Como tratar brotoeja | Macetes de Mãe

Como tratar brotoeja


8 de outubro de 2012

Acabamos de entrar na primavera mas já tem feito uns dias de calor insuportável. Se nós sofremos, imaginem só os bebês, que são cheios de dobrinhas, passam boa parte dentro do bebê conforto, que é super quente, e suam pra caramba.

Resulado de tudo isso? Os bichinhos acabam desenvolvendo brotoeja, que nada mais é que uma reação da pele ao calor excessivo.

Não sou médica nem nada, mas sou mãe, então me dou o direito de falar um pouquinho sobre esse probleminha e como tratá-lo.

A famosa brotoeja. Essa está bem feia,. Pode ter versões
mais amenas do problema (bolinha menores e em menor
quantidade).  (Imagem: www.dermatologia.net)

Afinal, o que é a brotoeja? (informação retirada do site www.bebe.com.br)
A denominação científica da brotoeja é miliária. Trata-se de bolinhas que pipocam na pele, especialmente no pescoço, tronco, ombros e rosto — embora possam surgir no corpo todo. O uso excessivo de roupas é o principal gatilho do incômodo nas crianças. As brotoejas vêm à tona porque as glândulas sudoríparas, as responsáveis por produzir o suor, ficam sufocadas. A febre e o sol também têm culpa no cartório.

Como evitá-la?
Já que brotoeja é uma reação da pele sensível do bebê ao calor e o suor, o melhor jeito de evitá-la é não deixar os pequeninos muito agasalhados , expostos ao sol ou vesti-los com roupas sintéticas.

Ok. Mas esse probleminha já deu as cara, então como tratá-lo?
O tratamento da brotoeja é razoavelmente simples. Primeiro, tem que tomar as medidas preventivas mencionadas acima, depois, dá para tentar outras alternativas simples e até caseiras.

Eu testei algumas e deixo aqui meu humilde parecer…

– Colocar a boa, velha e famosa Maizena na água do banho do bebê. Se fizer uma pasta de água e Maizena antes de misturar à água do banho dá mais efeito. A quantidade que eu uso é de, mais ou menos, meia xícara de Maizena para um copo de água. Ajuda na amenizar o problema.

– Passar Maizena sobre a área afetada. Ajudou também, mas não chegou a resolver 100% o problema.

– Usar talcos líquidos. Usei um da Theraskin, chamado Amilia e no caso do meu filhote ele piorou o problema.

– Adicionar à água do banho chá de camomila (chá de três sachês por banho). Não cheguei a testar, mas dizem que funciona.

– Passar Pasta d`água sobre as bolinhas (A GRANDE VENCEDORA!!!!). Testei aqui em casa e foi o que funcionou melhor. Achei ótimo, nem me incomodei com o inconveniente da pele ficar um pouco branquinha. Apliquei três vezes durante um dia e já vi muuuuuita melhora.

Mas, muito cuidado! Não vá achando que qualquer bolinha vermelha que aparece na pele do seu bebê é brotoeja. A chance de ser isso se o tempo estiver muito quente ou se você o agasalhou demais é grande, mas não dá para ter 100% de certeza. Então, sempre procure o seu pediatra e tire dúvidas antes de medicar o bebê.

Se quiser testar se é brotoeja mesmo, cuidando em casa por uns dias antes de levá-lo para uma consulta, fique na boa e velha Maizena. Porque se não for a chatinha da brotoeja, mal não irá fazer.

Leia mais em: