Lavando o enxoval do bebê: dicas práticas e seguras

A primeira lavagem do enxoval do bebê é um assunto bastante procurado aqui no blog. Esse foi o tema de um dos primeiros posts que escrevi na vida, e, de lá para cá, revi e aprendi muita coisa. Tanto que, do processo de lavagem do enxoval do Leo para o do Caê, mudei muita coisa – principalmente em termos de praticidade.

A primeira grande mudança foi que lavei todas as roupinhas do Leo à mão enquanto, com o Caê, joguei tudo na máquina. Antes de fazer isso, rodei um ciclo da máquina vazia antes, para limpá-la. Por esse motivo, indico tirar um dia exclusivamente para fazer isso (talvez seja necessário mais de um) porque você irá “lavar” a máquina por dentro (faça um ciclo de lavagem normal, com sabão em pó) e, depois, lavar exclusivamente o enxoval da criança, sem misturar nenhuma outra peça entre as roupinhas.

imagem-destaque-enxoval-omo

Na hora de lavar as roupas, o ideal é usar o ciclo de roupas delicadas e não colocar água quente, para não correr o risco de prejudicar as peças. Também tome cuidado com o sabão escolhido. Eu sempre ouvi que não dá para usar o sabão utilizado para o resto da familia, que tinha que ser sabão de coco… Mas hoje, já existe um produto moderno e desenvolvido especialmente para as roupas dos bebês. O Novo Omo Puro Cuidado, foi desenvolvido pensando na pele delicada dos bebês. Tem perfume suave, Ph balanceado, além de ser dermatologicamente testado e hipoalérgico.

Quanto ao uso de amaciantes, ele não é necessário. Mas, caso decida usar, é muito importante que também seja indicado para a pele delicada do bebê e hipoalérgicos como o Comfort Puro Cuidado. Já alvejantes são proibidos nas primeiras lavagens!

Na hora de secar, o ideal é deixar à sombra, num local de bastante vento, ou na máquina de secar. Eu sempre sequei as roupas dos meninos na máquina de secar e nunca tive problema. Inclusive, pelo fato de aquecer a roupa, muitas vezes o a máquina acaba “matando” algum bichinho que ficar na roupa. E é por esse mesmo motivo que costumamos passar as peças do bebê do lado avesso – para que o calor do ferro as “esterilize”.

Depois de secas, as roupinhas devem ser guardadas dobradas dentro de saquinhos de TNT ou envoltas e papel de seda. Isso ajuda a evitar que as peças peguem pó. Guardar as roupas em sacos plásticos não é indicado porque eles abafam as peças e elas podem acabar mofando.

Ah, e mais uma coisinha: O período ideal para lavar as roupinhas é em torno de 2 meses antes da data prevista do parto. Isso para evitar qualquer contra-tempo ou surpresa.

E agora a resposta a algumas dúvidas que costumam surgir:

Por que é tão importante tomar certos cuidados com a lavagem das roupas do bebê?

Temos que ficar atentos à lavagem das roupinhas porque a pele do recém-nascido é muito delicada e não está totalmente madura no nascimento. Ela é mais fina, mais sensível e mais frágil do que a pele de um adulto. Ou seja, dependendo o produto que ela tiver contato, pode desenvolver alguma alergia.

Por que o Omo Puro Cuidado é indicado para a pele delicado do bebê?

Omo Puro Cuidado é recomendado para as roupas de bebê porque apresenta fórmula hipoalergênica, é dermatologicamente testado e com pH balanceado, que não agride a pele do bebê.  Além de ter um perfume suave.

omo-puro-cuidado-imagem-completa

Espero que tenham gostado das dicas. Agora eu quero saber o que vocês fazem de diferente por aí. Deixem suas sugestões aqui no espaço para comentários, logo abaixo.

Esse post contou com o incentivo de Omo Puro Cuidado, por meio do movimento #PrimeirasDescobertas.

publi-incentivo

1 comentário

  1. Daiane Vieira

    Adorei o post… Comprei esse omo, e vou lavar meu enxoval amanha, mais estava na duvida se podia usa-lo mesmo, e como faria para lavar as roupas… Quase q lavo á mao… rsrs
    Bjo

Deixe seu comentário