Você não precisa se desculpar por querer ter só um filho

Há bastante tempo, tenho reparado numa coisa. Toda vez que converso com alguém sobre o tema filhos e que entramos no assunto “número”, aqueles pais e mães que querem ter apenas um filho acabam tentando, de uma forma ou outra, justificar essa decisão.

O que mais escuto é: “Vou ter um filho só, já estou com xx anos e agora acho arriscado tentar o segundo”, “Vou ter um filho só, se tivesse melhores condições teria o segundo, mas não dá”, “Vou ter um filho só, porque tive um problema e não posso mais engravidar.”. Sempre tem um motivo por trás.

filho único

Photo Credit: Philippe Put via Compfight cc

Ninguém, absolutamente ninguém fala: “Vou ter um filho só”. Ponto. Sem mais explicações. Sem ter que dar justificativas para não tentar o segundo. Ninguém simplesmente diz: “Porque eu quero. Porque eu prefiro assim.”

O que sinto, é que esses pais que querem um filho só buscam justificar essa decisão porque se sentem cobrados pela sociedade talvez a terem mais filhos. Como se a decisão de parar no primeiro significasse que eles não gostam tanto assim da experiência de serem pais e aí não querem repetí-la. Ou então, se sentem culpados por colocarem um “filho único” no mundo, afinal, ainda existe aquele preconceito idiota de que filho único é isso, é aquilo, é sei eu lá o que (mimado, egoísta, blá, blá, blá…).

E sabe o que eu tenho vontade de dizer para as pessoas que começam a me dar explicações de porque decidiram ter um filho só? Tenho vontade de falar: “Você não precisa me explicar nada. Você não precisa se justificar. Não tem nada de errado em QUERER ter um filho só. Isso não significa que você não curta ser pai ou mãe. Isso é pura e simplesmente uma decisão pessoal, do casal, e ninguém tem nada a ver com isso”.

E esse meu pensamento vale para outras situações: para quem decidiu não ter filhos (nossa, essas mulheres então, são vistas como ETs), para quem decidiu ter três ou para quem decidiu ter quatro ou mais.

Parece que o certo é ter dois filhos. Parece que hoje, o consenso popular decidiu que dois filhos é o certo, é o ideal. Quem tem um só está devendo e quem decide ter três é louco. Ah, e claro, quem decide não ter é um monstro egoísta e quem opta por quatro é louco completo e deve ser internado.

Ninguém nesse mundo precisa pensar igual, querer as mesmas coisas, fazer o que a maioria faz. Cada um sabe o que é melhor para a sua família, dentro das suas possibilidades e desejos. Simples assim.

56 comentários

  1. Monia

    Ótima colocação, tenho um único filho de 6 anos, e não penso em ter mais. Sou cobrada por isso, mas eu e meu marido optamos por isso no momento. Pessoas gostam de impor regras, sempre. Que ele vai ser mimado, que no futuro ele precisa de irmãos, primos, sobrinhos…enfim….

    1. Nívea

      Adorei o texto , eu tenho uma de 5 anos , e muuuitas dúvidas , indecisão se quero ou não ter mais ,, e a família cobra , a sociedade cobra , tá ficando insuportável , eu acabo me sentindo mal por isso .

      1. Cláudia

        Excelente post! Concordo plenamente com você Shirley.
        Sou filha única e tenho apenas 1 filha também.
        Por experiência própria, não tenho trauma nenhum por não ter irmãos, acho muito legal quem tem, mas também não ter irmãos não é nenhum bicho de sete cabeças. Quanto a solidão,acho relativo, conheço pessoas que tem irmãos que são muito próximos e isso é lindo mas também conheço irmãos sem nenhuma afinidade, quase estranhos.
        Quanto a crença de filhos únicos serem mimados e egoístas, também é relativo, quantas pessoas nós conhecemos que são assim? São todas filhas únicas?
        Cabe aos pais passarem valores a seus filhos como, ensinar a compartilhar desde cedo, mostrar a importância da solidariedade e da empatia e isso meus pais passaram para mim, não apenas com palavras mas na prática com exemplos!
        O importante é respeitarmos a decisão de cada casal! Filho é benção, seja 1,2,3,4…

        1. PRISCILA

          Como foi bom ler seu comentário Claudia pois tenho um filho de 5 anos e como tenho um irmão as pessoas sempre me dizem q o q seria de mim senão tivesse um irmão e q estou sendo egoísta de querer só um e q mais tarde meu filho vai me culpar e outras coisas e ler seu comentario de ser filha única foi bom

  2. Flávia

    Obrigada Shirley pelas palavras e não é porque eu resolvi ter um filho só que agradeço o texto e sim pq precisamos respeitar a opnião e decisão das pessoas.Isso cabe a cada família,só diz respeito ao casal.

