Semelhanças e diferenças entre a primeira e a segunda gestação

Desde sempre eu ouvi que uma gestação nunca é igual à outra e, assim, desde que descobri que estava grávida de novo passei a prestar atenção e comparar todos os detalhes das minhas duas gestações.

Posso dizer que, em algumas coisas, está realmente sendo completamente diferente, já em outras, não tenho percebido mudanças significativas.

diferencas entre a primeira e segunda gestacao

Photo Credit: Frank de Kleine via Compfight cc

E como eu acredito que essa é uma curiosidade de várias mães (querer saber o que muda e o que permanece igual entre uma gestação e a outra), resolvi fazer o post de hoje. É claro que essa é a minha experiência e que com você pode ser completamente diferente, mas acho legal compartilhar o que estou vivendo, pois é ouvindo o que acontece com o outro que a gente se prepara para aquilo que ainda vamos viver.

Enjôos: assim como na gravidez do Leo, nessa não tive sequer um enjôo. Nem daqueles que dá quando a gente acordar, escova os dentes ou fica de barriga vazia. Nada, dada, mesmo! Sortuda eu.

Azia: na gravidez do Leo tive um pouco de azia no início. Nessa, não tive nada.

Sono: na primeira gravidez, não tive aquela sensação de sono absurda que a grande maioria das mães comenta ter nos primeiros três meses. Eu estava sempre descansada e bem disposta. Nessa, Deus me acuda! Eu quase morri de sono e cansaço. Eu sentia tanto sono que achava que nunca mais na minha vida ia parar de ter sono (passado o primeiro trimestre isso melhorou muito). Acho que boa parte disso é hormonal, mas boa parte também tem a ver com o quanto eu pude descansar na primeira gravidez (não trabalhava e não tinha filho) e o quanto eu me acabo agora (trabalho, filho e mais mil atividades extras. Realmente para cansar!).

Fome e desejos: na gravidez do Leu eu sentia uma fome absurda as 11h da noite. Nessa também. No quesito desejos, eu morria de vontade de comer frutas nos três primeiros meses. Por mim, acho que poderia ter vivido só disso. Agora, sinto a mesma fome às 11h da noite, só que quanto ao desejo por frutas ele foi substituído pelo desejo de comer qualquer coisa. Nessa gravidez estou beeeeem mais comilona. Sinto mais fome e vontade de comer. Tudo é delicioso.

Peso: esse é o meu maior drama nessa gravidez. kkk! Mas também adianto que não estou tããão preocupada assim. Quando engravidei do Leo eu pesava 52kg e nos três primeiros meses não ganhei nem um grama sequer. Nesta gestação já engravidei quase 4kg acima do meu peso e no final do primeiro trimestre já tinha ganhado 2,2kg. De initivamente, nessa gravidez não ficarei nos míseros 9,5k que ganhei na gestação do Leo.

Humor: lembro muito de, na gravidez do Leo, sentir uma tranquilidade e uma calma que eu jamais experimentei na vida. E de também estar quase sempre de bom humor (meu marido jura que eu deliro quando digo isso, que não foi assim, mas foi sim. Eu estava bem calma e tranquila na primeira gestação). Já nessa, Jesus do céu! Mau humor e impaciência, seu nome é Shirley. Eu estou suuuuuper irritada, estressada, me sentindo sobrecarregada e querendo fugir pelo menos uma vez por semana. Também, misture rompante de hormônios + filho para cuidar + mudança de casa para administrar + trabalhos para entregar e veja se não é de pirar!

Pele e cabelo: assim como na primeira gestação, minha pele ficou um horror nos três primeiros meses. Agora só espero que ela também fique linda nos próximos 6, exatamente como foi quando estava grávida do Leo. Quanto ao cabelo, também tudo igual. Ele está mais volumoso e quase não cai (adoooooro).

