Aprendemos que tudo passa

Um dos maiores aprendizados que a experiência com o primeiro filho nos deixa é que tudo passa. Passa o que é ruim. Mas passa o que é bom também.

Aprendemos que a fase que eles querem colo o tempo todo passa. E que vamos sentir falta disso. Daquele corpo quentinho sobre o nosso, daquela carinha de quem vive em paz, daquela respiração calma e tranquila. Aprendemos que passam as cólicas, se não com três meses, um pouco depois. Mas que passam, passam. E dessas a gente não sentirá saudades.

tudo passa

Photo Credit: Crazybananas via Compfight cc

Aprendemos que passam as noites mal dormidas. Talvez depois de alguns meses, talvez depois de vários anos. Mas elas também vão embora. E quem sabe, um dia, até disso a gente sentirá uma pontinha de saudade. Afinal, era muito mais seguro quando eles nos deixavam acordadas, mas estavam por aqui.

Aprendemos que a fase dos aprendizados e descobertas diários ficará para trás, e essa também nos deixará cheias de saudades, afinal é tão gostoso e tão bacana ver aquele olhar curioso e, depois, o sorriso de satisfação por ter conseguido superar mais um desafio.

Aprendemos que passa a dor de barriga, a dor dos primeiros dentinhos, as doenças que eles pegam na escola, as noites com resfriado, os tombos e machucados. Aprendemos que passa a fase em que a única coisa que eles sabem falar é “dadá”, o único nome que sabem chamar é “mamãe” e o único colo que querem é o nosso.

Tudo, tudo, tudo, absolutamente tudo passa. Passa o que é difícil, mas passa também o que é bom e deixará saudades. Só que a gente só aprende isso depois que passa pela experiência do primeiro filho e, até lá, achamos que todas as dificuldades serão para sempre e não damos o devido valor e importância às pequenas coisas que vivemos no dia a dia.

E assim, o grande aprendizado que se tira de saber que tudo passa é que não precisamos sofrer tanto por aquilo que está difícil e que não devemos deixar de aproveitar, ao máximo, tudo aquilo que há de bom.

E aqui, vale mais do que nunca aquela máxima: não há mal que sempre dure e não há bem que nunca acaba.

O dia que conseguirmos entender isso de verdade, a maternidade será bem mais tranquila e prazerosa.

20 comentários

  1. Chorei!!!!! Lindo, lindo, lindo….

  2. Alessandra

    Lindo texto!! Eu sinto isso, mesmo! :D
    Quando meu pequeno demoooora pra dormir, eu penso: “Essa fase vai passar. Agora, aproveita por tê-lo no seu colo, apertadinho, gostoso com vc”.
    Bjosss

  3. Edilene

    Perfeito! Uma pena que só percebemos isso com os passar de tudo no primeiro filho! Mas, sempre é tempo. Escrevi um post exatamente sobre isso e falei da importância que tem pra mim fazer minha filha dormir embalada pelos meus braços. Parabéns pelo texto.

  4. Tati

    Coisa linda esse texto! Parabéns, Shirley!

    Bjss

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada pelo carinho, Tati!
      Bjss

  5. rafaela

    Amei o texto vem bem de encontro com tudo o que temos passado por aqui …na minha primeira gravidez e 1 maternidade eu não tinha a minima noção de como tudo seria … na minha segunda experiencia achei que já sabia de tudo e que seria mais facil … doce ilusão … ganhamos uma bebê com váriosss problemas … tivemos que aprender a cuidar da pequenina; foi totalmente diferente , dolorido e sinceramente sem perspectivas de como seria seus proximos meses… e como no texto acima fala TUDO PASSA os momentos difíceis e os bons tbm e deixam saudades …. mas aprendemos a dar um novo significado a cada conquista a cada etapa vencida … sem comparaçoes apenas comemorando as vitórias .

  6. Fernanda

    É quando estamos passando pela situação, nos parece infindável, que nunca mais teremos nossa vida de volta… mas realmente passa. Me lembro de quando tinha um recém nascido em casa e odiava escutar “calma vai passar” rs E não é que passou?

    Belíssimo texto.

  7. Alessandra

    Adorei o texto! É bem isso mesmo! Quando fico um tempão no quarto com o meu pequeno, tentando fazê-lo dormir, penso: “calma, um dia essa fase vai passar e você ainda vai ficar com saudades desse momento… de ficar horas com ele no colo, bem gostoso”.
    bjos!!

  8. Marília

    Oi “Estou na esperança de que realmente passe, pois já virei Zumbi kkk

  9. Carolina

    Texto perfeito Shirley!
    Vivo repetindo isso para quem admira minha calma em alguns momentos. E acredito que só com o segundo filho aprendemos isso.
    Tudo passa, a correria insana, o stress, a fase da papinha, da fralda. Mas quem dera todas nós pudéssemos eternizar os momentos mágicos.
    Parabéns pelos seus textos. Super me identifico com muuuuitos deles <3

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Carolina!
      Muito obrigada pelo carinho <3
      Bjss

  10. Sônia

    Chorei tb. Lindo texto. Ando tão desorientada, pois há 6 meses não durmo mais de três hs direto e tá td tão difícil. Parece q o cansaço só bateu agora e c ele veio a culpa de me sentir assim, já q tenho um filho tão maravilhoso. Preciso curtir mais, mas não tenho conseguido…

  11. Marcela

    Nossa esse texto caiu como uma luva no momento que mais precisava, você tem o dom da palavra!!! Parabéns!

  12. Edileusa

    Ah,e como passa,choro só de pensar que tudo passa, que minha pequena que hoje já tem 4 anos( acabou de completar) me diz qdo eu fizer 5 quero meu aniversário da tinker bel.As pessoas se encomodam qdo digo que a Sophia dormiu na minha cama,mas na verdade amoo sentir o cheirinho,a respiração e o pezinho tentando se aquecer no meu corpo.
    Não me incomodo com nada disso pq um dia isso passa e muito depressa.

  13. Priscila

    Lindo texto!
    Por isso quero ao máximo todo o tempo com a minha princesinha.
    Todos os dias.

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada, Priscila!
      Temos que aproveitar ao máximo mesmo <3
      Bjs

  14. Michele

    Meu Deus! Que texto perfeito! Chorei…

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada, Michele! <3

  15. Joyce de Souza Silva

    Como não chorar?! No dia a dia acabamos nos estressando e pensando que certas fases parece que não vai acabar nunca! Mas aí lemos esse texto e percebemos que realmente essa fase ainda vai nos trazer muita saudade …

  16. Luciana

    Agora no segundo vivo já sabendo que vai passar… Bem rápido! Sei que fases melhores virão, que o cansaço vai ser imenso mas depois melhora. Só posso agradecer pela saúde e vida dos dois…

Deixe seu comentário