Ensino bilíngue para as crianças: minhas impressões sobre o método

Quando escolhi a escola que o Leo iria estudar, uma coisa que levei muito em consideração foi o ambiente e o acolhimento dos profissionais. Queria que a escola fosse uma extensão da minha casa, que lá ele sentisse amado e fosse feliz. Na época, não cheguei a considerar a possibilidade de uma escola bilíngue, mas hoje, para o Caê, já levo isso em conta. Ou seja, além de querer que a escola seja um ambiente acolhedor, também penso que será muito bom para o futuro dele se puder aprender uma outra língua.

Por isso, a proposta da escola Maple Bear Canadian School me chamou a atenção. Recebi um convite para conhecer mais de perto a estrutura e o funcionamento dessa escola canadense bilíngue, de educação infantil e ensino fundamental, presente em mais de 11 países e com mais de 80 unidades no Brasil e fui visitar uma das unidades em São Paulo.

Logo de cara achei a escola gostosa, aconchegante, organizada, limpa e com salas amplas – um padrão que é seguido em todas as unidades. Do Canadá, eles trouxeram o estilo de educação, que incentiva os alunos desde os primeiros anos de vida (eles aceitam crianças a partir de 1 ano e 3 meses) a experimentar, descobrir, solucionar problemas e pensar de forma crítica e criativa. E, claro, tudo em inglês. Desde quando pisa na escola, toda a comunicação com a criança é feita nessa língua. Perguntei como um pequeno que não entende nada de Inglês poderia compreender uma orientação dada nessa língua. O que a coordenadora me explicou é que a professora também mostra o que tem que ser feito por meio do exemplo e, além disso, segue-se uma rotina diária, bem organizada e estabelecida, que ajuda a criança a entender o que vai acontecer em cada momento do dia.

Já a criança não é obrigada a responder e se comunicar 100% em Inglês. Claro que ela é estimulada a fazer isso, mas falar inglês para ela tem que ser algo natural e prazeroso, por meio da imitação de quem ela ama e admira, ou seja, a sua “teacher”. Assim, a língua entra na vida de forma automática, sem traumas e “obrigações”.

Na Maple Bear, todas as classes são organizadas em “centros de aprendizagem”, que estimulam a experimentação e o desenvolvimento das crianças. Há o Math Center (ensina a contar e calcular), o Block Center (constrói o conhecimento bloco a bloco), o Reading Center (estimula o prazer da leitura), o Sand and Water Center (passa noções de textura, peso, volume, etc…), o Drama Center (no qual se dá asas à imaginação), o Music Center (onde se passa noções de som e ritmo) e o Art Center (onde se estimula o lado artístico da criança).

Outro ponto que me chamou atenção na metodologia de ensino da Maple Bear é que ela atua com o objetivo de formar cidadãos, ou seja, não só crianças e adultos bilíngues, mas pessoas independentes, que têm inciativa e autonomia e preparadas para serem bem sucedidas nos estudos e na profissão que escolherem. E, nesse sentido, o estilo de ensino canadense, que é reconhecido mundialmente, faz toda a diferença.

Quando conversei com a coordenadora da escola, aproveitei para tirar uma dúvida que acredito rondar a cabeça da maioria dos pais que também considera o ensino bilíngue: ele atrasa o desenvolvimento da linguagem da criança? A resposta é não. Segundo a coordenadora, a criança irá falar no mesmo tempo que falaria se estivesse numa escola regular, a única diferença é que, até 3 ou 4 anos, irá misturar um pouco as línguas, usar palavras de uma e de outra na mesma frase, mas sua comunicação não ficará prejudicada. E, claro, que depois desse desafio inicial ela irá ter as duas línguas bem estabelecidas e se comunicará muito bem em ambas.

Antes de encerrar esse post, gostaria de destacar algumas coisas. Primeiro, que a Maple Bear, ao mesmo tempo que utiliza as práticas que fazem do ensino canadense uma referência no mundo, atua em rigorosa conformidade com o currículo e a regulamentação brasileiros, atendendo todas as exigências da legislação nacional. Além disso, seu currículo é desenvolvido por especialistas canadenses e brasileiros, respeitando as exigências de cada país, e estes especialistas canadenses conduzem um programa de treinamento do corpo docente, acompanhamento acadêmico e certificação de qualidade em todas as escolas.

