Antes de ser mãe

Antes de ser mãe


1 de setembro de 2015

Antes de ser mãe, eu tinha as unhas feitas, o cabelo sempre limpo, as roupas bem passadas e os sapatos impecáveis. Antes de ser mãe, eu usava salto alto, tinha um hidratante para o rosto e outro para os olhos, aplicava maquiagem assim que saia da cama e nunca, jamais, em hipótese alguma esquecia o filtro solar.

Antes de ser mãe, as almofadas permaneciam em cima do sofá, os tapetes na posição correta, as louças dentro dos armários e a casa em ordem. Placidamente em ordem.

antes de ser mae
Photo Credit: (davide) via Compfight cc

Antes de ser mãe, eu não tinha hora para dormir, acordava quando bem entendia, assistia o que queria na TV e lia dezenas de livros por ano. Dezenas mesmo. Sem exagero.

Antes de ser mãe, para sair bastava bater a porta, para comer sentar à mesa e para dormir deitar na cama. Tudo era simples, óbvio, sem nenhum planejamento ou logística por trás.

Antes de ser mãe, eu tinha tempo para sentar com as amigas e conversar, sair para andar sem hora para voltar, dançar em uma festa até o dia clarear.

Mas agora eu sou mãe, parece que o tempo livre foi embora, as horas de paz não existem mais e viver sem planejamento e logística é algo impensável.

Por outro lado, agora que sou mãe, eu sou acordada com beijo e abraço, surpreendida com declarações de amor e brindada com os sorrisos doces. Agora que sou mãe, sei o que é viver o maior amor do mundo, experimentar as mais profundas mudanças e curtir as maiores alegrias nas menores coisas do dia a dia.

Ser mãe é trocar uma vida controlada, organizada e previsível por um universo repleto de surpresas, descobertas e emoção. É viver no barulho, na bagunça, no cansaço e corre corre mas não trocar isso por nada desse mundo.

Agora que sou mãe, sei que a vida de antes era só um ensaio para a vida de verdade que estava por vir.