Fotógrafa faz homenagem a corpos reais de pós parto

Jade Beall é fotógrafa. Logo após dar à luz, ela fez uma foto seminua, mostrando a realidade de um corpo pós-parto, e postou na sua página pessoal do Facebook. Qual não foi a sua surpresa quando essa ação tomou proporções inesperadas e a foto passou a fazer o maior sucesso, sendo compartilhada por centenas de pessoas.

Através dos compartilhamentos, essa imagem alcançou outras mães, que pediram para Jade fotografá-las e registrar o corpo delas também, o que, imediatamente, foi aceito pela fotógrafa.

E assim, tem início, de forma despretenciosa, uma ação que prega a real beleza do pós parto. Entitulada “A Beautiful Body”, a série de fotos mostra os corpos reais de mulheres que acabaram de dar à luz, com suas cicatrizes, excesso de pele, kilinhos a mais e nenhum retoque.

Segundo a fotógrafa, sua intenção é “empoderar as mulheres e fazê-as se sentir insubstituíveis”. Para ela, estrias, cicatrizes de cesáreas e barriguinhas salientes são as marcas de uma mulher que gerou uma vida dentro dela. São sinais de poder. Mas quando o mundo “limpa” essas marcas nas fotos que recebem algum tipo de tratamento, elas são vistas como um emblema da vergonha.

E aqui, algumas das fotos da série “A Beautiful Body”, para nos provar que o corpo do pós parto é belo, porque ele carregou e gerou uma vida e não há beleza maior que essa.

o-JADE-BEALL-900 (6)

o-JADE-BEALL-900 (5)

o-JADE-BEALL-900 (4)

o-JADE-BEALL-900 (3)

o-JADE-BEALL-900 (2)

o-JADE-BEALL-900 (1)

o-JADE-BEALL-900

 

jade4_0

Jade0_1

jade3_0

jade1_1

Jade7_4

Leia mais sobre o projeto de Jade Beall em http://www.abeautifulbodyproject.org/.

 

18 comentários

  1. Hellen

    Amei…pena que não tenho dinheiro sE não faria tbm….
    Muito lindo….

  2. Carla Marques

    Olá, eu não gostei nada destas fotos. É uma questão de gosto pessoal, nada tenho contra a intenção ou a visão artística da fotógrafa mas, pessoalmente, não gosto.
    Acho que podem assustar algumas mulheres que ainda não são mães. E não acho que sejam retratos fiéis de todos os corpos das mulher após o parto. Existem muitos outros corpos diferentes. Nem sempre ficamos flácidas, nem com estrias. Fazem falta outros corpos neste trabalho. Somos todas diferentes e não sinto que estejamos todas retratadas assim.
    Por outro lado, saber que ficaria assim nunca me impediria de engravidar, mas a outras mulheres pode induzir em erro. Acho eu. Não considero um trabalho muito fiel à realidade.

    1. Daniele

      Eu concordo com VC, mesmo pq sou mãe, peso 54kg e não tenho nada d estrias, a minha barriga continua zerada!!! O corpo, pós parto, depende de mulher para mulher…

  3. Daniele

    Eu gostei do ensaio, mas eu por exemplo sou mãe, continuei magra e após o parto o meu corpo continuou o mesmo, sem estrias, então tem esse lado também, cada uma é diferente e nem sempre apos o parto o corpo fica flácido.

  4. Mariana Magalhães

    Adorei as fotos quem dera se pudéssemos escolher ,teríamos o mesmo corpinho de antes da gravidez. Mas não, somos a grande maioria que ficam com estrias sim, flacidez sim, gorduras localizadas sim. Prefiro ter essas marcas no corpo do que muitas mulheres que deixam de amamentar de curtir uma gravidez por causa de estética. Afinal o que são essas marcas diante do melhor e maior presente que ganhamos! Ter filho é assumir tudo que vem junto com eles.

  5. ana

    Esses corpos são tão irreais quanto o de uma mulher que sofreu fotoshop. Conheço muitas, muitas mulheres que não tem estrias nem flacidez e não estão acima do peso por terem parido. O corpo muda sim, mas esse ensaio é tão extremo quanto os das modelos magras e perfeitas no pós parto. Esse negocio de “corpos reais” está na moda e nada mais é do que subsídio para as pessoas venderem seu trabalho e o pior é que todo mundo cai no jogo de marketing.

    1. Jakelyne

      Concordo com vc, Ana! Muito forçado!

    2. Bruna

      Eu também acho, não fiz dieta, amamento até hoje e continuo magra como sempre fui… Tenho estria (muitas) nos seios e nos quadris mas da puberdade, nenhuma das duas gestações tive estrias. Cada uma tem que aceitar sua genética e não julgar ou se preocupar com corpo de outras mães. Assim como não acho bacana mostrarem a famosa tal super linda depois de 10 dias de parida, também não precisa mostrar só casos que tiveram flacidez, estrias e etc…

  6. Mariana

    Amei o ensaio. Lindo e emocionante. Ser mãe não é motivo pra se odiar.