Preocupações: nossa, isso foi o que mais mudou. Com toda a certeza do mundo. Mudou até mais do que a questão do sono. Quando esperava o Leo, a minha preocupação era com a decoração do quarto, com a escolha e compra do enxoval e com a organização do chá de bebê. Eu perdia hooooooras de sono pensando nisso. Dessa vez, esses assuntos nem passam pela minha cabeça e, quando passam, só o que eu penso é: vou ser prática, vou aproveitar o que der, não vou perder muito tempo e nem investir muito dinheiro nisso. Já o que tem ocupado meus pensamentos são outras questões de ordem prática. Agora, vira e mexe me pego pensando como organizarei as coisas para dar conta de dois filhos em casa, se vou contratar alguém para me ajudar, como vou dar conta do trabalho do blog (lembrando que eu não tenho licença maternidade), como vou conseguir ter um pouquinho de tempo para me cuidar (se hoje já não tenho!), enfim, questões bem práticas mesmo, pé no chão total.

Bom, acho que os principais fatores que envolveram a minha gestação até agora foram esses, então, achei justo abordar eles nesse post. Espero que essa breve comparação sirva para dar uma ideia aproximada do que pode mudar de uma gestação para a outra e que, também, aquilo que muda não é um bicho de sete cabeças.

E se quiserem/puderem colaborar com esse post, eu super agradeço. Comentem abaixo o que vocês perceberam de semelhanças e diferenças entre as gestações de vocês. Suas experiências serão muito valiosas para outras mães.

23 comentários

  1. Gisele

    Olá… Comigo os três primeiros meses foram bem diferentes…. Na primeira tive pouco enjôo e era aquele matinal… Agora na segunda enjoava o dia inteiro, com uma fraqueza terrível que mal conseguia levantar da cama…. E olha que são duas meninas… Quanto às preocupações é isso mesmo, estou apavorada, mais que na primeira gestação… Agora sabemos tdo o que na real vêm pela frente… E Acho que não vou conseguir dar conta de tudo…… Bjos

  2. Ana Paula

    Realmente a segunda gravidez é bem diferente que a primeira. Na primeira gravidez trabalhava fora, me sentia bem mais disposta, os enjoos, cansaço, sono duraram somente até o terceiro mês, fazia tudo de boa
    NA segunda gravidez foi bem mais complicada me sentia muito cansada, pois cuidar de outra criança e também tive que organizar uma mudança de apartamento ao sétimo mês de gravidez, depois colocar tudo no lugar pois fiz a festinha de aniversário de 6 anos da minha filha no novo apartamento, além de organizar a festa toda, depois cuidar do enxoval e preparar as coisas para a chegada da baby. Meu médico dizia para eu diminuir o meu ritmo, mas não dava pois eu era responsável de tudo. Os enjoos, cansaço, sono tomaram conta e mim até o dia parto. Com tanta correria e coisas para fazer que não deu outra minha filha nasceu duas semanas antes, estava indo para uma festa de aniversário quando ela resolveu dar o ar da graça rsss, foi um super presente dos dias da mães.rssss

  3. Alessandra Garcia

    Amei o post de hoje!!! Estou de 16 semanas de um menino e tenho uma princesa de quase 1 ano e 11 meses… A principal diferença por enquanto.. foram os enjoos do começo da gestação… dela não tive nada.. dele… passei mal pra caramba.. muitooooo enjoo.. mas com o final do primeiro semestre foram embora… E a preocupação também… se na gestação dela eu estava preocupada com o parto.. com o quarto.. agora estou preocupada com ela de novo… como vou ficar longe dela nos dias em que estiver na maternidade.. como ela vai ficarm se a mãe em casa para dormir uns dias!!! Não dormi a primeira noite após descobrir a gravidez, preocupada com isso!!!

  4. Silvia Gonzatto

    Shirley super concordo com seu post, estou de dois meses e tenho uma menina, a Olivia, de 1 ano e 3 meses. Estou super mau humorada, nem eu me aguento mais, e na primeira gravidez o mundo podia cair q eu dava risada. Nem penso em quarto, roupas,…., só penso em como vou subir as escadas com dois no colo, como colocarei o cadeirão e o bebe conforto no carro, coisas praticas como disse. muito verdade tudo o q disse. Parabéns pelo blog, sempre leio e me identifico muito. Parabéns

  5. Juliana Dias

    Nossa eu nem engravidei ainda, do segundo já fico pensando também como será meus 3 dias longe de casa, como será que ele vai reagir vai ser tudo duplo subir escada muitos afazeres mas com muito amor Deus é muito bom!!!! é meninas já estou me preparando. Mas também desejo boa sorte há vocês adoro esse blog Shirley voce está de Parabéns!!!

