20 verdades sobre ter 2 filhos

No post de hoje, algumas verdades que só quem tem dois filhos irá entender. Um pouquinho da realidade de mãe de dois. Uma realidade recheada de desafios, mas muita, muita alegria e realização. Confira e identifique-se.

1. Você não tem para onde correr. Quando se tem só um filho, você e o pai se dividem e cada um cuida um pouco. Assim, dá para ter uns minutinhos de folga. Quando são dois, é cada filho para um. A gente percebe isso claramente em viagens, passeios, etc…

foto post

Foto de arquivo pessoal. Sua reprodução não está autorizada.

2. Mas também, não é trabalho em dobro. Muita gente fala: ter dois filhos é trabalho em dobro. Não é não. É claro que o trabalho aumenta, mas não dobra. A gente tem mais experiência e aí se vira bem melhor (Leia: O segundo filho é realmente mais fácil?).

3. Nasce o segundo, o mais velho cresce. Assim que o segundinho chega, parece que o mais velho cresce uns bons anos. De uma hora para a outra, ele deixa de ser o bebê e a gente o vê como uma criança bem mais independente. Mas não é bem assim, e temos que tomar cuidado com isso.

4. Prepare-se para as crises de ciúmes. Não que seja regra, mas é bem comum. O irmão mais velho tende a ter muito ciúmes do mais novo nos primeiros meses. E aí, prepare-se para enfrentar memoráveis birras, brigas e exemplos de um comportamento não tão admirável.

5. Você se tornará uma mãe bem mais relaxada (no bom sentido). Se com o primeiro filho você queria fazer tudo perfeito e se preocupava com tudo, com a chegada do segundo você relaxa. Sabe que nem sempre será possível dar conta do recado com 100% de perfeição.

6. Uma hora você deixará pelo menos um dos dois chorando. Se você é daquelas mães que não suporta a ideia de deixar o filho chorar, quando chegar o segundo você aprenderá a conviver com isso. Isso porque é impossível atender todas as demandas ao mesmo tempo. Chega uma hora que alguém vai ter que esperar e aí é certeza que o berreiro vai começar.

7. Você vai perceber que reclamava de barriga cheia. Lembra quando você reclamava que não tinha tempo para nada? Pois bem, agora sim você vai entender o que é não ter tempo para nada (não consigo imaginar o que seja ter 3 ou 4 filhos. Ahahaha!).

8. O que já era difícil pode ficar ainda mais complicado. Lembra quando você pensava que tendo o segundo filho eles se fariam companhia e deixariam você mais livre? Pois bem, saiba que você estava errada. Em vez de um correr atrás do outro, os dois correm atrás de você. Pelo menos nos primeiros anos.

9. Você vai entender melhor o conceito de sustentabilidade. Sim, sustentabilidade, reciclagem e reaproveitamento viram palavras de ordem. Você vai querer aproveitar tudo (ou quase tudo) do primeiro para o segundo. Afinal, economia é sempre vem vinda.

10. Você irá se perguntar onde está indo parar o seu dinheiro. Os gastos aumentam, e muito, com a chegada do segundinho. Mesmo reaproveitando muita coisa, o dinheiro vai embora, escorre por entre os dedos.

11. Bem antes do que você imagina, eles já vão brigar pela TV. Desde muito cedo eles já tem os seus programas favoritos e vão disputar o controle da TV, da Net, da Apple TV e até a posse do iPad.

12. Eles tenderão a ter comportamentos opostos. Já viram alguma mãe dizer que seus filhos tem personalidades completamente diferentes? Pois é, isso é bem normal. As crianças tendem a querer se destacar e chamar atenção dos pais, por isso, evidenciam características que o irmão não tem.

13. Eles podem ser muito, muito unidos. Principalmente se for para fazer alguma coisa errada. Um arquiteta o plano e o outro vai lá e executa. Isso é tão comum!

>>>> Confira aqui 10 razões para ter o segundo filho.

14. Eles vão sempre, ou quase sempre, querer o brinquedo que está com o outro. O brinquedo pode estar lá, largado por dias, mas é só um irmão pegá-lo que lá vem o outro e também quer. E aí a briga começa.

15. Eles vão disputar a sua atenção. Assim como acontece com o brinquedo, é só um chegar perto da mãe ou do pai que lá vem o outro e pula no colo. E aí começa a treta.