  3. Anie Elise

    Shirley, você falou a pura verdade !
    Achei super interessante sua matéria.
    Tenho um filho só e inexplicavelmente não tenho vontade de ter outro…não sei dizer o motivo, me acho completa assim e pronto. As pessoas tentam justificar minha decisão o tempo todo. Não tiro dos meus planos outro filho, porque meu marido quer muito.
    Também quero acrescentar nesta oportunidade que não é ter ou não filhos que a sociedade exige, mas o tipo de parto, a fralda que vai usar, o furo na orelha da bebê, entre outras coisas chatas. Agora se você não vacinar seu filho na clinica particular?????????? Viche você é um monstro, kkkkkkkkkkkkk.
    Vamos ser mais mães dos nossos e menos mães dos outros??
    Beijinhos e adorei !

  4. Mel

    Oi, A única coisa que eu achei que você não comentou e que eu acho importante ressaltar que as vezes as pessoas “dão suas justificativas” e simplesmente elas são de fato reais. No fundo o casal poderia até pensar em outro filho, mas por algum nos “N’s” motivos que existem eles deixam este desejo para depois, ou simplesmente adormecem o desejo. E quando alguém fala de número de filhos este casal pode ter vontade de expressar o que pensa, o que sente. Concordo que existem pessoas que inventam justificativas para fugirem da cobrança social (que realmente acontece exatamente como vc descreveu, com quem tem 1, 3, 4 ou 5 ou nenhum filho).
    Meu caso por exemplo sou uma pessoa volúvel. Tenho uma filha só, quando ela veio eu desejei, planejei e ela veio, estava com minha decisão. Hoje não sei se quero ou se não quero, vou deixando a vida me levar, se em algum momento eu sentir que a decisão de ter outro surgiu terei, se não, não terei e pronto rs… Quando me perguntam eu digo “Não sei se quero, se um dia quis bem, se não quiser bem também”.

    1. Michele

      Perfeita sua colocação!

  5. GISELLE

    MUITO SINCERO E VERDADEIRO O TEXTO…PARABÉNS..

  6. Roberta

    Sou mãe de uma filha apenas. Não me sinto cobrada pela sociedade. Eu sou cobrada. Já perdi as contas de quantas vezes me questionaram “Mas você não vai ter mais um?” ou “Tadinha, vai ficar sozinha, sem nenhum irmãozinho”. Estou cansada de ficar justificando. E não, eu não consigo revidar uma pergunta acompanhada de um julgamento com uma resposta mais firme como “Não quero.” “Prefiro somente um”. As pessoas continuam seus o inquérito. É um verdade saco! Tem uma cena da série House of Cards que achei bem interessante. Uma mulher com 2 filhos pergunta para outra, sem filhos, se ela se arrepende de não ter filhos? E a resposta foi “Você se arrepende de tê-los?” Achei uma ótima resposta. Não é da conta de ninguém!

  7. Fiquei pensando em mim: eu tenho um filho e não tenho certeza se quero ter outro. Se alguém me pergunta, normalmente eu não pára no “quero ter só um”. Isso porque o assunto não está fechado, ainda está sendo pensado.
    Mas gostei da reflexão. Concordo que, atualmente, há um inconsciente coletivo que pensa que 2 filhos é o certo.
    Obrigada por me ajudar a refletir sobre o assunto.
    Talita (www.somelhora.com.br)

  8. Michelle

    Também pensava assim. Tenho uma filha de 3 anos e não queria mais ter filhos, simplesmente porq já estava realizada em ter só um filho e porq eu não sentia dentro de mim que queria ter mais. Bom, engravidei e foi um back pra mim.. foi desesperador e tive que aceitar dentro de mim que iria ter mais um filho. Hoje estou quase de 8 meses e estamos muito felizes com a chegada do novo membro da família!

    Beijos.

  9. Patricia

    Eu e meu marido decidimos ter um filho só pelo simples fato de não desejarmos twr outro! De sentirmos que nossa família está completa! Hj, nossos amigos próximos já entendem e respeitam nossa decisão, porém sempre tem a pergunta: “vc não tem dó de deixar seu filho sozinho, sem irmão? ” Não, não tenho… tenho medo sim de ter outro filho sem desejar e ele sentir isso uma vida td!