Para mim, ficou bem claro que na Maple Bear, muito mais que aprender Inglês a criança se prepara para o mundo. Torna-se, dia a dia, o cidadão que irá fazer a diferença no futuro: crítico, criativo, com valores fortes e ético.

Para quem está pensando em colocar seus filhos numa escola bilíngue séria, de qualidade, acolhedora e agradável, vale a pena agendar uma visita e conhecer uma das 80 unidades da Maple Bear espalhadas por todo o Brasil. (Clique aqui para agendar a sua visita). Tive a oportunidade de conversar por mais de duas horas com a coordenadora de uma das escolas e saí de lá muito bem impressionada.

E abaixo, trago algumas fotos para vocês conhecerem um pouquinho melhor a estrutura da Maple Bear, que é seguida em todas as suas unidades. É ou não é um local gostoso de se estar?

Aula de culinária

Free play with lego - JK

Free play

JK circle time carnaval

Circle time

Toddler - dando banho nos bebes

Banho nos bebês

SONY DSC

Atividades em sala

TOddler play ground

No quintal

IK portugues

Aula de Português

image (3)

Brincadeiras

image

Hora do lanche

 

publi-incentivo

74 comentários

  1. Claudia

    Ok! Legal! E a mensalidade??? Mais de 2000,00..rs

  2. Tatiana

    Olá Shirley, tudo bem?!
    Acompanho sempre seus posts e adoro!
    Sou mãe da Melissa que fará 4 anos em fevereiro, e estive pensando em colocá-la em uma escola bilíngue, mas tenho a impressão de ser extremamente cara!
    Tem uma Maple Bear bem próximo à nossa casa, mas como ela estuda em outra escola, penso que essa mudança será demais, com relação à língua, metodologia e amizades.
    Você tem como ma falar uma média de preço? E o que acha dessa mudança?
    Agradeço antecipadamente ;)
    Beijo

  3. Priscila Castro

    Meu filho estuda em uma escola bilingue aqui no Rio, o colégio Anglo americcano q tem uma visão bem parecida com a da Maple, eles focam tb em formar cidadãos e empreendedores. Meu filho hoje tem 9 anos, fala fluentemente e foi inclusive convidade para fazermo exame de cambridge. É um investimente que vale muito a pena, sem dúvidas, pq la no futuro dele isso vai dazer toda diferença

  4. Fernanda

    Minha filha é Toddler (2 anos e e 7 meses) e está na MB Campinas desde fevereiro desde ano.
    Eu AMO a escola por mim ela continua por muito tempo. Tudo o que você comentou é verdade e para mim tem uns adicionais fundamentais: poucas crianças gera ambiente familiar e ultra controlado e, principalmente, o restaurante é excelente, muito profissional e me suporta de mais no gerenciamento da APLV dela. Inclusive eu decidi por lá pq já tinham 1 criança alérgica À leite e outra à corante!!! Além do cardápio ser de primeira.
    Como ponto fraco eu acho que a cobrança da taxa canadense anual com esse dólar vai ser de matar ano que vem, e acaba aproximando de custos de escolas como porto seguro, daí a competição fica puxada.
    Como ponto de alerta: apesar de aceitar little toddler(1 ano e 3 meses) muito cuidado pq a fortaleza deles nem de longe é trocar fraldas. Cudidados típicos de bebês como dar banho etc é out of scope(fora do escopo). Eu sugiro só entrar depois de desfraldado.

    Bjos adoro seu blog.

  5. Maria Fernanda

    Sempre tive vontade de matricular minha filha em uma escola bilingue, mas na minha cidade não tem! Você tem idéia de quanto é a mensalidade?

    1. Debora

      Aqui em Brasília está entre 1800 a 2000 a mensalidade.

