Depoimento – engravidei 3 meses depois de dar à luz

Quando a leitora Andressa me escreveu para tirar algumas dúvidas e comentou, em sua mensagem, que ela tinha dois filhos com uma diferença de menos de um ano de idade, eu fiquei impressionada e perguntei se ela não topava escrever um depoimento contando a história toda aqui no blog. Ela topou na hora e eu adorei!

Quis que ela contasse como tudo aconteceu porque eu fui uma daquelas pessoas que até o Leo ter 3 meses eu não conseguia nem ir ao banheiro direito, quanto mais pensar em outro filho, e aí quis saber, direitinho, como é que tudo tinha acontecido com ela, como tinha surgido essa ideia e como ela tinha tomado coragem para isso (talvez para ela não se tratasse de coragem, bem longe disso, mas era só o que eu pensava considerando a minha experiência com o Leo).

Pois bem, aqui está a história da Andressa. Tenho certeza que vocês irão curtir como eu curti.

engravidei 3 meses depois de dar a luz

Photo Credit: VinothChandar via Compfight cc

Engravidei 3 meses depois de dar à luz

Por Andressa Prestes Barbosa

Meu nome é Andressa, tenho 29 anos e dois filhos. Sou instrumentadora cirúrgica na área de Transplante Capilar há 7 anos, além de Advogada. Pois é, eu sei, profissões totalmente distintas, mas que para mim conciliam-se muito bem. Isso, por si só, já serve como um bom exemplo de como eu gosto de fazer tudo ao mesmo tempo.

Quando eu e meu marido decidimos aumentar a família levamos muito em conta nossa experiência pessoal. Eu, filha única, ele, o caçula, com uma diferença de 10 anos para o irmão do meio. Não tínhamos muita certeza de nada, mas sabíamos que nosso desejo era mais de um filho. Escolhemos o mesmo obstetra que realizou o parto da minha mãe quando eu nasci, alguém de muita confiança que nos passou muita tranquilidade e segurança durante todo o processo.

Engravideido João Lucca pouco tempo depois de começar a tentar. Durante os três primeiros meses sofri muito devido a hiperêmese gravídica, emagreci 5 quilos e mal conseguia levar minha rotina normal. Quando os enjôos cessaram eu comecei a curtir mais a gravidez, os preparativos de enxoval e outros detalhes. No meu baile de formatura de Direito eu estava com 8 meses de gravidez, e meu marido defendeu a dissertação do Mestrado 1 semana antes do parto. Imaginem como estava tudo corrido?!

Meu príncipe nasceu no dia 13 de abril de 2013. Realizei uma cesárea pois meu bebê estava sentadinho. Tive alguns probleminhas, incompatibilidade de RH, problemas na anestesia, falta de leite, … várias histórias para contar e obstáculos à superar. Mas, mesmo assim, ainda na maternidade, nós dizíamos que nossos planos eram o de engravidar da Júlia após 3 meses.

Conversei com meu obstetra, e assim que ele disse que a gravidez seria segura, nós buscamos o segundo filho. Dito e feito, 3 meses depois, engravidei da Júlia, nossa princesinha.

A segunda gravidez foi naturalmente mais puxada. A hiperêmese gravídica atacando novamente, mais uma vez perdendo peso no primeiro trimestre, e agora com um bebê recém nascido para cuidar.

Apesar disso, as que já tem filhos devem concordar, um bebê de 3 meses é muito mais calmo e fácil de cuidar do que um bebê de 1 ano. Neste ponto a decisão de engravidar foi relativamente fácil. Quando o João estava aprendendo a andar e demandando muito mais cuidados, eu já estava no final da gravidez da Júlia.

O mais engraçado é que 90% dos comentários (ainda hoje) são negativos em relação à nossa escolha. Ouvir coisas como “nossa, que pena”, “deve ter sido um susto”, “não tem televisão em casa?”, “coitado dos filhos”, “que loucura”, tornou-se corriqueiro. A maioria das pessoas encara dois filhos tão próximos como um “acidente” e não como uma possível escolha.

Tudo correu relativamente bem na segunda gestação, e a Júlia nasceu no dia 12 de abril de 2014. Escolhemos um dia antes para que cada um deles, apesar da proximidade, tivesse o seu próprio dia de aniversário. Assim, a individualidade poderá ser estimulada, ao mesmo tempo que o companheirismo poderá ser vivenciado com o passar dos anos.

Antes de engravidar do João eu dizia que não tinha tempo pra nada. Veio o primeiro filho e eu arranjei tempo. Com ele pequeno eu novamente afirmava que não tinha tempo nem para respirar. E veio a segunda filha … e não é que apareceu tempo?

Conforme o esperado, o problema de ciúmes simplesmente não existiu. Com um aninho o João não tinha o conceito de que a bebê viria “tirar um pouco do seu lugar”. Ele acompanhou enquanto pintávamos o quarto metade rosa, metade azul (optamos por deixar os bebês juntos no início, aprendendo a dividir o espaço e a conviver); comprou conosco o enxoval da irmã, estava na maternidade quando ela chegou. E desde que a viu tudo foi lindo.