16. O segundo aprenderá a fazer as coisas bem mais rápido. Observando o exemplo do mais velho, o segundinho fará tudo muito, mas muito mais rápido que o primeiro fez. E vai deixar você de cabelo em pé.

17. Não é regra, mas a tendência é que o segundo seja mais “despachado”, mais dado e mais extrovertido. Escuto de muitas mães que o segundo filho é bem mais “resolvido”, independente, dado e extrovertido que o primeiro. Talvez um pouco da explicação esteja aqui nesse post.

18. Você terá muito mais segurança para deixar seus filhos com outras pessoas. Quando a gente tem um filho só, morre de dó de deixá-lo aos cuidados de outras pessoas (tipo deixar com os avós para dar uma escapadinha no final de semana). Quando são dois, você sabe que um fará companhia para o outro e aí se arrisca a ficar distante por algumas horas ou dias.

>>> 6 Dicas para organizar a chegada do segundo filho. Confira!

19. Você irá amá-los na mesma intensidade. Você pode admirar mais algumas características de um e mais outras características do outro. Um deles poderá te dar mais trabalho e o outro bem menos. Mas a grande verdade é que em se tratando de amor, não haverá diferenças. Você irá amá-los na mesma intensidade. E desesperadamente.

20. Você verá nascer e crescer um dos sentimentos mais belos que pode existir. Amor, admiração e companheirismo entre irmãos é uma coisa linda de se ver. E você terá o prazer de testemunhar esse elo e essa união se formando com o passar dos anos. Alegria maior não pode haver. Com certeza, está entre os maiores prazeres de ser mãe.

41 comentários

  1. Aline Souza

    É bem engraçado Shirley, mas olha só… eu tinha mais segurança em deixar a minha primeira filha com os outros, o segundinho mudou isso completamente. Acho que isso se deve a diferença de idade. Tive a primeira com 20 anos e o segundo com 30. Agora, morro de ciúmes dos dois, kkkk. Alguém mais?

  2. Giselle

    Aninha menina tem 4 e o menino tem 1. As diferenças sao assustadoras entre eles, mas sim, aprendi a ver as qualidades de cada um. Só não concordo que o trabalho dobra, pra mim 1+1 não são 2…. São 4 pelo menos no primeiro ano. Surtei legal, mas as coisas se encaixaram. Ufa!!!!

  3. Franciani

    Ainda não tive essa ‘coragem’. Por enquanto só Eric, com 2 anos e 2 meses, tá bom.

  4. Deborah

    Perfeito!

  5. Patrícia

    Adorei, ri e chorei ao mesmo tempo! Concordo plenamente com tudo, principalmente com o item 20!

  6. Marina

    KKKK…. até 2056…kkkk…
    Estou pensando e criando coragem para ter o 2o.

    Acho que vou continuar pensando…kkk

  7. Kaline

    Kkkkk é bem por aí! Adorei o post, aqui está bem difícil! Renan 2 anos e meio e o Ian 6 meses! Os dois são ciumentos e birrentos! Ah mas não tem alegria maior ter dois filhos, tudo bem que eu nem sei mais o que é dormir! O mais velho me chama todas as noites durante a madrugada umas 2 vezes no mínimo.
    Dias melhores virão! Bjs

  8. Lilian

    Tudo verdade! !!
    Tenho a Mari com 3 anos e o Gabriel que acabou de chegar com 5 meses.
    A mudança de comportamento da Mari e notável ela faz de tudo pra chamar atenção. Não é fácil, mas se pudesse faria tudo de novo

  9. suellen

    É muito amor e felicidade
    Meu menino 1ano11m e minha menina 3 meses

    1. Luciana

      Descobri que estou gravida de 2 meses e tenho uma filha de 1 ano e 1 mes.
      Estou ainda em panico !
      Eu tenho uma irma e somos melhores amigas. Espero que esta relação se repita com a Maria e o bb (ainda nao sei o sexo)..
      Mas estou bem preocupada com o que vem pela frente ,,,

  10. Janete

    Shirley perfeito, me identifiquei com tudo tenho o Luigi com 08 anos e o Enzo com 02 e 09 meses.

  11. Cristina

    Muito bom a matéria e verdade mesmo me identifiquei com tudo na matéria Amei a número 15.. aqui sempre acontece rsrsrsrs. … ….tenho dois.. que amo loucamente. …

  12. Juliana

    Pura verdade… mas é muito gostoso ver o amor e cumplicidade deles crescendo… faz valer a pena!

  13. Danielle

    Como é lindo o amor de irmãos…a parte difícil realmente é a disputa de atenção…mas a parte fácil é o cuidar… amo meus dois meninos.

  14. Bianca Andrade Lazarini

    Tenho duas princesas, uma de 1ano e 7meses e outra de 45 dias. E agora descobri o que é realmente ser um.polvo!! Imaginem que estava eu sazinha em casa a noite, minha mais velha chegou em casa da creche naquele pique, briquei com ela tendo a outra nis braços. Lá.pelas 20hs as duas resolvem ter fome. Ao mesmo tempo!!! Gente foi desesperador!!! Sozinha, sem ter a quem pedir socorro, a solução foi colocar a mais.nova no berço, deixar a mais velha na minha cama (que dica ao lado do berço) vendo a santa Pepa Pig no meu celular, correr na cozinha preparar mamadeira pra uma e esquentar comida pra outra, ah e como tb sou um ser que precisa de alimento, fiz um sanduíche pra mim. Dai vc se pergunta: como alimentar 3 ao mesmo tempo? Me posicionei entre o berço e a cama e era uma colherada de comida pra uma, segura a mamadeira um pouquinho pra outra e da uma mordida no pão!!! Kkkkkk Nem eu mesma acreditei que fiz isso!!!! Meu marido não acreditou e tentou fazer o mesmo outro dia enquanto eu estava no banho, resultado: banho inacabado!!! Kkkkk

  15. Zarif cristine

    Não vejo a hora do segundo chegar ….rsrsrsrsrs

  16. Tatiana Guenther

    Muito legal e super verdadeiro, rsrsrs! Tenho a Helena de 2 anos e 9 meses e o Gustavo de 7 meses. Fiquei preocupada com a 16, pois minha Helena ja é um furacão !!!!!! Kkkkkk! Mas foi a melhor decisão que pude tomar na vida, dar um irmão para a Helena!!!!!!

  17. Eliete

    É exatamente o que acontece aqui em casa, com exceção apenas do ciúme, aqui o segundo é que é ciumento.
    Lindo ver o amor que um tem pelo outro. 😍😍
    Tenho uma menina de 8 anos e um menino de 1 ano e 11 meses.

  18. Joana

    Tudo Verdade! Me identifiquei com Tudo!. Tenho Dois Filhos um Casal, Menino de 4 Menina de 2.
    Tô Feliz estou Realizada.

  19. Talita

    Não vejo a hora do meu segundo chegar, ler esses pontos só me animou mais, principalmente com o último. Sei que não depende de mim, mas no que eu puder, vou fazer de tudo para que sejam companheiros e amigos! Amo ler seus posts, obrigada! <3

    1. Macetes de Mãe

      Que bom que o texto te animou, Talita <3
      Muito obrigada pelo carinho!!!
      Bjs

  20. Lorena

    Cual e a melhor idade para dar un hermaozinho 3 o 5 ?

  21. Patricia

    É verdade tudo q está ali tenho uma menina de 5 anos e meio e agora um menino de 4 meses e me identifiquei bastante hihihi é complicado se readapitar e administrar tudo mas vejo como ele faz bem para ela e tbm terá sempre uma cia.

  22. Priscila

    Acabei de ter o segundo….Está com 3 meses e o primeiro com 2 anos e 7 meses… Já vivencio muito desses itens… o amor de mãe é infinito… o trabalho não é dobrado… sou muito maus tranquila e, talvez por isso, meu segundo filho reflita essa tranquilidade… mas quanto trabalho estou tendo com o meu de 2 anos… birras e muito ciúme… É necessária paciência e compreensão… tomara que essa fase passe logo!!! Adorei o post!

    1. Taynan marques

      Kkkkkk amei ! Realmente a minha de 3 anos e 11 meses está com ataques de birra , respondona .. Tomara que passe logo ! Mas é muito lindo ver esse amor de irmãos ! 💜💜

  23. TatianaT

    Estou grávida do meu segundinho e confesso q assim que descobri me bateu um desespero de chorar por horas pensando se eu daria conta do recado, mais ai logo meu marido me consolou mostrando o quanto vai fazer bem para o nosso Enzo ter um irmão para aprender a compartilhar e ter com quem conviver.

