Dicas para a transição do banho de banheira para o banho de chuveiro

Na semana passada, resolvi começar a dar banho no Leo de chuveiro. Sim, com 2 anos e meio eu ainda dava banho nele naquelas banheiras com suporte e, além dele quase não caber mais lá, já estava bem perigoso por conta do peso dele (a indicação é que se use esse tipo de banheira até um ano ou 10/11kg. Eu passei bastante disso, mas jamais deixei o Leo dentro da banheira sem supervisão).

Confesso que, nesse caso, eu optei pela praticidade e por isso eu demorei tanto para tirá-lo da banheira. Para mim, era fácil colocá-lo lá e não ter que me agachar para dar banho. Só que agora, já no sétimo mês de gestação, levantá-lo não é a coisa mais fácil desse mundo e aí tive que mudar a dinâmica da coisa.

dicas para banho de chuveiro

Photo Credit: Rafael Peñaloza via Compfight cc

Como nunca tinha pensando muito no assunto, no primeiro dia que resolvi dar banho “de chuveiro” eu simplesmente coloquei a banheira no chão, coloquei o Leo dentro e abri o chuveirinho para banhá-lo. Achei que seria simples, que só eu que teria que me adaptar a esse novo formato, ele não. Mas que nada, eu estava errada! Leo estranhou muito a novidade, chorou bastante, queria sair a todo custo do box do banheiro e eu resolvi pedir ajuda aos universitários.

O que eu fiz? Publiquei um post na fanpage do Macetes de Mãe pedindo dicas de como passar o banho de banheira para o banho de chuveiro e, como sou muito querida (risos!) contei com a super colaboração das minhas amadas leitoras.

Foram, ao todo, mais de 1000 (isso mesmo, mil!) comentários dando dicas e compartilhando macetes  E é claro que eu anotei tudinho (muita informação se repetiu, é claro), coloquei várias coisas em prática (outras não foram necessárias, mas compartilho aqui) e em mais dois ou três dias o nosso banho de “chuveiro” não era mais uma guerra.

Assim, abaixo, compartilho com vocês as dicas e sugestões passadas pelas leitoras e, no final do texto, explico brevemente como é que eu estou fazendo e o que tem funcionado para a gente. Espero que curtam! Acho que o post ficou bem completinho e com muita dica simples, mas bem útil.

Dicas que ajudam na hora de passar os pequenos para o banho de chuveiro:

  • Forrar o chão do box com algum material anti-derrapante para a criança não se sentir insegura quando pisar no chão molhado e também não escorregar  (tapetes EVA ou de outro material anti-derrapante);
  • Seguir a técnica da transição, sempre muito indicada em se tratando de qualquer mudança na rotina da criança. Nesse caso, a sugestão é manter a banheira (ou usar uma bacia grande) no chão por um tempo e colocar a criança dentro dela, primeiro sentada ou direto de pé (fizemos isso, mas com o Leo já direto de pé), até ela acostumar e ficar direto no chão (e aí, sempre sobre uma superfície anti-derrapante);
  • Se usar o chuveiro para dar banho, evitar que saia muita água para não assustar a criança e também evitar que ela caia direto sobre a cabecinha;
  • Se preferir algo ainda mais “suave”, dar banho de chuveirinho em vez de usar o chuveiro. Muitas crianças preferem e aqui em casa estamos fazendo assim.
  • Seguir sempre a mesma ordem do banho, para a criança não ter surpresas: cabeça, corpo e pé, que é a mais indicada para a higiene.
  • Levar brinquedos para o box do banheiro, para a criança se divertir enquanto toma banho. Dicas:
    • Potinhos para a criança encher e esvaziar de água  (ou usá-los para dar banho em algum boneco);
    • Brinquedos que “crescem” na água – Leo tem um peixinho e um dinossauro que, quando colocados na água por algumas horas, aumentam de tamanho e, quando ficam fora da água, voltam ao tamanho normal. Assim, todas noites levamos um dos dois para o banho para ele crescer até o dia seguinte (aí deixamos dentro de um potinho de água no final do banho).
    • Canetas que escrevem no azulejo (e depois saem);
    • Adesivos de silicone que enfeitam os azulejos e/ou o vidro do box;
  • Levar a criança para escolher alguns brinquedos novos que serão usados no banho;
  • Usar banquinhos, um para a criança e outro para quem está dando o banho (alternativa para o caso da criança se negar a sentar na banheira, sentar no tapete antiderrapante ou ficar de pé).
  • Na hora de lavar a cabeça, evitar a todo custo que caia água e sabão no rosto. Muitas vezes, a gente acha que se evitar só do sabão entrar não vai arder, mas a verdade é que só água no olho também dói.
  • Na hora de lavar o bumbum, partir para a brincadeira: pedir para a criança colocar a mão na parede, ficar de costas para quem está dando o banho e agachar um pouquinho.
  • Na hora de lavar os pezinhos, também brincar: pedir para a criança colocar a mão no ombro de quem está dando o banho (ou na parede) e falar algo como “dá o pé, loro”. Eles se divertem!
  • Quando terminar o banho, fazer uma festa com a criança. Se ela ficou com medo, falar que ela foi corajosa, que deixou a mamãe orgulhosa, etc… Se ela curtiu, falar que amanhã terá mais brincadeira para deixá-la empolgada com a experiência. E encher o(a) pequeno(a) de beijos, abraços e carinho para ele curtir cada vez mais a experiência.
foto banho chuveiro

