Você sabe o que é sinéquia vaginal?

Você sabe o que é sinéquia vaginal?

Pois é, eu também não sabia que existia algo com esse nome, ainda mais sendo mãe de meninos. Até que uns dias atrás recebi um email de uma leitora contando a história dela.

A filha dela, de pouco menos de três anos, teve o problema e ela estava indignada que o pediatra não havia examinado e identificado o caso antes e preocupada em alertar outras mães sobre o assunto.

Voce sabe o que e Sinequia Vaginal (2)

Photo Credit: {Charlotte.Morrall} via Compfight cc

Então fui pesquisar e descobri algumas coisas:

O que é – a sinéquia vaginal também é conhecida por outros nomes, como coalescência, fusão, aderência ou fusão dos pequenos lábios. O que acontece é que os pequenos lábios, aqueles mais internos, ficam grudados ou apenas em uma parte ou quase inteiramente, mas sempre com um orifício pelo qual pode passar o xixi.

Por que e quando ocorre? – é um problema até que comum. Atinge de 2% a 5% das meninas, bastante até, né? E isso costuma ocorrer até os 10 anos de idade. Não é necessariamente um problema de nascença, e é bem raro, mas pode até ocorrer em mulheres adultas. É raro, pois a sinéquia parece estar ligada a uma deficiência do hormônio estrogênio, bem mais comum na infância. Os médicos ainda não cravaram o que causa o problema. Outra coisa que favorece o problema aparecer em crianças é que os pequenos lábios nas meninas são mais internos do que nas mulheres. E uma batida, uma roupinha mais apertada ou a higiene incorreta podem favorecer que os lábios acabem se grudando.

Como se identifica? – Não é a coisa mais fácil identificar, pois não causa dor, nem dificuldade para urinar e pode ser bem pouco visível. Quem não é especialista – como nós, mães e pais – deve ficar atento caso apareça alguma irritação, ou vermelhidão na área. Aí é preciso de um pediatra para confirmar se há a sinéquia ou irritação tem outras causas. Nas consultas de rotina o médico também pode identificar o problema

Como se trata? – A primeira medida tomada pela maioria dos médicos é tentar tratar com o uso de medicamentos e pomadas a base de estrogênio. Em geral se faz uma massagem por alguns dias para ver se a membrana descola sozinha. Mas isso não pode se prolongar por muito tempo pois o uso do hormônio nas meninas de forma exagerada pode causar algum sintoma de puberdade precoce depois. Em alguns casos, os médicos fazem uma microcirurgia com anestesia local para dar um pequeno corte e separar os dois lados. Quase não dá dor e é bem fácil de cicatrizar, mas os médicos preferem evitar a cirurgia.

O que acontece se não tratar? – caso demore para ser percebido, o que a sinéquia causa é uma facilidade de que outras infecções ocorram, já que pode ficar líquido acumulado na região e a umidade é sempre um problema perto dos genitais, seja qual for a idade.

Pode voltar? – Pode aparecer de novo sim, em especial até que a menina tenha a sua primeira menstruação. Por isso a recomendação para as meninas que tiveram o problema uma vez é cuidar da higiene, evitar roupas apertadas e de tecidos sintéticos.

Se você é mãe de menina e ficar com dúvida, peça ao pediatra para examinar sua filha na próxima consulta. Se ele nunca examinou, aproveite e peça também. Assim você fica mais tranquila e também já sabe como é o “normal” para identificar se por um acaso ela vier a ter um problema desses no futuro.

 

 

 

 

 

 

 

23 comentários

  1. Morgana

    Me identifiquei, minha filha já teve.
    Adoro suas postagens!

  2. Audinete

    Boa tarde morgana
    Ja usei pomada em minha filha e a sinequia voltou.agora ela fara cirurgia, como tratou da sua bebe?

  3. Hellen

    Olá, tenho 19 anos, tive sinequia quando era bebê, minha vagina não é mais grudada, porém tenho dificuldades na relação sexual, no local onde era grudado existe uma pele que dificulta a introdução .

