Com o tempo, as coisas melhoram

criançaQuem acompanha o blog sabe que eu passei uns bons perrengues no meu início de maternidade. Além das coisas já serem complicadas naturalmente, afinal, temos um ser em nossas mãos e experiência zero na tarefa de cuidar dele, eu ainda tive que lidar com a alergia ao leite do Léo. Posso dizer que os três primeiros meses foram caóticos. Algo muito próximo da insanidade. Aí, as coisas foram melhorando aos poucos, mas até ele ter uns nove meses, seguiam ainda um tanto quando complicadas.

Para vocês terem uma ideia, quando o Léo tinha entre oito e nove meses, ele passou um período em que chegava a acordar oito vezes por noite. Nessa época, eu era um trapo. Mal e mal dormia, de dia estava morta e tinha muito pouco tempo ou ânimo para fazer qualquer coisa.

E assim ele foi até, mais ou menos, um ano. Até essa idade, ele acordava toda santa noite (duas a três vezes), durante o dia era um bebê irritadinho e não dava pinta de que um dia as coisas iriam melhorar. Enfim, eu já tinha meio que me acostumado com a ideia de nunca mais dormir uma noite inteira e de que tinha, realmente, um filho de personalidade difícil.

Só que aí, por milagre, quando ele fez um aninho, as coisas começaram, pouco a pouco, a entrar nos eixos, se encaixar, tomar um caminho um tantinho diferente. Primeiro, o Léo passou a dormir a noite toda (aaaaaaaaleluia!), assim, como que por encanto, sem eu fazer nada de diferente (sim! há uma luz no fim do túnel! não sei como ela aparece, de onde ela vem, mas que tem, tem!), e depois começou a se tornar uma criança mais calma e menos “exigente”.

Não sei o que realmente levou a isso, mas tenho as minhas suposições e teorias, que são bem simples. Acredito que, conforme o Léo foi crescendo, ele foi adquirindo mais autonomia, mais liberdade, mais poder de ir e vir com suas próprias perninhas e bracinhos, e isso o tornou mais tranquilo e calmo, já que ele conseguia interagir mais com o mundo, obter mais fácil o que queria, se divertir mais e experimentar outros “sabores” da vida. E todas essas aventuras e descobertas trouxeram, também, mais cansaço o que, por consequência, levou a noites de um sono mais profundo, para compensar a exaustão do dia.

Sei lá se essa é a resposta, ou se realmente a gente precisa de uma resposta. Mas parece que faz sentido e, se não fizer, também tanto faz, o que importa é que as coisas estão sim bem mais simples e calmas por aqui. E isso tem sido muito, muito, muito bom.

Então, se você ainda está vivendo aquela fase em que a vida parece uma imensa e eterna bagunça e em que você acredita que nunca mais terá uma noite inteira de sono ou conseguirá fazer uma refeição completa, tranquilize-se. Um dia isso vai melhorar. Você não terá mais, com toda certeza, a vida que tinha antes, mas também quem é que disse que a gente a quer aquela vida volta? Agora temos uma versão dela com muito mais emoção e, apesar dos perrengues, ela é muito mais gostosa.

29 comentários

  1. Amanda

    Eu estou vivendo esta fase…meu bebê tem 2 meses, mas é bom saber que tudo vai melhorar! hehehe

  2. Daniela Reckziegel

    Querida! Parabens pelo novo blog, está lindo demais!
    Nossa, esse post era tudo o que eu precisava ler hj… a Bianca vai fazer 9 meses, sempre foi super tranquila, mas nesse ultimo mês tem acordado umas 8 vezes por noite, exatamente como tu descreveste!!!! Nem sei como consigo me arrastar no outro dia….pelo menos fiquei com esperanças de que isso melhore um dia! hehe. bjão

    1. Shirley Hilgert

      Oi Dani, tudo bem? Com o Léo foi exatamente assim! Entre 8 e 9 meses ele acordou como nunca antes na via. Muito!!! Eu quase surtei! Mas depois voltou ao normal (durou um mês essa fase, se não me engano) e com um ano ele passou a dormir a noite toda. Já ouvi falar que muitas mães sofrem muito nessa idade dos bebês. Acho que pode ser a tal da Fase da Angústia da Separação.

