Dicas para o desfralde

desfralde

Imagem: BabyZone

Olá mamães, como estão? Estou eu aqui novamente e, dessa vez, para atender a pedidos e abordar um assunto que foi bastante solicitado pelas leitoras do Macetes de Mãe: o desfralde. Esse é, sem dúvida, um dos grandes marcos do desenvolvimento infantil e também um desafio para pais e crianças. Além disso, é um dos primeiros passos rumo à autonomia e um momento delicado, que para muitos, pode causar grandes angústias, pois traz à tona conflitos latentes.

Para a criança, o desfralde é uma tarefa nova que implica em adaptações e, também, em aprender a abrir mão do que se está fazendo para ir ao banheiro o que, em seu universo, pode ser uma grande renúncia. Na verdade, uma das muitas que a criança irá encarar ao longo da vida, e que por isso é importante que esta capacidade já tenha começado a ser desenvolvida antes, através de frustrações e esperas.

No momento do desfralde, a criança descobre algo que depende exclusivamente dela, da vontade dela, pois no final das contas, é do seu corpo que estamos falando e ela decide se entrega ou não sua produção (os excrementos) para quem quer que seja.

O aprendizado do controle esfincteriano é influenciado por fatores fisiológicos, psicológicos e socioculturais e neste processo é muito importante que a família e a escola, se a criança frequentar, falem a mesma linguagem, pois isso facilitará todo o processo, evitando confusões. Então, antes de iniciar, converse com as pessoas que estão envolvidas com os cuidados do seu filho e estabeleçam algumas diretrizes.

Em torno dos 18 meses de idade é um bom momento para começar a observar se a criança está preparada, mas não é necessário ter pressa.O importante é respeitar a criança, pois cada uma tem o seu ritmo. Geralmente, até os 3 anos as crianças estão prontas e quando elas estão, o processo tende a ser fácil. A seguir listarei alguns sinais que apontam para a prontidão da criança para essa importante mudança:

A criança já aprendeu a andar
Tem paciência para ficar sentada
Faz bastante xixi de cada vez
Fica “seca” por, pelo menos, três ou quatro horas, ou seja, consegue segurar o xixi
Não gosta de ficar molhada (de xixi)
Presta atenção e entende o que os adultos dizem
Sabe o lugar dos objetos e começa a guardá-los corretamente
Se interessa por ver os outros indo ao banheiro
Faz xixi e cocô em horários previsíveis e tem mais consciência do próprio corpo

Pouco a pouco, a criança deve ser estimulada a prestar atenção em seu corpo e nas sensações que advém dele. É relevante ressaltar que cada criança tem um ritmo diferente e é fundamental respeitar os seus limites, sendo assim, cada processo será único e não depende apenas do desejo dos pais.

Antes de iniciar a retirada das fraldas, é necessária uma conversa com a criança, em que se apresente o penico ou redutor convidando-a a se sentar mesmo sem retirar a calça e dizer que agora ele será usado para fazer xixi e coco.

Quem opta pelo penico deve estar atento ao fato de que ele não é um brinquedo e de que não se pode andar com ele por toda a casa. Ainda, é importante estabelecer limites adequados, mostrando que cada coisa tem o seu lugar e que lugar de fazer xixi e coco é no banheiro e não na sala de casa. Isto é princípio de realidade, e a criança deve se render a ele, caso contrário, tentará acomodar o mundo a seus caprichos e sofrerá muito, pois isto não será possível.

Quem opta pelo redutor, deve estar atento à necessidade de um apoio para os pés. Isto facilita muito a tarefa da criança por duas razões: a primeira é óbvia, ela se sentirá mais segura tendo um chão a seus pés (é comum a criança ficar insegura no vaso, pois ele é alto, tem um buraco e o que cai ali, desaparece!); e a segunda razão é fisiológica, o apoio plantar facilita para fazer força, o que é necessário para expelir o cocô.

Depois, começa a fase da estimulação, em que vamos perguntar se ela quer fazer xixi ou coco e incentivaremos o uso do penico/vaso. Nesta etapa, uma rotina estável para que a criança se localize no tempo e no espaço, roupas fáceis de tirar e lembretes a cada 20 ou 30 minutos são fundamentais.
Quando ela consegue, é interessante transformar em um acontecimento, afinal, para a criança, é um acontecimento, ela está vencendo mais uma etapa de seu desenvolvimento, mas o sucesso fica atrelado ao uso do banheiro e as escapadas são ignoradas, jamais castigadas.