Precisamos cuidar porque a todo momento ele quer dar brinquedos, beijar, dar suco, bolacha para ela. Ele traz os livrinhos para ela ver. Quando ela chora ele corre buscar a chupeta e ver o que está acontecendo. Então nossos cuidados são com o excesso de amor. Ele até já pulou dentro do berço para dormir com ela, precisamos ficar atentos porque, como ele ainda é um bebê, não tem noção da força e do peso que tem. Fora isso, os dois se adoram. Quando ele vem perto a Júlia se abre em mil risadas, esforçando-se para levantar e correr com ele.

Tivemos muita sorte também. O João é super carinhoso, um fofo. Está na fase de dar uns chiliques quando contrariado, mas nada que não seja esperado para a idade. Ele ainda acorda 1 ou 2 vezes por noite para mamar, mas dorme bem na caminha do quarto dele. A Júlia quase nunca chora, e com 4 meses já dorme a noite inteira no bercinho.

Decidimos por criá-los em casa até cerca de 2 anos e 1/2, antes de colocarmos na escolinha. É bem mais trabalhoso, dedicação integral, mas vale por vê-los sempre saudáveis e aprendendo novas coisas dia após dia.

Não posso dizer que é fácil, apenas que é possível. A fórmula que deu certo aqui em casa foi criar uma rotina. Eles acordam perto das 7 horas. Café da manhã, desenho e algumas atividades pela manhã. Após o almoço, em geral, o João e a Júlia tiram uma soneca de um pouco mais de 1 hora. Neste período, eu aproveito para lavar roupas, tratar dos nossos animais (temos 2 cachorras e 1 gata), e fazer alguma outra tarefa da casa. A tarde as atividades (lanches, brincadeiras, banho) com as crianças estendem-se até perto das 20:30, quando o João costuma dormir novamente. Das 21:00 às 00:00 é quando eu tenho para cuidar de algum processo, tomar um banho, comer com mais calma…

Vocês conhecem esse enigma? “Um fazendeiro está levando uma raposa, uma galinha e um saco de grãos para casa. Para chegar lá, ele precisa atravessa um rio, mas ele pode, apenas, levar um item consigo de cada vez. Se a raposa for deixada sozinha com a galinha, ela comerá a galinha. Se a galinha for deixada sozinha com os grãos, ela comerá os grãos. Como o fazendeiro poderá atravessar o rio sem que nada seja comido?”

Então… esse é, guardadas as devidas peculiaridades, o resumo da nossa vida.

Isto pode não ser o ideal para muitas pessoas, mas com certeza era exatamente o que a nossa família precisava. Nós quatro somos perfeitos juntos. Sem tirar nem por. Claro, temos nossos momentos de fraqueza, quando tudo parece estar um caos e temos vontade de tirar férias. Mas quando as coisas ficam muito cansativas, levamos os dois para a casa dos avós, tiramos um sábado ` noite para ir ao cinema, jantar a dois, essas coisas.

Se aprendemos uma coisa é que o amor apenas cresce, dia a dia e isso faz todas as escolhas valerem a pena. E, mesmo para quem não foi planejado, ou seja, houve o tal “acidente”, eu digo que tudo vai der certo. Eu garanto. Mesmo que tudo pareça de pernas pro ar, amanhã vai ser um dia melhor, seus filhos vão te amar ainda mais e tudo vai se encaixar no seu devido lugar.

Isso é amor, é família.

Obs: tudo isso somente é possível graças à ajuda do meu marido, que além de trabalhar 14/15 horas por dia ainda arranja tempo para brincar com os bebês, me ajudar com os banhos, ir à panificadora, ao mercado, à farmácia, e ainda levanta de madrugada para atender ao choro do João Lucca. Meu muito obrigada, publicamente, ao melhor companheiro que a vida poderia me dar. Te amo Adriano.

foto perfil andressa

 

 

Andressa tem 28 anos, mora em Curitiba e é mãe de João Lucca, 1 ano e 7 meses e de Júlia, 7 meses.

86 comentários

  1. Joyce

    Linda história….
    Gostaria de saber como ficou o aleitamento?

    1. Renata

      Linda história.
      Adorei o depoimento.
      Comentários desagradáveis as pessoas sempre fazem, às vezes sem perceber… agora cabe a nós absorver ou não…
      Tenho duas, com uma diferença maior também por opção.
      Mas realmente também fiquei em dúvida com relação a amamentação.
      Amamentei grávida sem saber, minha filha já tinha 1 ano e 3 meses, mas eu não tinha forças porque estava sendo sugada de todas as formas… não consegui…
      Abraços

    2. Anne Lima

      Também quero saber sobre o aleitamento. Minha filha tem 1 ano e mama muito ainda. Como conciliar a amamentação dos bebes.

  2. Erika

    Eu tenho duas meninas exatamente da idade dos teus filhos, uma do dia 18 de abril de 2013 e outra de 14 de abril de 2014, e gostei bastante de ler sua história, bem diferente da minha, mas igualmente maravilhosa!

    1. bruna

      Erika , tudo bem ? Queria saber de vc , se sua gravidez foi tudo normal ,ou teve que ter um acompanhamento mais vigiado ? Pelo fato das gravidez próxima.

