A importância do exame do cotonete, ou streptococo B

Estes dias, recebi um email de uma leitora me contando de um caso de um bebê que morreu no interior de São Paulo depois de contrair a bactéria streptococcus B (leia a triste notícia aqui) uma coisa que poderia ser evitada com um exame simples durante a gestação ou na hora do trabalho de parto e que, tanto ela como eu achávamos que era obrigatório e de rotina em todos os hospitais e maternidades do país.

O casal que passou por essa tristeza tomou inclusive uma atitude muito legal: está fazendo até uma campanha para divulgar a necessidade do exame.

Então, eu resolvi fazer também a minha parte alertar as grávidas sobre o quanto este exame é fundamental e que todas devem pedir que seja realizado durante a gestação ou na hora de terem seus bebês, ok? Acredito que com informação a gente sempre corre menos riscos e mesmo se não for obrigatório onde você mora, você pode pedir para evitar que ocorra algum problema com você e seu filho. Então vamos lá:

O que é o streptococcus B?

É uma bactéria que é bem comum no intestino das pessoas. Lá ela não faz mal nenhum, mas algumas vezes essa bactéria acaba “indo viver” no canal vaginal. Também por lá não há perigo algum, nem para você nem para o bebê durante a gravidez. O risco ocorre na hora do parto, quando o bebê precisa passar pelo canal vaginal e, nesse caminho, pode ser contaminado pela bactéria

Como é feito o exame?

É superhipersimples. Entre a trigésima quinta e trigésima sétima semana de gravidez o seu médico ou um profissional de laboratório vai coletar material da sua vagina e da região do ânus com um tipo de cotonete. Tanto que o apelido do exame é “exame do cotonete”. E a análise em laboratório vai mostrar se a bactéria está presente ou não no seu corpo. Não adianta fazer antes, pois como é uma bactéria comum, ela pode aparecer e voltar durante os meses todos de gravidez. O que importa é mesmo saber se ela está por ali perto do parto, quando se torna perigosa para o bebê.

Todas precisam fazer?

Sim, todas as grávidas precisam fazer. Se não for feito no consultório, quando der entrada na maternidade avise aos médicos.

E se deu positivo?

Nada para você se estressar. Avise do exame positivo assim que você chegar à maternidade. O problema é tratado lá mesmo com antibióticos, em geral dados por via venosa algumas horas antes do parto. Se por acaso você não fez o exame antes os médicos podem dar o antibiótico mesmo sem saber se você tem a bactéria ou não, por garantia. Os mais precavidos dão até para as mulheres que vão fazer cesárea agendada. Converse com o seu médico durante o pré-natal para esclarecer qualquer dúvida.

O que pode acontecer com o bebê se o exame não for feito?

Na hora de passar pelo canal vaginal o bebê pode contrair a bactéria, que causa uma infecção conhecida como sepse neonatal precoce, que afeta o sangue, pode ser muito séria e trazer várias complicações, entre elas a pneumonia e a meningite. É mais perigosa ainda para os prematuros e em casos extremos pode levar a morte.

Agora que o alerta foi feito e que vocês estão bem informadas, não deixem de lembrar os seus obstetras sobre a realização desse exame. Ele salva vidas!

 

38 comentários

  1. Kelly

    Alerta importantíssimo!
    Vou abordar o assunto no meu blog também!

    Bj

    Kelly Oliveira

    1. Amanda

      Kelly, boa noite.
      Na verdade, eu estava lendo num outro site também e me informei melhor e é mais uma segurança, uma garantia para o bebê, pedir esse exame mesmo com a cesárea agendada. Entendo a sua preocupação em medicar os pequenos antes mesmo de nascer, PORÉM se a bolsa se romper antes do tempo esperado, e a mãe mesmo assim for fazer cesárea já não importa, porque essa bactéria pode ser transmitida para o “RN” através do líquido amniótico.

    2. Amanda

      Me desculpe! Eu enviei para a pessoa errada!! :(

  2. Debora

    nossa, como assim até quem vai fazer cesarea agendada toma o antibiótico?? Prá que??? É a mesma coisa do colírio credé em quem faz cesárea, completamente desnecessário ficar enchendo um rn de procedimentos sem indicaçoes, ja q as citadas doenças só contaminariam se o bb tivesse contato com o canal vaginal, o q obviamente não acontece na cesárea…vms informar melhor as mulheres para evitar judiar do bb sem necessidade né? ;)

    1. Shirley Hilgert

      Debora, não digo que acho isso correto. Só informei o que encontrei relatado por aí. Abs.