Muitos pais me perguntam sobre o uso de “prêmios”. Costumo responder que isto fica a cargo da cultura de cada família. Não é necessário, mas também não causa prejuízos irreparáveis e é interessante se estar atento para que tipo de recompensa será oferecida. Quando a opção for premiar, evite balas, doces e presentes, pense em alternativas com valor simbólico, que alimentem o sucesso e façam a criança sentir-se valorizada. Lembrem-se, para uma criança, a companhia e o orgulho dos pais é o melhor presente!!!

Durante o aprendizado, podem ocorrer “acidentes”, ou seja, escapar xixi ou cocô e isso é considerado muito normal. Sendo assim, é imprescindível que sejam mandadas para a escola ou levadas em passeios roupas e calçados extras: mais calcinhas, cuecas, calças e bermudas, meias e sapatos. Calças, bermudas, saias e shorts com elástico facilitam a vida dos pais e das crianças nessa fase, pois as crianças mesmo podem tirá-las e meias e calçados extras são imprescindíveis porque o xixi costuma escorrer. Ainda, não se deve colocar fraldas nas idas ao shopping ou passeios (o que acaba sendo comum nesse período de adaptação), pois a criança ficará perdida recebendo informações contraditórias.

Um desfralde de sucesso depende, em primeira mão, da criança estar preparada, caso contrário, pode se transformar em um martírio para todos, além de afetar a autoestima da criança, que acabará exposta e poderá desenvolver sintomas ou distúrbios somáticos, como constipação. Nestes casos, o melhor é sem muitos discursos e teorias, colocar a fralda e não dar muita ênfase.

Outra coisa que vale destacar é que tanto na hora de colocar a fralda da noite quanto nas trocas de roupa pós-acidente, deve-se “desinvestir”, ou seja, não dar muita atenção para o momento, para o processo (ou seja, se antes ao trocar você conversava e transformava o momento em um momento de troca afetiva, agora você transforma o momento em algo sem importância). Isso para que a criança entenda que não é desta forma que ela terá a sua atenção. Entretanto, por outro lado, se ela pedir para ir ao banheiro a tempo, comemore e a faça-a se sentir a “última bolachinha recheada do pacote”.

A aquisição do controle noturno ocorre depois de alguns meses após o diurno, sendo que até mais ou menos 5 anos é normal que a criança urine algumas vezes na cama. Para facilitar este controle noturno é recomendado diminuir os líquidos antes de deitar e observar o horário em que a criança faz xixi e levá-la no banheiro durante a noite.

Quando o processo chegar ao fim, comemore com seu filho, ele está definitivamente crescendo e ampliando suas conquistas!

Raquel Suertegaray é psicóloga e mãe da Karol, de 10 anos, uma menina inteligente, esperta e linda que foi adotada aos seis anos de idade. Ela é formada pela PUC-RS e é especialista em Infância e Adolescência e em Avaliação Psicológica pelo Instituto Contemporâneo de Psicanálise e Transdisciplinaridade de Porto Alegre. Já trabalhou como psicóloga de abrigos infanto-juvenis e atualmente atua em consultório particular e como psicóloga escolar. Sob sua responsabilidade também está a Escola Pirlimpimpim de Educação Infantil, da qual é dona e diretora há dois anos.

46 comentários

  1. Ligia

    Oi Shi, adorei o post!
    Já faz bastante tempo que a Valentina está na fase do desfralde..+ de 1 ano..não está sendo fácil. Durante o dia ocorrem pouquíssimos “acidentes”, tenho que lembra-lá na maioria das vezes, outras ela avisa e vou junto com ela, algumas ela vai correndo ao banheiro e faz tudo sozinha.. Resolvemos tirar a fralda noturna agora que ela completou 3 anos. Acordo todas as noites para levá-la ao banheiro..e até agora nenhum sinal dela acordar pra me chamar. Não quero voltar a colocar fraldas devido as conversas que tivemos com ela, de que quando chegasse aos 3 anos não usaria mais fraldas..será que devo continuar acordando ela durante a noite..ou devo deixa-la se incomodar? O que você acha? Bjinhossss, Li

    1. Shirley Hilgert

      Ih Lígia, não sei responder. Não vivi ainda essa fase, então fico um tanto perdida com relação a esse assunto. Você já conversou com o pediatra sobre isso? Abraços.

