Cocô ácido e assaduras

Essa semana, comentei no Snapchat do Macetes de Mãe (macetesdemae) que o Caê estava com uma assadura bem chatinha e que isso tinha acontecido porque ele estava com o cocô ácido. E não porque eu fosse uma mãe desleixada que deixasse o bebê sujo-imundo-sem-trocar-a-fralda-por-horas. Pois bem, foi eu falar em assadura + cocô ácido para várias mães me mandarem mensagens com as mais variadas dúvidas sobre o assunto: o que é cocô ácido? por que ele está com o cocô ácido? o que fazer com o cocô ácido? cocô ácido mata? (kkk! brincadeirinha!).

Mas enfim, como todo mundo queria saber, cá estou eu para responder. Claro que responder levando em conta a limitação do meu conhecimento sobre o assunto, o meu conhecimento muito mais empírico que científico, mas, de um jeito ou de outro, dando alguns esclarecimentos.

coco acido e assadura

Photo Credit: donnierayjones via Compfight cc

Então, vamos lá:

Como saber se o cocô está ácido?

Normalmente, ele está mais líquido e com odor mais forte que o habitual. Além disso, ele causa assaduras rapidamente. Ou seja, você não deixa o bebê sujo de cocô por muito tempo (basta poucos minutos) e, mesmo assim, ele desenvolve uma assadura forte.

O que pode deixar o cocô ácido?

Alergias alimentares. Incluindo APLV, que o Leo teve e causou muita assadura nele.

Intolerância alimentar. Como intolerância à lactose, que é diferente de alergia alimentar (confira aqui as diferenças).

Alimentação. A ingestão de alguns tipos de alimentos pode deixar o cocô dos bebês mais ácido, entre eles estão: tomate, beterraba, batata, laranja, limão e morango.

Nascimento dos dentes. Acho que aqui vale a pena uma explicação mais completinha, pois muito se fala na tríade “nascimento dos dentes – cocô ácido – assaduras”, mas nunca se explica por que isso acontece (e também porque esse é o motivo do cocô ácido por aqui). Para esclarecer essa questão, fui atrás de um post que li há bastante tempo, lá no blog Cientista que Virou Mãe, da Ligia Moreira Sena. Ligia, entre outras coisas, é Bióloga e professora de Fisiologia, e como boa cientista não aceita que algo é assim porque é e pronto, então formulou uma hipótese para ligação entre cocô ácido e assaduras. Para ela “Quando os dentinhos da criança estão nascendo, isso não é um evento isolado. Outras mudanças no organismo dela acontecem. Qual a função dos dentes? É atacar os predadores mas, principalmente, ser uma ferramenta para alimentação, ainda mais no caso da espécie humana. “Oi corpo! Estou ficando pronta para comer de tudo! Logo mais, passarei dos alimentos simples aos mais complexos, tá?“. Se é assim, é provável que o nascimento dos dentes acompanhe uma mudança bem significativa no trato gastrointestinal, no sistema digestório. Para se preparar para receber alimentos mais complexos, situação simbolizada pelo nascimento dos dentes, o estômago começa a produzir mais suco gástrico, que contém, além das enzimas que quebram as proteínas, ácido gástrico, o ácido clorídrico. Esse ácido não corrói a parede interna do estômago porque ele produz, também, muco, que protege contra o ataque químico. Num organismo mais preparado, quando o alimento misturado com o ácido passa para o intestino, os demais órgãos do aparelho digestório – pâncreas, fígado, vesícula – vão liberando seus sucos, que neutralizam a acidez. Mas como no bebê tudo está em desenvolvimento, pode ser que essa neutralização não seja tão eficiente quanto deveria. E aí o que sai do estômago, passa pelo intestino e vai ser eliminado como fezes, acaba indo mais ácido também. Nessa fase, para não ter suas paredes atacadas, o intestino também começa a produzir mais muco, que continua a produzir durante toda a vida.”

Bom, aqui em casa, como falei, a hipótese que está vencendo a corrida para descobrirmos a causa da assadura do Caê é o tal nascimento de novos dentinhos. Isso porque, claramente, a causa do cocô ácido não é a ingestão de nenhum daqueles alimentos que costumam causar essa alteração nas vezes. E também não é devido a nenhuma alergia ou intolerância alimentar (Caê não tem nenhum desses dois problemas com os alimentos que já experimento e também não ingeriu nada novo que pudesse estar causando uma alergia ou intolerância).

