Papinhas, purezinhos e mingaus naturais, orgânicos e saudáveis

Sei que uma das fases que mais nos angustia é a da introdução de alimentos sólidos na dieta do bebê. Essa fase é complicada porque a gente quer continuar oferecendo o melhor, só que, ao mesmo tempo, também precisamos de um pouco de conveniência e praticidade – afinal, muitas vezes a nossa rotina é um tanto quanto insana…

Hoje esse processo de introdução de sólidos não precisa ser um drama, pois há uma opção que reúne justamente tudo o que a gente procura: um alimento nutritivo, de qualidade, seguro e ainda prático. Perfeito para o nosso dia a dia. Estou falando das papinhas, purezinhos e mingaus da linha Beaba, da Jasmine, que são feitos com produtos 100% naturais,  livres de agrotóxicos ou aditivos nocivos à saúde (alimentos orgânicos!)  e com 0% de lactose.

E outra coisa super bacana que eu descobri sobre a linha Beaba é que as embalagens são inteligentes. Isso mesmo! Os potinhos dos purezinhos são BPA free, ou seja, podem ir ao microondas que não trazem qualquer prejuízo para a saúde da criança, e a embalagem pouch, das papinhas (frutas), estimula a criança a se alimentar sozinha. Adorei!

Sequence 4

Tanto as papinhas (frutas) quanto os purezinhos (legumes e vegetais) tem uma consistência leve e um sabor delicado, ideal para o paladar ainda sensível dos bebês. Além disso, eles não contêm açúcar e o seu teor de sódio é baixíssimo. Superseguro e saudável para os nossos pequenos.

Conheça um pouco mais sobre a linha Beaba, de Jasmine:

Papinhas orgânicas: nos sabores maçã e mix de frutas. Embalagem pouch, de 113g. São ideais para os intervalos entre as refeições.

Sequence 10

Purezinhos orgânicos: nos sabores abóbora, batata e cenoura, macarrão com vegetais e vegetais com arroz e quinoa. Potinhos de 113g, que podem ser aquecidos no microndas com segurança (BPA free).

Sequence 9

Mingau Orgânico: nos sabores cereais e frutas, trigo e soja e arroz, quinoa e amaranto. Em embalagem de 230g, são de preparo instantâneo, com textura suave e agradável. Também  podem ser usados para criar novas receitas quando misturados a frutas, por exemplo.

Sequence 2

Bom, acho que agora as coisas ficaram mais fáceis. É muito bom saber que temos a alternativa de oferecer alimentos práticos e, ao mesmo tempo, saudáveis e seguros para os nossos filhos. O leite materno continua sendo o melhor alimento para os pequenos. Frutas, verduras e comidinhas feitas em casa são tudo de bom. Mas naquela hora que a praticidade tem que entrar em campo, com certeza, a linha Beaba da Jasmine é a melhor pedida. Fica a dica!

Para saber mais, acesse e acompanhe:

“O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE: este produto não pode ser usado para crianças menores de 6 (seis) meses, a não ser por indicação expressa de médico ou nutricionista. O aleitamento materno evita infecções e alergias e é recomendado até os 2 (dois) anos de idade ou mais”.

publi-incentivo

19 comentários

  1. Bianca Siquieroli

    Estou louca para comprar essa linha da Jasmine já utilizo outros produtos dela mais na minha cidade não encontro essa linha pois moro no interior.

  2. Estefani

    Onde compro essa linha?

    1. Shirley Hilgert

      Estefania, em vários mercados já tem. E em muitos está chegando em breve. Bjs

  3. Mariana Almeida

    Olá, Shirley
    Essa linha é vendida congelada? Pq eu já sabia que lançaram essa linha infantil, mas como conservam estes alimentos ? Como não usam conservantes sem congelar? Você já deu pro Léo?

    Obrigada!

    1. Shirley Hilgert

      Mariana, questionei a empresa e ela retornou com a seguinte explicação. Beijos!!

      Os Purezinhos Jasmine são cozidos e processados de forma inteligente e, como toda a mãe gostaria, sem nenhum conservante ou qualquer aditivo químico contendo apenas vegetais e cereais 100% naturais.

      O produto é orgânico e esterilizado – não contem químicos de nenhum tipo: conservantes ou agrotóxicos. A validade é 15 meses devido ao processo de esterilização que garante a eliminação de microorganismos deteriorante e patógenos sem necessidade de adição de conservantes.

      Os Purezinhos Jasmine são processados em potes plásticos retortable, uma embalagem inovadora, apresentando vantagens em relação às embalagens de vidro. São resistentes ao processo de esterilização sendo sua proteção semelhantes aos potes de vidros, devido sua multicamada.

