Como evitar estrias na gestação

Imagem: Precision Nutrition

Um dos nossos temores durante a gestação são as indesejadas estrias. Nosso corpo muda, e muito, e com ele essas marquinhas chatas e que são para sempre podem aparecer. Pois eu não tive esse problema. Posso dizer que não tive sequer “uminha” estria durante ou após a gestação do Léo e devo a isso alguns cuidados simples, mas super eficazes. E lembrando disso, resolvi compartilhar com vocês algumas dicas de como evitar estrias durante a gestação. Espero que funcionem por aí também. Boa sorte!

1. Praticar exercícios. Eles ativam a circulação e controlam o ganho excessivo de peso, o que ajuda a evitar estrias. Eu fiz caminhadas a gravidez toda, quase que diariamente, e tenho certeza que esse foi um dos fatores que me deixou bem longe das estrias.

2. Beber muita água. A água mantém a pele hidratada e ajuda na sua elasticidade, evitando assim as estrias. Eu tomei MUITA, mas MUITA água durante a gestação. Acho que eu chegava a tomar uns 3 litros, sem exagero, e também tenho certeza que isso ajudou.

3. Comer alimentos que contenham vitamina E, C e Zinco. Eles são ótimos porque ajudam na produção do colágeno, também indispensável para evitar as marcas da gestação. Esses alimentos são encontrados em frutas cítricas, nozes, sementes, carnes magras e lentilha. Na época da gravidez do Léo, eu nem sabia disso, mas consumi muuuuuiiiittttaaaa fruta e lentilha. Acertei sem nem saber. :-)

4. Menter-se calma. Quando estressada, sua pele reage tornando-se inapta a rejuvenescer e isso pode causar estrias. Também tive uma gestação para lá de tranquila, o que ajudou.

5. Usar cremes anti-estrias. Eles também ajudam a manter a pele hidratada e nutrida, o que evita estrias. Nesse sentido, eu também me cuidei direitinho durante a gravidez. Nunca fui uma daquelas loucas desesperadas que passa o dia se besuntando em cremes e loções, mas aplicava duas vezes ao dia em áreas estratégicas: barriga, nádegas, coxas, parte de baixo das costas e seios (mas não no bico).

6. Não engordar muito e nem muito rápido. Quando se ganha muito peso, principalmente muito rápido, a pele estica demais e aí surgem as estrias. Então a dica é manter o controle do peso e ganhá-lo aos poucos, para a pele ir “cedendo” aos poucos também. Eu não engordei muito durante a gestação e o ganho de peso foi bem distribuído ao longo dos meses. Com certeza, esse foi um dos principais fatores que ajudou a evitar essas marquinhas chatas e indesejadas chamadas estrias.

Esse post foi inspirado na minha experiência pessoal e em outro texto publicado no site BabyZone: 7 Tips to Reduce Pregnancy Stretchmarks.

8 comentários

  1. Angelica

    Recomendo também usar sabonete liquido no lugar do comum, cortar as unhas, não esfregar a toalha de banho na barriga e nas áreas propensas a criar, apenas passá-la suavemente, passar cremes hidratantes próprios para gestante (comprados em farmácias, materskin e luciara), apoiar a barriga em travesseiros na hora d dormir (últimos meses), usar roupas confortáveis e folgadas. Minha genética era ruim e eu consegui vencê-la.

    1. Denise

      Vc não teve nenhuma estria mesmo com tendência ?

  2. Renata Soares

    Oi Shirley, adorei suas sugestões, estou pensando em engravidar e também tenho uma genética horrível. Gostaria de saber de você se antes de engravidar tinha problemas em manter o peso e quantos quilos engordou na gravidez.

    Um grande abraço, e seu filho é lindo!

    1. Shirley Hilgert

      Renata, apesar de ser bem comilona (risos!), não tenho tendência a engordar. Na gravidez ganhei 9,5kg. bjs

  3. Juliana R

    Acho que só não fiz (consciente) os ítens 3 e 4. Claro que alimentei de forma saudável, então devo ter adquirido os nutrientes, assim como no suplemento vitamínico que o médico receitou.

    Mas acho que o mais importante é realmente engordar pouco e gradualmente. Eu tenho estrias da adolescência e morria de medo de como iria ficar após a gravidez. Mas mesmo passando apenas óleo ou creme após o banho, e sem saber, fazendo todo o restante da lista, não adquiri nenhuma para contar história, ainda bem!

    Ótimas dicas!
    Na próxima vou seguir toda a lista!

  4. thamili

    olá Shirley estou no começo de minha gestação, sou mãe de primeira viajem, mais porém meu marido já tem um filho de 4 anos…
    Queria algumas dicas de como dormir, pois meus enjoos são frequente em seguida dores de cabeça e por isso não durmo muito bem…
    e queria algumas dicas para quando ele (a) nascesse…
    obrigada por suas dicas maravilhosas.

  5. Rogelia lima

    oi Shierley,estou com 13 semanas de gestação e antes eu já tinha estrias no bumbum. sou mãe de primeira viajem e minha barriga coça muito. obrigada pelas as dicas vou segui-las pra vê se não aparecem mais estrias.

  6. Laiane

    olá, parabéns pelo artigo, muito bom. Atitudes podem ajudar a evitar estrias, porme não são garantia de sucesso contra estrias, infelizmente. Eu gosto de tratamentos naturais porque são seguros, econômicos, ou seja, ao alcance de todos, indolor e com resultados incríveis. Além disso, mulheres grávidas não podem fazer tratamentos clínicos na maioria das vezes.

Deixe seu comentário