Mimimi de grávida

Gente, vim aqui fazer uma confissão. Eu sou uma grávida mimimi. Pelo menos, estou numa fase mimimi. É como seu eu estivesse vivendo uma TPM no meio da gravidez. Ou seja, gravidez por si só já deixa a gente meio doida, mas eu tenho umas fases que consigo ficar mais maluca ainda. E estou numa delas.

Nas minhas TPMs da gravidez eu fico ou super sensível, ou super irritada e, nesse mês, estou super sensível.

Quando a gravidez nos deixa loucas

Photo Credit: rahego via Compfight cc

Ontem, de manhã, ao sair de casa, o Leo abriu o berreiro porque queria tomar uma mamadeira de leite. Só que não era hora do leite, ele tinha acabado de fazer um lanche, a gente estava indo para o dentista (dele), eu já havia escovado os seus dentinhos e nós estávamos atrasados. Ou seja, não era fome e não dava para atender a esse capricho naquele exato momento. Assim, o que fiz foi colocá-lo no carro sem a bendita mamadeira e quase pirar com o ataque histérico que ele deu no trajeto até o dentista. Quando ele se acalmou, meu corpo doía e a minha vontade era de chorar, tamanho o stress. E aí, quando olhei para a carinha dele, também já recomposto e mais calmo, queria mesmo era me jogar do carro aos prantos, por não ter dado a tal mamadeira para ele (mas agora, pensando friamente, sei que fiz o certo e ponto).

Um pouco mais tarde, quase chorei na agência do banco. Quando cheguei, para resolver um problema criado pelo banco, minha gerente não estava lá. Fui orientada a falar com um outro funcionário. Corri até a mesa dele, sentei numa cadeira que estava até quente, e desatei a falar. Ele me olhou, com aquela cara de “Deus, o que deu nessa mulher?” e calmamente me explicou que estava terminando um outro atendimento e que eu teria que esperar um pouco. Quase chorei. De novo. De vergonha de ter invadido o atendimento de outra pessoa, de tristeza de ter que ficar esperando sei lá mais quanto tempo, de vontade de ir ao banheiro (eu estava estourando) e por mais N motivos que nem lembro agora (bem mimimi mesmo!).

E aí, para completar o quadro da dor, enquanto esperava ser atendida e me remexia na cadeira para não fazer pipi nas calças, recebi um email de uma leitora, que me deixou ainda mais para baixo. Ela fazia alguns comentários não tão bacanas sobre o blog e eu fiquei mal, péssima, arrasada, mimimi ao cubo. Mais vontade de chorar. De me esparramar no chão do banco chorando e pedir colo para primeira pessoa que passasse na minha frente.

Enfim, coisa de grávida, de mãe de dois filhos (um no ventre) que está encarando os terrible twos e o início do complexo de Édipo, cuja barriga está pesando e tornando um monte de atividades corriqueiras super difíceis de serem executadas e que sente que a sua cabeça não é mais a mesma e não consegue mais trabalhar como antes (crise criativa batendo forte por aqui). Ah, e claro, que está passando por um turbilhão emocional e hormonal que tem tirado ela dos eixos a cada meia hora. Simples assim!

Bom, aproveitei esse espaço para chorar um pouco as pitangas hoje. Desabafar. Acho que vou me arrepender, mas precisava falar sobre isso com alguém que não as minhas amigas via whatsapp, porque essas já devem estar de saco cheio da churumela.

E se você cruzar por aí com alguma grávida, meus conselhos são:

Pense duas vezes antes de falar qualquer coisa. Ainda mais quando for uma crítica.

Ofereça seu lugar na fila ou ajuda para colocar as compras no carro.

E, principalmente, entenda se ela surtar ou pedir um abraço.

Tem horas que a gente só quer sentir que a nossa loucura é, na verdade, bem normal.

 

57 comentários

  1. Juliana

    Eu tenho um filho de 3,5 anos, não estou gravida (mais seriamente pensando em tomar coragem para encarar uma gravidez em breve) e tenho muitas vezes essas crises, tudo muito parecido com vc! Adoro o blog, me sinto um pouco normal quando passo por aqui! Bjus

  2. Gabriela

    Oi Shirley, tenho uma menina da idade do Léo e um menino de 3 meses. A fase da gravidez foi cansativa (enjoos intermináveis até quase 6 meses e depois muito peso), tive meus momentos de mimimi, mas não desabafafa, queria agarrar o mundo com as pernas. O que posso te dizer é: relaxa! Sinta-se abraçada e tente não se cobrar tanto que tudo vai dar certo.