  10. Aline

    Vou ter um filho só, porque meu marido não quer ter o segundo rs…….mas concordo com você! Filho não é brincadeira e cada um sabe até onde ou quanto aguenta.

  11. Priscilla

    Tenho uma baby de 10 meses e quando as pessoas me perguntam se quero mais um eu falo que não e todos sem exceção me olham com cara de espanto…rsrrs. Mas pq vc não quer? Eu repondo pq já m sinto realizada como mãe e não quero outro. Aí vem aquela conversa… Mas tadinha não vai ter irmãozinho. Affff… Ou, mais pra frente vc muda de ideia. Pode até ser que eu mude mesmo. Mas agora eu penso que não quero. E as pessoas custam a entender isso, mas quem sabe da minha vida sou eu, então a opinião dos outros pra mim não importa.

  12. Silvia

    Tenho só uma filha e meu marido e eu não queremos mais, e a sociedade que que que vc tenha dois? -A sociedade é que se dane, somos nós quem cuidaremos, que iremos educar e amar.

  13. Adarita Mendes

    É assim mesmo, qndo falo que quero ficar só com a minha filha, e não quero mais filhos, me olham de cara feia, com espanto, dizendo que minha filha precisa de um irmão, que tenho que ter outro, principalmente um menino, pra “ter um casalzinho”, pra sentir como é ser mãe de menino tbm…
    E é bem chato isso, se me sinto bem assim, pra que vou querer outro, até porque não são os outros que vão cuidar né! Ótimo texto.

  14. Mariana

    Me identifiquei completamente com esse texto!
    O fato de ter um filho apenas não significa que a experiência não é boa, pelo contrário!
    A sociedade diz também que é muito difícil criar um filho único, mas acho que deve ser pior ainda criar dois ou três. E mais constrangedor ainda deve ser para as crianças, pois brincar entre si é delicioso mas as comparações são inevitáveis!

  15. Lígia Meneses

    Acredite que o contrário também existe.Ter vários filhos também incomoda as pessoas.Tenho 3 filhos e escuto: pra que tanto filho,tinha um casal ,estava bom né ? e pra custear os estudos? e blá blá blá .
    Escolhemos ter uma família maior como existem famílias mais enxutas e isso nao dá direitos pras pessoas intercederem por nossas escolhas e configuraçao familiar.

    1. Michele

      Gente, a pessoa perguntar isso é o cúmulo da cara de pau né? rsss que coisa!

  16. Graciele

    Essa reflexão foi perfeita. E quando dizem quem tem um, não tem nenhum. Pois os filhas crescem e vc fica só. Conheço famílias com mãe teve mais de dois filhos e acabou sozinha do mesmo jeito.
    Sem falar que tendo dois filhos não terei condições de arcar com duas escolas, duas listas de materiais escolares. E etc… Tendo um filho terei condições de poder escolher uma boa escola, com dois filhos a escolha se limita.
    Segundo filho tem que ser pensado além da emoção…

  17. Angela Avila

    Realmente as pessoas cobram muito, depois que tive meu filho, decidimos em consenso com meu marido que seria apenas ele… mas a maioria das pessoas me criticam, e até mesmo os médicos, tipo fui ver sobre como fazer ligamento pois não posso tomar anticoncepcional, e mesmo já tendo a idade minima para o procedimento, eles não aceitam fazer pois não tenho o numero de filhos exigidos que é no minimo 2… dizem que posso me arrepender mais tarde… ou vem os parentes dizendo “Falta uma menininha agora” ou aquela história, não deixe seu filho crescer muito pra fazer outro pois ele vai crescer sozinho e vai ficar egoista… mas é não deixo ele sozinho ele convive com varias crianças, divide desde brinquedos aos doces com os amiguinhos sem reclamar… estou cansada desta conversinha, mas quando alguém vem dizer que já esta na hora de ter outro eu falo simplesmente -NÃO VOU TER OUTRO, O PEDRO VAI SER FILHO UNICO! e a não ser que em algum descuido aconteça essa é minha decisão.

  18. edsonia moreira

    Eu não queria ter nenhum filho quando casei pela segunda vez meu marido me convenceu que deveríamos ter, tive amei e pronto pra mim estava ótimo quando Bernardo cresceu pedia irmão insistentemente por dó engravidei de novo e perdi com seis semanas falei basta eu tenho direito de querer só um filho e pronto, até hoje existe a cobrança de todos que eu deveria ter outro filho.