Foto que uma leitora querida me mandou mostrando como ela montou o espaço de banho do filhote para ficar seguro e divertido (e ele adorou). Tem enfeite na parede, brinquedos especiais de banho, um tapete “passadeira” bem colorido (desses que se compra de metro e corta no tamanho certo) e também uma bacia para o pequeno sentar e brincar dentro, se quiser. O tapete, segundo ela, costuma mofar, mas como não é caro, dá para ir trocando quando necessário. Ah! E no espaço do ralo ela recortou um pedacinho para não acumular água. Adorei! Não ficou uma graça?

Como nós fizemos/estamos fazendo aqui em casa:

  • Coloquei um tapete anti-derrapante no chão, para o Leo não se sentir inseguro quando pisar no chão molhado;
  • Coloquei a banheira no chão, sobre o tapete (ele fica de pé dentro dela pois prefere);
  • Levei para a banheira vários brinquedinhos que ele curte (principalmente os bichinhos que crescem na água, que mencionei acima) e também potinhos para ele brincar com água.
  • Dou o banho na ordem cabeça, corpo pés. Na hora de lavar os pés, às vezes ele senta, outras ele segura no meu ombro e levanta a perninha. Vai do que ele está a fim de fazer no dia.
  • No final do banho, faço a maior festa com ele, dizendo que ele foi corajoso, que a mamãe está orgulhosa e ele fica todo feliz.
  • Não abri o chuveiro ainda. Dou banho nele usando o chuveirinho pois achei dessa forma mais “suave”. Quando partir para o chuveiro, vou deixá-lo com uma pressão de água menor, para não assustar.
  • Em breve vou tirar a banheira porque acho que o tapete anti-derrapante vai fazer com que ele se sinta mais seguro que a própria banheira (já que ele fica de pé dentro dela mesmo).

Bom, gente, acho que é isso. Dei dicas gerais, para vocês testarem e definirem o que funciona melhor por aí e também contei como a gente tem feito aqui em casa. Espero que essas ideias ajudem e que o processo de transição banheira-chuveiro seja bem tranquilo. Ah, e lembrando que muitos pais optam por tomar banho com os filhos de chuveiro desde muito cedo e que não tem nada de errado com isso. Pelo contrário. Se for prático e confortável para os pais, também é excelente para as crianças, que se divertem e têm o vínculo do banho criado de forma ainda mais forte (sim, a hora do banho é uma ótima hora para aproximar pais e filhos).

19 comentários

  1. Vanessa Sayão

    Lá em casa tomamos banho de chuveiro com a Eduarda desde que ela tinha 6 meses… Hoje ela com 2 anos já encara o chuveiro super bem, pena que não dá pra anexar aqui um vídeo super fofo que fizemos com ela tomando banho, mas o grande problema é lavar o cabelo! Ela chora, fica nervosa na hora de enxaguar e é sempre um problemão lavar os cabelos dela! Mas ainda hoje, optamos por estar sempre dentro do box com ela tomando banho juntos!
    Beijos Shi e parabéns pelo sucesso no banho.

  2. Ana Carolina

    Adorei as dicas! Mas na parte do banquinho está escrito “abachar”…

  3. Ana Carolina

    Ops, é na parte de lavar o bumbum…

  4. Flavia Enelise

    Shirley, adorei o post, mas fiquei com uma dúvida: para você que está com um “barrigão”, não está sendo desconfortável essa novidade do banho no box? Pergunto isso porque tenho uma menina de 1a9m e também estou grávida (espero gêmeos) e apesar de estar apenas com 17 semanas minha barriga está semelhante a de uma gestante de umas 24 semanas hehehehe, e acho que não conseguiria dar banho no box, por conta de agachar, levantar, querendo ou não o esforço de quem dá o banho é maior né….. ! Eu queria começar esse processo também mas estou com receio…. ela ainda usa a banheira com suporte, eu só peço para o papai levá-la e retirá-la para eu não ficar me esforçando… Fale sobre isso por favor ;) Beijo!

  5. Marcela

    Olá! Achei muito bacana as dicas, mas também fiquei com a dúvida da Flavia…meu menino tem 1a4m e também toma banho na banheira com suporte ainda. Estou grávida de 7 meses e meu receio é não conseguir dar banho nele no box por ter que ficar abaixando, agachando…o esforço não é muito maior??
    Bjos!!