    O blog está ótimo, e as críticas podem ajudar de alguma forma, odeio ser criticada, mas temos que ver pelo lado positivo, né? Mesmo que as vezes o objetivo da pessoa seja denegrir.

    Fiquei com uma vontade de passar meu “zap zap”pra vc…rs. Mas sei que suas amigas te ouviriam numa boa e algumas já devem ter mandado msg depois de ler o post.

    Desculpe o texto enorme. Beijos
    (sou a mesma que falou no instagram que sonhou que batia um papo com vc…rs)

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada pelo carinho Gabriela!!
      Continue comentando :)
      Bjss

  3. Tammy Pires

    Shirley, querida!
    Meu abraço apertaaaado pra você! Estou grávida também, de 7 meses e meio e sei bem tudo o que você está sentindo, porque é o mesmo que eu! Se sinta uma louca bem normal aí! rsrsrsrsrs Coisas que antes não nos perturbavam agora tem o poder de nos deixar mal, tristinhas, querendo sumir. O trabalho cansa, as coisas de casa cansam, o marido cansa. Ontem falei para o meu marido, pára de me abraçar, está me sufocando! Quando finalmente dormi, acordei com a bexiga doendo horrores e lá vai para o milésimo xixi! As pessoas não entendem o quão frágil e sensível estamos. Pense no poder que você tem, sendo portadora dessa vida abençoada, seu bebê! Você é uma mae excelente e amorosa, e na minha opinião, seu blog está ainda melhor com a gravidez, porque os temas que você escreve tem batido certinho com muitas questões minhas. Quem te segue de verdade, deveria entender o seu memomento e te apoiar!
    Continue trabalhando, pois adoramos o que você compartilha.
    Beijos e abraços!
    Tammy e Mariana. <3

  4. Juliana Teixeira

    Olá, adorei o seu blogue, tb estou grávida de quase 5 meses e tenho uma pipoca de 4 anos. Tb ando assim mas o contrário irritada com tudo e com todos, o pior que o arrependimento bate depois e a vontade é mesmo chorar, já na minha primeira gravidez tb foi assim, acho que é normal no nosso estado. Um bjinho grande e parabéns pelos textos sempre interessantes!

  5. Nagela Cardoso

    Aprendi a lição! :(

  6. Joyce

    Como é bom se sentir normal!!! Estou grávida entrando no último trimestre e por vezes penso que estou louca! Uma filha de 3 anos e meio, uma gravidez, casa nova, e fim de faculdade. Estou vivendo coisas que não vivi na primeira gestação e saber que outras gravidinhas se sentem assim é um alívio!

  7. Flavia

    Meu abraço pra vc, Shi!
    Amo o seu blog, foi o primeiro que acessei desde que fiquei grávida (estou com 20 semanas) e é o blog com que mais me identifico! Vc é autêntica e, na minha opinião, não tem nada de mimimi, fala a verdade! Continue assim!
    Saiba que tem me ajudado demais!
    Sinta-se abraçada por essa leitora… Receba, mesmo que de longe, meu ombro amigo e meu carinho!
    <3

  8. Natália

    Tão eu esse seu comentário, me sinto exatamente assim com 27 semanas e um filho mais velho da idade do seu! Me conforta saber que não sou a unica “insana” neste momento…rsss…ultimamente tenho me sentido muito “carente” e me pego choramingando pelos cantos com coisas que antes sequer faziam parte da minha vida! Bom, continue compartilhando com a gente, faz muito bem! Beijos e melhoras….rssss

  9. Gabriela

    Que delícia ler esse post, como todos os outros, perfeito, amo amo amooo o jeito que vc escreve, principalmente seu jeito exagerado e divertido. Estou numa fase terrível de mimimi, qrendo me jogar no chão por tudo, e chorar igual criança birrenta. Estou grávida de 26 semanas, é meu primeiro bebê e tudo é novo pra mim. Tenho 2 empregos, faço hidro dps do expediente, ou seja, estou exausta, morrida rsrs e cheiaaaa de mimimis, mas me sinto mais aliviada por saber que toda essa minha loucura é normal :P.
    Parabéns pelos posts e continue cm eles, amoo de paixão.
    Beijinhos… Gabi e Benjamin :*

    1. Shirley Hilgert

      Gabi, que bom que você entendeu que o meu jeito exagerado é para ser divertido. Nem todo mundo entende. kkk! bjs

  10. Julia

    Ai Meu Deus, quase chorei com você!!! Não estou grávida, mas já fui uma, e sei bem o que está passando…

    Um abração à distância para você!

