Como deixar tudo organizado para a chegada do bebê

Os nove meses de gestação podem até parecer um período longo para algumas mães, só que para outras é preciso correr contra o tempo para deixar tudo organizado para a vinda do filho. Durante essa fase, a mulher tem que conviver com novos sentimentos, com a mudança do corpo e ainda pensar em como organizar o cronograma da grávida que inclui a escolha do enxoval de bebê que vai desde a compra de roupas para bebê, a decoração do quarto, as lembrancinhas para a maternidade entre listas e mais listas de tarefas (que na verdade adoramos todas elas).

E para facilitar a vida das gestantes, hoje trago algumas dicas de quem já tem muita experiência no assunto e de um dos nossos parceiros que também se preocupa em facilitar esse momento das gestantes.

como-deixar-tudo-organizado-para-a-chegada-do-bebe

Photo Credit: A. Strakey Flickr via Compfight cc

O mês a mês da grávida

O cronograma da grávida começa com atividades mais intensas a partir do segundo trimestre, época em que a fragilidade no desenvolvimento já passou, a barriga está em um tamanho que não incomoda tanto e a família já sabe o sexo da criança.

O guarda-roupa é um dos primeiros itens que as futuras mamães anseiam por montar e a boa notícia é que o enxoval de bebê pode sim ser o início de tantas tarefas. Vale a pena conferir dicas e adotar as famosas listas. O site Criança e Bebê é um dos parceiros do Guia de Fornecedores do MdM que oferece diversos artigos do enxoval, como roupas para bebê baratas e com qualidade, acessórios, itens para a amamentação, roupas de banho e peças até para decorar o quarto. É possível, também no site ou mesmo na loja de bebê, que fica em Marília, interior de São Paulo, criar uma lista, para não correr o risco de deixar algum item para depois ou comprar em excesso. Como tudo está reunido em um único lugar: roupa de bebê e o enxoval do bebê, vai ser bem mais fácil escolher os produtos.

E aqui, outras dicas já passadas por mim antes. Sempre é legal dar uma olhadinha.

Sobre o quarto da criança a mãe pode pensar nas ideias ainda no primeiro trimestre, mas realmente dar início a obra também assim que descobrir o sexo da criança, caso deseje algo mais personalizado. Esse período é necessário (e não é exagerado) já que algumas empresas demoram até três meses para entregarem ou produzirem os itens comprados.

E quanto antes escolher o quarto melhor, porque você vai precisar de tempo para várias coisas ainda, como o chá de bebê. Esse evento, já tradicional entre as gestantes, normalmente é organizado por amigas e familiares, só que sempre precisa do pitaco da gestante. O divertido é fazer quando a barriga está aparecendo, então agende o evento entre o 6° e 7° mês, desde que você esteja bem disposta (e caso faça um chá de bebê que vá ganhar roupas não se esqueça de pensar nisso na hora da lista do enxoval).

O curso de gestante também é indicado para essa mesma época, a partir do sexto mês, já que esta é a fase das dúvidas e medos sobre a chegada do bebê.

Parece que tudo está encaminhado né? Porém é importante não se esquecer de deixar as roupinhas que serão usadas nos três primeiros meses do bebê bem limpinhas para quando a criança chegar da maternidade (confira dicas sobre isso aqui). Organize essa atividade para fazer antes da 37° semana de gestação. Essa mesma dica vale para a mala da maternidade que precisa estar pronta entre a 35ª e 36ª semana. O próprio hospital pode sugerir quais peças e o número de trocas que devem ser levadas.

Fique de olho no bolso!

Um descuido comum durante a escolha do enxoval do bebê é a questão financeira, especialmente quando é o primeiro filho. Muitas mães se empolgam e saem comprando itens que na verdade nunca serão usados, por isso sugeri adotar listas de enxoval e também ouvir a opinião de familiares ou amigas que, caso tenham doações, também serão bem-vinda.

Ah, já compartilhei aqui outras dicas para economizar no enxoval do bebê. Não deixe de conferir.

>>> Esse post contou com o apoio do site Criança e Bebê.

guia de fornecedores final post

Deixe seu comentário