    2. Amanda

      Na minha cidade, Taubaté, R$ 1200,00

    3. Luciana

      Estou em BH, e o valor para esse ano passava dos R$1.500,00 por mês, para o Maternal III, por 4 horas diárias.

    4. Adriana Bretas

      Maria Fernanda. Tudo bem?
      Minha filha estuda em uma Maple Bear no bairro de Santana. Hoje pago para que ela frequente a escola o valor de R$ 2.700,00
      Para o ano que vem o valor será a pequena fortuna de R$ 3.000,00 – ela está matriculada na turma Junior Kindgarden

      1. Umberto Previatti

        Por isto poucos tem o privilégio e a oportunidade de expor todos os talentos,aqui no Brasil é abusivo e nada justifica estes preços de escolas,não é a toa que quem quer ficar rico da noite pro dia,ou entra para política ou se torna dono de escola! Sei que existem custos,que nosso país é o campeão da burocracia e impostos mas vender um serviço mensal a R$ 2700,00 R$ 1700,00 é muita coisa.Minha opinião lógico que se queremos o melhor devemos procurar o melhor,mas para ser o melhor nem sempre precisa ser o mais caro! Absurdo e na minha opinião abusivo.Não somente esta mas,todas inclusive faculdades!

        1. Aline

          É uma pena ser tão caro, acho um absurdo estes preços praticados, melhor poupar este valor e quando nossos filhos estiverem crescidos investir em um intercambio, até mesmo pagar uma faculdade no exterior, e este problema da língua se dissolve morando no local, tenho conhecidos que fizeram isto com os filhos sem transtornos.

          1. Tatiana

            Aline, quanto mais cedo melhor para aprender uma segunda língua.Quando uma criança aprende uma segunda língua dos 2 aos 5 anos a mesma é alocada no cérebro como uma língua materna, o que não ocorre quando somos adultos e a dificuldade aumenta, pois a partir do momento que somos alfabetizados fazemos comparações linguísticas com a nossa língua materna e a nova língua fazendo assim com que a dificuldade seja muito maior!

      2. Josiane Palheta das Neves Palacio

        Esse valor é integral?

  6. Dérika Ribeiro

    Muito bom o post! Meu filho iniciará na Maple Bear do Tatuapé em 2016, quando ingressa no Ensino Fundamental (com 6 anos). Hoje percebo que deveria ter colocado-o ainda na educação infantil na escola bilíngue, mas infelizmente não o fiz. Eu e meu marido ficamos receosos com o aprendizado dele no Primeiro Ano, fase de alfabetização, nos dois idiomas. Mas a Coordenação do colégio nos passou muita segurança de que o processo não é traumático e nessa idade ainda acontece naturalmente. Ele terá aulas de reforço para acompanhar a turminha no vocabulário em inglês. Estamos confiantes de que será a escolha certa para ele! Adoramos o método e a estrutura da escola.

    1. Bruna Takata

      Boa noite Dérika!
      Gostaria de saber se o seu filho se adaptou bem aos 6 anos na Maple Bear.
      Estou querendo colocar a minha filha de 5 mas tb estou com receio da adaptação e dificuldade na língua…
      Muito obrigada!

  7. najla

    Tenho interesse em colocar meu baby numa escola bilingue. Mas como vc falou, entrou na escolinha, só rola o inglês. E o português? a gramática, etc…como fica? queria a sua opnião…

    1. Shirley Hilgert

      Najla, tem aula de Português também. Bjs

  8. Adriana Saraiva

    Olá Shirley,
    seu post apresenta muito bem a proposta pedagógica da Maple Bear. Parabéns!

    Meu filho estuda na Maple de Salvador/Ba há dois anos e está muito, muito feliz. De que outra forma podemos avaliar melhor uma escola senão através da felicidade de quem está aprendendo com ela?

    Um abraço!

