Bronquiolite

Há quase dois meses, o Caê teve uma bronquiolite que o levou a ficar 3 dias internado no hospital. Depois desse episódio, ele segue ruinzinho, com a respiração cansadinha e se recuprando a passinhos bem lentos.

Por esse motivo, pedi para a pediatra Fernanda Freire, do site Seu Pediatra, escrever sobre essa doença chata, tão comum nessa época do ano, chamada bronquiolite.

Venham o que a Fernanda tem a nos contar sobre esse problema. Texto bem claro e explicativo.

Bronquiolite

Por Fernanda Freire – Seu Pediatra

O pico da bronquiolite acontece nos meses mais frios (outono e inverno), e é uma das principais causas de internação nesse período. Começamos a ver alguns casos na mídia que acabam assustando algumas de nós, mães. Mas, além de alertar, as notícias devem servir para informar bem as mães e ajuda-las a entender a doença. E isso é o que queremos fazer aqui. Para entender melhor outros assuntos visite a FanPage do Seu Pediatra aqui.

O que é bronquiolite?

A bronquiolite é a inflamação dos bronquíolos. O bronquíolo é a parte mais fininha da via aérea que leva o ar para os pulmões.

Por que acontece a bronquiolite?

Os principais causadores da bronquiolite são os vírus respiratórios. Entre eles, o mais comum é o vírus sincicial respiratório (VSR). Diferentes vírus como o adenovírus, o rinovírus, parainfluenza, influenza, metapneumovírus, entre outros, também causam a doença. Eles são os vírus que causam as gripes e resfriados comuns. E nos bebês, além do resfriado, eles podem “atacar o pulmão”, causando essa inflamação nos bronquíolos que irá dificultar a chegada do ar nos pulmões e prejudicando a respiração do bebê.

Quem pode desenvolver a bronquiolite?

Os bebês até os 2 anos são os que tem mais risco de ter bronquiolite, e a maior parte dos casos ocorrem nos bebês antes de 1 ano de idade. Isso porque o sistema imunológico, que combate os vírus, ainda não está maduro, e o pulmão deles ainda é pequeno. Você imagina que uma inflamação em algo que já era muito pequeno, como os bronquíolos, atrapalha demais a respiração.

Quais são os sintomas da doença?

A doença começa como um resfriado comum. Atinge primeiro as vias aéreas superiores que é a parte do nariz e da garganta, causando febre e coriza (nariz escorrendo e entupido). Alguns bebês podem nem apresentar febre, enquanto outros podem ter febre alta, dependendo do tipo vírus.

Só depois de uns 3-5 dias é que aparecem os sintomas da bronquiolite. Porque o vírus vai atingir as vias aéreas inferiores que são os pulmões e essa parte mais fininha do pulmão que é o bronquíolo. A criança começa a ter tosse, ficar cansada, com falta de ar, dificuldade para respirar e com o peito chiando.

Existe como prevenir?

Os vírus são transmitidos através do contato com secreções respiratórias de pessoas que tem o vírus. Portanto, evite lugares fechados com muita gente, mantenha o ambiente bem ventilado, lave sempre as mãos antes de cuidar do bebê e limpe os brinquedos e a área que o bebê brinca com frequência. Lave as mãos do bebê com frequência também. Bebês costumam levar tudo na boca, é dessa forma que o vírus vai se transmitindo.

As crianças que vão na escolinha tem mais chance de pegarem a infecção, por terem contato próximo com muitas pessoas. Então se você puder retardar a entrada na escolinha para depois dessa época de maior circulação do vírus, é melhor.

Não existe vacina para esses vírus que causam a bronquiolite, mas é importante manter a carteira de vacinação atualizada, para evitar que outras bactérias se aproveitem da situação e causam um outro tipo de infecção.

No caso dos prematuros que nasceram muito pequenos, e outros bebês com doença pulmonar ou do coração, que são de alto risco, o pediatra pode prescrever o uso de um anticorpo contra o VSR nos meses do inverno.

Como é o tratamento da bronquiolite?

O pediatra irá avaliar como está a respiração do bebê e se ele está se alimentando bem. Ele pode prescrever inalação e outras medidas para que você faça em casa, ou ele pode optar por internar o bebê para que ele receba o tratamento no hospital e usar oxigênio ou adotar outras medidas que forem necessárias.

É importante que o bebê fique em repouso e se mantenha sempre bem hidratado.

Por que você deve ficar alerta?

Como você viu, a doença começa como um resfriado comum. Na maioria dos bebês o resfriado vai se resolver normalmente, só que em outros bebês o vírus pode conseguir “atacar” os pulmões. No início não tem como saber se o vírus irá atingir os pulmões ou não. Então muitas vezes você pode levar seu filho no pediatra e ele diagnosticar o resfriado, mas depois de 3-5 dias, se o vírus atacar o pulmão ele começa a ter os sintomas da bronquiolite. O bebê pode começar a ficar cansado, com dificuldade para respirar, com a respiração muito rápida, com dificuldade para mamar e com o peito chiando. Por isso é importante retornar ao pediatra imediatamente se você notar qualquer um desses sintomas.