    2. AMANDA

      BOA TARDE! CONVERSANDO COM O MEU MÉDICO ELE TB ME PEDIU O EXAME MESMO SENDO CESÁRIA AGENDADA, O RISCO NO PARTO NORMAL É BEM MAIS ALTO MAS ELE ME EXPLICOU QUE EM 30% DAS CESÁRIAS TB TEM A CONTAMINAÇÃO.
      ENTÃO NÃO ACHO DESNECESSÁRIO O MEDICAMENTO…
      SÓ QUEM PASSOU POR ISSO SABE A DOR QUE É.

    3. Gislene

      Faz se em cesárea agendada também porque, corre o risco da bolsa romper e o bebê ser contaminado neste momento. Aconteceu comigo…era agendada, tinha dado positivo, bolsa rompeu e precisei tomar o antibiótico na maternidade.

  3. franciele

    Alerta importantissimo,minha obstetra pediu quando eu estava com33.5 semanas e deu positivo,tive que internar para tratar e meu bebe nasceu com 36 semanas.

  4. Joicy

    Quando fiz o exame também deu positivo. Como ia fazer cesárea (escolha minha, e ia até o fim do mundo pra fazer uma) o médico pediu que eu chegasse a maternidade umas 2 horas antes, para tomar os antibioticos. Mas… meu parto antecipou, e creio eu que foi por causa da bactéria, e meu filho nasceu de 36 semanas, e ainda teve a tal sepse neonatal precoce. Foram 10 dias de luta (muito sofrimento) e algumas coisinhas a mais, como o pulmão que ainda não estava pronto e por aí vai! Sempre que vejo uma gestante oriento a estar fazendo este exame. Gostei do post e vou compartilhar!!

  5. Raquel

    Olá! Sou aluna de doutorado em microbiologia na USP E ACHO MUITO importante este alerta, mas precisamos tomar cuidado com o uso indevido de antibióticos, pois muitas vezes o obstetra solicita o exame e o resultado não sai a tempo…. Desta forma a gestante pode ter que tomar o antibiótico sem ter necessidade, pois não tinha a bactéria. Talvez fosse interessante fazer o exame entre a 34 e 35o semana!!!!

  6. Jocimara

    Não sei p pq meu GO não pediu esse exame, vou deixar o relato que meu esposo fez durante a cirurgia do meu filho que teve meningite com 10 dias de vida. Ninguém nenhum médico sabe me dizer de onde surgiu essa doença mais como não foi feito esse exame fica o enigma no ar. Meu GO na época disse que não poderia ser devido esse motivo pq o parto foi cesárea, mais não acredito mais em nada.
    Meu filho teve sepse neonatal e meningite bacteriana.
    Hoje com um ano e meio ele está lindo , perfeito e saudável, mais foi uma luta.

    Segue o depoimento com mais detalhes.

  7. Rosangela

    Meus gemeos nasceram de 32 semanas, parto normal e o menino teve sepse, que ao ler este artigo, chego a conclusão que possa ter sido causada por esta bacteria. Não lembro de ter feito este exame e a médica nunca soube explicar a causa.

  8. Camila

    O meu Go pediu esse exame deu positivo ,mandou eu chegar uma hora antes do parto p tomar o antibiótico eu tomei mais não deu muito certo ,fiz cesária mais ainda assim minha BB entrou em contato com a bactéria ficando na UTI por 10 dias o hemograma dela tava muito ruim afetou muito mais saiu de lá 10 dias depois ótima e hj esta com 5 anos ,esse exame é importantíssimo,

  9. Sarah Thomé

    Fiz esse exame no final da gestação e o resultado deu positivo. No dia do parto me deram antibiótico, meu bebê veio ao mundo de parto normal e super saudável graças a Deus! :)

