Mulher torna-se mais inteligente com o nascimento dos filhos (dentre outras coisas)

Você, assim como eu, já deve ter ouvido aquela brincadeira vinda de amigas ou da própria família de que a gravidez vai nos deixar mais “lerdinhas”.

Durante a gestação confesso que realmente tive algumas falhas de memória, e descobri que isso é normal, pois nossa capacidade cognitiva é diminuída, já que perdemos até 7% de massa cinzenta durante os nove meses – alguns estudos, desde 1997, já falavam sobre essa perda do cérebro e essa informação vem sendo confirmada por outros pesquisadores como a psicóloga Laura Glynn, da Universidade da Califórnia (para saber mais sobre a pesquisa clique aqui). Ela explica que a perda das funções cognitivas tem relação com as mudanças hormonais e com pequenos movimentos que o feto faz.

mulher fica mais inteligente com nascimento dos filhos

Photo Credit: johnnyvintage via Compfight cc

Parece muito isso né? Mas essa mudança é considerada normal e não há com o que se preocupar.

Realmente as transformações da gestação sempre nos surpreendem!

Porém, a boa notícia é que nosso cérebro volta ao normal depois do parto, ou melhor, volta de forma turbinada, com um up grade (confirmado pelo neurocientista Craig Kinglsey, da Universidade de Richmond, nos EUA).

A mudança do cérebro, após a gestação afeta o raciocínio, a motivação e a emoção, tudo para nos deixa mais atentas as tarefas que a maternidade nos oferece (que cá entre nós, não são poucas). Por isso, ficamos mais eficientes na tomada de decisões, conseguimos planejar melhor a rotina da casa ou de um passeio e criamos estratégias para solucionar qualquer problema que apareça, segundo analisou a cientista americana Kelly Lambert (leia mais sobre o estudo aqui).

Agora dá até para entender de onde vem àquela força para acordar de madrugada, mesmo sem ter dormido ou a aquela vontade de cuidar dos pequenos, apesar de todo o cansaço. Essas mudanças do instinto maternal estão localizadas na nova construção cerebral.

Outra coisa que percebi também é que situações que me estressavam ou me deixavam ansiosas, agora não tem o mesmo peso, graças à habilidade de gerenciar o estresse.

Sabe o que mais muda? Kelly Lambert explica que depois da gravidez as mães têm uma percepção mais aguçada quanto ao sentimento das outras pessoas, mesmo sem conhecê-las. Essa nova ‘função’ ajuda a proteger nossos filhos. Dê uma olhada a sua volta, parece que ficou mais fácil notar quando alguém está com medo, raiva ou repugnância.

E você, também gostou das novidades? Achei bem legal descobrir que não é só a nossa aparência que muda, mas sim nosso corpo de uma forma geral.

2 comentários

  1. Kécia

    PercebI isso mesmo, depois que virei mãe!
    Ótimo texto!

  2. CAROLINA

    Percebi que fiquei mais paciente com a filha mais velha e também com outras coisas. Na realidade consegui controlar meu estresse após a segunda gestação.

Deixe seu comentário