    Acompanho diariamente!

    beijo

  11. Cynthia

    Achei o seu blog ontem e não consigo para de ler os seus arquivos e tenho acho muito interessante.

    Parabéns

    1. Macetes de Mãe

      Que bom que gostou Cynthia!
      Continue nos acompanhando :) Bjs

  12. Maria Beatriz

    Um abraço gigante pra ti. Passei a pouco tempo por isso. Meu bebê só tem 4 meses, então recordo bem desses momentos. Tem horas que só queremos chorar e também um abraço. Concordo plenamente que não devemos falar qualquer coisa para grávidas, pois dependendo do teor da conversa podemos magoar e frustrar muito as futuras mamães.

  13. fabio

    Eu imagino o que vc esteja sentindo. Vejo minha mulher passando por muita coisa assim também em casa. Como sabe, temos uma filha de 2 anos e está gravida de 24 semanas. Passa pelas mesmas coisas que você.
    Mas, fiquei preocupado … será que tbm causei um pouco pra você pelos emails que mandei ontem (sobre o funcionamento do blog – refresh)??? Espero que não!!!
    Mas, sei que tudo vai passar, e vai ficar só uma lembrança estranha em meio a tanta felicidade com os pimpolhos.

    Bjs e abs.

    Fabio

  14. Karina

    Querida!! Estou de 36 semanas e minha vontade e te dar um abraço e passar a tarde falando, “desabafando” sobre o quão sensível estamos. Tem pessoas que não tem noçao do que é passar uma gravidez, assim como há momentos lindos, maravilhosos, inexplicáveis, há também aqueles que são super sensível. Sem contar os momentos em que as pessoas começam a ser invasivas em nossas vidas nesse momento tão nosso. Fique tranquila, tudo passa, não se sinta mau por isso, pense em você e seu bebê! E divida conosco, nada melhor que dividir com alguém que está passando o mesmo que você para ajudar e dar suporte. Fique bem! Beijo

    1. Shirley Hilgert

      Owwww! Obrigada pelo carinho! :-)

  15. Adri

    Oi Shirley. Chorei muito com você. Parece que saiu de mim todo esse desabafo. estou com 21 semanas da minha segunda gestação. Meu filho tem 2 anos e 4 meses. Me sinto feia, gorda, cansada, triste, tem pessoas que não consigo nem olhar mais. Gostaria de ter mais compreensão de alguns. As pessoas não entendem que a gente não precisa estar o tempo inteira feliz, sorrindo radiante,

  16. Tati

    Shirley! Adoro vc e seu blog! Acho que esse eh meu primeiro comentário, apesar de te acompanhar há muito tempo!!! Te entendi bem, apesar de não estar grávida, já passei por isso tbm! Tenho uma menina de 2 anos e 5 meses que as vezes me deixa tão maluca que tenho vontade de sentar e chorar!estou tirando as fraldas e as vezes não sei mais daonde vou achar tanta paciência ! Somos humanas né! Fique bem e tranquila!!!! Seu blog eh ótimo, verdadeiro, tudo de bom!!! Beijos com carinho!

  17. Tatiana Cali

    Estressa não, viu!
    A gente surta mesmo! E muito!
    Sinta meu abraço bem apertado e acredite, vai passar!
    Muitos beijos e chamegos pra vc!
    Tati.

  18. Cléo

    Melhor post de todos! Já estava pensando que era só eu. Eu VIVO surtada! Brigo por nada, tenho vontade de bater em quem as vezes nem fez nada! Ta tenso! Tem dias que não tenho vontade de sair do quarto! Eu sempre fui tida como uma pessoa que sabe lidar com pessoas difíceis, agora a pessoa difícil sou eu e eu acho todo mundo chato! “Que saco” é a expressão que mais passa na minha cabeça! Fácil não…..

