Como a música influencia no desenvolvimento infantil

Seu filho tem escutado música ou está brincando com algum instrumento? Hoje trago uma dica bem legal sobre como a música está relacionada ao desenvolvimento infantil em diversos aspectos.

Bom, a gente sabe que um som agradável sempre cai bem, até porque a música está ao nosso redor o tempo todo, seja para relaxar, em uma festa e até mesmo durante a programação de TV. Agora na infância esse som tem um papel muito importante.

 Durante a gestação

É a partir da 21ª semana de gravidez (5 meses) que o bebê consegue ouvir os primeiros estímulos sonoros. A música nessa fase traz benefício tanto para eles, quanto para nós, já que o som (quando agradável) estimula a produção de endorfina, aquele hormônio que reduz o estresse e a ansiedade e nos deixa mais relaxadas.

musica no desenvolvimento infantil

Photo Credit: donnierayjones via Compfight cc

Na infância

Já nessa fase as vantagens são ainda maiores. Para começar a música está super-relacionada com a emoção e a memória (afinal, quem de nós não se lembra de uma música que tenha marcado a infância?). Mas, além disso, a exposição precoce à música ajuda no aprendizado da linguagem. As crianças vão falar mais rápido, ter mais vocabulário e mais facilidade até em aprender outros idiomas.

E quando elas são estimuladas a tocar ou a cantar essa relação se torna ainda mais  vantajosa. Diversos estudos (separei alguns para vocês AQUI e AQUI – informações em inglês) falam dessa interação que melhora habilidades emocionais e cognitivas, ou seja, a criança terá mais facilidade em se concentrar, memorizar informações, além de desenvolver a coordenação motora e melhorar o convívio social.

E o que ouvir?

Uma dúvida que eu sempre tive era sobre qual estilo musical ouvir. Na década de 90 só se falava no “efeito Mozart” que virou sinônimo de inteligência. Mas, ao logo dos anos, diversas pesquisas concluíram que qualquer música ou a leitura em voz alta tem o mesmo benefício.

A verdade é que não existe uma regra (claro que o bom senso é importante, porque não vamos deixar nossos filhos ouvirem músicas com letras depreciativas). Mas o interessante é apresentar uma variedade de ritmos, para que assim eles percebem os detalhes de cada um. E dá para repetir a dose quando eles se mostrarem interessados.

E por aí, qual a música preferida dos seus filhos?

3 comentários

  1. Sandra Mayer

    Excelente post. Meu filho ama as musicas do 3 Palavrinhas 😍😊

  2. Mariana

    E músicas em inglês? Será que atrapalha, confunde?

    1. Shirley Hilgert

      Não acredito que atrapalhe não. Bjs

Deixe seu comentário