Dar colo não faz mal. Pelo contrário!

Quem é que nunca ouviu o seguinte conselho: “Não pegue no colo! Ele vai ficar mal acostumado!”. Eu ouvi muitas e muitas vezes e aposto que vocês também. Só que a questão é justamente o contrário! Quanto mais colo e carinho a criança receber na primeira infância, melhor para a saúde mental dela.

Um estudo realizado pela área de psicologia da Universidade de Notre Dame chegou a conclusão que carinho e colo à vontade na primeira infância criam adultos menos ansiosos e com melhores habilidades sociais.

bebe no colo

Photo Credit: tomhe via Compfight cc

Para chegar a essas conclusões, os responsáveis pelo estudo realizaram uma pesquisa com 600 adultos. Todos eles responderam questionários que abordavam passagens de sua infância e também questões da vida atual. Os resultados mostraram que aqueles adultos que foram mais acalentados, receberam mais colo e atenção de seus pais quando crianças, tinham uma probabilidade menor de desenvolver distúrbios psíquicos, tornaram-se adultos mais saudáveis e mais sociáveis.

De acordo com os pesquisadores, o primeiro ano de vida de criança é importantíssimo para a forma com que o cérebro dela se desenvolverá para toda a vida. Pais que abraçam, tocam e acalentam os bebês influenciam positivamente o seu desenvolvimento, já que faz com que se tornem crianças mais calmas (nessa fase, os sistemas corporais e neuronais ainda estão se estabelecendo, e o toque e a proximidade ajuda nesse processo). Se o bebê for deixado chorando muito, ele acabará desenvolvendo uma maior inclinação para o stress.

Ainda, Narcia Narvaez, psicóloga responsável por esse estudo, vai além. Ela diz que não somente é impossível uma criança ficar mal acostumada por receber muito colo como, deixar um bebê chorar sem lhe dar atenção pode, verdadeiramente, prejudicar o seu desenvolvimento.

Então, mamães e papais, esqueçam esses conselhos desinformados que dizem que dar colo estraga a criança, a deixa mal acostumada, mimada e dependente. Dar colo, carinho, atenção e passar tempo de qualidade com os filhos não somente não os “estraga” como os torna adultos psicologicamente saudáveis, equilibrados e felizes.

Para saber mais sobre essa pesquisa, clique aqui (informações em Inglês).

E aqui uma reportagem explicando melhor os resultados dessa pesquisa:

17 comentários

  1. Ticiane

    Minha filha tem 3 meses, ela só dorme no colo..
    Quando ela dorme logo eu coloco ela no berço aí ela acorda.. Aí pego de novo..
    Mais queria tirar esse costume dela!

  2. Crístia

    Esse pensamento é fruto de um conceito errado sobre a primeira infância. Mamães, minha experiência ,até aqui, me levou a seguinte constatação: nós, adultos, tendemos a esperar comportamentos de adultos nas crianças. E quando se trata de bebês, isso torna-se ainda mais evidente. Como um bebê recém nascido, ou de meses, pode ficar “manhoso” se está mais para um feto fora da barriga , que para uma criança°? Como teria capacidade de “manipular” os pais com choro, para ter o que quer, no caso,para terem o colo? Penso que o bebê, principalmente até 1 ano de idade, precisa ser atendido em suas necessidades : segurança, conforto, proteção e alimentação… e isso inclui dar colo. O bebê não é um mini-adulto e não nasce sabendo como se comportar. Mas diria quem pensa o contrário: ‘mas por isso tem que ensiná-los.’.. Ensinar quem não tem a mínima capacidade cognitiva , aindda, para aprender? O que a minha experiência me disse , que há bebês que irão “aprender” sim, a ficar sem colo, a não serem embalados para dormir… não porque “entenderam” que devem comportar dessa maneira, mas por que foram , de uma certa forma, “treinados” para fazê-lo.. Acho lamentável, pois a primeira infância é fundamental para o desenvolvimento emocional sadio de um indivíduo… E isso tudo me faz concluuir que sabemos muito pouco sobre a primeira infância, especialmente até o primeiro ano de idade, que educar é diferente de “treinar”.. Um bebê chora por vários motivos que talvez seja difícil de compreender , e isso é cruel para mãe, mas o mais cruel , é a sociedade espeerar de mãe e filho um comportamento conveniente, quando, nesse período, o que há de verdade é necessidade, carinho, afeto…

    1. Jessica

      Exatamente! Vc disse tudo.

