Dicas para o bebê ficar de bruços

Dicas para o bebê ficar de bruços


26 de novembro de 2014

Mamães, como estão? Não sei se vocês perceberam, mas, nas últimas semanas, eu trouxe várias novidades bacanas aqui para o blog. Primeiro foi o lançamento da coluna Pediatria, no mês passado, depois, o lançamento da coluna Nutrição, há duas semanas, e agora é a vez de eu contar para vocês que teremos mais uma coluna por aqui, que irá tratar do desenvolvimento dos nossos pequenos.

Assim, todos os meses, as profissionais do PAEDI – Programa de Avaliação e Estimulação do Desenvolvimento Infantil – irão escrever a Coluna Desenvolvimento Infantil e trazer dicas que ajudarão vocês, mamães, a entenderem melhor o desenvolvimento psicológico e motor dos pequenos e a atuarem de forma a estimular naturalmente, respeitando o tempo e individualidade, sem pressão e nada de excessos, o seu aprendizado e crescimento.

O PAEDI é formado por profissionais das áreas de fisioterapia, psicologia, psicomotricidade, entre outros e, todos os meses, uma delas estará falando com vocês. Tenho certeza que irão curtir e será muito útil. Ótima leitura!

dicas para  bebe ficar de brucos
Foto: Arquivo PAEDI

Barriga ao chão: Dicas que ajudam o bebê a ficar de bruços

Por Nadja Azevedo

Olá mamães! É com muito prazer que escrevo hoje o meu primeiro post para a Coluna Desenvolvimento Infantil aqui no blog Macetes de Mãe. Neste primeiro texto escolhi falar sobre brincadeiras de bruços, pois estas são muito importantes para o desenvolvimento motor do bebê. Quando brinca de bruços o bebê fortalece a musculatura do pescoço, costas e ombros, que serão necessárias para adquirir marcos importantes como engatinhar, andar e até comer. Também, é a partir dessa posição que o bebê desenvolve autonomia para se movimentar e começar a descobrir sua capacidade de se deslocar no chão.

Porém muitas crianças não gostam muito dessa posição e reclamam quando são colocadas nela, mas este não precisa ser um momento de sofrimento para mãe e/ou bebê. No começo, realmente é difícil para o bebê, pois ele precisa ganhar força para sustentar seu próprio peso contra gravidade, mas a mãe pode ajudá-lo com atitudes simples que podem facilitar este momento. Assim, seguem algumas dicas para que esta etapa do desenvolvimento aconteça de maneira prazerosa!

  • Observe se você está incentivando atividades de bruços no momento em que o bebê está mais alerta e disposto a brincar. Assegure que ele já tenha pelo menos 40 minutos pós mamada ou ingesta de alimentos, evitando assim desconforto.
  • De bruços sobre seu peito é a melhor maneira de começar a incentivar a postura de barriga para baixo, logo nas primeiras semanas após o nascimento.
  • Toda vez que for trocar seu pequeno, aproveite para deixa-lo um pouco de bruços.
  • Experimente carregar o bebê no colo de barriga para baixo! Passe seu braço por baixo da barriga e entre as perninhas do pequeno e carregue-o bem próximo ao seu corpo para que ele vá se acostumando com a posição.
  • É importante que o bebê realize suas brincadeiras em superfície firme, como um tapetinho de EVA, principalmente após o terceiro mês.
  • Ajude o bebê a se descobrir sozinho! Deitado no tapetinho, disponha os brinquedos ao lado dele para que, ao esticar os braços, os alcance. Depois o bebê pode começar a rolar para o lado para vê-los e enfim acabar por rolar com a barriga para baixo.
  • Incentive brincadeiras de bruços por pequenos períodos de tempo. Observe quando ele cansar e ajude-o a rolar de barriga para cima. Desta maneira você já vai ajudando-o a descobrir como ir e voltar da posição.
  • Fracione o tempo! O bebê não precisa ficar vários minutos seguidos de bruços. Você pode incentivar brincadeiras de bruços repetidas vezes durante o dia por curtos períodos até que ele consiga ficar por mais tempo confortável nesta posição.
  • Coloque um rolinho de tecido embaixo do peito do bebê. Isto pode tornar a posição mais confortável para ele no início. Mas lembre-se de tirar o rolinho quando ele já sustentar a cabeça para que ele tenha oportunidade de rolar.
  • Quando seu pequeno estiver chorando, tente primeiro acalmá-lo deitando confortavelmente ao lado dele ao invés de tentar acalmá-lo em pé.
  • Bebês adoram rostos. Então, deite-se no chão em frente ao seu pequeno. Como eles adoram vozes também, aproveite para cantar e conversar! Ou mesmo coloque um espelho no chão para ele observar seu próprio rosto!
  • Você pode utilizar o brinquedo favorito para entretê-lo enquanto estão de bruços! Aproveite para incentivá-lo a olhar para cima, para baixo e para os lados. Existem inúmeros brinquedos específicos para brincar no chão, desde livros, tapetinhos, brinquedos musicais, brinquedos com estampas e texturas diversas.

Quando o bebê começa a apreciar a postura de barriga para baixo, esta passa a ser sua postura favorita para exploração dos brinquedos. Como consequência, devido ao seu instinto explorador, logo ele começa a se locomover para alcançar os brinquedos e descobrir o ambiente. Sendo assim, barrigas ao chão e boa diversão!

Abraços e até a próxima!

Nadja Azevedo

Colunistas MdM - desenvolvimento infantil