  6. Vanessa

    Estou na 11a semana da segunda gestação, tenho um filho que acabou de completar 2 anos e confesso que não estou conseguindo curtir essa gravidez como a primeira. A começar pelos enjoos, pois na primeira gravidez tive zero de enjoo e agora estou me sentindo mal constantemente! E isso acaba com o dia! Pq não é como na primeira, que se eu sentia sono, eu deitava e dormia… agora tem um serzinho de 2 anos que exige atenção, estando grávida ou não, passando mal ou não. Pra ele, nada mudou.O humor também anda péssimo, que o diga meu marido, e as preocupações são milhares, de tirar o sono! Como vc disse, na primeira as preocupações também eram o quarto, as roupinhas, o chá de bebê. Agora só penso se vai ser outro menino pra poder aproveitar as roupas ou se vou ter que comprar tudo novo!
    Enfim, uma gestação beeem diferente! Mas vamos em frente!
    Bjooo

  7. Vanessa

    Ah, e como disse a Silvia Gonzatto, também penso em situações do dia-a-dia, tipo como vou dar banho no meu filho quando estiver com barrigão, como faço quando ele quiser ver Peppa sentadinho no meu colo…

  8. Lívia

    Meu bebê tem 5 meses. Não posso nem imaginar como seria engravidar novamente. Acho que tenho vontade, mas me falta coragem!

  9. Fabrina

    Ainda estou na primeira filha mas pretendo ter pelo menos mais um. Como eu já me preocupo com algumas coisas que vc escreveu vou adiar um pouco. Tentar engravidar quando ela estiver com quatro anos. E continue postando sobre a sua segunda gestação Shirley, tô adorando acompanhar.

  10. Flávia

    Adoro as postagens de suas experiências e como vc está lidando com isso, mas realmente concordo que as preocupações são super válidas… ainda não engravidei do segundo (o que pretendo até o ano que vem), mas com negócio próprio e como vamos cuidar das coisas, muito pra pensar, mas… vc vai dar conta com certeza! Vai deixar umas postagens prontas antes do bebê chegar e depois aprender a gerenciar o tempo da melhor forma que vc vai tirar de letra!

    Bjão!

  11. halana lourenço

    olá meninas estou gravida pela segunda vez e fiz minha primeira ultrassonografia com 4 semanas descobri muito cedo….só fiquei meio confusa e até preucupada porque na ultra só vi o saco gestacional e não tinha presença de embrião ainda será que é normal?alguem pode me responde?!

    bjsss

    1. Shirley Hilgert

      Halana, super normal! Bjs

  12. sheyla cabral

    Meninas eu descobri ontem que estou gravida de 5 semanas e bateu o desespero pois meu bb ainda tem 1 e 3 meses.
    medo de não dar conta sei lá ainda nao aceitei direito

  13. Marjorie

    Bom dia Shirley,
    Na minha primeira gestação não imaginava estar grávida, fiquei muito enjoada, sentia colica no estômago, fiz até endoscopia com anestesia…sem saber da gravidez…depois passei o resto das 34 semanas na cama, tomando remédio para evitar as contrações que sentia. Sim, sentia contrações uterinas, entrei em trabalho de parto e já não sentia nada estranho..kkk minha filha veio ao mundo perfeita, hoje ela tem 5 anos, e agora esperamos outro bebê estou na 11 semana, é muito diferente, estou me sentindo super bem, os enjôos estão diminuindo, mas já sinto muita mudança em meu corpo. Minha barriga apareceu mais rápido, meu rosto ficou mais redondo, sinto mais fome, e meu lado doce comi, estou muito mais estressada, irritada. Espero que meus hormônios voltem ao normal logo,kkk.
    Obrigada por compartilhar esse momento porque achei que era só comigo, essa mudança de humor.
    Beijos para vcs.

