Estudo mostra que mães que fazem cama compartilhada amamentam por mais tempo

Vocês sabiam que mães que fazem cama compartilhada amamentam seus bebês por um período maior de tempo? Sim, esse foi o resultado de um estudo realizado com 870 mulheres, na Inglaterra (e publicado online no dia 11 de março de 2016 no site Wiley Online Livrary). Além disso, a pesquisa revelou também que as grávidas que expressaram ter um forte desejo de amamentar se mostraram, depois, mais propensas a fazer a cama compartilhada com seus bebês.

cama compartilhada e amamentacao

Photo Credit: HoboMama via Compfight cc

Ainda, de acordo com o pediatra e homeopata Moises Chencinski, “mães que compartilham a cama apresentam duas vezes mais probabilidades de amamentar seus bebês, por pelo menos 6 meses, do que as mães que iniciaram a amamentação, mas não compartilham a cama”.

Agora, com esse novo estudo, essa informação de que a cama compartilhada favorece amamentação e aumenta o seu tempo de duração, acaba de ser confirmada.  Entretanto, é importante, nesse contexto, chamar atenção para um outro ponto: a questão da síndrome da morte súbita infantil (SMSI), que sempre foi colocada como um dos grandes riscos de se fazer cama compartilhada.

Gostei bastante desse vídeo no qual o Dr. Moisés analisa essa questão do prolongamento da amamentação através da prática da cama compartilhada x o risco da síndrome de morte súbita infantil decorrente dessa prática. Para ele, os pediatras precisam agir e ofertar informações sobre como tornar o compartilhamento da cama, durante a amamentação, o mais seguro possível, para justamente, obter o benefício que essa prática garante: uma mais prática e mais longa experiência com a amamentação. Vale a pena assistir!

Eu, particularmente, não vejo nenhum problema no hábito da cama compartilhada se a mãe se sentir confortável para fazê-lo e, claro, desde que seja garantida a segurança do bebê (no vídeo o Dr. Moises coloca claramente quais são os fatores que aumentam o risco de morte súbita em cama compartilhada).

E se você quiser saber mais informações sobre segurança do bebê na prática da cama compartilhada, acesse esse post aqui, escrito pela consultora de sono materno infantil, Marcia Horbacio. Nele, há diversas dicas para a segurança do sono dos pequenos e, na dica 8, fala especificamente sobre a segurança na cama compartilhada. Vale a pena se informar.

9 comentários

  1. Natalia

    Meu filho tem 1 ano e ainda dorme na nossa cama. Ele sempre mama para adormecer e no meio da noite.

  2. Flavia Almeida

    Meu filho tem 1 ano e 7 meses…ele amamenta no peito em.livre demanda. A noite ele dorme comigo na cama desde 1 ano de idade. Eu queria muito que a noite ele não mamasse. Li reportagem que fala que a noite um bebê de 1 ano e 7 meses não precisa mais mamar a noite. Quero fazer o desmame de madrugada mas não consigo. Ele vem pra cima e se eu não dou chora muiiiiiiito ! O que eu faço? ??

  3. Viviane Dalto Sato

    Meu filho vai completar 4 aninhos no final do mês que vem(junho) amamentei até os três anos completos, que foi quando decido voltar a trabalhar,mas confesso a vocês, morro de saudades de quando amamentava.Quando meu filho nasceu travei uma batalha com minhas irmãs e minha mão, pois estas não queriam que eu amamentasse, ainda assim lutei e amamentei meu filho.De todo meu coração falo, não existe nada mais satisfatório para uma mãe do que vê seu filho olhado pra ele no momento em que está amamentando. Sinto falto do olhar dele pra mim, da mãozinha dele acariciando meu rosto e brincando com meus cabelos até adormecer nos meus braços, é uma sensação única, inexplicável,maravilhosa.Ele ainda dorme comigo, acho que tudo passa tão rápido um dia eles são bebezinhos, no outro já querem ser chamados de “paraizinhos” e assim que o meu fala quando chamo ele de bebê.Em fim, o conselhos que deixo para todas as mamães,amamentem se sentem vontade até quando der, deixem dormir em suas camas até quando eles tiverem vontade, um dia eles vão crescer, criar asas e o que nos restará são apenas essas deliciosas lembranças. Ser mãe é tudo de bom não é?

  4. Cristiane

    Minha filha já tem dois anos e também ainda mama. Para adormecer e quando volta da escolinha. Mas não dorme na nossa cama.

  5. Lavinne

    Meu filho tem 1 ano e dorme ainda comigo na cama,quando acorda na madrugada é procurando peito e já quero tirar a mamã dele,estou emagrecendo e ficando fraca ,me ajudem !!!!

  6. Laiane Nascimento

    A cama compartilhada pode favorecer a amamentacao, mas também prejudicar a vida sexual do casal. Minha filha dorme no nosso quarto, porém no berço. As vezes ela adormece na nossa cama, depois eu a pego e coloco no berço e ela dorme a noite toda. Quando ela estiver maior, a partir de 1 ano vamos buscar acostuma-la em seu próprio quarto. Porque estou dizendo isso? Porque o nosso dia a dia com um bebe ja e tão intenso..toda nossa atenção voltada para ele, que as vezes n sobra tempo para se dedicar mais ao marido e ao casamento. E colocar um bebe para dormir na mesma cama, além do risco de acidentes, ainda tem a separação de corpos do casal que as vezes só tem a noite e a paz da sua cama para namorar melhor. Minha opinião.

    1. Amanda

      Se isso que vc escreveu fosse verdade (atrapalhar a vida sexual do casal), eu não estaria grávida agora. Não existe somente a cama para o casal se relacionar e namorar.
      Eu não queria fazer cama compartilhada, mas decidi fazer para poder amamentar e descansar melhor (o berço dela está sem a grade e grudado na nossa cama). Agora não sei como farei por conta da gestação. Minha bebê tem um sono muito leve e este foi um dos motivos por fazer a cama compartilhada. “Cenas para os próximos capítulos”.

  7. Viviane carvalho

    Meu filho ficou 20 dias no hospital, desde que veio pra casa dorme comigo e depois disso ele começou a mamar bem melhor,ele dorme a noite inteira acorda uma única vez para mamar tomo todos os cuidados eu nem meu marido temos nenhum vício. A cama compartilhada pra mim é um vínculo eu não consigo mais dormir sem ele que agora está com 3 meses e 21 dias

  8. Ana Paula Lima Feijó

    que pena a minha não mama deitada ela não gosta eu tenho que sentar já fiz de tudo mas não deu

Deixe seu comentário