Alimentos que podem causar cólicas

Alimentos que causam cólica. Esse é um assunto que eu demorei a tratar aqui no blog justamente porque não há um consenso se, realmente, a dieta da mãe faz alguma diferença na ocorrência ou não de cólicas no bebê. Há pediatras que dizem que sim e que orientam que a mãe corte um monte de alimentos da sua dieta. Já outros dizem que isso é bobagem e liberam todos os alimentos.

E ainda para deixar as coisas mais confusas, há mães que relatam dar muita cólica no bebê quando elas comem determinados alimentos e outras que afirmam que comeram de tudo e que o bebê nunca sentiu nada.

Claro, aqui falamos de crianças “normais”, que não tem nenhuma alergia alimentar. Pois se tiverem, como era o caso do Leo, que teve APLV, é óbvio que dependendo de qual for a dieta da mãe a criança vai ter sim cólica (caso a sua alergia traga sintomas gastrointestinais).

Mas enfim, como não há nada que prove que o que a mãe come não faz diferença mesmo na questão das cólicas e também seguindo um pouco da minha intuição (eu, particularmente, acho que faz sim), resolvi fazer esse post, com a relação dos alimentos tidos como os maiores causadores de cólica nos bebês.

Antes que as mamães saiam cortando tudo, já deixo a dica que é geral: observe o que acontece com seu filho conforme o alimento que você come. E vá ajustando a sua dieta conforme o bem estar de vocês. Ao perceber que um ou outro alimento piora as reações, tente evitar ou cortar da dieta enquanto estiver amamentando.

  • Feijão – o grão é conhecido por provocar gases. Isso acontece pois algumas partículas de carboidratos do feijão e de outras leguminosas como ervilha, lentilha, soja e vagem não são absorvidos pelo nosso organismo e fermentam, criando os gases. Às vezes eles são expelidos sem incomodar, outras não. Varia de pessoa para pessoa e até mesmo de um dia para outro.
  • Brócolis – outro alimento conhecido por causar gases. Junto com ele entram a couve, a couve-flor e o repolho. O causador dos gases é o enxofre que está na composição dos alimentos. Isso pode passar pelo leite e incomodar também sie bebê
  • Leite de vaca – Já ouviu falar que algumas pessoas não conseguem digerir o leite de vaca, não é? São os intolerantes à lactose. Essas pessoas, quando comem leite e derivados podem ter mal estar estomacal, intestinal, gases e diarreia. Isso ocorre nos bebês também e, às vezes mesmo se o leite não faz mal para nós, pode incomodar o organismo do nosso filho.
  • Chocolate – é uma crueldade falar para as mães que o chocolatinho que elas têm vontade de comer dá mal estar em seus bebês. Bom, então vamos deixar claro que esse é um dos alimentos que menos se tem dados científicos para relacionar a ingestão pela mãe com a cólica nos bebês que mamam no peito. Uma das hipóteses é que tenha a ver com o leite que te no chocolate.
  • Cebola, café, chás com cafeína – estes alimentos entram também na lista dos possíveis causadores de agitação e mal-estar digestivo nos bebês. Mas de novo, as comprovações científicas são muito incipientes. Use do seu bom-senso, sempre! Um cafezinho não vai fazer tão mal assim ao seu bebê, mas dez podem ser realmente ruins ;-)

Confira também dicas para combater a cólica do bebê:

1 comentário

  1. Liliane

    No meu caso cortei o pão da minha dieta e peixe, estranho né?! Mas era ingerir e meu bebê tinha cólicas. Por recomendação médica, desde o início da amamentação já tinha cortado o leite, brócolis, couve flor e o feijão com moderação.

Deixe seu comentário