  3. Mariana

    Ola, Andresa
    Meu caso bem parecido com o seu mas foi um acidente. As pessoas realmente criticam demais algumas decisões que as pessoas tomam.
    Graças a Deus meus filhos são saudáveis lindos e bênção na minha vida.
    Tenho uma princesa de 1 ano e oito meses e um príncipe de 4 meses

  4. BEATRIZ

    Parabéns pela sua escolha. Eu tive minhas filhas com 18 meses de diferença, é bem mais que vc mas ouvi os mesmos comentários (você que quis? ou escapou? que loucura! mas são 2 bebês!). E concordo que a gente aprende a se virar, hoje eu acho muito fácil quando estou só com uma em casa.
    Abraços

  5. Cilene

    Que historia linda meu Deus… eu tenho um bebe de 7 meses e sou loooouca pra ter mais um, so nao agora por questao financeira msm. Parabens pela sua historia d amor e dedicaçao com sua familia, serve d inspiraçao rs…

  6. Poliani

    Olá ! Adorei o depoimento ! Vai valer muito pra mim tenho certeza! Tenho uma filha de 7 meses e estou grávida de 5 meses ,,,, se Deus quiser tudo data creto sim ! Bjo

  7. Vanessa

    Isso também aconteceu conosco, mas não foi planejado.. em 2012 engravidei e perdi meu bebe no comecinho da gestação. Um ano depois, depois de varias tentativas, engravidei da minha gorda, Maria Vitória. Faltando 3 dias para ela completar 3 meses, engravidei…. rsrs
    foi totalmente inesperado, pois achava que era meio impossivel, mas nosso principe está para chegar… janeiro pinta por ai, e estamos completos e felizes!
    bjos pra vcs!

  8. Tamara

    Me identifiquei muito com esse depoimento. Tenho dois filhos Theo de 1 ano e 4 meses e Thomaz de 6 meses. Muitas pessoas fazem comentários desagraveis, como se eu fosse louca em ter tido dois filhos próximos. Mas amo muito isso tudo, sempre quis ter mais de um filho e pretendo ter mais um, quando falo isso ai que as pessoas me olham estranho. E aqui em casa nao tive problemas nenhum com ciúmes tbm, e sim por excesso de amor igual á vc. Nós todos nos amamos e o amor faz tudo dar certo.

  9. Paula

    Adorei esta história, me identifiquei! Tenho filhos com exatamente 2 anos de diferença e ler este me fez perceber que é possível e outras pessoas tbm escolheram o mesmo para suas vidas! Mesmo com muitas pessoas dizendo que sou louca ou que vou me arrepender. Tenho muita alegria ao ve-los juntos comigo e saber que todo este trabalho que estou tendo agora logo passa e será sempre sorrisos. Super legal!!!

  10. Daniela

    Parabéns ter dois bebês com Menis de um ano de diferença, é realmente uma pessoa iluminada e abençoada! Linda família.

  11. Viviane

    Que depoimento lindo! Me emocionei…. Eu tbm passei por essa situacao mas do lado oposto, tenho 27 anos e um irmao de 26 e posso dizer que eh mto bom, sempre fomos unidos e mto amigos, hj saimos juntos e temos o mesmo circulo de amizade!!!!! E… Como nada eh por acaso, sou casada ha 2 anos, tenho uma filha de 1 ano e 4 meses e estou gravida de 3 meses…. Isso q vc citou no seu texto eh mto verdadeiro, a escolha foi nossa de ter filhos seguidos, nao quisemos esperar, isso nao foi acidente, foi um presente de Deus em nossas vidas!!!!! Parabens pelo seu texto foi maravilhoso!!!!!

  12. Monica

    Parabéns Andressa por ter coragem de realizar seu sonho, por ter assumido com tanto amor a maternidade e suas dificuldades, Deus continue te abençoando e aumentando o amor no seu lar.

  13. Giandra

    Que história linda!! Senti amor em cada palavra desse depoimento!
    Parabéns aos papais pela escolha e confesso que fiquei tentada em ter uma nova gravidez!
    Minha bebê tem 7 meses e queremos ter mais filhos.
    Lendo esse depoimento, percebi que é possível, mesmo que difícil e que onde tem amor tudo fica mais fácil!!!
    Shirley!! Amo sua página!
    Venho aqui todos os dias!
    Beijos e felicidades!!

  14. Fabiana

    Uau, inspiradora essa história! Tenho uma bebê de um ano e quatro meses, minha vida! Uma princesa de tão boazinha que é, a ideia de ter um pertinho do outro faz muito sentido, considero um ato de coragem! Pelo meu marido já estaria gravida novamente, mas eu ainda não sei se quero ter mais filhos, parabéns e muita saúde pra família!bjs

  15. Tatiana tournieux

    Li sua historia como se fosse a minha! So nao foi igual pq apesar de começar o ac folico com 2m pos parto so engravidei qdo a maior estava com 4m (em amentacao exclusive e eu defendendo minha tese de doutorado, alias, btw sou medica e voltei a trabalhar com 40d pos parto!)
    Ai infelizmente perdi 2 gravidezes entre uma e outra (sendo q a 2a cheguei a 16s) mas n desisti, e entao, com 2a exatos (2d de diferenca) nasceu nossa 2a princesa!!!! Eu n tive nada na gravidez, entao amei tudo tudo! Ate qdo estava dormindo no max 1h inenterruodamente, eu continuava a dizer q ainda ia pro 3o! Amo td!!!!
    A menor acabou de completar 5m, e so nao engatei o 3o pq meu utero estava um papel e a GO quer q eu espero 2a! (Mas qdo completar 1, vou negociar!) rs!!!
    A maior é uma paixao com a mais nova! Tb ja peguei ela dentro do berço! Kkkk

  16. Adriana Rocha

    Quanto AMOR!!