      1. Ligia

        Verdade né, você ainda não passou por isso! Aqui não tenho esta opção de pediatra, pois tudo é com o clinico geral e não me sinto tão confortável em ficar perguntado essas coisas..médico aqui é só pra coisa mais grave mesmo. Mas tudo bem, obrigada pela resposta! Abraços

        1. Raquel

          Ligia, é bastante relativa a postura no seu caso, mas acho sempre importante levar em conta o conforto dos envolvidos… o desfralde noturno pode demorar em muitos casos e não deve se transformar em um martírio. Avalie, diminua líquidos a noite, muitas vzs com o passar do tempo as crianças começam a acordar secas. Não se intimide se achar que deve voltar atras, sua filha vai superar!

  2. Magali Lima

    Minha filha tem 2 anos e 3 meses, e comecei a ensentiva-lá no desfraldre desde dos 1 ano e meio…em casa, quando ela completou 2 comecei pra valer falei com a escola..e começamos….foi bem rápido ela logo começou a respoder bem…..na primeira semana á noite eu colocava fralda ,mas ela começou á não fazer mais xixi á noite foi mto rápido o pregresso…..MAS? no cocÔ tÔ até hoje tentando….ela sabe a hora de fazer ..mas ñ vai pro vaso nem pro penico. só faz na calsinha….será q tÔ me precipitando???

    1. Raquel

      Agora, com 2 anos e 3 meses é possível que ela esteja no momento certo, especialmente se sabe a hora. Já tentaste desfocar a atenção deste assunto? Afinal, há mais de um ano vcs estão de alguma forma envolvida (vc disse que com 1 ano e meio começaram os ensaios). Tente deixá-la a vontade, se fizer na calcinha, se limite a trocar, sem muito alarde, nem comente. Sei que vais precisar de um saco de paciência e tolerância! Se ela fizer no vaso em algum momento, valorize!!! Boa sorte!!!

  3. Luana

    Achei seu texto bem completo. Hoje meu filho tem um mês que iniciou o desfralde (está com 2 anos e 3 meses) e busquei muitas informações na internet, assisti muitas entrevistas a respeito do desfralde também. Meu filho já frequenta escola e a coordenadora fez uma reunião com os pais e as crianças com 2 anos começaram o desfralde. E funcionou! Iniciamos num sábado. Neste dia ocorreram alguns vazamentos na cuequinha, no dia seguinte diminuiu de 5 pra 3. No terceiro dia foram 2… E ele foi aprendendo a pedir. E alguns vazamentos aconteceram a caminho do vaso sanitário. Quando ele acabava deixando escapar o xixi tínhamos que levar com naturalidade. Nós nos abaixávamos para ficar na altura dele, olhava nos olhos e perguntava se não tinha dado tempo pra pedir, mas que sabíamos que na próxima vez ele conseguiria. E sempre reafirmando que o lugar pra fazer as necessidades é no penico ou no vaso sanitário. Na sexta-feira quando cheguei na escola ele estava vestindo a mesma roupa de quando saiu de casa. Ficamos muito satisfeitos!
    Decidi não impor onde ele faria suas necessidades, deixo o penico e o redutor de assentos disponíveis pra ele e deixo ele escolher. Quando ele fazia o xixi e coco no local certo eu comemorava muito com ele, falava que estava muito feliz por ele. Até hoje ele dá um sorriso lindo quando acaba suas necessidades e ainda fala: -fiz! Ele adora adesivos, então nessa fase ele ganhou muitos, mas os maiores ele ganhou quando fazia o coco no local certo. Era para estimular meu pequeno… E funcionou.
    A fralda noturna permaneceu, mas só colocamos após ele pegar no sono. Eu e meu marido ainda não acreditávamos que ele não acordaria com a retirada da cueca e com o colocar as fraldas… Dez minutos após pegar no sono, voltamos ao quarto e sem acender a luz colocamos a fralda. Assim que ele acorda já o convido pra ir ao banheiro fazer xixi e ele faz. Nem falo da fralda, só tiro e depois coloco a cueca. As fraldas amanhecem secas!
    No soninho da manhã nem precisa mais colocar a fralda, mas antes de dormir convido-o para fazer xixi. Neste final de semana ele acabou acordando na hora que meu marido foi colocar a fralda e ele disse que não queria… Ele dormiu e não colocamos a fralda… E ao acordar fez xixi no lugar certo.
    Com a minha experiência e com conversas que tenho com as outras mães, digo que o desfralde aos dois anos tem tudo pra dar certo. Na verdade ele estava com 2 anos e 2 meses. Como eu o amamentei até os 2 anos, achei melhor dar um tempo pra ele se adaptar.
    Existe um vídeo do Urso da casa azul, que estimula o desfralde. Este vídeo chamou atenção do meu filho, que assistiu com bastante atenção. Ele mostra a importância em parar a brincadeira (o que está fazendo) para ir ao banheiro. E nesta fase eles não querem parar a brincadeira.
    Caso você precise deixar seu filho com outra pessoa nesse período, recomendo que reforce a importância do momento que o/a pequeno/a esta passando, pra não deixar de levar ao banheiro, mesmo que a criança insista em continuar a atividade. Falar que já voltarão para brincar, e o mais importante… Sempre cumpra o que prometeu. Faça valer suas palavras e seu filho terá confiança e segurança.
    Agora vi que falei tanto… E falar de filho é isso. Mas foi a minha experiência que deu certo.
    Parabéns pelo seu blog. Recomendo a todas mamães!