  14. Greyce Ribondi

    Olá Shirley!
    Ameeei essa postagem pois tirei muitas dúvidas.
    Tenho uma filha de 4 anos e estou grávida de 6 meses. No começo da segunda gestação foi bem parecida com a primeira tive sangramento, cheguei a pensar que poderia perder mas graças a Deus esta tudo bem.
    Na primeira gestação tive muita azia. Nossa eu sofri muuuuito. Já nessa gestação eu sofri com enjôo. Foi terrível!
    Na primeira gestação só engordei 8kg e minha princesa nasceu com 8 meses. Foi um parto prematuro mas graças a Deus cheia de saúde ela veio ao mundo. Já nessa segunda gestação estou com 6 meses e já engordei 12kg (to ate feliz com esses pesinhos a mais). E a melhor parte é que minha princesa não sente ciúmes e entende o fato de não poder carrega-la com mais freqüência.
    Sempre falo que sou muuuito abençoada por Deus pois tenho uma filha maravilhosa e agora estou a espera de um menino.
    Obrigada por compartilhar esse momento pois assim como eu tem várias mamães tbm com a mesma dúvida.
    Beijos e muita saúde para vc e toda sua família!

    1. Macetes de Mãe

      Olá Greyce!
      Que bom gostou! Muito bacana seu comentário, obrigada por compartilhar :)
      Muita saúde pra você e sua família também.
      Bjss

  15. Aline

    Oi também sou mãe de um menino lindo de 4 anos,estou grávida de 7 semanas e ja sinto muitas diferenças da minha primeira gestação para esta.
    Na primeira meus enjoos eram frequentes mais nada de vômitos, eu so comia arroz e tomate no trabalho, e em casa frutas e sucos, hoje eu virei um dracula sinto vontade de tudo mesmo sem ter fome.
    Mais o que mudou além do comum foi minha falta de paciência, estou extremamente irritada, agressiva e tudo me tira do sério muito rápido.
    Antes eu trabalhava muito e ainda chegava em casa e tinha disposição para arruma la hoje se a casa pudesse ficar sem varrer pra sempre eu agradeceria, estou me sentindo muito cansada e olha que hoje trabalho em casa.
    Estou passando por muito estresse ultimamente, mudança de cidade, abertura de um comercio com a minha família e esta alteração de sair de uma casa e fazer toda a reforma de outra esta me matando. Ninguém entende que tudo isso esta mexendo comigo mais espero que não prejudique o bebê e ou traumatize meu filho Juan.

  16. Laise

    Descobri ontem que estou grávida novamente. Tenho um bebê de 1 ano e 4 meses. Ainda não sei com quanto tempo estou. Na verdade estou tentando assimilar…..aceitar..ja me passaram tantas coisas pela cabeça, um medo tão grande de não dar conta. Enfim….

  17. Mari

    Shirlei nossa parece até q você estava falando de mim kkkkkk incrível To passando pelas mesmas coisas que passou, mesmo sintomasssss da primeira e segunda! Tenho um menino agora e ainda não sei o que vem por aí! Seu mais velho é menino e o mais novo?

  18. Loira

    Olá Shirley tenho um filho de 14 anos estou tentando engravidar dinovo e está MT difícil tenho 30 anos seu q e MT bom ser mae mas acho q me sinto MT ansiosa e tem hrs q penso em desistir ja conversei com médicos e disseram q e normal essa demora. Vou tentar até o final desse ano de não conseguir vou pagar de tentar

  19. Paty

    Olá adorei seu post Shirley, estou gravida de 7 semanas e tenho uma Princesa de 6 anos que já me ajuda muito, quanto as experiências da primeira gravidez sofri muito, enjoei muito, vomitei muito, sentia muito sono, azia, tudo que se podia sentir eu sentia, agora dessa só sei que estou gravida por que minha menstruação está atrasa, e também estou muito irrita e sem paciência, não com minha filha, mas com todo o mundo, tudo me irrita, não está sendo fácil, coitado do meu marido…kkkk

  20. Alline Rodrigues

    Olá boa tarde!

    Amei o Post e todos os cometários!!
    Estou grávida de 4 semanas e gostaria de saber se nesse período já se tem os enjôos?? Tenho muito medo de passar mal rs

    Beijosss

    1. Shirley Hilgert

      Aline, acho que tem mães que podem ter enjoo nessa fase sim. Não posso garantir, pois eu nao enjoei na gravidez, então não sei direito como é. Bjs

Deixe seu comentário