Dicas para preparar uma refeição saudável em 20 minutos.

Como preparar uma refeição saudável em 20min


19 de Fevereiro de 2014
refeicao rapida saudavel
Imagem: Site Meu Prato Saudável

Quem é que duvida que ter uma alimentação saudável e equilibrada é muito, mas muito importante para a nossa saúde? Ninguém, né! E se já é importante para adultos, para crianças é ainda mais.

Assim, o ideal é que rotina alimentar de toda a família seja saudável, ou seja, que todo mundo coma bem. Primeiro porque vai contribuir com a saúde de todos , segundo porque é mais prático (cozinha tudo junto, para todo mundo, adultos e crianças) e, por fim, porque aí as crianças aprendem bons hábitos alimentares desde cedo (afinal, é pelo exemplo que elas aprendem).

Mas há aquelas situações em que a criança ainda não pode comer a comida da casa (porque come papinha ainda ou na sua dieta ainda não entrou nada de sal) ou então aquelas em que não tem nada em casa para oferecer para os pequenos e você tem que se virar para preparar algo rapidinho. Tendo em mente essas duas situações eu resolvi fazer o post de hoje, com dicas bem, bem, bem simples e práticas para qualquer pessoa preparar uma refeição infantil super nutritiva e saudável em míseros 20 minutos. Confira!

Dicas para preparar uma refeição saudável em 20 minutos

Seja prática.  Assim que chegar do mercado,  higienize todos os alimentos e guarde-os prontos para o consumo, em saquinhos ou potes fechados.

Prepare alguns alimentos com antecedência e congele. O ideal é fazer tudo fresquinho, no dia, mas sabemos que na correria do dia a dia nem sempre dá. Assim, a minha dica é preparar o arroz e o feijão com antecedência e congelá-los em cubinhos de gelo. Assim, você descongela no dia só a quantidade que quiser.

foto (2)
Preparei o feijão previamente e congelei em forminhas de gelo. Depois desenformei e guardei tudo em um saquinho, para pegar a quantidade que quiser na hora que precisar.

Separe a carne, frango e peixe em porções individuais, para uma refeição, envolva essas porções em papel alumínio e congele . Isso ajuda na hora que você precisar prepará-las, pois o descongelamento é rápido (é só colocar em um pouco de água quente) e o tempo de preparo também (porque é pouca quantidade).

foto (1)
Eu guardo a carne, frango e peixe em porções individuais, suficientes para uma refeição. Quando quero preparar uma maior quantidade, é só pegar mais de uma “trouxinha”.

Na hora de montar o prato, opte por cozinhar os legumes no vapor, pois leva muito menos tempo e, além disso, mantém melhor os nutrientes que o cozimento em água. E pode contar no relógio! Basta 15 minutos na panela (depois que a água estiver fervendo) para eles ficarem prontos e no ponto (alimentos que levam mais tempo para cozinhar devem ficar cinco minutinhos a mais).

foto (3)
Legumes em panela que cozinha no vapor. Aqui ela está sem a tampa, mas na hora do cozimento é importante colocá-la.

A salada, por já ter sido previamente higienizada, está pronta e só precisa cortar, temperar e servir.

De sobremesa, sirva uma fruta, que também já estará limpinha e pronta para o consumo (lembra que você higienizou quando chegou do mercado?) Dica: frutas como melão, manga, melancia, abacaxi, etc… podem ser guardadas descascadas e cortadas em fatias dentro de potes com tampa. Também fica super prático de servir na hora da refeição.

Gente, eu tenho feito isso aqui em casa e tem funcionado perfeitamente! Juro para você que, em 20 minutos, uma refeição super completa, com feijão, arroz, carne (frango ou peixe), legumes variados, uma saladinha e uma fruta fica prontíssima. Não tem erro!!!

A gente acha que fazer uma refeição leva uma hora no mínimo, mas se prepararmos muita coisa antes, vai rapidinho! E assim temos a garantia de estar servindo alimentos frescos, saborosos e nutritivos para nossos pequenos (só o feijão e o arroz são congelados prontos, mas se bem armazenados e pelo tempo máximo indicado eles também não perdem suas propriedades – veja mais dicas para congelamento de alimentos nesse post aqui).

Importante: se quiser, você pode preparar o suficiente para a criança comer no período de 48 horas, pois esse é o tempo que o alimento pode ser guardado resfriado (não congelado) sem que estrague. E, caso você descongele algo para utilizar na refeição lembre-se que isso não pode ser congelado novamente.

Veja outros posts com assuntos similares: