Como fazer o bebê dormir sozinho no berço | Macetes de Mãe

Como fazer o bebê dormir sozinho no berço


8 de julho de 2012
Eu imagino que o sonho de dez em cada dez mães seja que seu bebê durma sozinho no berço, e por horas e horas. Pois aqui em casa esse sonho foi realizado, e facinho facinho. Quer saber como?
 
Desde que o Léo chegou da maternidade ele dormiu no seu bercinho à noite. É importante que ele acostume desde cedo com o berço e o quanto antes melhor. O berço é um espaço amplo e não tão aconchegando quanto o útero, bebê conforto ou moisés, assim se ele demorar muito tempo para ter contato com esse ambiente estranho ele não irá se acostumar fácil a ele.
 
Nós criamos aqui em casa uma rotina pré berço que não é alterada nunca. E pretendo manter isso até o Léo completar três meses, para ter certeza que ele de um dia para o outro não vá mudar de ideia e desistir de ser um fã arvoroso do berço para passar horas acordado dando nós na gente. Essa rotina consiste em dar de mamar para o Léo por volta de 17h30min ou 18h e logo na sequecia dar um banho quentinho nele. Assim que ele sai do banho, nós já o colocamos direto no berço. Cuidamos para durante o banho manter o ambiente calmo e conversar ou cantar delicadamente para ele, mas quando estamos vestindo-o já nos mantemos quietos para não despertar sua atenção. Assim que saímos do banheiro já o levamos direto para o bercinho e o posicionamos lá, sempre deitado de costas. O quartinho já está na temperatura adequada (24 graus) e à meia luz quando o Léo é colocado no bercinho. Isso também faz toda a diferença. Então, lembre-se de ter um aquecedor ou ar condicionado para o inverno e um dimer ou abajur para controlar a luz do ambiente.
 
O último passo é ligar uma ovelhinha que toca som de útero, chuva, ondas… para ele ouvir, relaxar e dormir. Depois disso, simplesmente saimos do quarto e fechamos a porta. Ele fica acordadinho, se mexendo um pouco, algumas vezes resmungando, mas em minutos pega no sono e costuma dormir direto por cinco ou seis horas (como ele tem só um mês e meio, é normal que ele não durma ainda a noite toda).
 
Alguns detalhes importantes:
O quanto antes se instalar essa rotina, melhor. Se for possível, assim mesmo que chegar da maternidade. Sei que é difícil deixar um bebezuco de poucos dias no quarto ao lado, mas se você tiver uma cama de babá no quartinho dele poderá ficar lá por alguns dias e amenizar seu sofrimento. Se não conseguir, faça isso logo que ele completar um mês e, enquanto ele estiver dormindo fora do berço à noite, faça com que ele tenha contato com o berço durante o dia, para algumas sonecas.
 
À noite, diminuimos os sons, ruidos e barulhos da casa. Justamente para ele distinguir dia e noite e não trocar um pelo outro.
 
Se você optar por colocar alguma música ou som para tocar na hora de dormir, tenha certeza que é algo que você possa levar para outros lugares. Se não, no dia que você deixá-lo para dormir na casa da vovó ou levá-lo para um hotel, ele sentirá falta desse barulhinho e poderá não dormir tão facilmente.
 
Se ao deixar o bebê no berço ele resmungar  um pouco, deixe-o lá por alguns minutos e vá monitorando (babás eletrônicas são ótimas para isso, já que o ideal é que você deixe o quarto assim que o colocar no berço). Só vá até o berço novamente se ele realmente chorar e se mostrar incomodado. Aí, tente acalmá-lo no berço mesmo, se não for possível, pegue-o nos braços e acalente-o até ele se acalmar. 
 
Importante: acalme-o sempre dentro do quarto e não leve-o para outros lugares da casa, para não despertar ainda mais sua atenção. Também sempre tente identificar o real motivo do choro – Fome? Fralda suja? Sono em demasia? – e resolva o problema, se não, não terá jeito dele (e de você) descansar. Assim que o bebê estiver calmo, coloque-o de volta no berço, ainda acordado. 
 
O ideal é que o bebê vá para o berço assim que estiver começando a dar soninho, ou seja, depois do primeiro ou segundo bocejo (por isso que é bom dar um banho quentinho nele antes de dormir já que isso o faz relaxar). Evite deixar o bebê muito cansado para colocá-lo para dormir, pois aí, ele poderá ter mais dificuldades ainda para pegar no sono.
 
Wearable Blanket: ideal para proteger
o bebê do frio na hora de dormir. Imagem: Amazon
Alguns cuidados: não coloque brinquedos dentro do berço, não agasalhe demais ou de menos o bebê para dormir, não super aqueça o quarto, não use cobertores ou mantas a partir do momento que o bebê puder puxá-los e se sufocar. Se for inverno, opte por sacos de dormir de tecidos macios, quentinhos e aconchegantes (parecem umas camisolões sem mangas e são vendidos nos Estados Unidos, ainda não os encontrei no Brasil. Lá se chamam Wearable Blanket). Esses sacos protegem o bebê do frio e são muito mais seguros. Se realmente não os encontrar para vender aqui, não tenha dúvidas, compre um tecido quentinho e mande fazer (o modelo é bem simples, veja ao lado).
 
Tomamos o maior cuidado para colocar isso em prática desde o iniciozinho da vida do Léo aqui em casa e até agora está funcionando bem (dizem que não é bom nem falar, né!).
 
Boa sorte!

>>> Confira o passo a passo para fazer a famosa Técnica do Ninho que ajuda o bebê a dormir melhor:


Leia mais sobre esse assunto:
http://brasil.babycenter.com/baby/sono/no-berco-acordado/
http://sonodobebe.blogspot.com.br/2009/09/metodos-para-ensinar-o-bebe-dormir.html
http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/comportamento/ult561u107.shtml