    1. Lorena

      Luana, adorei seu relato. A minha ta com 3 anos e eu não pesquisei antes como tinha que ser feito. Resultado acho que fizemos tudo errado. Até pq o pai e a babá na primeira dificuldade colocam logo a fralda. Mas,ela fica sem fralda o dia todo e só pede para ir ao banheiro pra fazer xixi. Coco sempre faz na calcinha. Brigamos, reclamamos,dizemos que é feio .Agora resolvi colocar de castigo toda vez que ela faz na calcinha…sabe o que aconteceu? Agora ela faz na calcinha e depois pergunta? posso ir pro castigo? Não teve jeito. Agora vou seguir esses conselhos aqui.

  4. LUCIANA M VICCO

    Olá meninas, alguém para me orientar numa situação tão diferente. Para mim é a fase mais difícil desde que o JM nasceu, foram várias tentativas de insucesso, tendo de recuar e só agora depois de uns 4 meses que estou tendo sucesso, mas só com o xixi que ele ja fazia, desde que solicitavamos a ele para fazer tanto no pinico, quanto no vaso sanitário. O meu bichinho é diferente, faz cocô em pé, então por mais que agora, ele já entenda, e colabora com as sentada no pinico e que eu conte todas as historias e que isso demore meia hora ou mais, ele não consegue fazer sentado e pede para por a fralda, onde eu coloco já no ultimo instante que vejo que ele já está segurando demais, e esse processo foi bem complicado, desecadeou colites, ficou nervoso e agressivo. Mas agora ele entende e segura sem maiores problemas.
    um desabafo, um luz para quem tiver uma situação semelhante

    1. Michele

      Amiga, é igualzinho quando minha filha tinha 2 anos e meio. Ela só fazia coco qdo colocava fralda. Mas detalhe, além de ter que colocar a fralda, tinha um ponto da casa que era o preferido dela fazer o coco, atrás do guarda roupa!!!
      Mas olha, eu me estressava muito com isso, pq já estava com minha segunda filha recem nascida.
      Passei então a não esquentar mais, foi a melhor coisa. Passou uns dias e ela mesmo procurou sozinha o banheiro.
      Beijo a todas!

      1. Macetes de Mãe

        Obrigada pelo depoimento Michele :) Beijos

  5. Laís

    Minha pequena esta com 2 anos, estou iniciando o desfralde, mais estamos com dificuldades em relação ao penico ela morre de medo dele, alguém pode me ajudar?Obrigado

  6. Renata

    Olá, achei bem interessante, o meu filho está com 2 anos e 3 meses e começou o desfralde. Como ele vai para a creche a professora me pediu que fizesse, estou tentando mas acho que ele ainda não sabe a diferença do xixi e coco, deixo ele de cueca e de repente fez xixi (vem e fala coco). o que faço? Obrigada

  7. Alessandra

    Eu amei o texto. Vc sabe onde vende aquela escadinha da foto?

    1. Shirley Hilgert

      Alessandra, encontrei a imagem em uma pesquisa na internet, mas o site não fazia a venda do produto. Assim, não sei dizer onde encontrar. Infelizmente. bjs

  8. NANDA

    OI,FIZ O DESFRADE DA MINHA BEBE FAZ UNS 7 MESES,O NA HORA DO XIXI ESTÁ INDO MUITO BEM,MAS NÃO ESTOU CONSEGUINDO FAZER COM QUE ELA FAÇA COCO NO VASO,ELA PEDE ,EU LEVO..AI NÃO FAZ DEPOIS C ESCONDE E FAZ NA CALÇA…TEM ALGUMA DICA DO QUE EU POSSA ESTAR FAZENDO!?