E, por outro lado, como Caê está sim com alguns dentinhos nascendo, a hipótese do nascimento dos dentes parecer sim ser a causa mais certa para o problema do cocô ácido e da assadura. (Adendo: uma leitora me escreveu perguntando se, por acaso, algum dente molar estava nascendo no Caê. Respondi que sim. Aí ela comentou que a filha dela nunca teve assadura com nascimento dos dentes, só quando chegaram os molares. Igualzinha aqui, gente! Criança é um mistério muitas vezes, né!)

Mas e aí, o que fazer para tratar essa bendita assadura causada pelo cocô ácido?

A assadura causada pelo cocô ácido aparece mais rapidamente (poucos minutos de contato da pele com as vezes) e é também mais severa (chega a dar fissuras, Caê não teve, mas Leo tinha direto, por mais que eu cuidasse. Era um horror!), então, alguns cuidados especiais tem que ser tomados.

  • Se possível, o ideal é que a criança seja deixada sem fralda.
  • No caso de se usar fralda (que é, claro, o mais comum), ela tem que ser trocada frequentemente, mesmo que tenha só um pouco de xixi (o ácido do xixi piora a assadura).
  • Para a limpeza, o ideal é usar água corrente e secar com secador (com o ar frio ou, no máximo, morno, para evitar machucar ainda mais a pele do bebê).
  • Não se deve usar lenços umedecidos que podem irritar ainda mais a assadura.
  • Deve-se aplicar pomadas de tratamento (as que contém óxido de zinco são muito boas) ou uma combinação de pomada de tratamento + amido de milho por cima, cuja combinação parece dar bastante resultado (já que a pomada trata e o amido de milho absorve a umidade. Dicas das leitoras!).

E, atenção: É sempre muito importante evitar assaduras nos pequenos. Primeiro, porque elas são incômodas, parecem que “queimam”, e interferem até no sono e na alimentação e, depois, porque se a assadura não for tratada ela pode virar um problema mais sério, como uma micose (ex: candidíase) ou uma infeção bacteriana.

E confira também, nesse vídeo, meu relato sobre o nascimento dos dentes dos meninos (como foram as coisas por aqui).

35 comentários

  1. Vanessa

    Uma dica pra tratar a assadura e combinar o óleo dersani (usado também pra recuperar a pele em caso de escaras) com a pomada de tratamento. Aprendi uma vez com infermeiras, qe mei filho fico internado c pneumonia e teve assadras muito feias por conta dos antibióticos. Realmente a recuperação é bem mais rápida

    1. nina

      Também uso! Faço uma mistura da pomada com o óleo, ou se estiver muito ruim a assadura, nas trocas diurnas só coloco o óleo, o que também é bom pq não precisa passar a mão.

  2. Leandra

    Meu filho não toma leite, eu dou suco de laranja natural, ele chega a tmar 1,5l por dia. E sempre fica assado. Eu sei q não é por descuido meu porque tricô ele na hora.Limpo ele com algodão com água, passo a pomada experson e depois a maizena. É um santo remédio na próxima troca não tem mais assadura, só quando faz côco aí a danada assadura volta. Será q é a laranja ou os dentes???
    Se for a laranja estou frita, ele não gosta de outros sucos a não ser o maracujá q tbm é ácido e não tma e come nada q é derivado do leite.
    Ahhh sempre dei suco natural, ele nunca tomou sucos industrializado.

    1. Shirley Hilgert

      Leandra, acho que pode ser a laranja sim, por conta da quantidade que ele toma de suco por dia. Você já checou com o pediatra se ele indica esse consumo todo? ABs.

    2. Atila

      Oi, abandone o suco ácido e faça o teste. Usar esta pomada que você mencionou diariamente e continuamente é um risco muito sério para o desenvolvimento do seu filho.

  3. Renata Silva Paiva

    Sempre observo coco ácido nos meus filhos quando é final de virose… parece que a virose termina pelas fezes neles..

  4. Ana Falconi

    Vim falar do mesmo óleo, tenho 3 filhos e sempre que acontece passo ele, parece mágica é realmente maravilhoso!!!

    1. Celia

      Maezinha qual é o nome do óleo ?