    2. Ana Paula

      Sempre leio seu blog e adoro!!! Hoje era tudo o que eu precisava ler! Estou um “trapo”… meu filho acorda de hora em hora e 04 hrs da manhã é o máximo, independentemente do horário que vai dormir. Já tentei de tudo, mas não melhora!!! Ele já tem 10 meses, é um doce de bebê, mas não dorme e não me deixa dormir!! Obrigada por compartilhar!!!

    3. Monica

      Nossa Daniela, igualzinho em casa. Acordando milhares de vez a a noite. Tenho estado muito cansada e triste com isso. Mas tem q ter esperança né??

  3. Daniela

    Nossa estou passando por isso, minha bebe vai completar 8 meses dia 06 e apesar de ser meu 3º filho e muitos acreditarem ser mais fácil discordo, a única coisa q concordo é q passa mesmo pois então não teria 3, amo meus “anjos”, amo ser mãe…….

  4. Simone

    Olá Shirley, como é bom saber q td melhora….Estou na fase de q tudo parece não ter fim. Minha princesa Elisa chegou há 1 mês e meio e desde os 10 dias de vida tem cólicas fortíssimas, mas nos últimos dias tem intensificado, cheguei a pensar q pudesse ser intolerância a lactose. Como vc descobriu a alergia do Léo e com qto tempo? Ele chorava muito e chegava a engordar com seu leite?
    Confesso q tem horas em q o meu desejo é sentar e chorar…. Bjos e Obrigada por compartilhar esse post conosco….Bjo

  5. Aline Faé

    Minha filha completou dois meses dia 28, como num passe de mágica ela mudou completamente desde então. Ela era super tranquila, quase não chorava, e até dormiu uma noite inteira!
    Agora ela está super inquieta, babando e chorando muito, está difícil dormir e só quer o meu colo… Parece outra criança…
    Eu tô super cansada, não sei mais o que fazer! Estão me dizendo que pode ser dente, mas ela é muito nova.
    Será que ela também vai voltar a ser quem ela era? Não vejo a hora disso acontecer novamente…
    Beijos!

    1. Cris Conti

      Aline, ao ler seu Post achei que fosse meu. Você descreveu exatamente o que eu estou vivendo com o meu filho. Vi que você o escreveu em 2013, então, por favor, responda me o que aconteceu depois. Seu bebê voltou a ser o anjinho? Beijos e muito obrigada!

  6. daniela

    a minha filha fez 2 anos…e somente agora começa a dormir melhor….eh um sufoco isso, ne? os médicos achavam que ela tinha de tudo: alergia ao leite, refluxo….espero que as coisas comecem a melhorar agora…. :)

  7. Elisabete Lima

    Eu também passei momentos difíceis com meu filho, hoje com 4 anos. Os quatros primeiros meses foram de pura cólica, dia e noite, era horrível e ele só ficava comigo, pois ninguém queria segurar uma criança chorando horrores. Passei momentos que achei que não superaria e olha eu aqui, inteira, cansada e claro, pois as dificuldades vão mudando com o crescimento da criança, mas estou muito feliz, ao ver meu filho andando pela casa feliz . Beijos

  8. Vanessa Sayão

    Minha bebe sempre dormiu super bem em seu bercinho e de pegar rapido no sono. Isso ate ela completar 9 meses onde nossas vidas virou um caos! Ficou super enjoada pra dormir, levando hs ate pegar no sono, acordava 3/4 vezes a noite. Pra gente que sempre teve uma noite calma e tranquila, nos sentiamos num pesadelo sem fim. Quando completou 11meses e meio começou a andar e isso mudou tudo novamente. Num passe de magica voltou a dormir rapido e a noite toda. Tambem segui a mesma teoria que vc e digo com certeza, ESTAMOS NO PARAISO NOVAMENTE, rssrsrs…

  9. Georgia Carmo

    Sério que passa? Pq Maria Clara está com 8 pra 9 meses e eu estou pirando… estressada, sem paciencia e tendo que me policiar pra não perder a paciência com ela ou no trabalho. Está tão, tão, tão dificil!
    Esse post foi como uma brisa fresca num dia quente pra mim…
    Ah! Adorei o layout do blog, seu espaço está um charme!