Espero ter ajudado a esclarecer um pouco esse assunto.

Beijos,

Dra. Fernanda Freire

www.seupediatra.com

11 comentários

  1. Micheli

    Muito boa está matéria. Quando tive minha pequena jamais pensei em passar por isso, quando menos esperei com 20 diazinhos dr vida ela pegou. Ficou na UTI por 9 dias e depois cuidei muito. Restringi visitas e sempre que alguém da família vinha utilizava álcool 70 nas mãos, e evitavam vir com roupas de serviço. Minha pequena pegou está gripe linha e do meu marido o qual estávamos muito gripados. Sempre digo para minhas amigas mamães, cuidem bastante porque é difícil está fase. Isto foi no ano passado, este ano ela voltou, curso e optei por tira-la da escolinha até a passagem do inverno. Acertei em cheio, só pegou aquela gripe mesmo. ??

  2. Milena de Oliveira

    Existe um guia da Sociedade Brasileira de Pediatria muito bom sobre infecção por Virus Sincicial Respiratório: http://www.sbp.com.br/pdfs/diretrizes_manejo_infec_vsr_versao_final1.pdf

  3. Rose Poli

    Ola.. adoro seu blog.. sempre faço uma visitinha.. Ele me ajuda e muito para sanar umas duvidas… E esse assunto eu conheço bem pois meu bebe teve bronqueolite com 7 meses.. foram os piores dias pra mim.. Graças a Deus ele não precisou ficar internado.. Mas se não fosse o pedriatra maravilhoso dele teria ficado.. Pois corri inumeras vezes com ele ate o hospital e ficava no vae e vem.. Pois existem profissionais e profissionais né gente.. Entao é isso hoje com 1 ano e cinco meses leva uma vida tranquila mas faz uso de bombinhas ainda.. Entao e isso.. bjo

  4. Maria

    Meu nenem com menos de 2 meses teve bronquiolite e ficou 8 dias na UTI pq estava com a saturação super baixa em 80%. Foi os dias mais tristes da minha vida mas hoje vejo que valeu a pena porque ele se curou 100% voltou pra casa fez 3 dias de inalação com berotec se 6 em 6 horas e se curou. Hoje não tem mais nada graças a Deus porque foi muito triste não poder amamentar ele é ver cheio de fios oxigênio sonda acesso na mãozinha. Mas passou.

  5. paula

    Oi.
    Meu bebé tem bronquiolite desde os 8 meses..Foi muito difícil.
    Hoje, com 1 ano e 3 meses tudo está mais sob controle. Ele faz uso de 2 medicamentos de uso contínuo, mais 2 medicamentos usados quando está em crise. As crises aparecem com a mudança de temperatura principalmente, mas também surgem por fumaça, poeira.. essas coisas, geralmente 1 vez por mês. .ou a cada 2 meses.
    Eu tenho fé que ele deixe de usar esses medicamentos em breve e que as crises sumam.
    Ele já melhorou muito…
    Fiquei muito feliz em ver essa matéria, é de grande utilidade e muitas mães não sabem muito sobre o assunto..

    Parabéns.

  6. Laríssia Silva

    Há diferença entre bronquite e bronquiolite?

  7. Lilian Gonçalves Ramos

    Minha filha teve bronquiolite com 10 dias, não teve febre começou como uma gripe no segundo dia o pediatra já internou ela é ficamos 10 dias no hospital fazendo nebulização a cada 4 horas. Não tomou medicamento nenhum o médico só mandava eu dar muito peito.Teve que por oxigênio 3 vezes. Graças à Deus ela nunca mais teve nada. Hoje ela está com 3 meses. Linda e bem gordinha. Mais fiquei muito preocupada

  8. erica

    É possível falar da bronquiolite x alergias ou intolerâncias alimentares? Estou nesta pesquisa.

  9. Caroline

    Conheço bem essa doença… meu filho foi internado aos 8 meses com tiragem devido à bronquiolite. Estava fazendo tratamento em casa com berotec, soro e não teve jeito. É só pegar uma doença viral que a maldita bronquiolite aparece. Hoje ele faz tratamento com piemonte, flixotide e aerolin nas crises…

  10. Maria Fernanda

    Uma correção, a minha filha toma vacina páramo vírus sincicial respiratório (VSR).. A vacina chama palivizumabe

  11. Ludmila

    a primeira vez que minha filha ficvou doente ficou com bronquiolite ela tinha 10 meses e sarou mas dai com 11 meses novamente e depois com 1 a 6 m de novo foram essas tres vezes que ela teve bronquiolite e esta ultima vez foi a pior mais forte teve que tomar um xarope o bricanyl e o prelone mas dai graças a DEUS ficou ótima rápido….nao foi internada pois seguia mamando e comendo outras coisas que nao comida mas comia bem e tbm por ja estar maior mas é uma tristeza verem eles assim….

Deixe seu comentário