  9. Lohane

    Então, segue minha contribuição. rs
    Eu sou mãe do Filipe de 2 anos e 7 meses. Há 7 meses comecei o desfralde dele, depois de ler muuuito na internet, no livro A vida do Bebê, etc etc. Mesmo munida de todas as informações possíveis EU ERREI. Meu filho não estava preparado, apesar de ele fazer tudinho o que estava na lista, como essa que a Shirley colocou no post, tinha uma coisa que ele não fazia bem e que passou por mim despercebido. Ele não falava claramente as palavras! Ele sempre falou muuuito, formava frases, conversava com todos, mas muito enrolado, só entendíamos algumas coisas…mas ele tagarelava achando que estávamos entendendo tudo. rsrs. Então eu penei esses 7 meses, e como! Xixi era um pouco mais fácil, mas o cocô era sempre na cueca. Nunca pedia pra ir ao banheiro e qnd eu oferecia dizia que não queria, sempre. Já estava perdendo as esperanças. Fiz de tudo, dei adesivos de recompensas, aliás fiz um quadro liiindo p ele colar, conversei, briguei, etc. Nada adiantava. Foi então que voltei a ler tudo o que já havia lido, que prestei atenção na questão da fala, ele não falava claramente muitas palavras. Relaxei. Continuei levando-o ao banheiro sempre, ignorando qnd fazia o cocô na cueca etc. Foi agora, com 2 anos e 6 meses que ele começou a falar muito mais claro, que ele enfim começou a pedir pra fazer xixi. O cocô está pedindo tbm. Então mamães que estão nesta fase a minha dica é: As vezes atropelamos o desenvolvimento da criança com a nossa ansiedade. Eu achava que se ele tinha dois anos e completou o check list, estava na hora. Observem bem seus filhotes, vejam como está a fala deles, o andar…isso é fundmental. O no resto, muuuuuuuita paciência e “veja” em casa! rsrs
    Bjuxx

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada pela dica Lohane! Beijoss

  10. Luciana

    Olá, tenho tido problema com o cocô, uma vez que o meu filho afirma que não quer fazer no vaso e sim na cueca. Já tentei a técnica de ignorar… de brigar… de colocar no horário certo sentado no vaso… mas não tive sucesso. hoje, com 2 anos e 8 meses, foram somente 2 vezes no vaso. Já tentei até o premio (para xixi 1 moeda e para cocô 2, quando ele ganhou o cofre), mas não deu certo. (ele também não entende que 2 é maior que 1…, eu acho).

    O pediatra é contra o penico, pois ele acredita que são duas transições (da fralda pro penico e do penico pro vaso), mas to quase partindo para. Não sei se tento primeiro o redutor com apoio para os pés… O que acha?

    Pergunto porque quando questionado, meu filho afirma que NÃO QUER FAZER COCÔ NO VASO… eu acho que ele está usando isto para nos enfrentar.

  11. Juliana

    Gostaria de uma orientação. Meu filho faz 3 anos em março desse ano e ele ainda não consegue fazer o coco no vaso. Desde que começamos o desfralde em novembro de 2013 ele nunca fez xixi na roupa, mas o coco ele nunca fez no vaso. Ele sempre repete que o coco deve ser feito no vaso, mas na hora de fazer ele procura ficar sozinho e faz na roupa. Ele se sente desconfortável porque ele vem de pernas abertas dizendo que fez coco. Já tomei atitudes diferentes como “dar tchau pro coco”, dizer que o coco alimenta os peixinhos que estão atras do vaso, mas não adiantou muito. Não sei mais o que fazer… Me ajudem!!!!!!

  12. Cibele

    Adorei o post!!! Muito útil e serviu para que eu baixasse um pouco a minha ansiedade em relação ao tema! Abraços!

  13. Isabel

    Eu passei pelo desfralde do xixi de maneira muito tranquila,mas na questão do coco,ainda nao tivemos sucesso. Meu filho tem 3 anos e sabe exatamente quando quer fazer coco,mas pede a fralda neste momento. Já tentei não colocar a fralda,conversando que ele já sabia quando tinha vontade e acreditem,ele segurou o coco por 4 dias!Nem na roupa ele fez,eu percebia que nem queria brincar,cada vez que se levantava vinha a vontade e voltava a se sentar. Acabei cedendo e colocando a fralda e assim estamos… ele sente vontade,coloco a fralda, ele faz o coco e em seguida já me pede para limpa-lo.Alguém já passou por isso? ELe nem quer se sentar no vaso com redutor ou troninho.Faz o xixi de pé,mas nada de sentar.Converso com ele,apresento livros infantis mas nada! Me ajudem! Beijos!