  7. julia

    Se vocês continuaram com os corpos lindos depois da gravidez, bom pra vocês! Mas esse ensaio não é nem um pouco exagerado, me senti super representada e achei lindas as fotos. Mostram apenas que, apesar das marcas, somos todas lindas. Além disso, tive um filho, tenho muitas estrias, barriga flácida, o que não me faz deixar de querer ter outro filho. Se essa não é a realidade de vocês, não falem que é exagerado sem conhecer quem vive essa realidade

    1. Vivian

      Concordo contigo. Além do que, uma das fotos é de 2 mulheres magras, o que representaria a realidade destas felizardos. Sim, felizardas, pois das muitas mães que conheço, poucas são as que não tem sequelas da gravidez.

  8. Euvlaudia

    Se o seu corpo não chegou a esse extremo devido a gravidez parabéns, mas vc não precisa de um ensaio fotográfico para te representar. Certamente a sua autoestima em relação ao seu corpo contínua a mesma, pós-parto. Certamente o objetivo dessas fotografias foi mostrar q quem tem essas cicatrizes, flacidez, ganho de peso não está sozinha e que deve ver o lado bom de tudo isso que é a beleza de ser mãe, essa sim está acima de qualquer outra. Poxa galera, quem tem estria não é uma mãe melhor, não é esse o objetivo do trabalho ;)

    1. Ka

      Exatamente o que eu gostaria de dizer! Com disse tbm a Julia ali em cima.
      Pras mulheres que voltaram ao corpo de antes da gravidez, ótimo! Que sorte – ou que esforço admirável – de vcs! Tudo certo, autoestima ok, pele lisinha, tudo em cima.
      Mas esse ensaio é para mostrar àquela maioria, na qual eu me incluo (com 23 anos!!), que ninguém está sozinha nessa. E que, por trás de um corpo gordinho, uma barriga que não segue nossas expectativas, estrias e seios caídos, o que realmente importa é o amor e tudo o que essas marcas significam, e que, se pudéssemos escolher, passaríamos por tudo novamente, pq nada paga a experiência de ser MÃE e de dar e receber esse amor incondicional!

  9. Adriana

    O ensaio é bem legal! Representa a realidade de muitas mamães.
    Graças a Deus tive sorte de sair ilesa da minha gravidez. Voltei ao peso em uma semana, e em um mês já uso minhas roupas 38.

  10. Luciana

    Amei…tenho 30 anos 1,70 de altura e 64kgs, tenho dois filhos, fiquei com estrias na barriga e um pouco flácida são marcas de um amor extremo, meu filho de 8 anos acha super normal e quando ele vê modelos de lingerie na TV diz que eu sou igual.Ou seja o amor vai além das marcas ou gordurinhas ser mãe é maravilhoso é um verdadeiro dom de Deus.Meu esposo também diz que estou ótima então obrigada guerreiras que tiveram coragem de mostrar e demonstrar do que somos capazes por amor.

  11. Ayann Magri

    Eu achei o ensaio fotográfico muito legal, e não concordo com quem disse que esta forçado. Depois de ter minha filha fiquei com estrias na barriga e um pouco de flacidez e a maior parte das mulher que conheço, estão na mesma situação. Se vc não ficou com estas marcas, parabéns, pois é muito difícil mesmo mulheres não ficarem com marcas após o parto. Varia muito de genética e claro idade…pois pessoas mais jovens entre 18 a 25 anos é mais rápido o corpo voltar ao normal depois de uma gravidez, e muitas, mesmo voltando o peso ficam com estrias. Eu jamais deixaria de ser mãe só por que vi estas fotos, e quem pensar desta forma é muito fútil (minha opinião), ser mãe é maravilhoso e só quem é, sabe o significado do “amor incondicional” …Quem não é mãe e ficar na dúvida se deveria ter um filho ou ficar com a barriga enxuta e sem marcas, bem fica a critério da sua vaidade e auto estima!

  12. Luciana

    Belas fotos, mas devem ser divulgadas com orientação. Pode até acontecer isso com o corpo, mas não se trata da regra. Estou no meu período de resguardo e não me identifico em nada com essas fotos. Achei um pouco exagerada.

  13. Carina

    WOW!!! That’s AMAZING!!! HATS OFF to all the wonen that took a picture of their bodies after their pregnancy!! It’s usually awkward to look at yourself in a new body that has such strong marks! My belly looks a little bit like many of the women photographed here and I feel sorry for it and kind of hate it! But looking to such strong women as in the pictures is inspiring!!!! Thanks for sharing with the less strong ones!!

Deixe seu comentário