Atividades para festas infantis

Olá Mamães, como estão? Hoje é um post bastante especial para mim, pois esta será a minha última contribuição para o blog através da Coluna Festas. Quando a coluna foi lançada, há seis meses atrás, estava previsto que ela teria 12 edições e que se encerraria depois desse período. Para mim, foi um prazer enorme passar por aqui, compartilhar meu conhecimento e ideias e conhecer muitas de vocês, que depois, inclusive, conheci pessoalmente.Para encerrar a minha participação, escolhi falar com vocês sobre o tema brinquedos e recreação de festa infantil, um assunto que as mamães costumam ter bastante dúvidas. Com vocês, algumas diquinhas bem simples, mas muito valiosas.

As festas infantis costumam ter, em média, quatro horas de duração. Sendo assim, o ideal é colocar à disposição das crianças dois brinquedos e uma atividade, no máximo. Essa atividade, pode ser um mágico, um teatro, uma equipe de recreação, ou o que a sua imaginação mandar.

E agora, vou voltar um pouco no tempo para falar um pouquinho sobre esse assunto…

Eu estou ficando velha (risos) e vou começar com aquela famosa expressão “sou do tempo que…”. Mas falando sério, até os meus seis anos de idade ninguém tinha um computador em casa, videogame estava só começando e o grande sucesso e paixão nacional ainda era o Atari. Hoje em dia, as crianças estão muito mais tecnológicas (muuuuuuiiiiiito!)e, ao meu ver, com muito pouco contato com o simples que é extraordinário. Na minha opinião, é um pouco “mais do mesmo” festas em buffets onde tem jogos e videogames mil, ou seja, a criança vai lá para fazer justamente o que já faz em casa, na maior parte dos casos. Na minha opinião, festa infantil tem que ter gritaria, correria e até gincanas das quais os pais possam participar (as crianças amam!). Já estive em inúmeras festas alegres e divertidas nas quais as crianças interagiam entre elas de forma simples: através da corridas do saco, corridas da colher (com ovo cozido em cima), corrida de pneus, cabo de guerra, entre outros. Tudo super simples, super gostoso e que dá muito bem para organizarmos por conta própria.

Entretanto, se durante a festa você não quer ter o trabalho de monitorar as brincadeiras e atividades, afinal, alguém tem que fazer isso para evitar qualquer tipo de acidente, uma ótima alternativa é contratar uma equipe de recreadores. Uma equipe com um bom briefing do que você quer que seja feito pode fazer milagres! As crianças não vão querer ir embora, ficam com gostinho de quero mais e essa será a grande atração da festa!

Agora, se a sua dúvida é quanto aos brinquedos a serem contratados, posso dar uma dica rapidinha que não tem erro. Pixcina de bolinhas em uma festinha com convidados até dois anos é a alternativa perfeita! Eles curtem, se divertem e é seguro. Já para o caso de crianças a partir dessa idade, a melhor alternativa é sempre a cama elástica (que eu costumo chamar de brinquedo universal, pois agrada qualquer idade). Já para crianças a partir de quatro anos, boas opções são os tobogãs e os infláveis. Seguindo isso, não tem como errar.

Por fim, gostaria de dizer que estimular o convívio e as brincadeiras em grupo é sucesso garantido em qualquer festa infantil. Criança gosta é de brincar, correr, interagir, se divertir e até se sujar (o que muitos pais, na verdade, não curtem muito). É isso que vai dar o ar mágico da festa, tanto para o aniversariante como para o convidado.

Gostaria, antes de me despedir de vocês, dizer que estarei sempre por aqui, dando uma passadinha para ver as novidades e os comentários que forem deixados nos posts antigos. Então, qualquer coisa, é só gritar (risos!).

Por fim, informo que quem quiser saber mais a respeito da organização de festas infantis e até se profissionalizar nisso, pode participar dos cursos que eu costumo realizar em várias partes do Brasil. Para mais informações, acesse o nosso site: www.cursosauguri.com.br

Um beijo e um abraço forte em cada uma de vocês. Foi um prazer colaborar com o Macetes de Mãe nesse último semestre e espalhar o amor pelo que faço para tantas outras mamães.

Kika Duarte é organizadora profissional de eventos há 12 anos. Entrou nesse mercado, que ela prefere chamar de universo encantado, por conta da sua paixão por balões, bolos, doces e, principalmente, sonhos realizados e sorrisos de satisfação.
Kika também é dona da Auguri Festas e da And Many More e, mais importante de tudo, é mãe da Marcella, uma menininha linda, doce e para lá de esperta de dois aninhos de idade
 

6 comentários

  1. Anonymous

    Kika,
    Não sei se você vai ver meu comentário no outro post, mas preciso muito da sua ajuda.
    A conta dos docinhos decorados (cupcakes, cakepops, pirulitos de chocolate) se multiplica com o acréscimo de convidados? Por exemplo, para 100 convidados, devo ter cerca de 4 a 6 tipos de doces decorados, 40 unidades de cada? Não é muito? O brigadeiro de colher entra nesses doces decorados?
    Fora esses doces decorados, e fora os doces embalados (personalizados), preciso de 5 docinhos tradicionais por pessoa na festa?
    Tenho muita dúvida nessa parte de docinhos, espero que possa me ajudar!

    Obrigada
    Rafaella.

    1. Shirley

      Olá RAfaella, tudo bem? encaminhei a sua dúvida por e-mail também para a Kika. Assim que ela responder, posto aqui. Abraços!

  2. Tatiana Cali

    Nossa !!! Como o tempo passa !!! Como dizem, o que é bom dura pouco !!! Vai deixar saudades sua coluna, Kika. Sucesso com as festinhas pela vida !!! Bjs, Tati.

  3. Nelson

    Excelente site de ajuda

  4. Laura

    Olá, td bem?
    Gostaria de saber se p festa de 4 anos o melhor são os brinquedos infláveis ou recreaçao? Obrigada

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Laura!
      Acho que a recreação pode ser mais tranquila do que os brinquedos :)
      Bjs

Deixe seu comentário