  19. Géssica

    Tenho um menino, e confesso que fico super chateada quando alguém chega e fala, nossa tem que fazer uma menina para formar um casal, mas nada é simples assim, primeiro porque não quero um 2º filho, segundo porque não é só ah vou engravidar e vai vir uma menina e terceiro não sei como me sairia sendo mãe de menina. Minha opinião.

  20. Lilian

    Shirley, falou tudo, quem sabe da minha vida sou eu e ninguém vai mudar minha opinião de ter uma filha só.

  21. Frã

    Optamos por um filho. Isso foi há 22 anos. Se hoje “filho único” ainda é tabu, imaginem na época… hahaha
    E quantas justificativas me vi obrigada a responder!

  22. FLAVIA REGINA DA ROCHA AFONSO FERREIRA

    Disse tudo!

  23. Lívia

    O pior é quando dizemos que queremos um filho só e temos que ouvir “quem tem um filho não tem nenhum”. Ou “tadinha, terá que cuidar de vocês sozinha quando ficarem velhos”. Vir viver o que vivemos, entender nossos motivos e respeita-los ninguém quer, mas dar palpite e nos cobrar, é sempre!

    1. Shirley Hilgert

      Acho ridículo quando as pessoas dizem isso. Como se um filho substituísse outro (essa história de quem tem 1 não tem nenhum). Bjs

  24. Daniela

    Nossa, é assim mesmo…tenho uma filha de 5 anos, e estou cansada de ouvir um bando de gente, que não sabe nada da minha vida, ou até sabe, me dizendo que tenho que ter outro filho.
    Filho é maravilhoso, mas não é fácil….e tê-los ou não, tem que ser uma decisão do casal. Cada um tem que decidir a sua vida.

  25. Vanessa

    Eu fui filha única por 36 anos e não me senti mal pelo fato de não ter irmãos. Construí outras relações de afinidade com amigos e primos, além disso vislumbro a vantagem de ser mais independente e ter aprendido a viver com a solidão de vez em quando, visto que meus pais eram separados. Os pais devem decidir como serão bons ao exercer esse papel tão importante e não atender cobranças impostas pela sociedade.

  26. Evelin

    Hahaha, Shirley, adoro o bom humor com que trata os temas abordados aqui no blog. Exatamente isso, acho que teve alguma sociedade secreta que se reuniu e decidiram que esse numero 2, eh o numero magico e se voce quiser ser diferente disso, ah, nao pode! Louca de pedra! Como assim so vai ter um? Ou, nao vai ter nenhum? Ou, tres? Vc eh mesmo corajosa! E nao tem absolutamente nada de errado com nenhuma das escolhas. Esses dias eu li um post que vem sendo compartilhado nas redes sociais onde uma mae explicava porque era louca para ter o segundo filho. Era um texto muito bacana, mas achei meio tendencioso e ao mesmo tempo que defendia a ideia dela, era como se tivesse algo errado com quem optasse por ter apenas 1 filho. Eu mesma ainda tenho duvidas qto a questao. Por enquanto estou bem feliz com a minha filha sendo filha unica :)
    Beijos carinhosos

  27. Stephanie

    No meu caso é ao contrário. Eu sempre pensei em ter três filhos, queria primeiro um menino. Tenho duas irmãs e meu marido já tinha uma filha. Enfim, engravidei de uma menina, mas tive descolamento e perdi . Agora tenho meu meninão Guilherme. E muita gente diz que devo parar porque já tenho um casal . Ops, como assim? Meu marido tem um casal, eu não. Por mais que eu ame minha enteada, não pude criá-la, assim como não criei a filha que perdi . Tenho vontade de ter uma menina sim. Sou hipertensa, então pretendo engravidar só mais uma vez, sendo menino ou menina. Meu filho só tem seis meses, é cedo pra pensar nisso . E mais, essa decisão é minha, não é ninguém que tem que me dizer se posso ou não ter mais um filho

  28. Lucimari Rotta

    Perfeito tema, parabéns!