  10. Rosicler

    Esse exame é importantíssimo. Segundo meu GO, mesmo com cesárea agendada (foi o meu caso) é necessário sim tomar a medicação antes do parto, pois se durante o parto a bolsa romper, o bebê pode entrar em contato com a bactéria. Creio que isso explica os casos acima que os bebês foram contaminados mesmo em cesárea!
    E outra coisa que ele me alertou é que a medicação tem efeito se tomada no mínimo por duas horas e num ideal por quatro horas. O que no caso de parto normal, a mãe precisa ir para a maternidade assim que entrar em trabalho de parto, pra dar tempo da medicação fazer efeito #ficaadica
    Conversando com amigas, percebi que infelizmente no pré-natal feito pelo SUS, o médico não solicitou o exame. Só Deus mesmo pra proteger esses bebês, muito lamentável isso ocorrer num país tão grande como o nosso!

    1. Juliana

      Olá, Rosicler.
      Hoje por experiência própria posso te afirmar que o problema não está no SUS ou convênio e sim da resposta senilidade do médico e do seu comprometimento.
      Ano passado tive um parto prematuro de 25 semanas onde ninguém sabe me explicar o pq do parto ter acontecido tão antecipado e o pq da minha ter tido sepse, ela ficou 20 dias na UTI Neo e veio a falecer.
      Hj estou grávida de novo e tenho muitas inseguranças pois médico bom hj é como ganhar com um bilhete de loteria.
      Bjos e obrigado ao site por ajudar com as informações.

  11. bianca

    Eu tbm fiz o exame e deu positivo e tive minha filha de cesaria e tomei o medicamento

  12. Cris

    Olá!Tive resultado positivo para a bactéria, na verdade nem sabia da existência da mesma… Em um dos exames de urina detectaram a bactéria e meu médico fez então o exame do cotonete que confirmou a presença da mesma… Meu parto foi normal e tomei 4 horas de antibióticos antes do meu filho nascer, mesmo assim quiseram nos manter por 48 horas no hospital fazendo testes e dando antibióticos para ele…Os primeiros testes estavam ok, até que detectaram uma infecção…A equipe médica decidiu então fazer um exame para retirar o líquido da espinha dele para ver se era meningite… Foi horrível ver o meu bebe passar por tudo aquilo,furaram 3 vezes… Chorei muito por ele ser tão pequeno e estar passando por tanta coisa, mas era necessário…. o resultado não foi conclusivo, então nós mantiveram mais 3 dias no hospital dando antibióticos para ele ate que mais exames fossem feitos com o líquido no laboratório… Graças a Deus deram negativos para meningite e meu filho está hoje com dois meses e saudável!! Decidi compartilhar minha experiência como um alerta do perigo desta bactéria para a saúde dos recem nascidos. Tenho a sorte de viver em um país que o sistema de saúde público funciona, se fosse no Brasil pelo SUS, já não sei se teria a mesma sorte, mesmo sabendo que os médicos brasileiros são muito melhores que os daqui, o sistema deixa muito a desejar por falta de recursos…(estes que por sinal não faltam para os políticos brasileiros!!)P.S. Desculpem a falta de acentos em algumas palavras,sei que eles existem mas não consigo colocá-los, a correção ortográfica no telefone para português e automática,mas não 100%.

  13. Priscila

    Caso eu nao faça o exame eles fazem na maternidade ou nao??????

    1. Shirley Hilgert

      Não sei responder. bjs

    2. Viviane

      Em laboratório faz.

  14. Andresa

    Bom dia!!!/
    Estou chegando da UBS da minha cidade que mais uma vez deixa a desejar, pois fui lá para fazer o exame do cotonette e para minha tritesa e indignação não tem material para coletar o exame a diretora da UBS disse que esse exame não é muito importante, pq se eu for para maternidade sem o exame eles vão me dar antibióticos e se der positivo tbm me datam antibióticos, só nque eu estou de 37semanas de gravidez e queria muito ter a certeza de que vai está tudo bem na hora do parto porém não tem material ,então infelizmente não farei o exame do cotonette!!! Infelismente esse país está cada vez pior e depender do SUS e desses políticos não da !!! #triste viver nesse país !!! Bom dia

  15. cleciane

    Eu estou com 38 semanas e o meu exame deu possitivo

  16. Karina

    Esse exame é sim mto importantee
    O meu deu positivoo
    Meu parto foi prematuro
    Porem normal
    E como tinha feito o exame os medicos imediatamente tomaram todas as medidas necessarias assim q meu bebe nasceu
    Ele ficou 9 dias internados tomando antibiotico praa nao correr o risco nenhum mais tardee
    Na USB onde eu fazia acompanhamento eles nao pedem esse examee
    Mas eu fazia pre-natal por um convenio particular e la meu medico pediu o exame

    Acho q deveria ser obrigatorio esse exame assim como teste pra hiv,hepatite entre outros
    Porque podem sim prejudicar o rn..

