Piolhos – como resolver esse problema tão comum

No ano passado, Leo começou a coçar a cabeça. Mais do que o normal. Fui ver o que era e, batata! Era piolho.

Na hora, fiquei chocada! Juro! Nem sabia que piolho ainda existia. Achei que fosse algo da nossa infância e que tivesse ficado por lá. Mas que nada! Eles ainda existem e não é vergonha nenhuma dizer que seu filho já pegou piolho, afinal, aquela ideia de que piolho só aparece em criança “por falta de higiene” é conversa fiada (dizem, inclusive, que eles preferem as cabeças mais limpinhas. Mas isso não sei se é mito ou verdade).

piolhos

Photo Credit: Alick Boych via Compfight cc

Qualquer criança, geralmente em idade escolar, mesmo que tome banho todos os dias, ande com o cabelo arrumadinho e limpinho pode ter (sem contar nós adultos, que também não estamos imunes).

E você sabia que o piolho é um inseto? Verdade. Ele é um inseto, porém não pode voar e nem pular (então sentar perto de uma pessoa com piolho não significa que você irá pegar, porque ele não pula!).

Uma criança pega piolho da outra ao encostar a cabeça para tirar uma foto, ao usar o mesmo pente, escova, prendedor de cabelo, boné, travesseiro e capacete (no caso do Leo, ele pegou de um dos seus melhores amiguinhos porque dividiram o mesmo boné na escola. Coisa que a gente não tem como controlar).

E se notar que o seu filho tem piolho é preciso cuidar, porque ele causa uma doença chamada pediculose e algumas crianças podem até ter anemia, já que o piolho se alimenta de sangue que suga no couro cabeludo.

Se prepare para a caçada!

Mães, quando eu disse caça ao piolho eu não estava brincando. O que acontece é isso mesmo. O piolho pode ser eliminado com produtos antipiolho (Shampoos, loções e até comprimidos. Mas leia o rótulo para saber se ele é liberado pela Anvisa e converse com o seu pediatra antes de usar), só que alguns especialistas defendem que a lêndea, que é o ovo do piolho, só sai com o famoso pente fino.

Além daquele pente de plástico (que é super eficaz), existe um de aço, com dentes largos e formato anatômico, que facilita a perseguição a esses insetos.

E você deve estar se perguntando, e aquelas famosas receitas da vovó contra piolho? Tem uma que realmente funciona, confirmada até pelo Instituto Fiocruz. Então vamos lá: dilua vinagre branco em água ou em condicionar, na mesma proporção, e passe no cabelo e depois use o pente fino. Isso ajuda a soltar as lêndeas dos fios. Mas cuidado, porque se o couro cabeludo do seu filho estiver com machucadinhos pode arder e causar coceira.

Quantos as outras “dicas” de abafar o couro cabeludo para o piolho morrer, passar azeite… a eficácia nunca foi comprovada.

O que a gente não pode esquecer é que tudo que se passa no cabelo é absorvido pelo couro cabeludo, entãom atenção a essas receitinhas.

Dicas para o sucesso da operação de caça

  • prefira o pente fino de metal, mas se não tiver pode usar o de plástico mesmo;
  • passar condicionar ou deixar o cabelo molhado para ajudar na hora de pentear;
  • se o cabelo do seu filho for muito embaraçado primeiro passe o pente comum para depois usar o fino;
  • divida o cabelo em partes para facilitar e fique em um lugar bem iluminado;
  • coloque uma toalha branca nas costas dele, para ver melhor caso o piolho caia durante essa operação de caçada;
  • não precisa espremer o piolho retirado na unha, mergulhe ele em uma solução separada de água e vinagre que isso já garante a morte dele;
  • para distrair o seu filho coloque um desenho ou um filminho, porque como a gente sabe, caçar piolho não é uma coisa muito rápida.
  • e não demore em começar. Cada fêmea do piolho produz em média de 150 a 300 ovos ao longo da vida (e eles vivem cerca de 30 dias).
  • no tempo que seu filho estiver com piolho, não mande o para escola e evite que ele tenha contato com outras crianças. Crianças não entendem muito bem que não podem se encostar, trocar objetos, etc…, e aí ele poderá passar o temido bichinho para um amiguinho.

Deixe seu comentário