A amamentação ainda é um tabu porque existe ignorância

A amamentação ainda é um tabu porque existe ignorância


5 de novembro de 2015

Vocês devem ter acompanhado a polêmica que rolou nas redes sociais envolvendo um post absurdo feito por uma mãe criticando outra que amamentava uma criança em cima de um bicicleta. No seu post ignorante e preconceituoso, essa mãe falava que amamentar em público era coisa de “pobre fazendo pobrice”. A história tomou proporções gigantescas, com mais de 13mil compartilhamentos desse post do dia 31 de outubro até hoje e fez com que muita gente se pronunciasse nas redes sociais contra a infeliz afirmação e a favor da amamentação.

amamentando bebe
Photo Credit: blinzelblinzel via Compfight cc

Achei, é claro, o comentário da lunática uma coisas sem pé nem cabeça, de uma ignorância e falta de informação sem precedentes, mas no fim, achei que teve um lado muito positivo, pois acabou fazendo com que muita gente, muitos sites e muitos blogs voltassem a sua atenção para o ato de amamentar. O que foi ótimo.

E o que vimos através disso tudo? Que ainda há muita desinformação, ainda há muito preconceito, ainda há muito julgamento envolvendo a amamentação. E tudo isso vindo de outras mulheres, outras mães, que inclusive também amamentam ou amamentaram.

A amamentação é um ato que deveria ser celebrado, respeitado, difundido e apoiado. E não o contrário. Não tem cabimento, nos dias de hoje, a amamentação ainda ser vista como um tabu. Não tem cabimento, nos dias de hoje, uma mulher ter que se esconder num banheiro para amamentar, ter que se cobrir com um paninho para alimentar seu filho ou, pior, ter que encarar os olhares e críticas preconceituosos porque decidiu encarar de frente aqueles que não acham esse ato algo natural.

Para mim, a cena da mulher amamentando na bicicleta é linda. Como é linda a cena da Gisele Bundchen amamentando enquanto é maquiada e arrumada para uma sessão de fotos ou como é linda a foto da capa da revista Nova na qual a atriz  Carolina Ferraz alimenta o seu bebê sem pudor e com muito orgulho.

Como já se brandou por aí, amamentar não é uma questão de classe social. Amamentar é uma questão de força de vontade, de entrega, de amor, de doação e, infelizmente, de coragem para encarar o preconceito e o julgamento alheios.

Amamentar é vida. Amamentar é força. Amamentar é orgulho.

E que um dia, se possível em breve, em vez de se criticar e julgar uma mulher que amamenta em público, possa se sentir empatia e admiração por esse ato. O ato que permite que a vida prossiga, com saúde e muito amor.

E aqui, para quem não viu a história ainda, o famoso post que gerou toda a confusão. Que ele sirva para abrir os nossos olhos, corações e mentes. Por menos preconceito. Por mais amor e respeito.

pobre fazendo pobrice

> Confira, nesse vídeo, 10 dicas para aumentar a produção de leite:

https://www.youtube.com/watch?v=f1kEh9raUms