Diarreia no verão: como evitar e tratar

Os dias de calor forte estão chegando (em alguns lugares já chegaram com tudo) e junto com eles vem também um problema bastante comum entre bebês e crianças: o aumento dos casos de diarreia.

A diarreia é a segunda maior causa de mortes entre crianças até 5 anos e por ser um problema tão comum, e tão nocivo, resolvi falar um pouco sobre ela.

imagem destaque

Photo Credit: Gwenaël Piaser via Compfight cc

Mas afinal, por que a diarreia infantil é tão perigosa?

A diarreia infantil é perigosa porque leva à perda exagerada de água e de eletrólitos o que causa a desidratação, a falência dos rins e, por consequência, a morte. Ela é a consequência de uma lesão no intestino, que provoca a descarga de água e sais minerais. Para vocês terem ideia de como a diarreia é perigosa, bebês e crianças, se apresentarem diarreia e vômito severos e não fizerem a ingestão adequada de líquidos, podem desidratar em apenas 24h.

Quais são os sintomas da diarreia?

Dor de barriga, perda do controle do intestino, febre, fezes líquidas e náusea (três episódios de fezes líquidas ou amolecidas no período de 24h caracteriza diarreia).

O que causa a diarreia?

Os maiores causadores da diarreia são bactérias, vírus e parasitas, que contaminam a água, os alimentos e o solo e ainda podem ser transmitidos através do ar ou pela via oral-fecal.

Um dos maiores causadores de diarreia é o Rotavírus, mas o Adenovírus, o Astravírus, o Calcivírus e o Norwalk vírus são também comuns. Já no grupo das bactérias, as mais comuns são a Escherichia coli (E. coli), a Salmonella sp, a Shiguella sp, a Clostridium difficile, a Aeromonas, a Vibrio cholerae e a Campylobacter jejuni. E entre os protozoários, destacam-se a Giardia lambia, a Entamoeba histolytica e o Criptosporidium.

Outras causas de diarreia também são a intolerâncias e sensibilidades a alguns tipos de alimento e substâncias, como leite e corantes e a ingestão de alguns medicamentos, como antibióticos.

O que se pode fazer para evitar a diarreia infantil?

A principal forma de evitar a diarreia é mantendo bons hábitos de higiene:

  • Lavar bem as mãos antes de manipular alimentos;
  • Lavar bem os alimentos antes de ingeri-los;
  • Ingerir apenas água tratada;
  • Esterilizar os principais itens e utensílios que o bebê ou criança costuma levar à boca – mamadeira, chupeta, talheres, etc…
  • Manter a tampa dos lixos sempre fechada;
  • Manter a boa hidratação da criança.

Qual o tratamento para a diarreia infantil?

Para tratar os sintomas da diarreia e acabar com o problema o quanto antes, alguns cuidados simples devem ser tomados. Os mais comuns e conhecidos são:

  • Reposição de água e sais minerais através da ingestão de soro caseiro;
  • Manutenção de uma dieta leve e equilibrada, rica em água.

Mas há também um outro cuidado, não tão conhecido, no que diz respeito ao tratamento da diarreia, que é a suplementação de zinco, responsável por diminuir a duração e gravidade da diarreia (o zinco ajuda na regeneração da mucosa lesada do intestino);

Segundo a OMS (2005), numerosos estudos têm mostrado que a suplementação de zinco (utilizando a dosagem de 10 a 20mg por dia até cessar o quadro) reduz drasticamente a gravidade e a duração da diarreia em crianças menores de 5 anos de idade. Além disso, a utilização dessa mesma dosagem por um período de 10 a 14 dias reduz a incidência dessa patologia por um período de 2 a 3 meses. (Fonte: AQUI)

O zinco é também encontrado em ostras, carne vermelha, peixes e legumes verdes, entretanto, a quantidade de zinco necessária para a regeneração da mucosa intestinal é muito grande, por isso, sugere-se o consumo de zinco através da ingestão de suplementos como o BioZinc.

E por fim, o cuidado mais importante de todos: converse sempre com o pediatra. Como citei no início do texto, a diarreia pode levar à desidratação muito rapidamente, por isso, buscar a ajuda de um profissional da saúde se seu filho estiver com episódios frequentes de diarreia é imprescindível.

Também vale a pena conversar com o pediatra sobre a suplementação de zinco para o tratamento de diarreia. Essa é uma medida simples e que pode evitar maiores complicações a curto e longo prazo.
publi-incentivo

Deixe seu comentário