O que a maternidade me ensionou

As 50 coisas que a maternidade me ensinou


21 de agosto de 2013

Algumas coisas eu tentei durante décadas na minha vida, mas nunca consegui colocar em prática. Outras nem passava pela minha cabeça que um dia eu iria aprender. Teve que a maternidade bater à porta para algumas fichas caírem, alguns aprendizados serem adquiridos e muitos mudanças acontecerem.

Não sei se com vocês é ou foi assim, mas essa é assim que as coisas são por aqui. Nesse mais de um ano como mãe, posso dizer que aprendi muito mais do que ensinei, e que sigo aprendendo dia após dia, abaixo de muito riso e algumas lágrimas.

Com vocês, a listinha das 50 coisas que maternidade me ensinou (PS: garanto que tem muito mais coisas ainda!).

  1. Aprendi a ter mais paciência.
  2. Aprendi a importância de contar até 10. E repetir a contagem quantas vezes forem necessárias.
  3. Aprendi a não me estressar quando me atraso.
  4. Aprendi a ser mais tolerante com o atraso dos outros (ainda mais quando esses outros tem filhos).
  5. Aprendi como me tornar surda por alguns instantes (ou minutos. quem sabe horas)
  6. Aprendi a desenvolver uma audição super aguçada quando se faz necessário.
  7. Aprendi que por mais que eu tente fazer o certo, sempre tem gente dizendo que está errado.
  8. Aprendi que não há certo nem errado em muitos casos.
  9. Aprendi a respeitar muito mais as decisões alheias.
  10. Aprendi a ouvir meu coração.
  11. Aprendi o que um simples “nã”, “dá”, “pá” querem dizer.
  12. Aprendi a entender e obedecer um simples dedinho apontado.
  13. Aprendi a pedir ajuda.
  14. Aprendi que nem tudo pode ser aprendido em livros.
  15. Aprendi que quanto mais o tempo passa, mais segura nos tornamos.
  16. Aprendi que educar é mais difícil que parece.
  17. Aprendi que encontrar o equilíbrio entre a disciplina e a falta dela nem sempre é fácil.
  18. Aprendi que o tempo voa. Mesmo! Muito mais do que voava antes.
  19. Aprendi a cantar canções infantis. Dezenas dela.
  20. Aprendi a sobreviver com míseras quatro horas de sono diárias.
  21. Aprendi o valor de uma noite inteira de sono.
  22. Aprendi que nem sempre a gente consegue fazer tudo certo.
  23. Aprendi que a perfeição, realmente, não existe.
  24. Aprendi que a gente vai fazer coisas que jamais imaginou que faria, só para ter uns segundos de paz.
  25. Aprendi que gente vai mudar de ideia. Muito mais do que imagina.
  26. Aprendi que os amigos podem mudar.
  27. Aprendi a selecionar melhor os meus programas.
  28. Aprendi a pensar mais no dia de amanhã.
  29. Aprendi a ser mais criativa.
  30. Aprendi a ser mais emotiva.
  31. Aprendi a ser mais controlada.
  32. Aprendi a perder o controle sem peso na consciência.
  33. (Re) Aprendi a rezar.
  34. Aprendi a ser menos cética.
  35. Aprendi a ser menos teimosa.
  36. Aprendi a ser mais generosa.
  37. Aprendi a ser mais corajosa.
  38. Aprendi trocar fraldas.
  39. Aprendi a dar banho.
  40. Aprendi a carregar a casa dentro de uma mala.
  41. Aprendi os cinco grupos alimentares e a importância de cada um deles.
  42. Aprendi  mais de 10 técnicas para fazer arrotar e umas 50 para fazer dormir.
  43. Aprendi a superar as dificuldades.
  44. Aprendi que não há felicidade que sempre dure nem há mal que nunca acabe.
  45. Aprendi a não dar tanta bola para coisas pequenas.
  46. Aprendi a rir de mim mesma (algumas vezes rir de nervoso).
  47. Aprendi que há horas que é melhor calar (tipo na hora do pitaco, sabe?).
  48. Aprendi que não há um modelo único e perfeito de maternidade e que cada mãe está tentando fazer o seu melhor.
  49. Aprendi a crescer um pouco mais a cada dia.
  50. Aprendi que o amor infinito realmente existe.