    1. Michelle

      Olá Adriana, tenho uma filha de 4 anos e abriu uma maple na minha cidade … Visitei a escola e a adorei a proposta mas confesso Q tenho mto receio na pratica … Na assimilação da criança em diferenciar as duas línguas, o nível das outras matérias … Como sua filha estuda há dois anos na escola gostaria de saber como isso funciona na pratica? Desde já agradeço pela atenção

  9. Katiani

    ola também estou analisando a possibilidade de minha filha estudar em uma escola bilíngue… Qual foi a carga horário proposta?
    Obrigada

  10. Monica

    Ola tb estou nessa, aqui érto de casa tem a Maple, uma das minhasprioridades é uma escola bilingue, anglo americado ou a Canadense, mas muitas maes dizem que os pais tem que saber ingles, pois n~]ao é facil manter seus filhos lá sem saber o idioma, e eu sei o basico apenas, meu marido tb!
    Sabe de algo a respeito disso?

    1. Fernanda

      Boa tarde! Meus filhos estudam em uma das unidades há cinco anos e, se fato, algum conhecimento na língua é benéfico, mas a escola apresenta apoio para as crianças, e elas ficam mais independentes e disciplinadas em relação aos estudos, por iniciativa deles mesmos. Gosto muito.

    2. Elisa

      Acho que no ínicio vocês nao terao problemas, depois talvez. Quem sabe vocês nao aproveitam para voltar a estudar inglês?
      Eu já li que é importante nao usar a crianca como tradutora, para por exemplo resolver um problema (no caso de vocês numa viagem, por exemplo). Nao é bom para o desenvolvimento enquanto filho resolver um problema dos pais e é melhor ver os pais falando mal que ver eles como incapazes de se virar. Se a crianca se oferecer tudo bem.

  11. Babi

    A proposta é bem interessante, mas o atendimento nem tanto. Quando estava procurando escola para minha filhinha aqui em Belo Horizonte, achei muito burocrático e “seletivo” a forma que me senti tratada. Não optei por ela, apesar de ser bem próxima a minha casa porque não me senti acolhida e como se fosse… Não quer querida… Tem gente que quer! Escolhi outra escola, baseada no construtivismo que tem aula de musica e inglês. E em casa e em viagens estimulamos bastante a lingua tb. Mas o mais importante, que na escola que está hoje ela com certeza não sente menos importante que ninguém( nem mais) ela foi acolhida com atenção, dedicação e carinho. As vezes “valores” são mais importantes do que o diferencial do ensino.

    1. Simone

      Babi, poderia dizer qual escola você escolheu?
      Eu também estou procurando e gostei do seu relato!

    2. Simone

      Babi,
      Se importa de dizer qual escola você escolheu? Adorei a idéia de ter música junto!! Meu e-mil: oso982@hotmail.com
      Obrigada.

  12. CaroL

    Gostaria de saber qual a carga horaria e se eles tem aulas em portugues tb ! Obrigada!

  13. Juliana Mello vison

    Achei muito interessante a matéria, acompanho e adoro os posts, mas esse me pareceu mas como uma propaganda da escola em especial, do que informativo. Só existe essa escola bilingue no Brasil?

  14. Gisele

    Minha filha tem 2 anos! Eu e meu esposo somos brasileiros e moramos atualmente no México! Aqui é muito comum as escolas bilinguismo, mas minha filha vai numa escola normal em espanhol! No início ela ficou um pouco perdida com o idioma, mas em um mês já começou com as primeiras palavras em espanhol, e além disso na escola eles têm uma hora de inglês! Acho que para minha pequena já é muita coisa, português, inglês, espanhol. Mas enfim ela está super feliz!

  15. Kátia Tavares

    Que bacana sua matéria em
    relação a essa escola, meu filho de 3 anos, entrou esse ano, e tanto ele quanto nós como
    pais, estamos bem
    contentes com a escolha que fizemos! ???

  16. Camilla

    Quanto a alimentaçao? Como funciona os lanches? Tem cantina? O q é oferecido nelas?