  17. Andreia Lino

    Que mãe coragem

  18. Mari CamargoS

    Estou vivendo exatamente este momento. Grávida de 36 semanas do meu 2o filho e comemorando 1 ano de idade da minha 1a filha. Por aqui não planejamos nada, o presente veio sem avisar! Ainda não sei como será este dia dia , acredit q um grande desafio!!!! Mas com certeza uma soma à nossa família.

  19. Eu tbm quis ter filhos bem perto um do outro, pra evitar ciúmes… Diego nasceu e um ano depois nasceu Iuri. Eles cresceram muito unidos e sempre foram muito amigos… Nunca ouve disputas entre eles. Foi dificil, nao nego, mas foi minha melhor escolha…

  20. Thais Paes

    Muito bom ler este depoimento, estava precisando. Minha situação è bem diferente tenho um garotão de 1 e 3 meses e acabei se saber que estou gravida do segundo no susto, bem na fase do marido desempregado. Vai ser bem dificil as criticas ja chegaram mais as fraldas ainda não rsrs. Muito bom ler este relato e saber que è possivel sim. E que venha mais um filho esperado.

  21. Renata Alvim

    Andressa querida que coragem a sua! Desculpe a minha cabeça pequena mas só penso que é uma mulher de muita coragem. Fico aqui com uma lista de mil perguntas de como você consegui/consegue!!! Mas também tenho a resposta pra todas as perguntas, mãe sempre consegue tudo!! Enfim… Parabéns é que Deus continue a abençoar a sua vida e dos seus filhos, não tenho dúvida do amor sem fim que existe entre vocês!! Muito bonita a sua história. Foi bem engraçado tbm ler o textos na parte que diz que as pessoas sempre acham que foi um “acidente” e não um opção, por que vim ler o texto achando nossa que susto ela deve ter levado!! Kkk Mas você deve estar acostumada com essa frase! Hehe… Beijo pra vc.

    Só uma pergunta… Você amamenta os dois!? (Essa eu não sei a resposta!!!)

    Bjs

  22. Leticia

    Bom é quando podemos contar com os avós por exemplo, eu tenho uma filha de 2 anos e 3 meses e nunca tive ajuda de ninguém, sempre foi muito dificil, a Beatriz sempre foi ruim de dormir e até hoje é assim.

  23. Érica

    Olá! Sou tentante a quase dois anos e acompanho o blog a um ano…. Meu sonho sempre foi ter gêmeos…. Ou trigêmeos…. Já acostumei a ser chamada de doida….. Rss. Ao ler seu relato, percebi que podemos fazer outros arranjos para ver os irmãos crescendo juntos. Se eu tiver uma saúde de ferro como a sua, é claro! ;). Penso que no início as coisas são um pouco mais tumultuadas, mas o jogo de cintura, o companheirismo do parceiro e o amor ajudam a vencer as fases! Lindo relato ! Que Deus continue abençoando sua família!

  24. Priscila

    Oi Andressa!!! Fiquei encantada com sua história!!! E olha… parabéns! Difícil ler um depoimento como esses hoje em dia… onde as pessoas demoram cada vez mais para terem filhos ou ainda depois do primeiro já param, devido a correria que a vida traz. Eu tenho 27 anos e sou mãe de uma menina de 1 ano e 1 mês… também quero logo no início do próximo ano tentar engravidar de novo. Mas me lembro de momentos após o parto, quando estava no quarto amamentando ela pela primeira vez, virei p meu marido e disse: “Ela não é linda?!?! Quero mais!” rsrs Ele arregalou os olhos e disse q eu estava doida… mas enfim… esse foi meu desejo desde que engravidei dela, ou bem antes disso! Quero ter mais filhos… se assim Deus me permitir. Mas diferente de você, não pude ter tão perto um do outro… digamos que meu marido não deu apoio p outra gravidez assim tão rápido. Mas enfim… te desejo toda sorte do mundo c sua família… ou melhor… nem precisa de sorte, né? Em uma família que se vê o amor como a sua… incrível!!!! Obgda pelo post… amei!!!! Bjos

  25. MONA SILVA

    Me arrepiei a cada parágrafo. Que maravilha!
    Sinceramente, gostaria de encarar uma nova gestação, ter mais um filho, não agora, rs.
    Felipe está com dez meses e agora consigo “respirar” melhor.
    Deus abençoe ainda mais à vocês quatro. Família linda! E que mulher guerreira você é!

  26. Gheisa

    Adorei história, planejada ou não é uma família linda e merece respeito. Eu e meu irmão somos iguais seus filhos, separados por 2 dias. Eu mais velha faço dia 28 e ele um ano após faz dia 26, sempre achei o máximo ficar dois com a mesma idade do meu irmão, era como se ele pudesse me alcançar, rs rs. Vou te dizer que nos aprontamos muito quando criança, deve ter sido um trabalho louco para minha mãe, mas somos tão amigos que valeu a pena. Hoje tenho minha filha, não tive coragem de fazer do mesmo jeito da minha mãe por vários motivos, mas queremos que o próximo tenha no máximo 2 anos de diferença. Que sua família seja uma inspiração, com amor o tempo se refaz. Parabéns!!