  17. Talita

    Olá! Estou grávida de 34 semanas e, pesquisando mais sobre o assunto do streptococcus, encontrei esse texto aqui: http://vilamamifera.com/olharmamifero/entenda-mais-sobre-o-streptococcus/. Achei bem interessante e estou refletindo. Um abraço!

  18. thaynan

    Eu fiz esse exame porém o resultado ainda não saiu estou cm medo de ganhar e n saber o resultado oq devo tem algum risco de tomar antibiotico mesmo se n tiver a bactéria? ??

  19. Paloma Paim

    Eu fiz o exame e tinha a bactéria. Minha cesárea já seria marcada mesmo, mas com o resultado positivo me internei algumas horas antes para ser medicada. Na primeira consulta com o pediatra falei sobre a bactéria e ele me informou que além da sepse neonatal a bactéria pode estar relacionada com a sepse tardia que pode ocorrer até o terceiro mês. Então ele me passou uma “cartilha” com sinais e sintomas que eu deveria observar no meu bebê e caso aparessesse algum deveria correr pra emergência. Então a importância do exame vai além do momento do parto.

  20. Daniele

    Se eu tivesse feito este exame, meu bebê não teria ficado 10 dias na UTI correndo risco de morte… Super recomendo o exame sim

  21. Nailde Correia de Sousa

    Boa a informação! Estava com receio de fazer o exame, porque já ouvi horrores sobre como ocorre o procedimento. Agora estou corajosa para faze-lo. Obrigada

  22. graziele

    boa tarde .
    meu parto foi cesaria e minha bolsa estourou ,la na maternidade nao me derao o antibiotico e eu tbm tenho estreptococcus ,meu bebe esta com diareia desde sexta,corre risco dele te pegado alguma infeccao ??

    1. Macetes de Mãe

      Boa tarde, Graziele!
      Você deve ver isso com seu médico e o pediatra do bebê.
      Bjs

  23. MÃE DO DAVI ❤

    Oie, boa noite.! Fiz o exame do cotonete e deu POSITIVO, o que devo fazer devo me preocupar?

    1. Macetes de Mãe

      Olá!
      Você deve falar com seu médico.
      Bjs

  24. Stephanie

    Olá… se o exame deu positivo isso quer dizer que irei fazer uma Cesária?

  25. natalie

    estou de 38 semanas meu teste deu positivo estou deseperada queria sabe caso nao der tempo de toma o antibiotico e meu filho nasce antes dahora ele corre risco de vida

    1. Shirley Hilgert

      Natalie, tem que checar com o seu obstetra essa informação. ok? bjs

  26. Kelly Cristina

    Oi boa noite, venho compartilhar minha experiência com vcs pois afinal temos q nos ajudar. Tive meu filho a 40 dias em um hospital particular do abc, meu teste deu positivo tomei a medicação antes do parto meia hora antes maus mesmo assim meu filho foi contaminado e ficou 14 dias na uti neo nata,l teve pneumonia e fora isso o convênio demorou 48 horas para fazer a transferência do meu bebê, foram momentos que eu não desejo pra ninguém. Então tonem cuidado se der positivo procure um hospital que tenha uti neo por segurança.

  27. Daniela Gali

    Bom dia….
    Peguei o resultado do exame, no dia q entrei em trabalho de parto 23/04 e deu positivo.
    Levei o resultado e me deram o medicamento, mesmo assim meu bb pegou essa bactéria.
    Ficou no antibiotíco por 6 dias….foi muito sofrido…mesmo pq só faziam 15 dias q tinha perdido minha mãe…..mas hj, meu filho está mt bem e acabou de completar 3 meses…graças a Deus…

Deixe seu comentário