por eles enquanto eles estiverem dormindo.

45.   Ouça-os quando eles falarem.

46.   Anote algumas de suas histórias.

47.   Fale bem de seus filhos.

48.   Saiba que eles vão ter ataques de birra e que esses ataques não definem você como mãe.

49.   Lembre-se de que este tempo vai passar num piscar de olhos.

50.   E, finalmente, lembre-se que ser mãe é um belo presente. E que os dias de pijama são totalmente aceitável algumas vezes.

 

Dicas da Shi

51.   Mantenha a calma, apesar de tudo. E se não for possível, conte até 10 e comece tudo de novo.

52.   Pare de esperar que seu filho durma a noite inteira. Isso um dia irá acontecer, mas não sabemos quando será.

53.   Não dê ouvidos a opinião de todo mundo. Filtre tudo que escutar.

54.    Acredite em você mesma e no que você está fazendo. Ninguém poderá ser uma melhor mãe para seu filho que você.

55.   Não tenha medo de ficar ao lado do seu filho e de carregá-lo no colo. Você não irá mal acostumá-lo, você só irá ensinar que ele é amado e protegido.

56.   Não se desespere a cada tombo.

57.   Não diga não para tudo, mas também não seja conivente com qualquer coisa. Guarde os “nãos” para o que realmente importa.

58.   Passe mais tempo em família.

59.   Inclua na sua agenda atividades que seus filhos gostam. Vá a lugares que eles apreciam ir.

60.    De vez em quando, deixe-os comer um bobagem ou fazer uma besteira. Rigidez demais também não é bom (respeitando as regras de saúde e segurança sempre).

61.   Entre no mundo deles, viaje nas suas fantasias.

62.   Cante, brinque faça sons estranhos, faça-os rir.

63.   Compre menos brinquedos. No lugar, crie brinquedos e brincadeiras junto com eles.

64.   Deixe-os verem o mundo com seus próprios olhos e experimentá-lo com suas próprias pernas.

65.   Mantenha-os aquecidos adequadamente. Nem mais, nem menos.

66.   Não precisa ligar a toda hora para o pediatra, mas também não deixe de dar um telefonema se algo parece realmente não estar bem.

67.   Converse com outras mães, mas evite fazer comparações.

68.   Coloque-se na altura do rosto do seu filho e olhe bem para ele, capte o olhar dele com o seu. E grave para sempre essa imagem.

69.   Lembre-se que se eles quebrarem ou riscarem algo, tem conserto. E se não tiver, lembre-se de que eles são muito mais valiosos que qualquer objeto ou bem.

70.   Releve.

71.   Converse e não grite.

72.   Jamais aja com agressividade ou violência. Nem em sonho!

73.   Deixe-os se sujarem.

74.   Não cobre perfeição.

75.   Elogie.

76.   Agradeça.

77.   Comemore conquistas junto com eles.

78.   Ensine a eles o que você gosta, mas também deixe-os mostrarem o que lhes agrada.

79.   Tire fotos, muitas fotos, milhares de fotos. Fotografe cenas, objetos, brinquedos, parte do corpo. Em breve, nada mais disso existirá, pois seus filhos estarão vivendo outra fase.

80.   Seja criativa sempre que possível ou necessário.

81.   Ensine pelo exemplo e não pelo discurso.

82.   Pergunte, questione, não somente imponha.

83.   Zele por sua saúde, bem estar e segurança acima de tudo.

84.   Aprenda a dividir seus filhos. Deixe que as pessoas que os amam também aproveitem momentos junto com eles.

85.   Saiba que você não pode ter controle sobre tudo.

86.   Respire fundo quando algo estiver muito difícil e pense que passa, que nada é para sempre.

87.   E quando tudo estiver perfeito, lembre-se que isso também não é para sempre.

88.   Se precisar, ligue para alguém para desabafar e não tenha vergonha de chorar e pedir ajuda.

89.   Preocupe-se menos com a opinião dos outros.

90.   Preocupe-se menos em seguir regras.

91.   Crie o seu próprio estilo de criar.

92.   Aprenda a ensinar.

93.   Tente ver com os olhos de uma criança.

94.   Lembre-se que um pequeno erro não irá acabar com tudo. O sucesso da criação é um conjunto de coisas.

95.   Faça seu melhor e se perdoe se você não alcançou o que queria.

96.   Não acredite que a grama do vizinho é mais verde. Todos passam por dificuldades.

97.   Leia, estude, pesquise, insipire-se. Mas acima de tudo, siga seu coração e intuição.

98.   Deixe seus filhos sozinho com o pai de vez em quando. É importante para eles.

99.   Ajude seus filhos a desenvolverem seus talentos. Mas não cobre isso deles.

100.  Por fim… lembre-se que, a cada dia, você adquire mais prática, as coisas tornam-se mais fáceis e a experiência de ser mãe torna-se cada vez mais prazerosa. 

 

23 comentários

  1. Camila Soeiro

    Olá! Sou mamãe da Alice, ela tem 24 dias hoje, descobri seu blog na semana passada e é incrível como tudo o que eu estou passando/passei e todas as minhas dúvidas, medos e frustrações você coloca aqui de forma tão natural e bem humorada! Eu com certeza passei a ser leitora assídua, e queria dizer também o meu muito obrigada pois não desisti de amamentar a minha pequena pois no dia em que eu estava com muita dor,leite empedrando e febre eu li seu desabafo sobre o lado B e vi que eu tinha força p/ passar por aquilo! E foi o que fiz, a mocinha está mamando muito bem e estamos muito felizes! Adorei as dicas de hoje! Beijos

    1. By Shirley Hilgert

      Camila! Adorei saber que você insistiu na amamentação depois de ter lido um post meu. Nossa! Que alegria. fico muito feliz de você ter compartilhado aqui essa notícia ótima. Beijos!