  27. Bruna

    Nossa, que depoimento lindo. Me emocionei! Tenho um bebê de nove meses e já começo a sentir o desejo de ter outro, mas me dá uma pontinha de medo se vou conseguir. Infelizmente, como trabalho fora, dependo do auxílio da família e da babá pra cuidar do Rafa e isso torna mais pesado a escolha de um segundo filho por agora. Mas seu testemunho me motivou um pouco…rsrsrsrs bjoss ;)

  28. Flavia Botelho

    Andressa parabéns, pelo amor, dedicação e principamente disposição.
    Muita saúde para seus bebês e para vocês pais.

  29. Rafaella

    Andressa,
    Fiquei emocionada com o seu relato!!
    Parabéns pelo amor, dedicação, coragem e sabedoria na decisão.
    É disso que as crianças precisam, pais amorosos, seguros, disponíveis.
    Obrigada por compartilhar sua história conosco!

    Bjs

  30. Daniela

    Andressa minha vida tbm é muito parecida com a sua, tenho dois bebês em casa Miguel com 2 anos e Melissa com 9 meses, tbm por opção e ainda mais dois filhos de 14 e 10 anos… Trabalho em casa, mas tbm sou enfermeira e administradora ufaaa! A enfermagem não atuo mais trabalho somente com minha empresa e criação dos filhos, e todas as minhas gestações sofri com hiperemese o que dificultava um pouco mais os meus dias, mas estou aqui firme, forte e feliz para enfrentar cada dia nesta loucura deliciosa de criar meus 4 filhos tbm com a ajuda é claro de meu esposo quando não está viajando a trabalho!!!

  31. Natasha

    Que coisa linda esse relato gente! Muito amor mesmo em cada palavra…até fiquei com vontade d ter feito a mesma coisa, meu bebê tá com 1 ano e 1 mes.. mas não sei… fico nessa contradição … kkk
    Mas parabéns e q Deus abençoe muito essa família! Gostaria de saber também se vc conta com a ajuda d alguém dentro da sua casa, uma empregada ou babá… Beijos!

    1. Andressa

      Oi Natasha!

      Uma vez por semana eu tenho uma moça que me ajuda com a casa, dá uma limpada nas coisas mais pesadas e passa as roupas (meu Deus como criança se suja!). Nos outros dias eu dou conta da limpeza mais básica e lavo as roupas, meio que me viro nos 30.

      Meus pais me ajudam sempre que preciso.
      Umas quatro vezes por mês eu tenho que instrumentar cirurgias, além disso surgem compromissos inadiáveis como exames médicos ou outros relacionados à trabalho, nestes dias minha mãe vem na minha casa e fica umas horinhas com as crianças.
      Como meus pais trabalham eles não podem ficar direto com as crianças, mas sempre que é possível eles quebram um galho e me dão uma ajuda. E isso é uma grandeee ajuda, porque fazer qualquer coisa com duas crianças nessa idade é praticamente impossível.

      Beijos

  32. Luana

    Que lindo, tenho dois filhos tbm com 1 ano e 9 meses de diferença no meu caso nao foi planejado mais foi desejado e amado desde o momento que soube da gravidez tbm, tbm tenho muita ajuda do neu marido e dos meus pais e bom saber que existem mais pessoas como nós

  33. Bruna

    Parabéns Andressa!!! Que história linda!! Meu bebê o João está com 3 meses e não vou negar, não vejo a hora de programar um irmãozinho ️ou irmãzinha pra ele, vc me deixou mais animada. Um bjo pra toda família.

  34. Tatiana Cali

    Que história mais louca e LINDA !!!! Rsrsrs. Que bom que tudo deu certinho como vcs queriam !!!
    Parabéns !!!!

  35. flavia

    Lindo! mas e a amamentação do João? teve que parar? pergunto pq minha neném tem 40 dias e ja estamos estudando mais um…

  36. thaysa

    Tenho 3 filhos, a mais velha fará 6 anos próximo dia 19, o do meio fez 5 dia 09 do mês passado, a diferença é menos de 11 meses
    ! E o caçula completou 2 anos em julho! Mãe completamente realizada!!!

  37. Lidiana Mendes

    Linda História…Tenho um bebê de 1 ano e 2 meses e muita vontade de ter outros filhos…Abç

  38. Camila

    Olá!
    Tenho 2 bebes em casa também!
    Daniel de 2 anos e Ester de 1 ano, foi um susto no início,mas mesmo com a correria não trocaria o que eu vivo por nada nesse mundo!

    Bjos

  39. Maísa

    Que Deus continue abençoando vc e sua família linda!Aprendi mto com seu depoimento!Tenho dois meninos,João Pedro de 6 e o Rafael de 20 dias!

  40. Camila

    Que linda história! Bem como eu sempre pensei, em ter meus bebês com pouca diferença. Hj meu primeiro está com 3 meses e eu já penso no outro. Quando comento com alguém escuto de tudo.
    Cada um pensa de um jeito né..
    Parabéns!!!

  41. Lara

    Linda e emocionante história!!! Parabéns pela família e pela mãe maravilhosa que tenho certeza que você é!
    Me identifiquei, mas no meu caso, minha bebê nasceu em outubro/2013 e adotei um menino de 5 anos 2 meses depois… Hoje a Isabela está com 1 ano e 1 mês e o Carlos com 6 anos… eles se amam mto, é muito gratificante ver os dois juntos! Amo demais os meus pequenos, sou completamente feliz e realizada com a vida de mãe! Um grande beijo

  42. Lara

    Linda e emocionante história, parabéns!!! Que Deus abençoe a sua família!!!
    Quando minha bebê tinha 2 meses eu adotei um menino de 5 anos. Hoje, 1 ano depois, tenho certeza de que foi a melhor escolha da minha vida… é lindo ver os dois juntos, é muito amor!!! Completamente feliz e realizada com essa vida de mãe de dois!!! Um grande beijo

  43. Thais

    Linda história!!!! Parabéns pela linda família que vocês construíram.

