Cadeirinha de carro para crianças - modelos

Cadeirinha de carro para crianças – modelos


28 de Janeiro de 2014

cadeirinha carro bebeUm assunto que as mães me pedem há bastante tempo para abordar é a questão da escolha da cadeirinha do carro. As dúvidas são quase sempre as mesmas: quais os modelos de cadeirinha disponíveis, quais as diferenças entre elas, qual é a melhor opção, o que levar em conta na hora de escolher e, por aí vai…

Eu nunca tinha pensado muito sobre o assunto, pois, assim como tantas outras coisas (banheira, cadeirão, carrinho,…) eu não fiz uma extensa pesquisa na hora de escolher o modelo que compraria para o Léo. Simplesmente pedi a indicação de uma amiga, questionei se ela estava satisfeita, e fui com fé. Simples assim.

Mas hoje sei que se não temos a dica de uma amiga próxima, na qual confiamos 100% e podemos seguir a indicação de olhos fechados, fica complicado. Até porque, um item como a cadeirinha do carro é um item super, hiper, mega, ultra importante do enxoval do bebê, pois é ele que irá garantir a segurança dos pequenos quando estivermos em ruas e estradas.

Então, assim, decidi não fazer um, mas quatro posts sobre o assunto (aeeeee! bem empolgada!). Hoje vou falar dos modelos de cadeirinha de carro que existem (basicamente três) e nos próximos dias abordarei o tema trazendo dicas para escolher a cadeirinha do carro, dicas para fixar a cadeirinha com segurança e os modelos de bebê conforto e cadeirinha de carro que nós escolhemos para usar com o Léo.

Espero que curtam essa mini série de posts sobre cadeirinhas de carro e que compartilhem suas dicas e sugestões abaixo. Milhares de mãmães agradecem!

Bebê conforto  – de RN até 9, 10 ou 13kg (dependendo do fabricante)

bebe conforto chicco
Bebe Conforto da marca Chicco.

É o menor modelo de todos. Ele serve para transportar bebês desde recém nascidos até alcançarem 9, 10 ou 13kg, dependendo do fabricante. Eles devem ser fixados no carro sempre no banco de trás, no centro ou atrás do banco do passageiro (eu sempre usei atrás do banco do passageiro, mas há especialistas que dizem que no centro do veículo é mai seguro, principalmente no caso de uma colisão lateral).

Outro detalhe importante: o bebê conforto deve sempre ser fixado no carro voltado para trás. Isso garante maior segurança já que, também no caso de uma colisão, ela não sofrerá um movimento brusco no seu pescoço, que não é ainda totalmente firme.

Pontos positivos: o bebê conforto pode ser retirado do carro e usado também na base do carrinho (travel system), assim, se o bebê estiver dormindo nele, tem a vantagem de você não precisar acordá-lo quando for tirá-lo do carro (basta levá-lo com bebê conforto e tudo). Além disso, há a possibilidade de você comprar um modelo que vem com base para carro. Assim, você fixa a base e toda vez que for tirar e pôr o bebê conforto não precisa tirar e pôr o cinto de segurança (esse fica preso na base e o bebê conforto é fixo nela). O modelo de bebê conforto que eu usei com o Léo era assim, com base.

Pontos negativos: você só utilizará o bebê conforto por, em média, um ano. Depois disso, terá que trocar por um modelo maior de cadeirinha.

Cadeirinha/poltrona reversível – de RN até 16 ou 18kg (dependendo do fabricante)

maxi cosi pria 70
Cadeirinha da Maxi Cosi. Modelo Pria 70.