    1. Macetes de Mãe

      Obrigada!! <3

  29. Fernanda Sá

    “Quem tem um não tem nenhum…. ” que matemática é essa, gente?
    Adorei o post!!! Beijinhos

  30. michelle

    Adorei o post. Eu tenho o Lucas de 4 meses, sempre planejei com meu marido de ter 1 filho. Mas quando engravidei ele disse que seria uma menina e desde o dia que descobrimos pela ultra que seria um menino, ele mudou de ideia. Disse que queria tentar uma menina, que uma família é mais feliz e completa com 2 filhos, que Lucas iria querer ter uma irmã etc etc … E toda família dando força pra ele. AFF… Eu quase não tive ajuda dele, passei as madrugadas da primeira semana acordada sozinha. Quando disse para minha mãe o que eu estava passando, veio ela é minha irmã revezar pra dormir comigo, pois estava operada da cesária, toda inchada, sem condições de tanto esforço. Passava o dia como um zumbi. Ainda tô na luta, como todas vcs, não é fácil. Eu amo meu filho com todas as minhas forças mas não desejo passar por tudo denovo. Quero curtir o cresci dele. Quero continuar estudado e fazer doutorado. Quero fazer uma viagem para a Europa, enfim… Sonhos que serão adiados caso eu tenha outro filho.
    Eu sempre digo para ele: e se for outro menino? Vc vai querer ter o terceiro filho e ficar tentando?

    Já disse, isso é uma escolha de Deus. Nós não temos governabilidade para decidir o sexo do nosso filho.

    Ele ama o Lucas intensamente, tem uma ligação linda, pensei que ele iria esquecer essa história de filha menina quando Lucas nasceu, mas até agora Não.
    Não sei como fazer… Deus está n
    o controle!

    1. Elllisa

      Nossa!! Desculpe, mas seu marido é um egoísta. Além de não te ajudar com o filho nas madrugadas, ainda quer exigir outro? Para sua mãe e irmã irem revezar os cuidados, de novo??

  31. Cláudia

    Excelente post! Concordo plenamente com você Shirley.
    Sou filha única e tenho apenas 1 filha também e estou totalmente realizada.
    Por experiência própria, não tenho trauma nenhum por não ter irmãos, acho muito legal quem tem, mas também não ter irmãos não é nenhum bicho de sete cabeças. Quanto a solidão,acho relativo, conheço pessoas que tem irmãos que são muito próximos e isso é lindo mas também conheço irmãos sem nenhuma afinidade, quase estranhos.
    Quanto a crença de filhos únicos serem mimados e egoístas, também é relativo, quantas pessoas nós conhecemos que são assim? São todas filhas únicas?
    Cabe aos pais passarem valores a seus filhos como, ensinar a compartilhar desde cedo, mostrar a importância da solidariedade e da empatia e isso meus pais passaram para mim, não apenas com palavras mas na prática com exemplos!
    O importante é respeitarmos a decisão de cada casal! Filho é benção, seja 1,2,3,4…

  32. Cláudia

    Excelente post! Concordo plenamente com você Shirley.
    Sou filha única e tenho apenas 1 filha também.
    Por experiência própria, não tenho trauma nenhum por não ter irmãos, acho muito legal quem tem, mas também não ter irmãos não é nenhum bicho de sete cabeças. Quanto a solidão,acho relativo, conheço pessoas que tem irmãos que são muito próximos e isso é lindo mas também conheço irmãos sem nenhuma afinidade, quase estranhos.
    Quanto a crença de filhos únicos serem mimados e egoístas, também é relativo, quantas pessoas nós conhecemos que são assim? São todas filhas únicas?
    Cabe aos pais passarem valores a seus filhos como, ensinar a compartilhar desde cedo, mostrar a importância da solidariedade e da empatia e isso meus pais passaram para mim, não apenas com palavras mas na prática com exemplos!
    O importante é respeitarmos a decisão de cada casal! Filho é benção, seja 1,2,3,4…

  33. Patricia

    Eu nunca cogitei ter o segundo filho! Minha vontade sempre foi ser mãe de uma única menina (confesso!). E me foi concedida esta graça.

    Se tivesse menino? Também pararia no primeiro. Meu marido também tem a mesma opinião e desejo. Somos felizes com nossa família!

  34. Rosely

    Eu decidi ter um filho só e foi a decisão mais certa q ja tive em minha vida.Não fico dando explicações por q da minha vida quem sabe sou eu. Meu filho está com 3 anos e ano passado eu decidi em fazer um laqueadura , fui bombardeada de opiniões e diversas barbaridades eu ouvi por tomar esse decisão. Mas não me arrependo tenho convicção que essa é a coisa mais acertada que tomei.