  19. Rejane

    Querida, seu blog é ótimo e vc escreve muito bem!!! Adoro e sempre leio seus textos…mas como só leio pelos emails que chegam, muitas vezes nao tenho tempo na hora de entrar aqui pra deixar um comentario e depois esqueco (memoria pessima depois da gravidez, rs…)
    Eu e minha prima tivemos filhos com 2 semanas de diferença (eu aqui em Berlim e ela em Brasilia) e foi ela que me indicou seu blog ;-) lemos sempre e comentamos entre nos (falei pra ela q temos q vir aqui te parabenizar sempre!!!)
    Eu tive um dejavu lendo seu texto agora…eu chorava no trabalho se um colega esquecia de me dar bom dia ou falava mais serio comigo, kkkkkk fiquei sensivel demais!!!! Mas é normal ne??!!
    Te mando tb um abraço bem apertado do friooo que ta por aqui, rsrs…
    Beijos
    Rejane

    1. Shirley Hilgert

      Rejane, que adorável a sua mensagem. Fico feliz que o MdM tenha ultrapassado fronteiras. E fico feliz que tem mais gente mimimi como eu, que nem todo mundo é perfeito. kkk! bjs

  20. Luciana

    Shirley,
    Com todo respeito, mas se um dia eu encontrar com você na rua, eu NUNCA vou lhe dirigir a palavra com medo de lhe ofender levando em consideração o que você escreve aqui no blog, tipo os seus conselhos desse post, 50 coisas que não devemos falar para uma grávida/mãe, é muita chatice! Sou mãe de um menino que nasceu prematuro (28 semanas) que hoje está com 2 anos e 3 meses, cuido dele sozinha porque moramos distante da família e não sofro ou sofri 1/3 desse mimimi todo. Eu acho que vc deveria relaxar e curtir mais a sua gravidez e o seu filho.
    Abraço.

    1. Shirley Hilgert

      Lembre-se sempre que uma pessoa não é igual à outra. E que bom que você se abala pouco com as coisas. Isso é ótimo. Bjs e tudo de bom!

  21. Ana Carolina

    Sinta-se abraçada por todas nós! E como somos muitas, dá para ter direito a cafune na cabeça, enquanto outra faz massagem no pé, a outra está preparando um chá bem quentinho, para você tomar enquanto o bolinho de chuva está fritando…Tem dia em que o mundo parece que vai desabar, mas nada como um dia após o outro. Bjos

  22. Carolina

    Querida sinta-se abraçada! Também estou grávida de 5 meses e meio da minha segunda filha e me sinto exatamente igual. Aliás, me identifico muito com seus desabafos, amei aquele post de coisas que nunca se dizem a uma grávida!
    Força e vamos em frente. Deus te abençoe!

  23. Paola Falcao

    Mimimi coisa nenhuma, gestacao e o nome! Depois de tres gestacoes me dou ao direito de dizer a quem quiser ouvir que gravida pode tudo. E tem que largar mao de querer parecer forte, este e o nosso momento de fragilidade. Sinta se abracada e se possivel confortada!!!!

  24. Rita

    Como eu entendo :)

    Beijinhos e felicidades.
    Adoro o site. Continuação de bom trabalho.

  25. Jacqueline

    Nossa, é muito difícil mesmo. E graças a Deus que não estou sozinha nessa neura. Estou com 33 semanas e também tenho outro filho, de 1 ano e 2 meses que quer brincar, correr, colo, com dente nascendo…e eu um caco. Só querendo cama, ficar quietinha. Sem contar casa, marido, cachorra e um zilhão de problemas com parentes. Enfim, dureza!!!! Pensava que eu estava exagerando e surtando ou sei lá o quê! Sorte para nós. Abraço!

  26. Ana Paula

    Oooh, querida, se sinta abraçada por mim tbm…
    Sei exatamente como é, fiquei assim durante pelo menos os 6 últimos meses de gestação… mas não deixe de postar aqui e não deixe de se apoiar em nós, pq o seu blog é simplesmente ma-ra-vi-lho-so!!! Conheci por uma amiga de um grupo de mamães no facebook e desde então não deixo de ler nem um post sequer!
    ;)
    Um abração!

    1. Shirley Hilgert

      Ana Paula, super obrigada pelas palavras! Estava precisando delas mesmo. Bjs

  27. Renata

    Olha, pensei em te escrever um milhão de coisas, mas só queria que vc se sentisse abraçada e compreendida. É uma fase e jajá tudo entra de novo nos eixos. Se permita fazer mimimis, faz parte!
    Por situações como essa, que vc acaba escrevendo e um milhão de nós se identificando e ficando mais tranquilas por não estarmos só. Vc não está em crise criativa. Se permita descansar…. Um beijo!

  28. Mônica

    Seu blog tb foi a primeira referência qdo descobri a Gravidez (estou na 12a semana). De tudo o que eu li o que mais me emputeceu foi essa leitora ridicula. Se não gosta do seu blog é só não ler. Agora perder tempo para te atazanar.. sinceramente. Estou Uma grávida super relax (antes de engravidar era o estresse em pessoa), mas essa atitude despertou meu lado insano rsrsrsr. Bjosss e Parabéns pelo seu trabalho!

    1. Macetes de Mãe

      Que bacana Mônica!!
      Obrigada pelo carinho :)
      Bjss

  29. Samara Martins

    Oh Shirley sei exatamente o que é isso e respeito, respeito de mais! vc não irá se arrepender de escrever esse post, vc está ajudando a outras gravidinhas a entenderem que essa TPM “braba” é coisa da gravidez mesmo. Escrevi um post no meu blog sobre a paciência que os maridos tem que ter com suas esposas grávidas, dá uma olhadinha e veja se gosta http://www.quempariumatheus.com.br o texto se chama “Aos maridos:amem suas esposas”.
    Respire fundo viu querida, logo logo passa!!

  30. Ana Marcia

    Oi Shirley,
    Acompanho seu blog pelo face, e quando dá leio os artigos. Tenho um filho, Enzo, de 1 ano e 10 meses e estou gravida de 6/7 meses do Matteo. O Enzo anda numa fase estranhézima, mta birra que ele na fazia antes e agressivo, somente comigo. Me dizem que é por causa da gravidez, e deve ser mesmo. Eu fico totalmente abalada, mas tento nao transparecer. Mas acho que todas as mães grácidas passam por isso, ou pelo menos quase todas… Parabens pelo blog. As leituras têm sido muito úteis, mmo que seja só pra me lembrar que o problema não é comigo. A natureza humana é assim… E que meu filho, assim como os outros não têm obrigação de saber lidar com essas emoções sendo tão pequenos. Que, como disse uma psicologa amiga, pra nós ficarmos satisfeitos quando ele aceitar a vinda do irmão. Amar o irmão ainda é uma coisa que eles nao conseguem sentir… Bjo

  31. Carla Vila Verde

    Shirley, acho que é a primeira vez que comento por aqui… Fiquei com vontade de te chamar pra um café da tarde bem gostoso e te dar um abraço! E te dizer que você ajuda muita gente com esse seu espaço aqui. E também que eu adoro quando você escreve esses textos que revelam a Shirley humana. Me identifiquei total com você!!! Um beijo grande

    1. Shirley Hilgert

      Carla, obrigada!!!! Bom saber que sou compreendida em algum lugar. ahahaha! bjs

  32. Julia

    Eu não entendo: ninguém é obrigado a seguirum blog. Se segue e, ainda mais, se decide gastar tempo comentando, é porque gosta dos posts e do/a blogueiro/a, né? Então não entendo quem resolve escrever um comentário desagradável! Uma coisa é crítica construtiva, outra é crítica pura e simples…
    Não se deixe abalar por essas poucas pessoas – a maioria esmagadora de quem vêem aqui é porque gosta dos seus escritos.
    Muitas boas vibrações para você e para seus pequenos!!!
    E que logo haja mais sorriso que choro :-)
    beijo grande

  33. Flávia

    Oi Shirley,
    Vim aqui pra engrossar o coro da minha prima, a Rejane lá de Berlim! ;)
    Acabamos de trocar e-mail comentando o tanto que gostamos do seu blog e seus posts.. vc é real, sincera, engraçada, direta.. quando lemos, lembramos que todos somos humanos e todos passamos por problemas, dificuldades ou alegrias, em maior ou menor grau. Cada um tem um limite e uma forma de enfrentar esses obstáculos.. as vzs o que é fácil para uns é difícil para outros e vice-versa. Mas todos temos esses aprendizados a passar e, principalmente no que diz respeito a maternidade, é quase que consensual né.
    Amoooo seu blog e eu e minha prima pegamos muitas dicas, aprendemos e rimos muito com você!!!
    Parabéns pelo seu trabalho! Um grande abraço e beijo =**

  34. Denise

    Sinta-se abraçada… Nossa, estou com 37 semanas, e hoje falei com uma amiga que estou me achando tão reclamona… rsrsrs Mas está tão complicado de fazer qualquer coisa, e estou na minha terceira gestação…
    Muito bom me sentir normal!!

