Dar colo não faz mal. Pelo contrário!

Dar colo não faz mal. Pelo contrário!


29 de Fevereiro de 2016

Quem é que nunca ouviu o seguinte conselho: “Não pegue no colo! Ele vai ficar mal acostumado!”. Eu ouvi muitas e muitas vezes e aposto que vocês também. Só que a questão é justamente o contrário! Quanto mais colo e carinho a criança receber na primeira infância, melhor para a saúde mental dela.

Um estudo realizado pela área de psicologia da Universidade de Notre Dame chegou a conclusão que carinho e colo à vontade na primeira infância criam adultos menos ansiosos e com melhores habilidades sociais.

bebe no colo
Photo Credit: tomhe via Compfight cc

Para chegar a essas conclusões, os responsáveis pelo estudo realizaram uma pesquisa com 600 adultos. Todos eles responderam questionários que abordavam passagens de sua infância e também questões da vida atual. Os resultados mostraram que aqueles adultos que foram mais acalentados, receberam mais colo e atenção de seus pais quando crianças, tinham uma probabilidade menor de desenvolver distúrbios psíquicos, tornaram-se adultos mais saudáveis e mais sociáveis.

De acordo com os pesquisadores, o primeiro ano de vida de criança é importantíssimo para a forma com que o cérebro dela se desenvolverá para toda a vida. Pais que abraçam, tocam e acalentam os bebês influenciam positivamente o seu desenvolvimento, já que faz com que se tornem crianças mais calmas (nessa fase, os sistemas corporais e neuronais ainda estão se estabelecendo, e o toque e a proximidade ajuda nesse processo). Se o bebê for deixado chorando muito, ele acabará desenvolvendo uma maior inclinação para o stress.

Ainda, Narcia Narvaez, psicóloga responsável por esse estudo, vai além. Ela diz que não somente é impossível uma criança ficar mal acostumada por receber muito colo como, deixar um bebê chorar sem lhe dar atenção pode, verdadeiramente, prejudicar o seu desenvolvimento.

Então, mamães e papais, esqueçam esses conselhos desinformados que dizem que dar colo estraga a criança, a deixa mal acostumada, mimada e dependente. Dar colo, carinho, atenção e passar tempo de qualidade com os filhos não somente não os “estraga” como os torna adultos psicologicamente saudáveis, equilibrados e felizes.

Para saber mais sobre essa pesquisa, clique aqui (informações em Inglês).

E aqui uma reportagem explicando melhor os resultados dessa pesquisa:

https://youtu.be/6ewoE3ludNA