Um breve relato do que é trocar a fralda de um bebê

Depois que já temos algumas semanas de experiência como mãe, nos sentimos mais seguras e aptas a trocar fraldas. Mas bem lá no iniciozinho, o negócio é punk. Ainda mais para mulheres totalmente sem experiência nessa área, como foi o meu caso. Até que realmente a gente perceba que trocar uma fralda não é a coisa mais complicada desse mundo, que não precisamos de treinamento oferecido pela Nasa para cumprir a tarefa, a gente treme [...]

Continue lendo

Um breve relato da experiência de introduzir papinhas para um bebê (Humor)

Há alguns anos atrás, recebi um e-mail beeeeeeem engraçado, que relatava em detalhes o que pessoas sem filhos deveriam fazer para aprender a ser pais. Na verdade era a descrição de um treinamento bem heterodoxo, bim bizarro mesmo (e debochado, é claro), que ensinava a dois seres perdidos no mundo e no universo (os futuros pais) todas as técnicas para alimentar, dar banho, vestir e colocar para dormir as criaturinhas que estavam para [...]

Continue lendo

O primeiro banho do bebê: um relato bem humorado

Antes do Léo nascer, uma das coisas que eu mais tinha medo era de dar banho nele. Fiz até curso de gestantes para aprender a arte de banhar um bebê. Depois, na maternidade, fui de pernas bambas dar o primeiro banho no meu pequeno, e ainda por cima com plateia. Bom, mas para meu alívio, a experiência foi um sucesso. O Léo ficou quietinho, eu não errei a ordem das coisa e nem derrubei o pequeno dentro da banheira, e ainda fizemos [...]

Continue lendo

Humor – E tem gente que ainda acha que mãe não faz nada

Dias atrás, fui fazer o exame médico para renovar a minha carteira de habilitação. Quando lá cheguei, o médico que me atendeu, um senhorzinho muito distinto, perguntou: “Ocupação?”. Eu respondi: “Mãe”. Aí ele solta a pérola: “Ah, então você não trabalha”. Juro que, nesse exato momento, minha vontade era puxar uma cadeira, pedir um copo d`água e começar o desabafo. Esse que vou fazer abaixo para vocês. [...]

Continue lendo

A primeira noite de amor no pós-maternidade (para rir, ou chorar, o que vocês preferirem!)

Há um tempo atrás li um texto cheio de melosidades no qual dizia que, por um tempinho (ou tempão) no pós maternidade, os casais não se encontram, não namoram, não trocam carícias e nem fazem juras de amor (até aí tudo certinho). Mas que aí, numa linda madrugada, entre uma troca de fraldas e outra, entre uma sessão de dar de mamar e outra, o marido e a mulher se vêem. E, após terem cuidado carinhosamente do bebê juntos, o [...]

Continue lendo

Humor – Relato de uma manhã BEM agitada

Meu filhote ainda é um bebê e, toda vez que reclamo que ele dá trabalho, algumas frases que escuto são: "Espere ele começar a andar para você ver o que é dar trabalho!", "Com o tempo só piora", "Você já viu a segunda fase do videogame ser mais fácil que a primeira?", e por aí vai... Bom, depois de receber o relato abaixo, estou começando a acreditar que isso é realmente verdade. [...]

Continue lendo

Um breve relato (ou não tão breve assim) do que é sair de casa com um bebê

Queridas amigas mamães, de agora em diante, sempre que alguém lhe questionar (com cara feia, é claro!) porque você não sai mais de casa desde que virou mãe, vocês poderão mostrar o relato abaixo e aí, com certeza, não serão somente perdoadas como também suuuuuuuuuuper compreendidas. Vamos aos fatos!    Eis que você vira mãe. Você, aquela pessoa ansiosa, super agitada, que faz tudo correndo, que adora uma praticidade e [...]

Continue lendo

Para rir um pouco – loucuras e gafes pós maternidade

Há algum tempo, fiz um comentário lá na Fanpage do Macetes de Mãe contando que a loucura de criar o Léo estava tão grande que naquele dia eu tinha até esquecido de almoçar. Postei isso e perguntei para outras mamães que gafes ou grandes esquecimentos elas também tinham cometido no período pós parto. Pois foi uma avalanche de comentários, um mais inusitado e engraçado que o outro. Passei uns bons momentos lendo e chorando de [...]

Continue lendo

Uma nova profissão que é para sempre!

Eu mudei de emprego. Há mais ou menos um mês e meio. Havia tomado a decisão de assumir esse novo desafio há mais de um ano, mas as coisas realmente só começaram a se encaminhar há um pouco mais de nove meses. Nesse período, tive tempo para me preparar, estudar a respeito da nova função e até fazer alguns treinamentos, mas quem disse que isso ajudou alguma coisa? Desde que assumi meu novo posto, trabalho dia e noite, non-stop. [...]

Continue lendo