  35. ludmila

    Ahhh que linda desabafando com a gente…….acho qa primeira gravidez mto mais dificil ne porque tem outro baby pra dar conta e nao tem mais a fase da inocencia ne…….força ai vai passar e tudo ira se resolver fica tranquila no maximo que conseguir…..parabens pelo blog e tudo mto bacana….

  36. ludmila

    ops segunda gravidez

  37. Camila

    Adorei o post!! Estou numa fase bem mimimi… Estou de 32 semanas e qdo não choro por nada me irrito por nada tb!! É minha primeira gravidez e cada dia que passa encontro sensações novas. Trabalho o dia todo e confesso que penso mais no que vai ser das minhas coisaa no trabalho do que no trabalho que vou ter em casa (louca total)!! Adoro seu blog… Muitas informações boas… Bjs

    1. Macetes de Mãe

      Que bom que gostou Camila!
      Obrigada pelo carinho :)
      Bjss

  38. Thiele

    Oi Shirley!! Adoro seu blog e acompanho ele mesmo antes de engravidar! Estou grávida de 16 semanas e , infelizmente, também estou com mimimi =( Estou enjoando mto e isso me abalou demais! Me desestruturou ficar passando mal a toda hora e por isso não conseguir seguir minha rotina de antes..Daí isso acaba me deixando triste, pois me sinto mais doente do que grávida! Mas sei que é uma fase e vai passar… E ler o seu blog tem me ajudado em muitas coisas!! Beijos

    1. Macetes de Mãe

      Olá Thiele!
      Obrigada pelo carinho!
      Vai passar sim :)
      Bjss

  39. Michele

    Amei o texto!!!
    Ri porque me identifiquei e chorei pelo mesmo motivo hehe
    Também sou gestante (33semanas) e mãe de uma pequena de 1 ano e 2 meses, sei o quanto uma gestação com filho pequeno exige da gente. Tem horas que parece que carregamos o mundo nas costas (ou seria na barriga), mas depois passa e tudo de ajeita quase que naturalmente.

    Adoro seu blog e seus textos!

    Ah, e parabéns pela chegada do Caê, tudo de bom pra vocês!!! bjs

    1. Macetes de Mãe

      Que bom que gostou, Michele!
      Obrigada pelo carinho!!
      Bjss

  40. Tatiane

    Me sentindo super normal agora, hahaha, esta semana ja chorei, ja esbravejei com o marido, ja ri muito, e depois me sinto uma boboca! Hahaha
    Final de gravidez é muito complicado, um mix de emoções!
    Eu espero que as críticas tenham sido no mínimo respeitosas, porque sou do tipo de pessoa que se nao gosto, nao sigo, nao leio, mas nao critico! Tem muito sentimento envolvido na ação de qualquer pessoa! Se nao tenho nada de bom a agregar, prefiro o meu silêncio! Beijos

  41. Helen

    Tão real isso na minha vida….hehehe

  42. Núria

    Ola querida! Chorei só em ler! Tenho um filho de 2 anos e 3 meses e estou com 36 semanas, e me identifiquei muito com o texto..fico aliviada em saber que não sou a única a se sentir assim! Parabéns pela chegada do bebê. Bjo

  43. lucineia

    Olá, adorei seu blog estou me preparando para engravidar, suas dicas são maravilhosas, tenho tanto medo de nao conseguir ser uma boa mae, nossa aqui tem tudo que eu precisava saber.
    Beijos parabens

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada pelo carinho, Lucineia! <3
      Bjs

  44. Renata

    Que bom encontrar vc shirley e gravidas! Tô grávida de 3 meses, meu primeiro filho e tudo está sendo uma novidade… ainda não caiu a ficha dessa nova fase da vida… como é reconfortante ver que todas vcs passam pelos mesmos problemas… to muito pilhada e tava ficando cada dia mais surtada. Até pra minha gata tô dando uns chiliques. Vou passar a acompanhar vc por aqui e os comentários das meninas. Muito bom saber q nao estou sozinha…

Deixe seu comentário