  6. Georgia

    Que bom que deu certo, Shi. Você sempre tão disposta a compartilhar. Amo seus relatos.

  7. Francine

    Adorei o post!! Mas pra minha sorte meu bebê ama tomar banho…e foi para o chuveiro grande desde o mês passado, com 4 meses…praticamente sem transição…um banho na banheira com o chuveirinho que ele achou o máximo e no outro dia ja estava fazendo festa no chuveiro grande, molhando a cabeça a tudo…é uma delicia…mas envolve papai e mamãe…o na verdade é mais uma coisa pra se fazer em familia…Bjos…

  8. caren

    Adorei a dica. Gostaria de dicas para tirar o peito do meu filho.

    1. Macetes de Mãe

      Que bom que gostou Caren!
      Tem posts sobre amamentação aqui no blog com várias dicas. http://www.macetesdemae.com/categoria/amamentacao
      Bjss

  9. Adri

    Olá!!

    Estou passando por esse momento também. Nunca pensei que seria tão difícil.
    Transição de banho de banheira para chuveiro.
    Inclusive estou grávida também, e a barriga dificulta bastante. Meu filho Samuel tem 2 anos e 4 meses, mas o pânico dele fica na hora do enxague do cabelo , ele não suporta agua no rosto. Por favor me dê uma dica. Como vc faz nessa hora?????

    Muito obrigada

    Beijão

    1. Shirley Hilgert

      Adri, nessa hora costuma ter choro sim. Um dia usei um óculos de natação e ele curtiu. Mas no dia seguinte já não quis saber. Lembro que eu chorava bastante também na hora de lavar o cabelo quando criança, então, acho que é meio normal e sigo lavando, mesmo com choro. Só tento fazer bem rapidinho. Bjs

  10. Janaina

    Amo seus posts! Me identifico muito! Gostaria de pedir dicas na hora da escovação… meu filho tem 2a e 2 m, pensa numa pessoa q já fez de tudo! Nem a Peppa e o George escovando o dente resolve… já estou ficando preocupada e confesso perdendo a paciência! Me ajuda!!!!!! Obrigada!

  11. Patrícia

    Oi Shirley,
    Aqui em casa começamos a nos aventurar no chuveiro com 7 meses. Hoje, a minha filha tem 1 ano e 1 mês e não tem medo nenhum e já aprendeu que, quando está embaixo do chuveiro, tem que respirar pela boca e não pelo nariz. Ela toma banho em banheira no chão embaixo do chuveiro, no colo ou até mesmo em pé embaixo do chuveiro. O nosso problema é o ralo que ela insiste em querer pegar e/ou pisar. Hehehe…
    Abraços!!!

  12. Natalia

    Dou banho de chuveiro no meu filho desde que ele tinha 15 dias, só esperei cair o cordão. No inicio como ele era muito novinho e molinho eu sentava em um banco dentro do box e colocava ele no colo dando banho com o chuveirinho. Logo após ele fazer 2 meses tirei o banco do box e comecei a ficar de pé com ele no colo embaixo do chuveiro mesmo. Ele tem 5 meses agora e sempre adorou a hora do banho, nunca chorou, e eu também adoro dar banho nele desse jeito.
    É um momento que ambos adoramos e compartilhamos.

  13. Keila

    Olá …amei essas dicas. ..o meu primeiro filho hoje com 3 anos..saiu da banheira com 2 ..usando tapete de e.v.a no chão. .brinquedos. .primeiro chuveirinho depois ducha. ..no entanto a exatamente 4 meses que ganhou um irmão. .só quer banho na banheira. …tem pavor de lavar o cabelo. ..Então dou uma toalhinha para ele cobrir o rosto e tem dado certo. …Agora vamos para o desafio de largar a banheira de novo. .bjs. ..amo suas dicas.

  14. Fernanda

    Ola, aqui em casa minha Clara Liz, toma banho no chuveiro desde 1 aninho, agora ta com 1 e 5, nao fiz nada de extraordinario na transicao, apenas conversei com ela antes , pois iamos viajar e nao tinha como levar a banheira , comprei aquelas viseiras de banho e ela adorou , coloquei chinelinhos e la fomos nos pro banho, curtiu do inicio ao fim o chuveirinho e hj eu chamo pro banho ela ja entra no box sozinha kkkk ,

  15. Daniela

    Olá,

    Aqui em casa o pequeno está com 1 ano e 7 meses e foi tranquilo. Comprei o tapetinho de borracha e as canetas lava e sai, abri o chuveirinho e fui mostrando pra ele e molhando de vaga, hoje é uma festa!!

  16. Luciana R N Ferreira

    Amei as dicas, meu bebê está com nove meses, mas quando chegar a nossa vez vai ser mais tranquilo pra mim e assim pra ele também!! ;-)

  17. Giovana Tempesta

    Ótimas dicas! Grata!

Deixe seu comentário