  14. Rhuana

    Oi mamães

    eu tive minha filha nova, enfrentei bastante coisa sem conhecer como toda mãe de primeira viagem.
    quanto ao desfralde eu consegui em um curto tempo, a Vitória tinha 2 anos, escolhi fazer no verão, para evitar gastar tanta roupa quanto no inverno. O xixi foi fácil, mas o numero 2 foi mais difícil. uma técnica que usei era fazer a Vitória limpar a calcinha suja. Nas primeiras vezes que acontecia eu limpava e entendia, mas ela foi se acostumando a isso e ficando com preguiça de ir ao banheiro. Comecei falando que era nojento, o famoso ‘cacaca’. Depois de um tempo eu comecei a mandar ela lavar a calcinha, eu tirava a sujeira maior, e depois dizia pra ela lavar, e dizia que eu tinha nojo de lavar. Ela também pegou nojo, ela chorou nas duas vezes que fiz ela lavar. Foi assim que consegui, ela sabia que ia ter que lavar a calcinha, então ela corria para o banheiro. Cada criança é diferente, voce tem que descobrir o que faz com que ela pense e lembre de ir ao banheiro!!!

  15. ana elisa siqueira

    Olá, minha pequena tem 1ano 7 meses, comecei a tirar fralda por causa do calor, é tão ruim a gente ver os pequenos sofrerem com aquela fraldinha que esquenta e é incômodo. Com ela foi ao contrário, consegui tirar a da noite antes que do dia, foi durante uma semana que a fralda amanheceu seca e eu corria ela pro banheiro e ela começou a fazer no vaso sanitário, até aqui foi fácil, mas durante o dia eu lembro ela sempre, levo no vaso mas ela não faz, aí da tempinho ela faz na calcinha, as vezes eu fico um pouco nervosa, atrapalhando a situação. Alguém me ajuda! Ela enquadra em todos os aspectos necessários para o desfralde! Obrigada.

  16. edite gomes

    minha neta tem dois anos e dois meses tava fazendo xixi e coco no piniquinho derrepente voltou a fazer na roupinha .demos muita atençao pra ela., que posso fazer..gostaria de saber que premio posso dar a ela. pq a minha filha da presente .obrigada

    1. Shirley Hilgert

      Edite, veja o que o pediatra acha. Ele poderá dar algumas dicas. Vou pedir para a Psicóloga que escreva a coluna responder sua pergunta tb. bjs

  17. Ótimo texto! Queria acrescentar que a fralda para acamados sobre o colchão me ajudou muito nesta fase do desfralde noturno.
    http://www.pequenasescolhas.com.br/dicas-para-o-desfralde-noturno/

  18. Paola

    Meu filho estava com 2a3m quando tentei (por pressão) pela primeira vez o desfralde, entretanto ele não estava pronto e voltei atrás. Permiti que ele tivesse seu tempo. Agora, com 2a6m, começou a tirar a fralda para fazer xixi no penico, conversei com a professora e lá também há progresso. Ontem, iniciei o desfralde (a escola vai ter grande importância no processo) e está sendo um sucesso tanto para xixi como para o cocô. Teve uns escapes, mas foi mais por culpa nossa do que dele, já que estávamos perguntando se ele queria fazer e não o levando ao banheiro.
    A da noite, ah…talvez em seguida, talvez quando fizer 3 anos, tudo vai depender dele!!!