  44. Samara

    Uau!! que história mais linda!! da vontade de imprimir e mostrar pra todo mundo que faz cara de espanto quando digo que quero mais um logo! meu bebê tem oito meses e eu sou louca pra ter outros… Boa sorte com a família linda!

  45. Aline Souza

    Achei linda sua história. A minha é parecida só q multiplica por 2. kkkkk… Tenho 4 filhos. O João faz 7 anos dia 5 de dezembro. O Emanuel tem 4 anos. O Pedro tem 1,7 meses e o Tiago tem 3 meses.
    eu ouço os mesmos comentários q VC, até pior. me dizem q dizem q sou louca por ter tantos filhos em idade pequena mad eis filhos são bênçãos de Deus pra mim.
    Obg por me lembrar o quanto meus filhos são importantes mesmo com toda dificuldade e td trabalho q eles dão.
    Obrigada e feicidades p vc e sua família.

    1. Ana

      Aline. Gostaria de saber se sua última gravidez foi tranquila ou teve mais acompanhamento pelo fato de ser tão próxima ? Bjos

  46. Karol Cruz

    Meus parabéns que história linda , estou grávida do meu segundo filho que sera.uma menina e já tenho um filho de 1ano e 10 meses RS e estava sim nos nossos ppanos ter mais um filho mas por enquanto estávamos focados em outras coisas como ter nossa casa própria no momento, mas assim q descobri a segunda gravidez confesso tive medo e não soube lidar no começo mas depois Deus me deu graça para entender que era o melhor momento meus filhos irão crescer numa diferença boa de idade e mesmo o Victor sendo já maiorzinho e entendendo eu terei que ter muita calma para q ele não sinta tanto ciúmes e venho trabalhando isso desde agora na gravidez. Agora estou muito feliz ainda mais que vou ter um casal dr filhos em casa e pelo meu marido nos teríamos mais rsrs achi que é porque ele só a tem uma irmã mas agora vamos nos previnir para que se houver um próximo. Bebê estejamos mais estruturados e com nossos um pouco maiores com media de 8 9 anos pra cima kkk .Mas fiquei muito feliz d ler a sua história só quem passa pela experiência de ter o segundo filho bem próximo do primeiro sabe o quanto é desagradável ouvir os comentários das pessoas, mas o que importa pra mim mesmo é a minha familia e nossos sentimentos em relação a isso e nada mais. Beijos queria ver fotos do seus babys RS e mais uma vez adorei ler a sua história achei bonita. Que Deus continue abençoando a sua família.

  47. Simone

    Nossa to aqui em lágrimas. Tenho uma filhinha de 1,3 meses e grávida de 8 meses. Choro todos os dias com medo de não conseguir cuidar direito dos dois. Lendo seu depoimento me emocionei muito. Acredito que Deus nos prepara pq sabe que somos capaz. Parabéns a vc !

  48. Andrea Patrícia

    Linda história, linda mesmo! parabéns!

  49. Juliana Abreu

    Amei seu depoimento. Até chorei de emoção.

    Minha filhinha completa oito meses amnhã e também pretendemos ter mais uma criança logo. Comentamos esses dias com os amigos e o que não faltou foi crítica.

    Mas gostaria de te parabenizar por conseguir construir uma família tão maravilhosa! Seus filhos serão sempre companheiros e irão te agradecer eternamente por sua escolha!

    Grande beijo!

  50. Erica

    Gostei de ter lido seu depoimento! Estou com uma bb de 5 meses e quero ter outro, com seguidinho e td mundo me chama de louca, como vc mencionou aí. rs

  51. Paloma Yasmim

    Também estou passando com uma experiência parecida, meu filho tem apenas 10 meses, e descobri essa semana que estou gravida novamente, estou desnorteada, pois minha primeira gravidez foi muito turbulenta, engravidei do namorado, casamos apos alguns meses separamos, depois voltamos novamente, mas moramos em casas separadas por não ter condições de morar juntos pois só ele trabalha, estamos ainda sem conseguir entender direito o que está acontecendo, foi tudo no mesmo tempo, estou terminando minha faculdade agora, e sinceramente não sei como vai ser nossa vida daqui pra frente, sei que vão ter muitas criticas, nossas familias vão nos crucificar, mas Deus so dá a cruz a gente que ele sabe que podemos carregar e se Deus quiser tudo vai dar certo.

    1. Macetes de Mãe

      Vai dar tudo certo, Paloma!
      Fiquem bem :)
      Bjs

  52. Izabela

    Olá Andressa, amei sua historia, no meu caso realmente foi um susto pois engravidei quando minha filha estava. Ok aprnas dois meses, mas eu so descobri a gravidez com21 semanas, agora. Om 26 semanas estou curtindo bastante, meu marido ta super feliz, minha unica preoculpacao era minha filha sofrer de alguma maneira, mas agora com esse depoimento lindo eu tenho certeza de que vou conseguir, sobre as criticas levo sempre na brincadeira, mas na maioria das vezes os comentarios foram positivos!
    Beijos e parabens pela sua familia linda!

