Alegrias bizarras de mãe

Se há alguns anos alguém me dissesse que eu iria ficar feliz, eufórica, pulando de alegria com as bizarrices a seguir eu iria me jogar no chão e rolar de tanto rir. Ia ter certeza que a pessoa havia pirado da batatinha, usado drogas ou qualquer coisa do gênero. Mas aí a gente vira mãe, nos despimos de preconceitos e nojinhos e viramos as pessoas mais estranhas da face da terra, só compreendidas por... outras mães! [caption [...]

Continue lendo

O primeiro dia de férias do Leo (Jesus, dai-me forças!)

Ontem foi o primeiro dia de férias do Leo. Na verdade, as férias começaram no início desse mês, mas eu coloquei o meu pequeno num curso de férias para poder continuar dando conta do recado aqui em casa. Pois bem, nem preciso dizer que terminei o primeiro dia acabada. Mas gente, A C A B A D A   M E S M O!  E hoje, trocando umas mensagens no Whatsapp com uma amiga grávida, aproveite para chorar as minhas pitangas e deixar a pobre [...]

Continue lendo

Quem se ferra é a mãe

Eu, num dia um tanto difícil e tomada por um ataque rompântico de sincericídio, resolvi fazer esse post. Resolvi botar a boca no trombone, botar os pingos nos "is", jogar a merda no ventilador. E juro, tentei evitar esse monte de palavrões medonhos que meu filho não pode nem sonhar que eu falo, mas foi difícil. Foi difícil porque eu pensava em um título para esse post e só o que me vinha em mente era: Quem se ferra é a mãe. Isso [...]

Continue lendo

O primeiro dia que o pai leva o filho à escola – Humor

Semana passada, pedi para o pai do Leo levá-lo pela primeira vez à escola. Ele nunca tinha feito isso por três motivos: primeiro, porque ele trabalha de segunda a quinta em outra cidade, então, mesmo que eu implorasse de joelhos, não teria como; segundo, porque quando ele está aqui, às sextas, está sempre atrasado, correndo, dizendo que naquele dia não dá (bem típico de homem); e, por fim, porque meu marido é daqueles que só não [...]

Continue lendo

Um breve relato do que é fazer um bebê dormir

Você está grávida e, nesse período, se prepara dia e noite para ser mãe. Lê dezenas de livros, devora blogs inteiros e já faz a assinatura da melhor revista nacional sobre o assunto. Lá você lê T U D I N H O sobre como fazer um bebê dormir e, pelo que você entendeu, é super simples. Basicamente, o que você tem a fazer é (1) seguir uma rotininha pré-estabelecida - dar de mamar, trocar a fralda, etc...-, (2) colocar o bebê [...]

Continue lendo

O caso do vestido – gafes pós maternidade

Eu sempre gostei de contar histórias. E gosto ainda mais quando elas têm uma veia cômica. Acho que são mais a minha cara. Por isso, hoje fiquei pensando numa coisa... Eu tenho várias histórias engraçadas que me aconteceram depois que eu virei mãe, então, por que não contá-las aqui? Acho que será uma forma divertida de registrar algumas memórias e de também fazê-las rir um pouco. Afinal, quem é que não gosta de se divertir? Ainda [...]

Continue lendo

Primeiros 30 min do dia numa casa com filhos

7h da manhã. O filho acorda, chora e senta no berço. O pai escuta, vira para o lado e dorme de novo. 25 minutos depois, levanta, vai ao banheiro, faz suas necessidades fisiológicas, escova os dentes, lava o rosto, se veste e está pronto 7h da manhã. O filho acorda, chora e senta no berço. [...]

Continue lendo

A experiência de montar a primeira árvore de Natal com o filhote

Final de ano, Natal, festas! Época linda! E quando se tem filhos ela se torna ainda mais mágica. Nessa fase do ano, uma coisa que muitos pais esperam é pelo momento de montar a primeira árvore de Natal na companhia do filhote. Essa é uma experiência esperada com ansiedade, pois imaginamos os olhinhos brilhantes deles admirando aquela imensidão verde, a curiosidade e empolgação ajudando a colocar os enfeites e o encantamento [...]

Continue lendo

50 coisas que você não deve fazer, falar ou perguntar para uma recém-mãe

Se tem uma coisa que funciona e tem que ser colocada em prática assim que um bebê nasce é aquela velha máxima: "Muito ajuda quem não atrapalha". Assim que um baby vem ao mundo, junto com ele nasce um séquito de gente querendo curtir, ajudar, dar uma força, um empurrãozinho (às vezes precipício abaixo) e aí, todo esse excesso de boas intenções e zelo acaba virando, na bem da verdade, o calvário de muitas mães. [...]

Continue lendo