    2. Gabriela

      Perfeito! Penso da mesma forma!

  3. Rosinete

    Sofro do mesmo problema que a Flavia. Minha filha tem dois meses e não dorme em nenhum lugar , apenas no colo, não sei mais o que fazer, eu amo dar colo p minha filha, mas daqui ha que dois meses ela vai p creche e eu tenho medo da creche não aceita la. Nossa que complicado.

    1. Ana Livia

      Os bebês passam pelos picos de crescimento e desenvolvimento, que faz com que ele só queiram colo, entre outras coisas. Não se preocupe, isso é só uma fase. A medida que vão crescendo, vão conseguindo ficar mais tempo longe da mamãe e do colinho. Tenham paciência e acreditem, isso passa!

  4. Flavia

    Mas e quando o bebê fica tão dependente de colo que não consegue dormir sem você??
    Minha bebê tem quase 2 meses e só quer colo, de preferência peito, mesmo sem mamar. Insisto nas tentativas de colocá -la no carrinho/moisés depois que ela adormece e o sono parece pesado , mas poucos minutos depois ela chora.

    1. Luiza

      Flavia, cada bebê é um bebê. O meu estava começando a ficar assim, li que o bebê pode ser mais inseguro e precisa desse carinho.
      Percebo que ele dorme quando a respiração fica mais leve, aí espero uns 20 minutos pra colocá-lo no carrinho e ele fica tranquilo.

    2. Caroline

      A minha bebê tem 40 dias e também só quer saber de colo. Só dorme no meu colo. Quando passo pro berço , acorda … Estou muito cansada, mas não vejo outra solução. Deixo no meu colo e pronto. Não vou deixar chorando de jeito nenhum! Acredito que com o passar do tempo ela vai aprendendo . Estou insistindo em tentar todos os dias … Uma hora ela fica!

      1. Thais

        Caroline o meu começou assim e já fez 5 meses e continua do mesmo jeito kkkkk
        De dia ele só dorme no colo, o sono dele eh muito leve, tentava por em Qq lugar e já acordava e era uma dificuldade fazer dormir de novo… então já desencanei e deixo dormir no colo mesmo. Ja a noite é uma bênção, dorme a noite todinha direto. Acho que eh da personalidade dele mesmo, mas acredito que ainda vai melhorar, até lá muita paciência e muito colo! Rsrsrs

  5. Larissa

    Amo dar colinho pro meu bebê de 2 meses… Pessoas para dar palpites e ainda por cima errado tem de monte, menos palpites e mais colo por favor!!!

  6. Patricia

    Amo dar colinho para a minha bebê….. Mas as avós vem sempre com esta história….. Vai ficar mal acostumada.
    É bom saber que podemos fazer sem preocupações futuras.

  7. Alessndra

    Oba! Poder dar colo sem culpa faz muito bem para a saúde mental e emocional da mamãe também.

  8. Tão bom quando uma pesquisa comprova o que já sabíamos!

  9. Colo é bom demais! =] Quando que dar carinho faz mal?

  10. arianne

    Meu filho Miguel 2meses e 17 dias,e super tranquilo,não fica de chororô,sempre dei colo,permito q as visitas tmbm dê (claro que não deixo acordar para pegarem né kkkk)!!!
    No primeiro mês de vida,eu tive dificuldades para amamentar,com isso eu achava o cúmulo que a pediatra me pediu p amamentar em livre demanda 😤!!Quis desistir da amamentação,mas graças a Deus fui bem acalentada pela minha mãe e meu marido que não permitiram minha desistência!!Enfim,como fui orientada pela pediatra q bebê chorou é fome e se caso o mama não resolvesse poderia ser outro motivo,fui me adaptando a ele,com seus horários e suas necessidades,sempre oferecendo acalento,deixando ele saber que deixei ele no bercinho “mas mamãe ta aqui”!!
    Pensem como é bom saber q tem sempre alguém por perto p cuidar de vc!!Por isso acredito q é fundamental conversar com o bebê independente da idade,avisar “ôh mamãe ta aqui,mamãe ja volta,mamãe vai t pegar….”,isso faz com q o bebê tenha segurança e tranquilidade!!

    1. bruna

      O meu tbm tem 2 mesinhos, sempre q ele pensa em chorar é peito, fui a uma pediatra q falou q eu estava errada, mudei de pediatra rssss meu bb adora um peitinho, esta risonho, interage sempre q eu converso com ele!!! Realmente colinho naum estraga, gesto de carinho

Comentários fechado.