      1. Ana Cláudia

        Óleo Dersani. Usei para tratar minha cirurgia após o parto, e agora li que também é bom para tratar assaduras. Vou fazer o teste. Obrigada!

        1. Sofia

          Tem dois tipos do óleo dersani anti-escaras e anti-assadura para bebê, qual é indicado para o tratamento? Acho que minha bebê de 8 meses está com essa acidez nas fezez.
          Obrigada

  5. Raissa

    Meu filho teve uma assadura que resístiu por muito tempo. Tentei varias pomadas e o amido de milho, nada resolvia. Levei ele ao dermatologista e ele indicou o uso da pasta d’Água, foi muito bom! Em pouco tempo ele estava bem melhor.

  6. Beatriz

    Exatamente isso: o dersani e o amido de milho na água do banho faziam minha pequena melhorar rapidíssimo, pq só nos sabemos como eles ficam nessa situação!
    A minha filha descobri depois de 1 ano a intolerância à lactose e com 1 ano e 8 meses alergia ao ovo, então até aí passei por maus bocados! Sempre buscando por bons medicos, seguindo a intuição de mãe e lendo muuuuuito! Obrigada MdM!

  7. Tatiane

    Tenho gemeos e a Sofia agora tambem esta com o coco acido, e estao nascendo 2 molares , com os outros debtes nao teve problemas. Beijos

  8. Danielle Amin

    Além de usar a pomada com amido de milho, costumo aplicar no meu bebê Aloe Vera(Babosa), descasco e passo ao gelzinho, é impressionante, melhora da noite pro dia.
    Ótimo post!!!

  9. daniela

    OI Schirley, parabens pelo blog, acompanho sempre! gostaria de saber como você fez quando o Caê nasceu, já que o Leo teve APLV, você esperou para ver se manifestaria no Caê também ou já mudou sua dieta logo no início? meu filho tem 5 anos e teve APLV, estou grávida e sei que há uma grande probabilidade de minha filha ter também…mas e aí? espero e amamento normalmente para ver se aparece algum sintoma ou já faço a famosa dieta pensando em poupar a pequena das dores e cólicas? Como você fez?
    grande beijo

  10. Fabiana Soares de Barros

    Meu pequeno passou pela mesma situação…
    Os molares! Os benditos molares!
    No caso dele, nunca teve assaduras antes, mas quando aconteceu, ficou horrível!
    O pediatra dele prescreveu Candicort para passar na assadura. Foi o que resolveu! Pois nem o Desitin (roxa) resolvia!

  11. Cláudia

    Oi, gente! Por conta propria, fiz um teste no período d uma semana, troquei o leite da minha filha por um leite sem lactose e o resultado foi surpreendente. Nunca mais a minha pequenina teve irritação ou assaduras.

  12. Raquel

    Meu filho sempre teve esse problema de assassadura severa… O bom disso tudo, é que com 8 meses ele já não usava mais fraldas.

  13. Albina

    Minha filha de 9 meses está com assadura por cauda de um tratamento com antibióticos que ela está fazendo! Estava tudo normal, mas no 3º dia de antibiótico de uma hora pra outra o bumzbum dela ficou vermelho sangue!!! Fui lavar e ela gritava de dor. Usei as pomadas hipoglos, Bepantol (essas
    São pra prevenir assaduras e não tratar) e nada. Fui à farmácia, expliquei o caso é a farmacêutica me passou Dermodex ( que é pra tratamento de assaduras) que é antibiótico mas não contém corticoides. Foi excelente e no outro dia já tinha melhorado 50%.

  14. Luciana

    Boa Noite, estou passando por essa fase de assaduras, minha bebê tem um ano e dois meses, come de tudo e nunca apresentou alergia alimentar, só que há alguns dias ela tem ficado bastante assada, pensei que fosse do lenço, fralda ou comida, mas agora desconfio que seja os dentes, pois está nascendo 4 dentes de vez, ela já tinha oito dentinhos, agora os de trás estão nascendo, e acredito que esse seja o motivo de tanta assadura. Troco frequentemente as fraldas, sempre que ela faz cocô dou banho quantas vezes forem necessárias. Sempre usei pomadas de tratamento com óxico de zinco e nistatina. e agora tive que recorrer á pomada genérica de novacort, que tem antibiótico, foi que o que melhorou bastante. Lembrando que foram indicações médicas. Gostei muito desta postagem, acabei de conhecer o blog e vou continuar acompanhando. Obrigada!!!