  19. mayara

    Ola, minha situação é um pouco diferente, Valentina está com 1 ano e 3 meses, há 1 mês atrás eu e o marido reparamos que ela estava se escondendo para fazer coco e ao voltar, reclamava do coco pra gente na mesma hora, pensamos em começar o desfralde alí,, compramos até o peniquinho e o redutor mas ficamos com medo de precipitar o processo e acabar atrapalhando, como eu muito lí pela internet. Só que essa semana ela começou com a ideia de queria fazer “cici” no vaso, deixei pra la, o penico chegou aqui em casa, eu abri pra ver e tal, e deixei no meu quarto atrás da minha cama, eis que ela mudou o local de fazer xixi e coco na fralda, sentada no penico. Valentina é muito esperta, sempre foi, eu a estimulei muito quando neném e continuo estimulando, mas estou com medo de botar pressão nela, o que vcs acham? Deixo de calcinha ?
    Obrigada, Mayara

  20. Letícia A Barreto

    Minha filha tem 2 anos e 6 meses e começamos o desfralde tem 1 mês, estava indo tudo muito bem, sempre pedia pra fazer xixi no banheiro e coco também, mas de repente tem uns 10 dias que pede pra fazer coco no banheiro mas xixi olha pra gente ri e faz na roupa, acho que é pra chamar atenção. Conversamos com ela todas as vezes, falamos que princesas fazem xixi no banheiro, etc etc, como não está adiantando conversar, decidimos ontem simplesmente ignorar a situação, ou seja, fez xixi na roupa, limpamos, trocamos e não falamos nada, não vamos dar importância a situação pra ver o que vai acontecer…Vocês tem alguma dica ??? Ah, detalhe, na escolinha não acontece nenhum escape, pede todas s vezes pra fazer xixi no banheiro.

  21. Ju Beltrao

    Olá, amei o texto, como todos que leio, sao muito esclarecedores!!! Meu filho esta com 2a10m e ainda usa fraldas. Qdo começamos o desfralde engravidei e, em decorrência de uma pequena dilatação que me levou para o repouso, decidimos parar o processo. Com a chegada do mais novo, ficou ainda mais dificil comecar o processo que requer paciencia. Em conversa com a ped , ela sugeriu que esperassemos pela ajuda da escolinha, que comeca na proxima segunda. Sofremos alguns julgamentos, meu marido e eu, por termos escolhido coloca-lo na escolinha com quase tres anos e por nao o ter desfraldado, mas nao cedemos à pressao. Obrigada, Ju.

  22. Daisy

    Meu filho tem 2a7m e durante um mês estamos no processo de desfralde. Descordo apenas sobre esta questao de colocar fralda para Situações excepcionais por exemplo. As “fraldas pull ups” estao aí para nos ajudar nestes momentos. Eu comprei da Huggies e nao chamo de fralda. Digo que é uma cuequinha especial! Tem até cinto e bolso. Uso em situações excepcionais como viagens e jantares que não tenho como não ir. O meu filho pede para fazer xixi e cocô mesmo com essa “cuequinha especial para rapazinhos”. Ajuda muito na minha opinião! Não podemos ser radicais e temos que considerar que nem todos os pais conseguem manter a calma quando o filho faz um cocô na calça no meio de um local que não tem como trocar e lavar adequadente. É somente um processo de adaptação! Não podemos ser 8 ou 80.

  23. Katia Melo Arantes

    Post esclarecedor e tranquilizador. Direto para o coração. Vinha me sentindo um pouco insegura com esse processo. Meu filho tem dois anos, quando o penico e o redutor eram mais novidades, ele pedia mais para usar, agora se distrai com qualquer coisa, e confesso que eu nem sempre me lembro de oferecer :(. Tenho certeza que tudo se acertará com paciência, dedicação e principalmente tempo.

  24. Thamy

    Olá. Meu filho tem 3 anos e 3 meses, mas ainda resiste ao desfralde. Não quer botar cueca e chora muito ou reclama se sugerimos que ele faça xixi no penico ou no vaso. Já deixei ele escolher o peniquinho, já compramos um monte de cuecas de super heróis, já colocamos os bichinhos de pelúcia pra fazer xixi no peniquinho e etc… ele já está na escola e lá tb não aceita ficar sem fralda e é o único da classe que ainda usa fraldinha. Você tem alguma sugestão de como lidar com isso pra que ele fique menos resistente? Estou ficando preocupada.

    Obrigada.

  25. Btuna

    Minha filha tem 3 anos e 1 mês. Desde 2 anos e um mês estou tentando o desfralde. Fiz de tudo. O primeiro passo de sucesso foi essa semana que ela fez e percebeu que ia fazer xixi. Mas só aceita fazer em pé. Então faz em pé no box. Quando é coco não aceita ninguém perto e se a genfe quer ficar perto ela chora. Comprei muitos adesivos e e ela enfeitou o banheiro, comprei redutor. É hora de procurar um médico?