  4. Michelle

    Ola,boa noite…
    Nossa estava aqui preocupada não deixo minha filha com ninguem e hoje qndo fui banhar ela,estava reclamando que a xexequinha tava doendo,esperei ela dormir p olhar e vi que estava aberta me desesperei com medo pois pra mim era normal ela esta fechada não sabia que existia isso decidi olhar na internet porque fiquei com muito medo e encontrei seu texto,ela tem somente 2 anos e 3meses amanha vou cedo na Pediatra!
    Fico agradecida pela sua informação

    1. Macetes de Mãe

      Boa noite, Michelle!
      Que bom que o post te ajudou :)
      Bjs

  5. Samira

    Olá tenho uma filha hoje com 3 anos e 7 meses e quando ela tinha 6 meses descobrimos a sinequia, já passou por 4 cirurgias a última faz 3 meses, e essa semana vi que fechou novamente. Estou muito triste pois ela terá que passar por mais uma cirurgia. Espero que seja a última.

    1. Laura

      Me recomendaram usar a vaselina líquida depois do procedimento e não fechou mais.

  6. gilvania

    Estou muito agradecida pelas informaçoes,minha filha talvez precise fazer cirurgia.
    pois quando bebe a D. não me explicou q precisava ficar de olho fechava .agora q ela tem 4 anos q outra medica me avisou ee fez um susto querendo descolar a força,me apavorei peguei minha filha e vou para outra médica .

  7. Aline

    Olá bom dia , minha bebe nasceu com esse probleminha usou a pomada 15 dias aos 9 messes e nada adiantou , quando ela fez 1 ano usou mais 15 dias e nada adiantou , ai o pediatra dela resolveu suspender a pomada e q eu nunca mais usasse pois já tinha usado de mais e não viu resultado e q ela teria q fazer uma pequena cirurgia mais q só seria feito aos 5 anos , mais quando minha filha fez 2 anos teve uma infeção urinária muito forte e acharam q seria por conta do problema dela mais tomou medicamentos e melhorou , ao fazer 3 anos a vacina dela abriu sozinha sem usar nada mais desde q isso aconteceu q ela sofre pois reclama muito q dói e quando eu vou olha ta muito vermelho.
    Oq eu faço?

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Aline!
      É importante que você a leve ao pediatra. Só tenho as informações do post.
      Bjs

  8. kaliny

    Quais sao os remedio usado pra senequia ?

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Kaliny!
      Os remédios são os médicos que devem indicar.
      Bjs

  9. dayana

    Gostaria de saber se futuramente isso pode causar algum tipo de problema, tipo na adolescencia, pois minha filha tem 7 anos e ainda tem sinequia. Quando ela era bb fez o tratamento com pomada, veio a fechar novamente. Com 2 anos de idade levei a um cirurgiao ele abriu com as maos e me disse que isso nao era um problema que poderia ser aberto ate no altar.

  10. Cristina

    Boa tarde,
    Qual pomada utilizado para sinequia? Minha pediatra passou postec alguem já usou e teve resultado?

    1. Luana

      A pediatra receitou o mesmo para a minha filha ainda não usei

    2. andreia

      Minha filha esta usando, passado 3 dias ela teve um corrimento, será normal isso??

    3. Claudia

      Olá. A pediatra passou a mesma pomada (postec) pra minha filha. Passei por 15 dias e fazia movimentos como se fosse para abertura, como ela me orientou. Abriu completamente. Ela mandou continuar observando para que não retorne.

  11. Lucimara

    A minha filha tem 4 anos e talvez vai precisar fazer um cirurgia
    Alguém sabe o valor da cirurgia

  12. Bruna ribeiro de Melo

    Ola eu descobri agora minha filha esta com 3 anos levei na pediatra do posto ela passou uma pomada disse q só vai resolver quando tiver na puberdade e a pomada q ela passou n encontro em lugar algum

  13. Silvia Borges

    Olá Bruna, por acaso a sílaba da sua pomada começa com Pre? Estou atrás tbm e não acho! :(

    1. Andréia

      Olá Sílvia Borges,minha filha também tem sinequia vaginal, eu usava a pomada PREMARIN,mas não fabricam mais,não tem mais pra comprar,agora o pediatra receitou a pomada POSTEC,ele disse que se usa essa agora e com ótimos resultados..

  14. Laura

    Minha filha teve sinequia com um ano. Usei a pomada e não funcionou. Procurei um cirurgião pediátrico que marcou a cirurgia. Nesse meio tempo me recomendaram uma pediatra com muita experiência no assunto. Um anjo. Eu estava muito preocupada com a cirurgia e ela disse que não seria necessário. Realizou o procedimento no próprio consultório, com anestesia local e usando um cotonete. Não sangrou. Não doeu (já que minha filha não reclamou) e não voltou a apresentar a sinequia.

  15. Laura

    Acredito que por não ter cortado a pele, e somente descolado, ajudou a cicatrizar sem voltar a fechar.

Deixe seu comentário