  10. Carolina

    Cheguei a pensar que era só comigo… Meu bebê teve pouca cólica e após os primeiros meses dormia 7 horas seguidas, era o típico bebê anjo e eu me sentia abençoada mas após os 8 meses tudo mudou, teve otite, gripe, chegaram os dentes e as noites nunca mais foram as mesmas. Cheguei a acordar 10 vezes em 6 horas. Agora ele está com 14 meses e ainda acorda algumas vezes de madrugada mas é muito bom saber que isso realmente é uma fase como me disse a pediatra. Me identifico muito com tudo o que tu escreve, adoro teu blog, parabéns!

  11. samia

    Há, eu já passei por essa experiência – o “crescer” do bebê – antes, com a minha mais velha, e faço um adendo a esse post maravilhoso: não pensem que por passar uma vez por essa experiência lhes dará segurança no próximo filho…eu pensei assim, que bobinha,rs…cada um é totalmente diferente do outro. A minha filha mais velha chorava MUITO quando bebezinho, mas quando cresceu tornou-se um bebê calmo e uma criança relativamente tranquila. A minha bebê (hoje com 10 meses) ao nascer era suuuupeeeer tranquila, dormia bem, mamava relativamente bem, hoje a gente criou um apelidinho para quando ela está em “crise” – bebêssauro, king-ursula,rsrsrs…por que quando ela acorda “errado”já era minhas amigas, é o dia todo no berreiro e no braço!

  12. Taty

    Me vi descrita neste pequeno texto: comigo era idêntica, as mesmas madrugas conturbadas, com 5 a 8 vezes sendo acordada, vivia um trapo, a mesma irritação diária, e de repente, tudo foi melhorando…. simples assim; hoje meu bebê está grandinho, quer explorar tudo (a atenção deve ser redobrada!), mas já está um menininho!!! Amo muito!!! A Vida com emoção tem uma sabor todo especial!

  13. Silviane

    Ola! Adoro seu blog! Se deixar fico horas lendo!
    Entao, o Felipe ja esta com 1 ano e tres meses e eu ainda nao sei o que é paz!
    Ele Sempre teve muitos gazes e acordou sempre a noite, mas depois que os dentes começaram a nascer as coisas ficaram piores aqui em casa! Ele não dorme direito e esta sempre mal humorado… espero realmente que essa fase dental passe rapido…

  14. Fabiana Fontainha

    Oi Shirley!
    Acho que uma das piores coisas é ficar sem dormir, deixa a gente de mau humor e muito cansada. Mas é bom saber que tudo tem jeito, de alguma forma. Sou mãe há pouco mais de três meses e já percebi que as coias mudam, tem horas que temos uma preocupação e depois passa, mas aí surgem outras preocupações, vai ver é assim mesmo (risos).
    Acompanho seu blog e gosto muito, parabéns!
    bjs

    Fabi Fontainha
    http://www.mamaepratica.com.br

  15. Jéssica

    Oi! Comecei a ler os posts e estou ficando mais tranquila, pq meu bebê vai completar 4 meses e estou passando por essa fase de acordar de 4/5 vezes a noite, passei muitos perrengues com ele até completar 3 meses, pq no primeiro
    mês fiquei na minha sogra, pra poupar minha mãe que passa por problemas de saúde, mas já está bem, pelo menos tratando, enfim, na minha sogra ele pegou a a mania de colo.em pé!!!! Com um mês!!! Sim, eles sabem i que é bom rsrsrs… É lá, era só ele abrir os olhos que já vinha um e pegava no colo, conclusão, qdo voltei pra casa não conseguia fazer nada, ele queria colo o dia todo!!!!! Eram doze hrs com o Marco no colo e em pé, qdo voltei pra casa se não fosse minha mãe indo me dar um help, eu não comeria e nem iria ao banheiro, pq era só ameassar deitar ele, que começava o berreiro…. Fiquei num estresse só, esses dois meses, qdo completou 3 meses que melhorou um pouco,

