A eu que eu não sou

Captura de Tela 2014-03-06 às 22.42.03A eu que eu não sou é tranquila, leve e vive de bom humor. Está sempre sorrindo, leva a vida numa boa, esquece rapidinho toda e qualquer ofensa ou crítica e vê o mundo cor de rosa. A eu que eu não sou engole alguns sapos pelo bem geral da nação, diz tudo que pensa, mas são sempre palavras doces e bem educadas e e nunca reclama de nada.

A eu que eu não sou escuta, pondera, racionaliza, aceita e no instante seguinte está fazendo tudo certinho, como o outro acha que tem que ser. A eu que eu não sou não decepciona, não dá vexame, não faz ninguém roxo de raiva ou bege de vergonha. A eu que eu não sou é uma lady, sabe se portar, sabe se vestir, sabe fazer exatamente o que os outros esperam que ela faça.

A eu que eu não sou dorme oito horas de sono diárias (bem que eu queria!), não sofre de stress, não sabe o é perder as estribeiras e nunca altera o tom de voz.

A eu que eu não sou, é a eu que tantas pessoas adorariam que eu fosse, mas é a eu que dificilmente um dia eu conseguirei ser. Isso porque, a eu que eu sou é meio louca, meio insana, totalmente sincera e absolutamente humana.

A eu que eu sou grita de raiva, mas também gargalha de alegria. Dorme cedo, mas também vara madrugada. Toma chá às cinco da tarde, mas também enche à cara às cinco da manhã.

A eu que eu sou, é a amiga de todas as horas, a filha que queria ser mais presente, a mãe que se descabela para dar conta do recado e a esposa que nem sempre agrada (mas que quando agrada é pra arrasar).

A eu que eu sou é ainda a eu que estou tentando ser, construir, fazer e acontecer. A eu que eu sou, é uma eterna mudança, de alguém que tem algumas crenças imutáveis e muitas certezas que topa jogar por terra, porque a vida é assim, flexível.

A eu que eu não sou, talvez um dia venha a ser. Só o tempo dirá.

22 comentários

  1. Aline

    Esta tbm eh a eu q eu não sou….mas não sei se eu gostaria de ser!!!

  2. Gisele

    Como sempre, ótimo texto, Shirley. Todas nós, principalmente quando mães, temos muito a melhorar, mas também temos muitas qualidades. A eu que vc não é seria, digamos, o mundo ideal…seria igual a tantas teorias que a gente lê por aí, tantos manuais que na prática não se aplicam. Como diz aquele velho ditado, vamos amar o que temos e não o que gostaríamos de ter…ou seja, assim tá bom, se melhorar é lucro, hahahahaha!!

  3. Janaina

    Adoro o macetes de mãe! Tenho um baby de 1 ano e 7 meses….me identifico muito com seus desabafos que sempre me ajudaram muito a sorrir, a chorar, a saber que não sou a unica no mundo que as vezes acha que vai surtar e depois em segundos já se arrepende, se culpa e reconhece que não sabe como seria nossa vida sem essa ” pecinnha” … a dúvida que sempre temos: se estou fazendo certo, os limites, os medos, as incertezas… a verdade é que sempre que leio seus posts tenho a certeza que somos humanas, mulheres, amantes, mães, simplesmente tentando fazer e dar o nosso melhor aos nossos filhos e a nossa familia, para que um dia eles se recordem e ensinem aos seus filhos o nosso melhor!

  4. Flávia

    Adorei! Me identifiquei muito! É tão difícil ser alguém bom, mais difícil é se tornar alguém melhor. Acho que o mais importante é estar evoluindo sempre;

  5. michele

    Shi, tu és parecida com todas as mães do mundo! Bjs.

  6. Priscilla

    Pode não ser, ainda, mas o que é hoje também vale muito e não é pior do que a que vc quer ser!

    Ótimo texto!

    bjs
    http://www.blogdapriscilla.com

  7. Livia Scannavino

    A EU QUE VOCÊ NÃO É ME PARECE COM A EU QUE TODOS OS QUE PASSAM ELA VIDA SÃO. PESSOAS POLITICAMENTE CORRETAS, PREVISÍVEIS, QUE TALVEZ PASSEM POR SI MESMA E TALVEZ VIVAM SEM JAMAIS SE CONHECER. MELHOR SER A EU QUE VOCÊ É PORQUE VIBRA, QUESTIONA, SOFRE, SORRI, ENFIM VIVE….

    1. Shirley Hilgert

      Valeu, sogrinha! :-) Por sinal, conheço alguém parecida comigo em vários aspectos. :-)

  8. Isabella

    Que texto perfeito! É tbm o que sinto, penso, acho. Parabéns!

  9. Valeria Rezende

    Lindo texto. Não nos conhecemos, mas a voce real me parece bem mais interessante do que a que vc não é. Afinal sermos humanos e errarmos é o que nós faz tão interessante.
    Beijos!

  10. Michelle Vargas

    Puxa vida, adorei de paixão!! Se descrever e se conhecer não é fácil pra ninguém e vc o fez de forma emocionante e gostosa de se ler! Parabéns :D!

  11. Mônica Soares

    Li, li, reli… Esse texto deveria ser o grito de muitas mulheres, mães, esposas… Independente do que você é Shirley, admiro a sinceridade que predomina em você (pelo menos com o pouco que já conheço…) e isso é o essencial de tudo.
    Amei a “esposa que nem sempre agrada (mas que quando agrada é pra arrasar).” Arrasou!!!!!!!!!!!!!
    Beijos e um ótimo final de semana

  12. Daniela Moraes

    Disse TUDO!!!

  13. Lindo texto, Shi!
    Grande beijo!

  14. Andréa de Luna

    Adorei este texto, é simplesmente que nós, mães, somos e não o que querem que sejamos. Parabéns pela iniciativa de um blog tão simples e complexo ao mesmo tempo. Tem me ajudando muito, também tenho um filho chamado Léo, de 1 ano e 8 meses. Um abraço.

  15. vanessa rosa

    Shi, eu adoro a vc que vc é! beijos, mana

    1. Shirley Hilgert

      Mana, eu também! ahahahaha! kkk! Claro que tem um ou outro defeitinho que gostaria de melhor (tipo ser mais paciente), mas no geral, estou bem feliz. E como estao os meninos? Mega feliz em saber que você lê o blog. :-) Beijos, amiga! Saudade!

  16. Toninha Borges

    Realmente é por aí.
    Ninguém é perfeito.
    Bju

  17. Gabi

    Olá! Conheci o blog hoje através de uma busca por compras em Miami e me apaixonei por tudo por aqui *-* que blog lindo! Não apenas na aparência, mas nos textos (assim como em que comento), nas imagens, inspirações, dicas, ideias, opiniões… ai, ai, estou apaixonada *-*
    Ainda não tenho filhos (nem casada sou), mas me interesso muito por este assunto e com certeza quando chegar a hora vou pegar várias dicas daqui.
    Parabéns!

    *favoritando* :D

    1. Shirley Hilgert

      Gabi, que legal ouvir esse depoimento. Fiquei super feliz. Beijos!!!

  18. Luciana Lora

    Você é uma querida.

  19. fernanda lesiw

    Como sempre vc arrasa nesses textos.. transfere pensamentos e sentimentos tão reais e sempre acerta.. a eu aqui precisava ler isso… com a segunda filha hj completando 7 dias realmente chega ser insano o tanto que nos cobramos e combram da gente… mto obrigada ! :)

Deixe seu comentário