    1. Shirley Hilgert

      Bruna, sugiro conversar com o pediatra. Não que seja um problema, mas para ver que dica ele dá. bjs

  26. Jaqueline

    Meu filho fez 4 anos em janeiro e não consigo tirar a fralda noturna. Bebe pouco líquido a noite e a fralda sempre amanhece cheia. Já tentei muitas vezes levar ao banheiro durante a noite e sempre faz xixi na cama se estiver sem a fralda. O que eu posso tentar?

    1. Shirley Hilgert

      jaqueline, nao tenho dicas sobre o desfralde noturno. Infelizmente. Já tentou conversar com o pediatra sobre isso? abs.

  27. Gracielly

    Boa tarde! Meu filho está com 2 anos e 4 meses, e há 2 meses estou tentando tirar a fralda diurna, mas sem sucesso. Ele aceita o vaso e o troninho, mas nunca pede. Sempre tenho que ficar levando, ou se me descuido ele faz na roupa. Tô achando que está demorando muito para ele começar a pedir. Será que devo voltar com a fralda e tentar mais pra frente quando ele estiver mais preparado? Ou continuo insistindo?

    1. Shirley Hilgert

      Gracielly, essa questão é delicada. TEm que gente que diz que uma vez que vc começou tem que ir até o final. Outros dizem que é melhor voltar atrás se acha que o filho não está pronto. Eu digo para você ouvir seu coração, seguir a sua intuição. Isso funcionará melhor. bjs

  28. Loane

    Muito bom o seu artigo Shirley!
    O processo de desfralde é um importante passo rumo as primeiras independências de nossos filhos.
    Adorei seu conteúdo. Eu tenho um blog e um livro que fala exclusivamente sobre o processo de desfralde.
    Caso queria conhecer http://tchaufraldas.com.br

  29. Kátia Simõe

    Meninas estou precisando de ajuda. Iniciei o desfralde 1 semana antes da minha filha completar 2 anos. Hoje com 2 anos e 2 meses durante a semana que ela fica na escola, volta com 2 ou mais roupas molhadas… A escola estava ciente e de acordo desde o início. Aos fds ela pouquíssimas vezes faz na roupa mas ofereço sempre. A fralda da noite ela ainda usa.
    Vcs acham que tirei antes do tempo? É normal escapar tanto assim?

  30. Lucilaine Vaz

    Shirley,
    Meu filho tem 3 anos e 2 meses… e a minha dificuldade é com relação o cocô, pois ele não aceita fazer no vaso/pinico ele pede a frauda , já tentei de tudo, porem sem sucesso. Ele não usa frauda durante o dia e nem de noite e pra fazer xixi ele vai sozinho. Não consigo entender o porque . Será que seria hora de procurar um psicólogo?

  31. Fernanda

    Oi minha filha ja está com três anos e um mês e eu não sei o que fazer. Tem quase um ano que venho lutando com isso.. mas confesso que lendo uns artigos vi que faço tudo errado sabe… minha dúvida : diante desta minha situação em que eu briguei muito com ela e fiz tudo errado. .. tendo agora consciência destes erros. Posso colocar de novo a fralda e esperar um tempo até ela começar a pedir? Porque ela so me fala que já fez…. e não se incomoda em ficar molhada… quero saber se posso fazer isso… e começar com mais calma daqui a un mês ou dois por exemplo.
    Desde já agradeço.

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Fernanda!
      Claro que pode. Nesse post eu falo sobre essa situação. Espero que ajude: http://www.macetesdemae.com/2016/06/eu-voltei-atras-no-desfralde.html
      Bjs

  32. Carla Faria

    Meninas bom dia,

    Preciso de ajuda, antes de completar 2 anos meu filho pede para fazer cocô, as vezes acontece de fazer na fralda mas nada demais, sabemos que é uma fase.
    Hoje ele esta com 2 anos e 5 meses e já tentamos várias vezes em relação ao desfraldo do xixi, e voltamos a fralda, por achar que ele não estava preparado,
    há 1 mês voltamos a deixa-lo de cueca para uma novamente, lembramos o tempo todo de ir no banheiro, mas notamos que ele não pede para ir, se estiver vendo desenho
    ou em uma brincadeira que prenda a atenção, pior ainda, parece que fica relaxado e faz e nem se incomoda…

    Não sabemos mais o que fazer, conversamos, brincamos na hora de ir ao banheiro, mas ele não pede!
    Será que ainda não esta pronto ou será que não presta atenção nele mesmo, ficamos confusos pois o cocô ele pede tão tranquilo…

Deixe seu comentário