  17. Mirela

    Oi, minha filha estuda na Maple Bear Recife há dois anos, e a filosofia é essa mesma, formar cidadãos éticos, a escola não só ensina a falar inglês mas a pensar em dois idiomas. As crianças são estimuladas a serem questionadoras e terem um outro olhar em relação do mundo.
    A introdução de outros idiomas deve ser feito o mais cedo possível, criança são esponjas, absorvem tudo que lhe é ensinado, quanto mais tarde mais dificuldades vão ter, adultos então nem se fala.
    Os pais não precisam saber falar inglês, as professoras orientam previamente qd tem homework. A mensalidade é Recife é em torno de 1.500
    É um investimento que vale a pena, é uma experiência pra vida toda.

  18. Elisa

    Shirley, o site atualiza toda a Hora, impossível de escrever um comentário maior. Tb nao consigo colar texto do word… :(

  19. Elisa

    Sou casada com um entrangeiro e criamos nosso filho nas duas línguas, cada um fala apenas a sua com ele (excessao sao livrinhos rimados – impossíveis de traduzir!). Ele tem 1a10m e aprendeu a falar até que cedo, mas ainda nao forma frases de duas palavras como vários dos amiguinhos da mesma idade já fazem (acho que ele tá quase lá). Ele fala palavras numa língua ou na outra e algumas poucas na duas línguas (ainda Sem ordenar que, por exemplo, mamae = português). Como eu e marido falamos as duas línguas entao é fácil, mas volta de meia as cuidadoras passam mini-apertos.

  20. Ana Paula

    Que legal…..fiquei com uma duvida….se colocar meu filho nesta escola com 4 anos, sendo que ele nao teve contato com a lingua inglesa antes, sera um problema? Abracos

  21. Fernanda

    Meu filho tem 2 anos e 2 meses e está na Maple Bear desde fevereiro. Eu amo esta escola e a sua metodologia. Ele está aprendendo a falar o português e o inglês ao mesmo tempo de forma natural. Na cabecinha dele não são duas línguas, são sinônimos!
    Super recomendo!

  22. Alessandra

    Pergunta: você tem autorização dos pais para postar fotos das crianças?
    Eu não ficaria feliz se alguém visitasse a escola do meu filho, tirasse fotos e publicasse em um blog sem minha autorização.
    Como você se sentiria se fosse com você?
    Amanhã mesmo falarei com a escola do meu filho, para que isso não aconteça.
    Se não houver autorização, recomendo que vocês tirem as fotos.

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Alessandra!
      Temos autorização :)
      Bjs

  23. ellen

    É uma pena que essa escola seja para poucos neh. Realmente muito bom , porem para quem não tem condições financeiras como eu ficamos só no sonho mesmo. Uma pena ????

  24. Paula

    Maple bear, venha pra Campo Grande!!!

  25. Mari

    Parabéns pelo post, ótimo relato! Tb gostaria de saber a média da mensalidade aqui em SP.

  26. Marcelo B

    A Maple Bear é muito legal mesmo, mas falando em ética e formação de cidadãos, você deveria dar o exemplo pois quando você faz um post patrocinado deveria deixar isso claro no texto. Não tenho nada contra propaganda nem contra a forma como você ganha a vida, mas é preciso conciliar tudo isso com respeito aos seus leitores. Pense nisso!

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Marcelo!
      Essa informação está no final do post. Todos os posts patrocinados são identificados como Publieditorial.

  27. Ana Paula

    A minha grande dúvida é em relação à formação da equipe! Os professores são pedagogos? Formados e preparados como??

    1. Shirley Hilgert

      Sim Ana Paula, todos os professores são formados.

  28. Elidiane Dias

    Boa Noite,meu filho tem 2 anos e 5 meses.Desde os 10 meses frequenta uma escola bilíngue aqui no interior de São Paulo (Colégio DaVinci).Atualmente ele fala as duas línguas de forma natural e compreende os dois idiomas. Ele ama ir a escola e se sente muito bem lá.

  29. Juliana

    Na Maple Bear do Paraíso-Jardins a mensalidade é em torno de 3.500,00. Realmente as crianças parecem ser super felizes lá!

    1. Patricia

      Olá Juliana, acho que este valor é para o integral com a alimentação e que a mensalidade 1/2 período não passa dos 2.000.