  53. Katia

    Que lindo seu depoimento. Cmg aconteceu parecido, mas foi um “acidente”. Meu filho tem 10 meses e estou gravida de 5 meses. Ainda estou assustada e com medo. Por isso é bom ouvir que deu td certo. Parabéns pela escolha de vcs.

  54. Aline

    Chorei litros!!! E embora tenha dado mais distância por n motivos, achei linda a sua história, sua coragem (mais para aguentar as críticas do que pra cuidar de dois ;) ) Parabéns!!!

  55. Camila

    Eu tbm tive um atrás do outro quando o miguel tinha 3 meses descobrir q estava grávida levei um baita susto pq não imaginava que seria tão rápido. Quando Daniel nasceu o miguel não tinha nem 1 ano ainda eles são do mesmo mês ficam com a mesma idade 7 dias. Por um.lado achei muitoo bom pq eles crescem juntos brincam juntos e todo mundo pensa q eles são gêmeos por um lado até q são rsrsrs.

  56. Cristiane

    Engravidei depois de 6 messe da primeira. Foi complicado no início tive enjôo e outras coisas qUE não tive da primeira. Mas foi a melhor escolha hoje estão com 7 e 6 anos independentes pra quase tudo e muito amigos. Fizemos a melhor escolha com certeza😊

  57. Francilene

    Olá comigo aconteceu isso tbém, mais sem planejar.. Engravidei qdo sai do resguardo e só descobri com 6 meses de gestação… Isso com meu marido já feito a vasectomia.. Qdo ele fez a vasectomia eu já estava com 2 meses de gestação e não sabia…

  58. Claudia

    Muito legal! Mas o meu caso já acham que deu a loka em nós lah em casa * tenho gemêos e estou gravida dinovOOOO pensa que loucuraaaaa rs

  59. Jaqueline Santos

    Chorei bastante com as palavras de motivação, estou grávida de 5 meses e meu filho tem um ano, as pessoas jugam o tempo todo, pois não foi planejado, só com o olhar as pessoas nos trasnsmitem uma sensação de pena como se fosse uma doença terminal, mas sinto uma alegria imensa de estar esperando uma linda princesa para ser irmã do meu príncipe. bjos

  60. Kelli

    Bom dia, meu nome é Kelli, tenho 32 anos e três filhos. Lucas com 15 anos, Gabriel com 5 e Alice com 3 meses.
    Alice minha doce Alice quando descobri que estava grávida novamente fiquei muito feliz só que como eu ja tinha dois meninos veio o medo de vir outro menino, mais passando-se oito semanas fiz a sexagem fetal que deu o resultado que era uma menina, minha emoção foi enorme pois era meu sonho ter uma menina, preparei tudo com muito carinho e minha princesa chegou ao mundo em 14 de novembro de 2015, com 3,520 kg minha bonequinha, sonho realizado.
    Só que havia mais ou menos umas duas semanas que eu estava me sentindo muito mal, dor no corpo, dor de cabeça, muito desânimo e vontade de ficar só deitada. Então falei para meu esposo ir ao hospital comigo, fomos chegando lá o Dr me fez algumas perguntas e pediu uns exames, fiz os exames que o Dr pediu e de repente o susto, descobri que estou grávida novamente, minha Alice só tem 3 meses e estou grávida de novo, ainda estou muito abalada, sem saber o que fazer, preocupada como vai ser pois não estou preparada para ter outro bebê agora, não estou preparada emocionalmente e nem sociologicamente. Fiquei em estado de choque quando o Dr me deu a notícia e até agora mesmo com o exame positivo ainda está difícil de acreditar, não sei o que fazer e na verdade estou escrevendo aqui até para ter uma ajuda de vcs, uma palavra, não sei o que puder pois não sei o que fazer e nem como fazer.
    Críticas eu sei que viram aos montes e eu me incômodo muito com isso, só preciso ouvir um Conselho, uma palavra amiga sabe.
    Desde já agradeço o carinho e a compreensão de todos.

    Kelli

    1. Shirley Hilgert

      Kelli, muitas mães tem 4 filhos. Minha sogra mesmo teve 4 filhos. No início é um susto, com certeza, pois não foi planejado, mas no fim você vai amar igual e dará um jeito de resolver as coisas. Mãe sempre consegue. Parabéns pela chegada de mais um bebê. Felicidades para vocês! :-)

  61. Luciana

    LiNda história sem duvidas, mas no meu caso não dá! Sempre sonhei em ter uns 3 filhos mas ultimamente
    Venho pensando ao contrário! Estou gravida de 31 semanas e sofrendo muito com a hiperêmese gravidica que me acompanha até o final! Meu filho foi muito planejado, aconteceu na hora certa! Mas sofro muito
    Com as internações, emagrecimento, desidratação que pra mim é impossível passar por isso de novo com um bebê pequeno! Eu fico de repouso 24 horas por dia! Minha irmã tb teve hiperemese gravidica té os 9 meses das duas gestações que teve e quando ela engravidou da última vez foi um sofrimento só pro filho mais velho, pq ela morava no hospital e ele nao podia ficar lá! Foi triste, foi um horror então não gostaria que meu filho passase por isso!