  2. Thais

    Esse post de hoje caiu como uma luva pra mim. Sou mãe do Pedro, de 14 dias, e ser mãe “fresca” é aprender um pouco a cada dia.

    1. By Shirley Hilgert

      Grande verdade! Aprendemos um pouco a cada dia! Beijos!!

  3. Também acompanho vários blogs, inclusive o seu!
    Amei as listas! Acho que ser mãe é isso, um eterno aprendizado, a minha mãe costuma dizer que nunca pára de aprender e se surpreender como mãe, e agora como avó!
    Acho que dificuldades sempre vão surgir a sabedoria vem da forma como lidamos com elas, e otimismo sempre!
    Beijos

    1. By Shirley Hilgert

      Gostei da conclusão: otimismo sempre. Você está certíssima!
      Beijos.

  4. Tatiana Cali

    Lindo demais ! Verdadeiro demais ! Sensivel demais !

    1. By Shirley Hilgert

      Obrigada!!!! Beijos! :-)

  5. Fernanda

    Oi Shirley, sou mãe de uma guriazinha de 38 dias e acompanho teu blog desde a minha gestação. Já utilizei varias dicas desde o enxoval até os momentos de angústia e dúvidas. Adoro a forma como tu escreve, a espontaneidade que coloca as coisas. É incrível como não nos sentimos sozinhas, vendo que muitas mães passam por situações semelhantes. Obrigada por todos os ” macetes de mãe”! Beijos

    1. By Shirley Hilgert

      Fernanda, obrigada pelas lindas palavras. Adorei! E pelo visto você é gaúcha como eu. Certo? Beijos para você e sua guriazinha. :-)

  6. Sharon Guiilherme

    Ai, chorei, chorei e chorei de novo…

    Post lindo, util e gratificante.

    Valeu a pena le-lo.

    Obrigada!!

  7. Karine Bezerra

    Adorei!
    Estou na 33a semana da gravidez e curto muito o seu blog.
    Obrigada e boa sorte para todas.��

  8. Mariana Couto

    Ótimo post adorei as dicas e compartilho da mesma opinião na maioria dos tópicos. Estou pronta pra aprender muito com a minha filhota e sei que não serei uma mãe perfeita, mas com certeza sou a melhor mãe para ela afinal foi Deus quem me escolheu.

    Bjs

  9. Lúcia e Flávia

    Adorei Shirley! Me emocionei com seu post, agora na gravidez passam muitas coisas na cabeça da gente e essa lista inspira para o que está por vir…estou de 21 semanas, mas já sinto muito amor pela minha filhinha…bjos Flávia

  10. Paola

    Adorei Shirley,
    Este post é para ser lido várias vezes, em dias diferentes e circunstancias diversas, pois a cada releitura novos insights virão!!! Especial a cada post, muito BOM!!! Abraços, Paola

    1. By Shirley Hilgert

      Obrigada, Paola! Que bom que estou agradando. :-)

  11. Nayanne Divina

    Shi, que port lindo!!! Amei as dicas.

    Descobri vc ha pouco tempo, mas ja virei fã, estou grávida pela 1ª vez (vai ser uma menia), e seu blog me inspira muito!!!

    bjos

    1. By Shirley Hilgert

      Nayanne, obrigada! Fico lisongeada com palavras tão carinhosas. :-)
      Bjs

  12. Caroline Fogaça

    Oi Shirley, estou planejando e pensando em ser mãe faz 1 ano, há um mês eu parei de tomar anticoncepcional e estou tentando… já fui ao ginecologista e estou a caminho desse sonho: ser mãe! Acompanho seu blog faz uns 6 meses. Desde que comecei a pensar sobre ficar grávida eu venho lendo a respeito do assunto, não para me tornar uma “expert” (até pq isso não seria possível), mas acredito e entendo que ser mãe é algo muito importante, por isso quero aprender muitas coisas. Queria te parabenizar, pois tu tens uma delicadeza muito grande com as palavras e te dizer que quando eu conseguir engravidar e ter um bb, vc será uma companheira ainda mais assídua em minha vida. Obrigada por escrever sobre a maternidade, moro em Santa catarina, mas sou gaúcha, não tenho parentes aqui, nem amigos, vc será minha companheira nessa nova viagem chamada maternidade. Bjão e parabéns pelo teu trabalho.

  13. Marceli Migliatti

    Amei esse post! O meu bebê tem 03 meses e acompanho o blog desde que ele nasceu. Ter me tornado mãe foi maravilhoso e a maternidade é muito desafiadora, aprendo coisas novas todos os dias! Algumas vezes acho que vou ficar maluca, outras me acho a mãe maravilha, rsrs. E assim estamos indo e o blog me ajuda muito! Bjos

  14. Josiane

    Este post parece que foi escrito para mim. Sou mãe do João Pedro que esta com 47 dias e como toda mãe de primeira viagem tenho muitas dúvidas. Parabéns pelo blog, você realmente consegue transmitir o que vivemos na maternidade.

  15. Fernanda Zanoni

    100 super conselhos. Adorei! E olha, esses conselhos não são somente para os mamães de primeira viagem, são para todas as mães. Vou guarda-los como ouro, e carrega-los para sempre!

  16. Natália

    Oi Shirley, adorei seus conselhos, vou utilizar de cada um. Eu e meu companheiro estamos tentando ter o nosso primeiro filho, ele está tão entusiasmado quanto eu, ansioso pela chegada do nosso filho, mas espero que ele chegue logo que será muito amado e querido pela nossa família.

Deixe seu comentário