      1. Lilian

        Minha filha está no meio período em SP, mensalidade com lanche R$ 2.500

  30. Luciane

    Meninas, Bom Dia!
    É caro, é! Mas se esse grande impecílio não for intransponível faça o sacrifico.
    Minha Filha menor estudou nessa escola até os 6 anos e hoje além da base de inglês maravilhosa eu agradeço a Deus por ter feito essa escolha, essa escola me ajudou a perpetuar as açoes de Casa (respeitar a individualidade e particularidade do outro, a continuidade no consumo de alimentos saudaveis, o senso lógico, a base em matemática entre outros pontos). Foi um super acerto!

  31. Vanessa

    Olá Shirley, vc visitou mais escolas? Coloca outras resenhas também, acho importante a comparação. bjs

  32. Danielle

    Olá, pessoal! Alguém do RJ que saiba os valores das mensalidades?
    Obrigada!

    1. Rafael

      Danielle,

      A mensalidade da Maple Bear – Barra da Tijuca está em torno de R$ 2100 para manhã ou tarde e R$ 2900 para o período extendido (7:45 – 15:00).

      1. Kris

        Olá Rafael,
        Estes são os valores para 2016 na Mapple Bear aqui na Barra? Sabe se há grande lista de espera para ingressar os filhotes?
        Estou bastante interessada em colocar meu pequeno, mas a entrevista será só daqui 20 dias.
        Obrigada

  33. Clarissa

    shirley, te acompanho há mto tempo e tenho a impressão que agora você so faz propaganda… Antes levava tudo que vc falava em consideração.. Hoje já pondero se vc esta falando o que realmente acha ou está sendo paga por isso.. Uma pena…

    1. Fefa

      Concordo!

  34. Michelle

    Adorei a matéria. Pesquisei muitas escolas para o ano de 2016, minha filha tem 4 anos.
    Minha vontade, com certeza era escola bilíngue, mas achei extremamente caro.
    Optei por uma escola com mensalidade em torno de R$1.000,00, que já não é pouco.
    Infelizmente é para poucos.

  35. Cristina

    Péssima esta matéria. Se é que que podemos chamar assim. O que li foi uma propaganda da escola Maple Bear e não a experiência em uma escola bilingue. Cadê a descrição das experiências das crianças na escola e seu desenvolvimento em casa após o início das atividades em uma escola bilíngue? Tudo o que está escrito é o que o diretor de uma unidade da Maple Bear me explicou e aparentemente explicou para a autora. Não é um ponto de vista sobre o método. É marketing.

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Cristina!
      No texto eu falo que fui a convite da escola e no final do post tem a informação que é um publieditorial.
      Bjs

    2. Leonard

      Sou cidadao Australiano e tenho dois filhos na Maple bear faz quatro anos e meio. Muito boa escola.

  36. Raquel

    Me mudei para os EUA no final de julho de 2015, vim com minha família para estudar e conhecer alguns lugares relacionados ao trabalho que desenvolvemos no Brasil. Meu filho mais velho tem 6 anos. Ele entrou numa escola daqui. Ele não falava nada em inglês apenas Hello, Thank you… ele tinha acompanhamento por professora especial 1 vez por semana, acreditem ele aprendeu o inglês em 4 meses. Ele é fluente . A escola tem o mesmo método da Maple. Não foi fácil no começo , até porque ele saiu de perto dos familiares e amigos ,,, na escola aqui ele entra as 9:00 e sai às 16:00 atividades extracurriculares como basquete, futebol somente após o horário de aula. Eles estimulam a leitura e tem muita lição de casa. É obrigatório ler dois livros por semana. Ensinei p português em casa. Hoje ele é fluente em inglês e português, lê e escreve em ambas línguas. Estamos voltando para o Brasil para ficar um ano e provavelmente vou optar por uma escola bilíngue, vale a pena, somente o custo que realmente será difícil arcar , vou ter que trabalhar dobrado kkk aqui o material é mínimo, cedido a maior parte pela escola , ônibus (aqueles amarelo de filme) é de graça , a escola é gratuita . Estamos nos preparando para o retorno ..