Esse modelo, por ser reversível (pode ser usado virado para frente ou para trás) pode ser usado desde que o bebê é recém nascido até ele ter, em média, 16 a 18kg (depende do fabricante). Com relação à posição de colocação no carro, ela segue as mesmas orientações do bebê conforto: ser fixada no banco traseiro, no centro ou atrás do banco do passageiro, usando o cinto de segurança que será preso a ela mesma ou à uma base (à qual ela será fixada). Outro detalhe importante: assim como o bebê conforto, ela deve ser fixada no carro voltada para trás, até a criança ter, pelo menos, 10kg . Caso a criança atinja 10kg antes de completar um ano, a indicação é que ela continue voltada para trás, até chegar a um ano de idade. (Importante: alguns especialistas falam que o ideal é deixar a cadeirinha voltada para trás pelo maior tempo possível, ultrapassando o marco de 10kg ou um ano. Isso para garantir uma maior segurança em caso de acidentes).

Caso o modelo escolhido de cadeirinha não seja reversível, ou seja, não possa ser fixado virado para trás, então ele é indicado somente para crianças acima de 10kg. Por isso, cheque atentamente esse detalhe no momento da compra, se não, você terá que trocá-lo.

Pontos positivos: você gasta uma vez só. Se comprar esse modelo (desde que reversível), não precisa comprar o bebê conforto, pois ela também atende crianças do tamanho RN até 9, 10 ou 13kg (dependendo do fabricante).

Pontos negativos: ela não tem a opção travel system que o bebê conforto tem.

Cadeira/poltrona não reversível – de 9 a 36 kg

cadeira chicco 9 a 36kg
Cadeira Neptune – Chicco.

Esse modelo de cadeira é para crianças a partir de 9 kg e pode ser usado até ela atingir 36kg. Ele é fixado ao carro somente na posição voltada para frente. Normalmente, por servir a crianças de vários tamanhos e idades, ela vem com redutores e itens para ajuste, para garantir maior conforto e segurança para os pequenos: ajustador de ombros, almofada redutora para as costas, etc…

Pontos positivos: pode ser usada por bastante tempo, já que serve para crianças de 9/10kg até 36kg.

Pontos negativos: justamente por servir para várias idades ela tende a não ser 100% confortável quando a criança é mais nova. Por isso, indica-se a escolha de um modelo que venha com redutores e itens para ajuste.

Poltronas para posicionamento do cinto/assento de elevação ou booster –  acima de 16/18kg

cadeira e booster infanti
Cadeira e acento de elevação Infanti.

São poltronas/assentos de elevação ou boosters que são usados para a criança ficar mais alta e, assim, na posição correta para usar o cinto de segurança. Devem ser usados depois que a criança atingir o peso máximo do modelo apresentado anteriormente  e até ela completar 7 anos e meio. Mas especialistas indicam o seu uso até a criança atingir 1,45m de altura, mesmo que isso seja após a idade estipulada por lei.

Esses são modelos bem mais simples, cujo propósito é mesmo deixar a criança mais “alta” no carro e, assim, na posição correta do cinto de segurança (para evitar que, no caso de uma colisão, o cinto machuque órgãos internos).

 

Fique por dentro…

Veja o que diz a lei brasileira sobre o uso de cadeirinhas para bebês e crianças (Fonte: Babycenter):

  • Crianças de 0 a 1 ano têm que usar bebê-conforto ou poltrona reversível voltados para a traseira do veículo.
  • Crianças de 1 a 4 anos têm de usar cadeirinha.
  • Crianças de 4 a 7 anos e meio têm de usar assento de elevação, ou “booster”, com o cinto de segurança de três pontos do carro.
  • Crianças de 7 anos e meio a 10 anos devem viajar no banco traseiro com o cinto de segurança do veículo.
  • Se houver mais de três crianças abaixo de 10 anos no carro, a mais alta pode ir no banco da frente com o dispositivo de retenção adequado (cadeirinha ou booster, se tiver menos de 7 anos e meio) para sua altura e peso. O mesmo se aplica a carros que não tenham banco traseiro ou em que não seja possível instalar cadeirinhas. Especialistas, porém, não recomendam que crianças viajem no banco da frente.

Importante: mais do que a idade, o que importa na hora de escolher o modelo de cadeirinha ideal é o peso e a altura da criança. Não esqueça!

Leia outros posts que podem ser úteis: