10 Dicas para quem quer divulgar o seu negócio sem gastar

Como vocês já devem ter visto, crie aqui no blog uma série de posts para estimular e ajudar mamães que pensam em abrir um negócio próprio. No primeiro post, eu dei algumas dicas de como decidir com o que trabalhar e, no segundo, passei algumas informações para quem tem interesse em abrir uma empresa no formato MEI – Micro Empreendedor Individual, que permite fazer tudo dentro da lei, inclusive emitir NF, e não pagar imposto (só uma taxa fixa mensal que atualmente é menos de R$ 40,00/mês).

Pois hoje chegou a vez de dar algumas dicas de como divulgar o seu negócio, sem grande investimento (ou investimento nenhum!) e obtendo bons resultados.

Espero que seja útil! Depois passem por aqui para me contar se deu certo! :-)

1. Divulgue primeiro seu negócio para sua rede de contatos. Bom, o primeiro passo para divulgar o seu negócio é fazer o mais simples, que é divulgá-lo para amigos, vizinhos e familiares. Para isso, monte um e-mail bem explicativo (mas curto) e repasse para seus contatos. Também divulgue no seu perfil do Facebook, Google+, e outras redes sociais. Sempre que possível, nessa divulgação, inclua fotos. E tenha em mente: textos claros e curtos, que falem rapidinho o que o seu negócio faz. E não esqueça: divulgação boca-a-boca também, para todo mundo que você conhece.

2. Crie a fanpage do seu negócio no Facebook. Em seguida, vale a pena você investir em criar uma fanpage do seu negócio no Facebook. Ela é rápida de fazer e não custa nada. Assim que criar, insira fotos do que você produz para vender com legendas também curtas e explicativas. Se possível, inclua também informações extras, mas que tenham a ver com o seu negócio. Por exemplo, você abriu uma empresa que faz itens de decoração de festa infantil, então divulgue na sua fanpage dicas de coisas legais para decorar festa infantil. Essas imagens você pode encontrar no Google, no Pinterest, ou em outros meios online. Mas não esqueça, sempre que divulgar algo que não foi você que fez, cite a fonte (coloque um link que leva para ela). Depois que você tiver criado a página e já inserido algumas informações relevantes nela, divulgue-a. Você pode fazer isso publicando o link da sua fanpage na sua timeline pessoal, comunicando seus contatos por e-mail ou até fazendo uma divulgação paga no Facebook. Essa divulgação paga não precisa ser grande. Muitas vezes, investindo poucos reais por dia já dá um bom resultado e você aumenta rapidinho o seu número de seguidores.

3. Crie um site ou um blog para divulgar o seu negócio. Depois da fanpage, que é rapidinha de fazer, sugiro criar um blog ou até site do seu negócio. Existe possibilidade de fazer sites gratuitos ou pagos. Nunca usei nenhum serviço gratuito de criação de sites, então não posso indicar, mas no caso de você optar por um site pago, sugiro você, antes de escolher quem será a empresa que irá desenvolvê-lo, pegar indicação com amigos. O problema do site é a manutenção. Ou seja, sempre que você quiser inserir algo novo ou mudar alguma informação, terá que recorrer à ajuda de um programador. Por isso, se você tiver um negócio que está sempre produzindo e lançando coisas novas (por exemplo, uma empresa de decoração de festas, que toda hora faz uma festa diferente), o ideal, se você não quiser/puder gastar, é criar um blog para ele. Ali, você mesma insere as informações e atualiza quando quiser. Duas plataformas que permitem a criação de blogs são o Blogger (o Macetes de Mãe é no blogger, por enquanto) e o WordPress (que nunca testei, mas quem usa diz ser melhor que o Blogger. Um pouco mais difícil de lidar, mas mais completo). Como uso o Blogger, posso garantir que é super fácil de mexer nele. Se você optar por criar um blog para divulgar seu negócio, lembre-se de colocar o nome da empresa em destaque no topo (cabeçalho), escolher um layout que tenha a ver com o seu negócio (ambas as plataformas, Blogger e WordPress tem layouts prontos onde você só insere as informações) e de incluir informações bacanas e muitas fotos que ilustrem o que você faz. Outro detalhe importante: se possível, compre o registro com o nome da sua empresa. Se você quiser comprar o registro “.com.br”, entre no site www.registro.br e veja se ele está disponível. Se estiver, compre-o. Já se você optar por fazer um blog no Blogger, pode comprar o registro por lá mesmo, mas ele será apenas “.com”. Minha sugestão: mesmo que você compre o registro “.com” dentro do Blogger e utilize esse, não deixe de comprar também o “.com.br”. Você nunca saberá quando seu negócio irá crescer e você irá querer fazer um site bem organizadinho para ele.

4. Crie o perfil do seu negócio no Instagram. Muitas mamães empreendedoras fazem coisas lindas, de decoração, vestuário, gastronomia, etc…, e aí, com certeza, o Instagram é um ótimo meio para divulgá-lo. Isso porque a ideia do Instagram é fotografar coisas bacanas e colocar a imagem lá para os seguidores verem e curtirem. Como existe o perfil do MdM no Instagram, eu estou sempre por lá também e vejo o tanto de gente que, ao ver algo legal, bonito e que curte, acaba deixando um comentário perguntando preço e como faz para comprar. Ainda, conversei com uma pessoa que tem uma loja virtual e ela mesma me confessou que, para vendas, o Instagram é ótimo. A pessoa vê, gosta, e já quer saber como faz para adquirir. Se você tiver como, crie o perfil da sua empresa nessa rede social e poste fotos diversas do que você faz. E depois, essas fotos podem ainda ser compartilhadas na sua fanpage do Facebook.

5. Tenha cartões de visita e o distribua-os sempre que possível. Muitas pessoas que você conhece ou conversa por acaso podem ser potenciais clientes. Por isso, vale a pena ter um cartão de visitas com as informações principais da sua empresa: nome da empresa, seu nome, seu telefone, site e endereço das redes sociais do seu negócio se você achar que vale a pena. Outra dica: se você faz festas infantis, por exemplo, veja com o(a) seu(sua) cliente se tudo bem levar o seu cartão e deixar em algum lugar da festa, para que outros convidados vejam quem foi responsável por aquele trabalho. Essa estratégia é ótima e pode ser empregada a outros tipos de negócios também. Pense sempre se no seu isso também funciona e, se sim, coloque em prática. Eu mesma já contratei serviços dessa forma.

6. Conquiste os primeiros clientes para que esses tragam os demais. Muitas vezes, no início de um negócio, vale a pena fazer um preços super especial para conquistar clientes e, depois, chegar a outros através desses. Clientes satisfeitos costumam indicar quem os atendeu para outras pessoas e aí, através disso, você consegue a mais eficaz forma de divulgação: a indicação. E ainda de graça!

7. Não esqueça do pós venda. Isso mesmo! Você atendeu um cliente, vendeu algo para ele ou prestou um serviço, mas agora a sua parte já acabou. Que nada! Está só começando uma nova fase. Depois que você vendeu algo ou prestou um serviço, mande um e-mail ou telefone para o cliente perguntando o que ele achou, se ficou satisfeito ou se tem alguma sugestão para dar. Isso fará com que esse cliente perceba que você é realmente interessado em fazer sempre melhor e aumentará as chances dele voltar a comprar de você novamente.

8. Peça depoimentos de clientes satisfeitos. Sim, isso é super útil! Peça para clientes satisfeitos mandarem para você um curto depoimento falando o que acharam sobre o seu serviço/produto e a autorização para divulgar em seus materiais de comunicação. Depois compartilhe esse depoimento no site, fanpage ou outros meios de divulgação do seu negócio. Ouvir que outras pessoas ficaram satisfeitas aumentam as chances de comprarem de você.

9. Faça parcerias com empresas que tenham a ver com o seu negócio. Pare e pense que empresas podem prestar algum tipo de serviço ou vender um produto que seja complementar ao seu e veja se vocês possam trabalhar juntos. Por exemplo: se você faz decoração de festa infantil, procure empresas de buffet ou boleiras e veja se podem fazer algo em conjunto. Esse algo em conjunto pode ser uma indicar a outra, uma divulgar o negócio da outra em seus canais de comunicação, e por aí afora. Mas muito importante: só faça esse tipo de parceria com empresas que você conhece e realmente confia, pois, se não, isso pode acabar com a boa imagem da sua empresa e prejudicar muito o seu negócio.

10. E, por fim, o mais importante de tudo: atenda bem o seu cliente, produza coisas de qualidade, faça bem o seu serviço e cobre um valor justo. Acho que esse é o principal conselho para quem quer uma ótima divulgação não gastando nada. Se você fizer algo bem feito, atender bem o seu cliente, entregar o que ele espera ou até superar as suas expectativas, pode ter certeza, esse cliente ficará satisfeito e falará bem de você para várias outras pessoas. Ou seja, só fazendo bem feito o que você se propõem a fazer (e cobrando um preço justo, é claro), você já estará divulgando o seu negócio.

2 comentários

  1. Cláudia de Oliveira

    Bom dia Shirley.

    Meu nome é Cláudia de Oliveira moro em Porto Alegre e sou Personal Organizer. Estava procurando dicas de como alavancar meu negócio. Acabei encontrando neste Blog dicas ótimas de como divulgar o meu serviço. Com certeza serão muito úteis. Agora é só colocar em práticas tuas dicas e fazer o que de melhor eu sei fazer, organizar ambientes otimizando espaços e viabilizando o tempo para os futuros clientes.

  2. Simone Costa

    GOSTARIA DE ASSISTIR A PALESTRA, PORÉM NÃO CONSEGUI FAZER A INSCRIÇÃO.

Deixe seu comentário