      São mais seguras que os potes de vidros, pois não quebram e nem soltam farpas e, além de ocupar um menor espaço durante o transporte, pois podem ser empilhadas. E o mais importante, também não contém químicos na sua composição, sendo livres de Bisfenol A.

      Já o processo de esterilização das papinhas Jasmine é um processo totalmente físico, não tem adição de produtos químicos ou conservantes, é um processo térmico que elimina todos os microorganismos e conserva o alimento fresco por mais de 1 ano. (Mesmo processo que a Nestlé).

  4. Angelina

    meu filho tem APLV e os biscoitos desta marca sao os unicos q informam q nao tem leite e derivados, adoro!!!

  5. rosiane

    Há um erro no texto. O mingau tem açúcar, sim.

    1. Shirley Hilgert

      Rosiane, revisei o texto e não encontrei a parte que fala que o mingau NÃO tem açúcar. Eu cito que a papinha e os purezinhos não tem. Bjs!

  6. Gisele

    Adorei a dica. Onde eu encontro para comprar em São Paulo? Sempre compro os biscoitos da Jasmine mas nunca vi as papinhas para vender

    1. Shirley Hilgert

      Gisele, os itens da linha Beaba estão chegando aos principais supermercados. Em breve vai será mais fácil de encontrá-los.

  7. Marisa

    Shirley, como todo o respeito, dar papinhas em pouch/sachê é uma das piores coisas que uma mãe pode fazer na introdução alimentar do filho. É uma refeição feita “no escuro”, já que a criança se alimenta diretamente de uma abertura no topo do saquinho, que não é transparente.

    Em outras palavras, as papinhas em sachê, além de apresentarem todos os problemas associados às papinhas industrializadas, ainda roubam de nossos filhos a oportunidade de explorar os alimentos com os olhos.

    Se o bebê não vê aquilo que está comendo justamente no momento em que está conhecendo o mundo e aprendendo a se alimentar de outras coisas que não leite, como esperar que ele se interesse pela hora da refeição e desperte curiosidade por frutas, verduras e legumes de verdade?

    Para mais informação sobre o problema da papinha em sachê: http://ecomaternidade.com.br/refeicoes-com-sentido/

    1. Shirley Hilgert

      Marisa, faz sentido a sua colocação. Realmente. Nesse caso, da “alimentação no escuro” por ser uma embalagem pouch, uma alternativa seria colocar a papinha em outro recipiente, como um pratinho, e aí oferecê-la à criança.
      Sobre ser melhor oferecer os alimentos preparados em casa em vez de oferecer papinhas prontas, eu também concordo. Mas há situaçoes em que preferimos ter um pouco mais de conveniência (viagens e passeios, por exemplo), e aí uma papinha pronta, mas orgânica e o mais natural possível, acaba entrando como uma ótima opção.

      1. Marisa

        Shirley, entendo perfeitamente o que você diz sobre a praticidade da papinha industrializada em viagens e passeios, mas ainda acho que existem alternativas viáveis e muito mais interessantes para uma introdução alimentar que envolva os sentidos da criança. Um pote térmico é um ótimo aliado nessas situações. Dá para colocar queijo em cubinhos, frutas já cortadas, etc. Um abraço, Marisa

  8. LUCIANA

    nossa, essas eco-chatas são INSUPORTÁVEIS!

    1. Marisa

      Luciana, você me acha insuportável? E o pior é que tem VÁRIOS outros problemas associados a papinhas industrializas que eu não inclui nos meus comentários! :-)

  9. Luciana Braga

    Eu uso a linha Beaba e vejo as papinhas prontas como uma exceção na alimentação do meu filho, uma praticidade necessária para viagens longas…Aqui no RJ encontro a marca apenas nas lojas Mundo Verde..

  10. Patricia

    Recomendar papinha industrializada na introdução alimentar de um bebê? Sério mesmo??
    Descurtindo a página em 3, 2, 1…

  11. Marcia

    Eu uso em ocasiões que estamos fora de casa e adoro! Meu bebe de 8 meses tb adora! Mas só uso em ocasiões especiais mesmo!

  12. Lívia francesconi

    Shirley não sei se vc ficou sabendo mas devido a alta do dólar e da loucura que está p Brasil, a Jasmine retirou a linha Beaba da linha de produção. Não vai mais vender. Uma pena. Será que existe outra empresa com essa mesma idéia? Não que ache interessante dar um industrializado para bebês mas seria bom termos opções orgânicas e mais saudáveis sem ser da Nestle.

Deixe seu comentário