  35. Rose

    Eu e meu marido não vamos ter filho nenhum… Temos 4 anos de casados e a dois anos atrás ainda tínhamos um desejo muito pouco de ter filhos. Hoje esse desejo é zero diante de tanra violência, filhos q não respeitam os pais, sociedade cada vez mais esquisita com costumes fora do padrão enfim decidimos ficar nos dois duante de tanta cousa ruim q este mundo oferece. Ter um filho hoje em dia é muita coragem e judiação. Decidimos ter nossos 5 filhos peludos(gatos) e ajudar os animais.

  36. Greyce

    Adorei…tb tenho um filhão de quase 5 anos, estou super realizada com maternidade me dedico ao máximo, larguei minha profissão pra ser mãe….mas quando as pessoas falam a vc não vai ter outro? Fico acabada me cobrando achando que sou uma bruxa….mas como lidar com isso???? Aí para é penso não quero começar tudo de novo…..está tão gostoso agora. Bjos a todas.

  37. Joana

    O artigo foi escrito do ponto de vista de pais de um filho unico, talvez sim, talvez nao.
    Eu tive dois e nao me arrependo, achei que foi otimo para o meu primeiro filho ter um companheiro quase da mesma idade e poder aprender como saber dividir. E uma questao muito pessoal e nao ha certo ou errado.

  38. Roseane

    Adorei o texto, me vi nestas situações justificando por ter apenas 1 filho, 12 anos…q besteira agora hpercebi…sociedade nos obriga a pensar assim, temos nossas descisoes e pronto! Bj

  39. Vanessa

    É realmente insuportável mas o importante é manter sua decisão! As pessoas acabam desistindo de questionar, mais cedo ou mais tarde. Tenho uma baby de 8 meses e foi a melhor decisão da minha vida! Me dedico a ela e sei que poderei oferecer o meu melhor. A opinião dos outros não paga minhas contas. Ponto!

  40. Ana Cristina Silva Dantas

    Adorei o texto, também sou mãe de uma só é não pretendo ter outro, mas sim sou cobrada o tempo todo por minha família, falam que eu não posso fazer isso, que eu tenho que ter pelo menos mais um.

  41. Mirian

    Olá Shirley,adorei esse post,sou mãe de um menino de 7 anos e sou muito cobrada sobre isso.Perguntam quando chega o irmão,ser filho único é difícil,vai ter que cuidar sozinho de vcs quando envelhecerem?Tenho vontade de responder,e o que vc tem com isso.kkkkk

  42. Ana Clauda

    Isso é verdade, somos cobrados o tempo todo. Tenho uma menina de 12 anos e passo pela cobrança tanto em casa quanto fora, mas simplesmente não quero mais… o amor que sinto pela minha filha e prazer que tenho em ser mãe, já me basta… Não quero e sou vista como Et… kkkkk ultimamente estou sendo fria, e dou patada mesmo em quem vem com esse assunto, pra mim chega, quem tem que decidir sou eu, quem vai criar, educar sou eu, então a decisão tem que ser minha tbm…
    Obrigado por esse post, ele vai nos ajudar a se libertar de alguns más línguas…

  43. Renise Juliane

    Eu e meu marido decidimos ter um filho só,e ponto. Ele está com 12 anos e será filho único! Adorei o post. A gente vai se justificando automaticamente, devido a cara que as pessoas fazem quando digo que temos só um e não queremos mais. Agora não vou mais justificar, podem fazer caras e bocas!

  44. tatiane

    Tenho uma única filha do primeiro casamento, agora com o segundo marido combinamos em não ter filhos ,ele tbm tem um de seu primeiro casamento assim como eu.e estamos felizes com a decisão de não ter filhos.

  45. Merielen

    Muito bom o texto! Sou mãe de uma menina não pretendo ter mais… Como é difícil a sociedade aceitar a nossa decisão de ter o filho único…

  46. juloa

    Oi boa noite mao quero dinheiro mais queria ajuda de quem poder me ajuda quero ter un filho tentei mais. Não consigo engravidar sei que é muito caro as fertilizações tenho casa própria e trabalho mais queria ajuda pra uma clinica por favor. Ajudem-me zap 71:938444336agradeço desde ja

  47. Hilda

    Imagine querer um filho só a 25 anos. Ouvi tanta conversa. Não me arrependo de ter tido só um.

  48. Denise

    Então, sempre falo que meu filho será único e exclusivo!!! Ponto. Aí quando a pessoa faz uma cara de sério??? Tadinho…. Aí lá vai eu justificar…. É a vida…..

Deixe seu comentário