  16. lilian

    Meuola mames estou vivenciando um grande problema. Meu filho que sempre dormiu bem só acordava p mamar e dormia,,agora depois de 1 ano e tres meses acorda mais vezes durante a a noite, demora a pegar no sono e qndo pega logo volta a chorar… Ele ainda mama no peito mas não acredito q ele esteja acordando de fome…. Alguma MAMEe passando por isso?socorro

    1. Ludmila

      Olá lilian podem ser os dentinhos minha filha so acorda pra mamar tbm ela vai fazer um aninho e quando tem dentinho nascendo nossa acorda mtoooo…bom ela tm muitoss dentinhos ja seu filhos nao sei…mas quase certeza que sao dentinhos

  17. Marcia

    Bom dia!
    Sera que você poderia me ajudar?
    Tenho um bebê de 3 meses e ele só quer saber de dormir no colo, e detalhe, eu tenho que estar em pé.
    O pediatra falou que tem que deixar chorando, eu ate ja tentei, mas é muito dificil ve-lo chorar. O que fazer?

    1. Shirley Hilgert

      Márcia, tente outras opções ao colo de pé, mas não deixe chorar. Ele quer apoio e carinho nessa hora, é muito novinho ainda. bjs

  18. jackeline

    Oi Shirley tudo bem? Sou mae de um menino de 10 meses q vem sofrendo de ansiedade de separacao, ja estou sabendo lidar melhor com isso. Mas p mim o q nao vem melhorando com o passar do tempo, eh o fato de todas as noites qd o coloco p dormir depois de 30-45 minutos ele acorda chorando, ai la vai eu de novo nina-lo no berco p faze-lo dormir, e isso as vezes acontece ate 3 vezes na noite desde q ele tinha 5 meses. Ele tem rotina e eu fico no quarto mas parece q ele sente meu cheiro depois q saio e detalhe fico as vezes ate maid de 30 minutos p garantir se esta dormindo e mesmo assim acorda. Alguma historia parecida ou dica por favor
    Bjs

    1. Shirley Hilgert

      Jacke, no blog tem um post sobre esse assunto. Quando o Leo passou por essa fase ele chegava a acordar 8 vezes por noite. Bjs

  19. jackeline

    Shirley poderia me dar o Link ou o tema para que eu possa procurar e ler? Bjs

  20. Paola Forti

    Tudo que eu precisava ler!!!
    Minha bb é muito parecida com o Leo…
    Ela vai fazer um ano dia 14…tb tem alergia ao leite e refluxo. ..e até descobrir e tratar foi beeeeem difícil. Ela tb é irritada e exigente. ..kkkk… ainda acorda muitas vezes a noite….de meia em meia hora…só dorme balançando no colo. …e como ainda tem refluxo não tenho coragem de deixar chorar pois pode ser por desconforto. ..
    Mas ler que o Leo melhorou com um ano me deu muita esperança…pois estou um caco!!!
    De dia ela dorme…mas só se ficar no colo….
    Quem sabe daqui uns dois meses melhore!!!
    Obrigada! !

  21. Cristina

    Me confortei com esse post. Minha filha de quase 6 meses está acordando a noite inteira querendo mamar, tanto que meu peito fica Dolorido. Passa o dia todo um grude comigo. Se tirarem do meu colo chora/reclama na hora. Não pode me ver. Não consigo fazer nada. Isso piorou desde que voltei a trabalhar (1 mês atrás). Resolvi sair pra ficar com ela e espero que ela melhore pelo menos a noite…

  22. Vanisia

    Amo o blog porque me identifico com tudo o q vc escreve! Meu bebe tem 2 meses, mas não dorme nadinha. Nem de dia, nem de noite

Deixe seu comentário