  37. Ali

    Ola
    Vai abrir a escola Maple Bear em santa barbara doeste / americana
    Alguem sabe quanto que vai ser a mensalidade??
    Eu tenho 4 filhos de 8 de 6 e gemeos de 3 anos e meio e sera que tem desconto neste caso??

    1. Elisa

      Boa sorte hein, vc deve ser milionaria. Se pagar pra um ja é dificil…imagina pra 4. (rs) Achei os preços um absurdo, extremamente abusivo. Eu falo ingles e italiano fluente e só comecei estudar essas linguas aos 15 anos. É legal, é. Mas nao necessario. Fazer curso extracurricular, assistir desenhos/filmes no idioma, incentivo em casa, tb será tao bom quanto… Por 4 horas por dia só essa fortuna…sinceramente como já disseram acima melhor guardar esse dinheiro e investir em cursos e intercambio para os pequenos mais pra frente. Tem outras otimas escolas em Americana (exemplo a Antares).

    2. Vanessa Silva

      Bom dia, tudo bem? Meu nome é Vanessa e sou Coordenadora da Maple Bear Sbo /Americana. Já estamos abertos para visitas e matriculas no endereço rua do Ósmio 1517, Jd Mollon Sbo. Entre em contato conosco pelo e-mail Sboamericana@maplebear.com.br ou pelo telefone 99111 6911, assim poderemos esclarecer melhor todas as suas dúvidas.
      Obrigada
      Vanessa

    3. Vanessa

      Olá Ali, tudo bem?

      Meu nome é Vanessa e sou coordenadora da Maple Bear Sbo/Americana. Entre em contato conosco através do e-mail sboamericana@maplebear.com.br ou pelo telefone 99111 6911. Já estamos abertos para visitas e matrículas e assim que entrar em contato poderemos esclarecer melhor todas as suas dúvidas.

      Obrigada
      Vanessa

    4. Vanessa

      Ola Ali, tudo bem?

      1. Ali

        Oi vanessa tudo e vc!!
        Passarei na semana de dia 22 ai para agente conversar ta
        Ate

  38. Carla Amaral

    Uma escola Marketeira de carteirinha.
    Minha filha de 4 anos estudo por um ano e foi a pior experiência da nossa vida.
    Coitadas das crianças que estudo nessas unidades
    Que só visam o dinheiro.

  39. Maria Amélia Leme Fronio

    Para as Mamães interessadas a Maple Bear Santa Barbara d´Oeste/Americana está aberta para Visitas e Matriculas para 2017.
    Nosso telefone é 19 3199-0087 ou 19 9.9111-6911 e nosso e-mail é sboamericana@maplebear.com.br
    Acredito que esse comentário vai ajudar muito as mamães com duvidas aqui. Venham nos visitar.

  40. Mariana

    Boa noite,

    Alguém saberia me informar o valor da mensalidade do Maple Bear de Santos para o ensino infantil?

  41. Paulo

    A minha dúvida seria relacionada ao aprendizado da gramática portuguesa. Pois para mim, não adianta meu filho ser fluente em inglês (e francês?), se não souber falar e escrever corretamente nosso idioma. Alguém teria mais informações sobre isso?

  42. Daiannymoraes

    Olá ! Alguém sabe me informar o valor da escola de Curitiba ?

    1. Fabiana Dorleans

      Olá Daianny Moraes, sou da Maple Bear Curitiba. Gostaria de deixar nosso contato 41 30237177 endereço Av.Nossa Senhora da Luz 695 – Jardim Social. Venha fazer uma visita.
      http://www.maplebearcuritiba.com.br

  43. ROBERTA

    A MINHA FILHA ESTUDA NA UNIDADE DE NITERÓI, O PREÇO VAI VARIAR DE ACORDO COM A SÉRIE ESCOLAR DA CRIANÇA.
    MINHA FILHA TEM 8 ANOS E ESTÁ NO 3 ANO E EU PAGO POR VOLTA DE 2200,00 REAIS POR MÊS

Deixe seu comentário