Adenovírus – o que é e sintomas

adenovirusHá algumas semanas, o Leo ficou bem ruinzinho. Começou com uma febre forte, bem forte mesmo (passou de 39 graus), depois ficou manhosinho (só queria colo e chorava muito) e, por fim, parou de comer. Isso tudo foi bem rápido, na verdade, meio que tudo junto, e eu, que não gosto de esperar muito, logo o levei para o pronto socorro para checar o que era.

Logo que chegamos lá, a médica já deu o diagnóstico: ele está com amidalite. Sua garganta estava cheia de placas e aí não restavam muitas dúvidas de que a causa da febre era essa. Nesse ponto, só restava confirmar se era uma amidalite causada por vírus ou por bactéria. Fizeram coleta de material da garganta do Leo e mandaram para avaliação. Duas horas depois, já havia saído o resultado do primeiro exame: negativo. Ou seja, a primeira bactéria estava descartada. Mas ainda faltava aguardar o resultado do segundo exame, que só sairia em dois dias. Esse poderia dar positivo (a causadora do problema seria outra bactéria) ou negativo (aí confirmaríamos que o causador do estrago era um vírus). Deu negativo.

“De posse” desses dois exames, confirmando que não tinha bactéria na história, os médicos puderam dar “nome aos bois” e aí apareceu a real causa de tanto mal estar do Leo: adenovírus. Um vírus forte, chato, bad, bad, bad mesmo.

Abaixo, explico um pouco o que é o adenovirus, seus sintomas, como o problema pode ser identificado e tratado e qual o tempo médio de recuperação. Espero que as informações sejam úteis.

Mas afinal, o que é o adenovírus que virou a nossa vida de pernas para o ar por uma semana?

Os adenovírus são um grupo de vírus que podem afetar várias partes do corpo (dependendo do tipo que infectou o paciente). Normalmente, eles causam infecções do trato respiratório (resfriado comum, bronquite ou pneumonia), conjuntivite (infecção no olho), gastroenterites (infeção do trato intestinal) e até cistite (infeção da bexiga).

Quais são os sintomas do adenovírus?

  • Febre
  • Dor no corpo
  • Dor de cabeça
  • Coriza
  • Dificuldade para respirar
  • Tosse
  • Dificuldade e dor para urinar
  • Menos lágrimas e menos urina
  • Boca seca
  • Náusea e vômito
  • Diarreia
  • Conjuntivite
  • Garganta inflamada
  • Cansaço
  • Olhos fundos
  • Irritabilidade

Lembrando que nem todas as crianças infectadas apresentam todos os sintomas. O Leo, por exemplo, teve amidalite (garganta inflamada), febre, dor no corpo (ele não disse que doía, mas o médico supôs pelo seu estado geral), coriza, diarreia e conjuntivite.

Como identificar o problema?

Levando para avaliação de um médico. Este, por sua vez, poderá fazer o diagnóstico através de exame clínico (observando os sintomas e estado geral da criança) ou solicitando exames complementares: exame de sangue, cultura de secreções, cultura de fezes, etc…)

Como tratar?

Como todas as viroses, não há um tratamento específico para o problema (remédio, vacina, etc…). A solução é tratar os sintomas, oferecendo antitérmicos (quando há febre e só SOB ORIENTAÇÃO MÉDICA), mantendo a criança sempre hidratada, evitando contato com outras crianças (deixe o filhote em casa, nada de mandar para a escola) e facilitando o seu descanso (lembram que eu contei que passei uma semana andando de carro todas as tardes para o Leo dormir? Pois é, foi por conta do adenovirus).

Qual é o tempo de recuperação?

De uma a duas semanas normalmente.

Importante: Por mais que os sintomas levem a crer que trata-se de uma virose causada por adenovírus, somente um médico poderá fazer esse diagnóstico precisamente.

Fontes:

Site do Hospital Sabará

14 comentários

  1. Renata

    Só não entendi uma coisa: como curou a infecção da garganta? Sem medicamento algum? Só com administração de antitermicos (q não tratam nada)?

    1. Shirley Hilgert

      Como é VIROSE, todos os sintomas, incluindo a dor de garganta, melhoraram depois de 7/10 dias. Bjs

  2. Sandrely Lima

    Minha pequena pegou e duas semanas depois eu peguei.Que coisa mais chata e cruel com as crianças tadinhas..Muito ruim…sabia q estava com algum tipo de virose,mas não sabia qual,lendo os sintomas me identifiquei,creio q estava com esse tal de Adenovírus.

  3. Vanessa

    Este vírus é terrível !!! Meu filho de 2 anos, vem se recuperando a 20 dias dos sintomas causados por ele, como conjuntivite, otite, etc. Ele ficou super abatido, só queria colo e dormir. Por conta disso e do meu cansaço, devo ter descuidado de mim e acabei contraindo o vírus. Pela primeira vez na vida, estou com conjuntivite….Muito ruim mesmo, sei bem pelo o que você passou…. Espero que seu bebê já esteja 100%…

  4. Nedjma

    Não estou conseguindo comentar…o texto é enviado antes de eu concluir…isso já aconteceu duas vezes…em outro momento tento novamente. Beijos

    1. Shirley Hilgert

      Nedja, vou verificar o que está acontecendo. Bjs

  5. cris

    Muito util . .melhoras p seu filhote

  6. Raquel

    Shirley, tudo bem?
    O seu Leo ficou com mta tosse?
    Meu Leo foi diagnosticado com Adenovirus ontem, e está com mta, mta tosse seca.
    Queria saber se vc sabe se é normal…
    Beijos, obrigada. =)

  7. Fernanda

    Minha filha de 1 aninho contraiu o adenovirus horrivel apatica sonolenta diarreia gripe corisa so nao teve febre mas tinha pus branco na garganta ja estamos a 10 dias assim, agora que ta melhorando tratamento remedio para flora intestinal e um remedio para subir a imunidade, logo que comecei a medicação melhoras em dois dias…Mas e terrível da dó da criança…..ate

    1. Ana paula

      Fernanda sua bebê ficou empolada?

  8. Ana paula

    Minha filha Sophia está com Adenovírus e está empolada e normal??? Estou muito preocupada.

  9. Shirley

    Minha neta está tb !!! É comum ter tremores ???

  10. Sabrina

    Olá minha filha está com adenovirus não se alimenta vomita demais e está com diarréia. Estamos internadas há três dias em isolamento. Está sendo medicada na veia e os sintomas estão resistindo está difícil de melhorar. Fiquei e continuo arrazada é horrível ver minha pequena assim espero que ninguém passe por isso.

  11. Michele

    Shirley, mas o antitérmico segurava a febre. Essa é minha dúvida, pois qdo meu bebê foi diagnosticado com infecção na garganta, o antitérmico não segurava, tinha que dar outro antes do prazo do primeiro. Tenho dúvida se no caso de vírus, a febre se comporta dessa maneira.

Deixe seu comentário