  62. Milca

    Gostei muito da sua história. Tenho 2 príncipes um de 2 anos e um de 3 anos. Não é fácil, mas com carinho e paciência as situações do dia a dia vão melhorando. Temos uma rotina. .. o que para minha família é essencial, trabalho de manhã enquanto estão na escola e a tarde fico com eles. Leitura é nosso maior roby… no começo eles rasgavam todos os livros, mas nunca deixei de compra-los. Agora nosso acervo de livros está crescendo. … rsrsrsr… porque pararam de rasgar os livros. Ter filhos, uma família era um sonho para mim, e hoje vivo o que desejei no meu coração. Deus abençoe cada mamãe aqui desse blog… com amor, cuidado e disciplina nós venceremos, confiantes em Deus.

  63. Iara

    Adorei o depoimento. Estou passando por um momento muito parecido. Meu bebê tem 1a 3m e estou grávida de 28 semanas. Foi tranquilizador ler este depoimento. Obrigada.

  64. andriele

    Pois bem meninas tenho um menino de 7 anos um bebe de 9 meses…e meu esposo não para de fala que quer ter outro filho eu sinceramente não sei o que faço um pouco eu quero mas ao mesmo tempo não quero tô endecisa..ele quer que se criam juntos..
    Pois eu tenho medo, insegurança sei lá.. Pra mim parece loucura..mas ao mesmo tempo digo que e bom só assim aproveito o embalo do outro…

    Adorei ler os comentários de todas

  65. Rayssa

    Andressa
    Estou passando pela mesma situação seu depoimento fez mudar todos os meus pensamentos.
    Muitíssimo obrigado você me emocionou.

  66. Ana

    Meninas, vcs que tiveram bebe prox…

    Eu estou com uma bebe de 3 meses e já gostaria de engatar o próximo, mas fico preocupada pois não sei se podemos fazer 2 cesareas seguidas. Alguma de vcs fez 2 cesareas seguidas? Quanto tempo de diferença de uma para outra? Teve risco?

  67. Rosangela Costa

    Olá Boa tarde sou nova aqui então tenho um filho de dez anos um bebé de um ano e foi gravida de novo pés do a deus que me der força e saúde para dar tudo certo

  68. Larícia

    Eu também engravidei 04 meses apos uma cesariana, hoje meu filho tem 08 meses, estou gravida de praticamente 05 meses e ainda não me acostumei muito com a ideia, mas essa historia me incentivou muito, adoro ver mulheres guerreiras assim, Parabéns! Ah, e detalhe tenho 25 anos rs

    1. Pamela

      Oi como vc faz na amamentação vc dar mama no peito pro mais velho enquanto tá grávida ?

  69. Barabr

    Boa tarde! Tenho gêmeos e meu medo é de uma ruptura do útero, pois pretendemos terem mais um filho ou dois logos! Seu médico não falo nada sobre os risco! Iremos tentar após 11 meses deles!

  70. Daniela Leporati

    Adorei sua história, e ter dois arianos em casa não deve ser muito fácil não…rsrsrsrsrs

  71. Emanuelle Quiloti

    Que historia linda. Me deu ate vontade de tentar o segundo agora 😊 Sou mae da princesa Sara de 2 anos e 10 meses. Parabéns!

  72. Vin

    Voce deve ser a bruxa do tempo, dois nenens, 2 cachorros e uma gata e ainda tem tempo. Da conta da casa, roupas, e dos 3 pets em 1 hora de soneca das crianças??? Bruxa bruxa bruxa. ;-)
    Parabens e muita sucesso pra famíla.

  73. Margarete

    Nossaaaaa S2…parabéns!!! estou grávida do meu primeiro filho (a), e ainda fabulando como será a rotina com o meu pequeno, sua história é encorajadora. :D

  74. Heloísa

    Está na hora de um novo depoimento. A Andressa já tem 3 filhos! rsrs

  75. Paula

    Nossa que linda história,me deu muita coragem…tenho uma filho de 9 meses e estou grávida de 3 meses e meio…estava com muito medo,mas depois desse relato vi que tudo é possível….Muito obrigada e parabens

  76. Odi

    Tenho uma filha de 1 ano e 3 meses e não me imagino com mais um bebê, desde que ela nasceu eu digo q não quero mais, pelo menos por 5 anos, apesar da gravidez e o parto super tranquilos, vida de quem trabalha fora é muito corrida, não quero ter muitos filhos e não poder curtir, meu marido sai 4:30 da madrugada para trabalhar e eu acabo tendo q me virar com tudo sozinha, minha vida ja é uma loucura, só quero mais se eu puder me dedicar a eles, não quero que a creche crie meus filhos. Mas parabéns pela sua coragem e disposição.

  77. Elaine

    oi tenho 27anos ,tenho bêbe de 4meses e tou gravída de 1semana ainda tava processando o assunto porque o meu filho ainda é pequeno mas depois de ler tudo isso,agora tou segura que tudo é possível quando temos fé,se Deus me deu que fazer se não agradecer ,Adressa obrigada tudo de bom bjos!!!!

  78. Denise

    Que história linda e inspiradora! Perdi meu bebê há 02 meses (aos 7 meses de gestação) e vivo um misto de dor e saudade, um amor que não se acaba.
    Obrigada por nos presentear com sua linda história, que encanta e traz esperança. Que Deus abençoe essa linda família!
    bjks

Deixe seu comentário