  15. Keh

    Boa noite. Nenhuma pomada resolve quando meu bebê tem assaduras. Única coisa que resolveu o problema de um dia para outro, foi o óleo mineral. Quando ele está com este problema, em toda troca de fraldas, eu passo o óleo mineral. Para limpar o côco tb, com algodão e o óleo. Super resolve.

  16. Larissa

    Adorei esse post por aqui passamos por isso mas além dos dentes coincidiu com um rotavírus no Miguel…. Faço a troca frequente de fralda, uso o lenço mas depois a água termal aliás sempre que ele faz coco e não irei dar banho por algum motivo uso ela após o lenço é ótimo, e pomada a base de óxido de zinco, não gostei de misturar o óleo….

  17. Aracelle

    Olá!Boa noite!
    Ótimo texto! Parabéns!
    Minha filha de 2anos e 4 meses teve essa assadura com coco ácido,após uma virose!Ainda está se recuperando!
    Não sabia que existia isso!

    1. Macetes de Mãe

      Olá, Aracelle!
      Que bom que gostou! Obrigada :)
      Bjs

  18. Simone

    A pomada Cetrilan era milagrosa quando o cocô ácido fazia estrago no bumbum da minha gatinha! Amo de paixão essa pomada, gratidão eterna!!!

  19. Thaís

    Meu filho tinha direto cocô ácido por causa do nascimento dos dentes. O tio do meu marido q é dermatologista indicou lavar o bumbum do meu filho com água com bicarbonato de sódio (2 litros de água para uma colher de sopa de bicarbonato feito todos os dias essa mistura ). Usei candicort, bepantol, cetrilan e nada… depois q comecei a lavar o bumbum dele com essa mistura a assadura não demorou muitopra secar e nunca mais teve assadura horrivel desse jeito.

    1. Shirley Hilgert

      Thaís, ótima dica!!! Adorei! bjs

  20. Ka

    Quando meu filho começa a ficar vermelhinho na região do bumbum eu uso a pomada baume b5 da larroche… Ela é excelente, já vi relatos de outras mães que usaram no período de assaduras e foi ótimo para tratar!! Acho que meu bebe nunca assou graças a ela… Mas eu só uso quando tem alguma região vernelhinha, pois ela é carinha pela quantidade que vem… No resto dos dias eu uso a a+d que tbm eh muito boa e tem um custo benefício melhor!!!

  21. Tabata

    Gente, nem sabia que exitia isso. Keven passou a dentição sempre muito bem; Graças à Deus; agora está com gripe e tomando antibióticos e ele sempre me fala que o cocô tá ardendo e o bumbum dele tá assado fiz o que minha avó me falou óleo mineral e amido de milho e está funcionando.

  22. Jacquelyne Khatheren

    Oii! Por aqui estamos em situação idêntica! Os gêmeos Rafael e Alice, sempre foram assintomáticos à dentição, e NUNCA tiveram assaduras. Exceto aos 16 meses surgiram os molares superiores, do momento que a gengiva ficou ‘inchadinha’ ate rasgar completamente, todos os cocôs ácidos e que assavam em pouquíssimos minutos, usava a pomada tratamento, e amido de milho. Depois normalizou, agora aos 18 meses molares inferiores, e a mesma historia! Eu já estava mesmo associando aos dentes…agora acho que posso ter certeza…

  23. debora dos santos

    Gostaria de saber qual a melhor pomada para a assaduras e sse tem algumproduto ou erva natural para esse proplema meu bebe ela tem dez messes

  24. Renata

    Ótimo post, me ajudou muito, pois estou passando por problemas de assadura com minha filha, por conta dos dentinhos.

  25. Rakel

    Estou passando por isso nesse exato momento, e parece ser tbm os molares nascendo! Muita dó do meu pequeno, ameii o post,vou seguir algumas dicas!

  26. Viviane

    Estou passando cetobeta no bumbum dela mas é só fazer cocô que o vermelho aumenta to desesperada nao aguento ver ela assim

  27. jeanne

    Minha filha esta muito assada acho que e os dentes porque nao e direto e esta com diarreia o que fazer, vou tentar esse oleo dersani

Deixe seu comentário