Festa afetiva: celebrar com o coração (você sabe do que se trata?)

Você sabe o que é uma festa afetiva? Já ouviu falar desse conceito? No post de hoje, a Lilian Camba, sócia proprietária da Mãozinhas que Fazem, empresa especializada em recreação lúdica de festa infantil, explica direitinho do que se trata essa nova/antiga tendência. Venha ver!

Festa afetiva: celebrar com o coração (você sabe do que se trata?)

Por Lilian Camba, da Mãozinhas que Fazem

Celebrar é festejar os acontecimentos mais importantes da sua vida, esbanjando amor, criando e/ou estreitando vínculos de afeto e carinho.

A psicologia afirma que comemorar a transição de um ano para o outro contribui positivamente para o desenvolvimento da criança, tanto emocional (ela está crescendo) e cognitivamente (passagem dos anos), pois até os cinco anos completos a criança não possui o tempo cronológico claro para ela. O que eu quero dizer com isso?

Cantar parabéns, apagar a vela, receber os amiguinhos, simboliza que ela está crescendo, é um marco de transição, é a oportunidade de crescer. E ai de outra criança se apagar a vela no lugar do aniversariante… E a decepção vem, se você substituir a festa por uma viagem, um passeio, ou mesmo adiar a data. E eu te digo que a decepção não fica por conta dos presentes não. Mas sim, pela ausência da comemoração. Independentemente do que se cria em cima deste marco, seja festa grande, festa pequena ou apenas um bolinho, festa de criança é uma delícia!

Idealizar e planejar a festa de aniversário de uma criança é traduzir as expectativas dela nas suas escolhas e decisões. Entretanto, quando o aniversariante é petitico, os pais podem levar em conta gostos e preferências que o bebê demonstra para decorar a mesa principal. Ah, aposte, também, em brinquedos e objetos pessoais do bebê. Certamente, ele vai se encantar com a decoração.

Um dia para agradecer!

Este post, na verdade, é para compartilhar com você algumas ideias inspiradoras para Festa Afetiva. Mas, antes, vamos definir o que é uma festa afetiva. Se você curtiu festinhas de aniversário das décadas de 70, 80, já descobriu (risos). A decoração de uma festa afetiva não é glamourosa, mas tem expressa em si amor e afeição, através dos elementos, geralmente, “emprestados” de casa. As comidinhas e docinhos caseiros dão água na boca, as lembrancinhas feitas pela família ou pelos amiguinhos convidados da festa e as brincadeiras  de antigamente. Toda essa simplicidade torna a festa única, original e inesquecível para a criança.

Claro, os tempos são outros, mas festa afetiva está em alta porque resgata os valores que tanto prezamos com muito carinho, num clima belo, aconchegante e onde todos os elementos são harmoniosos. Assim, num espaço repleto de verde, aconteceu uma festa diferente, decorada com brinquedos da estante, com muitas brincadeiras de quintal, uma coruja para falar sobre a importância do respeito à diversidade, um cãovidado para receber os presentes (e nos lembrar da importância da solidariedade e do amor incondicional) e uma garotinha que caprichou no bolo de cenoura de sua própria festa (sim! ela que fez) e o qual foi admirado por todos.

A gente sabe que, antigamente, falar em festa afetiva significava fazer tudo em casa, das balas de côco até a decoração em isopor. Hoje em dia, você pode seguir fazendo exatamente assim, ou ainda contar com a ajuda de organizadores de festas infantis para mergulhar com vocês nesta deliciosa aventura (ajudando desde a escolha do local – se não puder ser em casa – até a sugestão de ações beneficentes para aumentar a corrente do bem e tornar a comemoração ainda mais especial).

Abaixo, as fotos da Festa Afetiva que organizei para a minha filha e que contou com a participação de pessoas e instituições para lá de especiais. Uma delas é a Mari Aprile, bióloga especialista em interação animal assistida. Com Gandalf, uma corujinha da espécie Suindara, ela trabalha realizando vivências terapêuticas com crianças e adolescentes e nesta festa, de forma muito especial, levou diversão e carinho para os pequenos presentes. E a outra é a Ong Cão sem Dono, localizada em Itapecirica da Serra, que resgata e acolhe cães abandonados ou vítimas de maus tratos (Semanalmente, a Ong promove feiras de adoções em diversos locais em São Paulo). Na festa, um dos cãos da instituição ficou responsável por “receber” os presentes que os convidados levaram (na festa, pedimos a doação de ração para os cachorrinhos da ONG).

Agora, fiquem com as fotos desta Festa Afetiva mais do que especial.


 

SERVIÇO:

  • Espaço:  www.espacomaisonkids.com.br
  • Recreação: www.maozinhasquefazem.com.br
  • Fotografia:  www.giselefap.com.br
  • Decoração: www.amatinee.com.br
  • Cãovidado:  www.ongcaosemdono.com.br
  • Coruja Gandalf:  www.suindaragrupo.blogspot.com
  • Peças: www.decorance.com.br

1 comentário

  1. Adrianne

    Nossa que festa linda Shirley! A sua filha deve ter adorado! Espero que eu possa um dia fazer uma festa assim para a minha filha também! Beijos e muitas felicidades para vc e sua família! Tudo de bom!

Deixe seu comentário