  24. Larissa

    Tenho dois meninos, 3A e 9M. Concordo principalmente com os itens 6 e 7!!!
    Bjos

  25. Marcelo Salvi

    Muito verdadeiro e delicioso de se vivenciar.

  26. Amanda

    Exatamente assim! Hoje, Bernardo (6 anos) e Felipe (4 anos) me mostram como tive sorte de tê-los tão próximos!

  27. ISABELA

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…..Me identifiquei com tudo…..aqui em casa é desse jeito….tenho uma de 07 anos e um de 04 anos…..

  28. Patricia

    Tenho 4 filhos gente! O amor é o mesmo e eu garanto mãe consegue dar a atenção q cada um precisa! É maravilhoso… minha família é meu tudo!

  29. Julliane

    Tenho uma de três anos e cinco meses e um menino de dois anos completo. Passei pelo ciúme entre irmãos, até pouco tempo, e agora já chegamos na fase das brigas pelos programas de tv e pelos brinquedos. E quando da algo errado corre os dois para a mãe. Mas não podem ficar um.dia sem se ver, que ja começam a sentir falta e quando se vêem não desgrudam, são muito amigos e um aprende com o outro. Amo de mais!!! E não me arrependo!!!

  30. Bruna Raquel

    Tenho Artur com 3.5 e Bruno com 2,brigão e brincam o tempo todo, fazem tudo junto. Nunca me arrependi de ter um atrás do outro. São super amigos e não passei pela fase do ciúme, tive sorte. E trabalho? Todos dão, mas normal de criança. Acho que o que muda é a tranquilidade de cada mãe ou pai. E já penso em ter outro (a),rsrss…É muito bom ter perto um do outro 😉

  31. Ilva nendes

    Tive minha segundinha vinte anos depois nossa quase morri de susto mas já me acostumei com a ideia é logo veio meu neto os dois vivem como irmão tia e sobrinho minha Mel agora com 3anos do Taylor meu neto com 2anos vivem na disputa e nos deixam de cabelos em pé rsrs porém um sempre pensa no outro na hora de comer alguma coisa !!

  32. Ilva mendes

    Tive minha segundinha vinte anos depois nossa quase morri de susto mas já me acostumei com a ideia é logo veio meu neto os dois vivem como irmão tia e sobrinho minha Mel agora com 3anos e o Taylor meu neto com 2anos vivem na disputa e nos deixam de cabelos em pé rsrs porém um sempre pensa no outro na hora de comer alguma coisa !!

  33. Débora

    Amei ter a segunda filha. São sete anos de diferença. A mais velha se tornou mais companheira minha pois agora não sai do nosso lado, quer ajudar em tudo (até de mais rsrsrsrs), mas enfim está sendo maravilhoso viver assim.

  34. Michele

    Só aumentou minha vontade de ter só um filho. Esse post ajudou bastante.

  35. Ginna'

    Eu estou gravida do segundo filho e será uma menina. Estou com medo e receosa… Esse post me ajudou bastante, eu nao conhecia o blog, mas agora será do topo das minhas leituras semanais, obrigada

  36. Roberta

    Adorei o texto !
    Só observo que quando temos um, é fácil conseguir um dia de Help de avó, tia e demais familiares para ficar com a criança e podermos ter vida social , já quando chega o segundo isso praticamente inexistente, pois a alegação geral e que não dão conta, que as atenções são diferentes e etc Rs
    OU despacha cada um para um lado ou bye bye saídas Rs
    Mas mesmo assim, amo muito ser mãe de duas 😍

  37. Daniela

    Tenho uma filha de 12 anos e uma de 1 ano e 5 meses. Foi como se eu tivesse começado tudo de novo. Esta sendo tudo muito diferente. Gostaria q vcs escrevessem sobre a diferença grande de idade entre os filhos. As vezes é difícil lidar c a mais velha. Amo as matérias de vcs.

  38. My

    To aqui numa sexta-feira, voltando exausta de uma viagem de trabalho, pensando no quanto preciso descansar e ao mesmo tempo na dificuldade que será a aula no MBA amanhã e… No quanto gostaria de fugir pra uma ilha deserta com meu bebê de 1 ano e 4 meses, rodeada de Patati Patata, massinha e uva picada, coisas q ele adora. É, neste momento, só consigo ter certeza de q não cabe mais um filho, por mais q eu adoraria tê -lo. Conclusão: volto a pensar nisso daqui cinco anos! Antes, sem chance!

Deixe seu comentário